Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PATRÃO TREPOU ESPOSA

Meu nome é Fabio, moro em Ipatinga, vou contar a vocês o que me aconteceu a mais ou menos dois meses. Sou casado a oito meses com Mariana, uma japinha muito gostosa, de um metro e sessenta e cinco de altura, olhos claros, seios médios durinhos, uma bundinha empinadinha, cinturinha de pilão, de cabelos compridos negros e lisos, uma verdadeira maravilha feminina, eu sou loiro de olhos azuis, sou magro e tenho um metro e setenta.

Sempre achei que satisfazia minha mulher na cama, tenho o cacete pequeno, onze centímetros, por isso me casei com uma japinha sempre ouvi dizer que elas são razinhas e até dois meses atrás pensava assim, ela se dizia satisfeita comigo e as vezes até reclamava do tamanho dizendo ser grande e eu iludido acreditei.

Há uns três meses atrás quando a secretaria do meu patrão se despediu do emprego, meu patrão é um negão de um e oitenta de altura, corpo atlético, muito bem apessoado, com fama de comedor, todos no escritário diziam ter vergonha de ficar do lado dele no banheiro, dizia que o cacete fazia o de todo mundo ficar com vergonha de aparecer. Eu nunca tinha visto então acreditava nos comentários sem reproduzir nenhum, com a saída da secretaria ele ofereceu o emprego a minha esposa, ele já tinha visto ela comigo e como todo mundo achou ela muito gostosa deu pra perceber isso vendo ele olhar pra ela, a Mariana aceitou o emprego e logo fez amizade com todos no trabalho, ela é muito simpática e educada, e nas conversas com as outras mulheres da empresa sempre tinha assuntos sobre homens e ai o papo fluía pro tamanho do cacete dos homens e a satisfação que eles podem proporcionar.

Nunca pensei que ela pudesse se interessar por esses assuntos, mas me enganei e como me enganei, ela passou a observar o patrão sempre na linha da cintura e ele percebeu, sá eu não via o que estava por acontecer ate presenciar uma cena em que entrei na sala do Mauro (patrão) ela estava debruçada sobre a mesa mostrando algo a ele no computador e ele de olho no decote e na bunda dela, ela sabia que ele estava olhando e parecia que ela queria que ele olhasse sem constrangimento, ao entrar na sala a postura de ambos mudou.

Mas minha desconfiança continuou, mesmo depois das explicações que ela me deu em casa.

Um dia o Mauro não pode ir a empresa e pediu que ela fosse pra casa dele pra trabalharem de lá, ele mora em uma casa com piscina e tudo mais retirada da cidade em um lugar muito tranquilo, ela foi, quando cheguei e me disseram que ela tinha ido trabalhar lá fiquei puto da vida e fui atrás pra ver o que estava acontecendo, a desculpa eu inventaria no caminho. Quando cheguei a casa do Mauro notei que o portão estava aberto, entrei sem fazer barulho pensando em dar um fraga neles, mas quando cheguei práximo a área da piscina vi apenas o Mauro na água, pensei que talvez o pessoa da empresa tivesse entendido errado, mas resolvi ficar escondido um pouco mais.

Pra minha surpresa poucos instantes depois ela apareceu de biquíni e parou na borda da piscina, fiquei com muita raiva mas resolvi esperar pra ver no que ia da aquela cena, o Mauro saiu da piscina e veio ao encontro dela, ao sair da água a sunga dela abaixou um pouco, eu não vi nada, ela estava na minha frente, ele convidou ela pra entrar na água ela disse que não estava muito afim porque a água estava fria, ele então brincou com ela dizendo “esta fria mesmo, olha como encolheu” ela disse pra ele “ele esta mole, encolhido?” ele sorriu e disse sim, ela apenas exclamou “nossa” e ele “não acredita pode ver se você quiser, você quer ver?” ela assentiu com a cabeça e ele disse pra ela ficar a vontade.

Ela levou as mãos a frente e abaixou a sunga dele, ouvi dela com espanto a exclamação “ele é enorme, ninguém aguenta isso tudo” e ele ainda ta com meia vida respondeu ele, ela começou a punhetar o pau dele e ele pediu pra ela tirar o biquíni pra ele ver melhor os peitos dela, ela tirou logo todo o biquíni ele colocou uma mão em seu peito e a outra na sua xota dizendo que ela estava ensopadinha do jeito que ele gostava.

Eu estava puto de raiva, mas estava sentindo muito tesão em ver aquela cena tanto que resolvi esperar pra ver o que mais iria acontecer.

Acariciando o grelo dela ela não demorou a se ajoelhar na frente dele pra acariciar o seu pau com as duas mãos e com a língua, sua boca mal cabia a cabeça daquela anaconda mas ela estava se esforçando pra agradar o patrão. Ele pediu pra trepar a bucetinha dela, mas ela disse que não iria aguentar ele porque nunca tinha ficado com ninguém alem de mim e que meu pau era duas vezes e meia menor do que o dele, ele sorriu e disse que tiraria o cabaço dela então, um pinto do tamanho do meu não daria pra tirar o cabaço de ninguém, fiquei puto com o que ele e ela estavam dizendo a meu respeito, mas tinha que reconhecer, ele podia rir de qualquer um.

Desejei que a Mariana não aguentasse ele, que ela machucasse ela assim ela voltaria pra mim, e tudo seria como antes.

Mas a ilusão de que japa é raza durou pouco, ela cedeu ao pedido dele e se debruçou sobre a mesa a beira da piscina e ele começou a esfregar a cabeça do pau na xana dela, ela foi se excitando e não demorou muito e ela já estava pedindo pra ele colocar de vagar em seu rabo e eu sabia como é gostoso aquele rabo, ele não perdeu tempo e começou a fuder a buceta dela com vontade, ele gemia feito cachorra no cio, dava gritinhos pedindo pra parar e pra continuar ao mesmo tempo, aquilo estava deixando ele louco de tesão e eu também por ver ela se esforçando pra aguentar aquilo tudo.

Depois de alguns minutos ele disse pra ela que já era hora de ela saber o que um cacete de verdade podia fazer, e começou a aumentar o ritmo das estocadas, ela gritava alto dizendo pra ele parar que ela não aguentava mais, já estava no fundo dela, ele nem ligava dizia que sá iria parar quando os ovos dele estivessem colados na xota dela.

Assistindo a cena não aguentei de tesão e gozei, meu pau continuava duro, e ela pediu pra trocar de posição, ela se soltou toda na rola dele e ele estava se divertindo muito com ela, nunca tinha visto ela daquele jeito toda arregaçada e feliz, mas ele ainda não tinha cumprido o que tinha dito que faria, ainda não tinha colado os ovos na xana dela, eu estava louco pra ver aquela rola toda no rabo dela e resolvi ir lá e obrigar ela a aguentar, a final de contas ela estava ali pra isso.

Sai de onde eu estava e caminhei na direção deles, quando ele me viu parou de bombar no rabo dela, ela estava deitada na posição de frango assado e ele encavando a rola sem dá, fiz sinal de silencio pra ele, deixando claro que não faria nada, me aproximei deles, ela se assustou quando me viu e travou, nisso ele bombou a vara e ela não aguentou segurar o grito de dor.

Pedi calma a ela e disse que não iria atrapalhar a diversão deles, sá queria ver ela cumprir o disse, ela sorriu e me disse que tentaria se eu segurasse a mão dela na hora que ele fosse meter a rola no fundo da xota dela, eu logo me prontifiquei e comecei a ajudar ela a fuder minha mulher que mais parecia uma puta pra ele.

Nesse dia ela ficou toda fudida mas não aguentou tudo, ele nos deu o resto do dia de folga pra descansarmos a beira da piscina, aceitamos o convite e passamos a tarde os três juntos fazendo planos para o práximo encontro, que vai acontecer semana que vem, quando a Mariana já vai estar totalmente recuperada do esculacho que levou do meu patrão.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico de colega saradao do meu padrasto mim comeuconto teens de pau duro no calcao de futebol para a primaas pamteras se fudeu rola crossa no cuesposa safada liberando geral para o sogroContos irma mais velhavi meu filho na punhetadepilano a buceta dela io cara comi elacontos eróticos ele colocou o vibrador na potência máxima na minha bucetamulher barte na bunda matrupado xvideocontos eróticos procurei meu irmão si ele mastubavamenino de treze anos gostoso bundinha e cuzinho jeitoso contos eroticosfilhababandopauConto com travestiMe comeu e comeu meu maridocontos comendo a sograFotos incesto espiando pai e mana familia madrasta ingênua contos eróticosCamila minha enteada com a b********conto erótico gay taxista manausinfermerinhas danao a buceta aus passientecontos eróticoseu sou bem dotadoconto vendo minha tia se depilandocontos porno professora e a tiamilitares gays pauzudos de são josé dos camposContos Eróticos. de Minha Madrinha Veracontos porno maior q meu antebraçoempregada me masturbando nu contospunheten o rabo da minha esposaConto o vizinho enfiou o pintão na minha pepequinha.mete tudopapai contoscontos eroticos de lolitos com tios de amigoscontos eroticos de se masturbando nas sandalias da sograchupada buceta contocontos meu marido nem percebeuContos eroticos prédioContos eroticos gay arrombaram meu cu enquanto eu dormiacontos eroticos esfrega esfregamulher no carnaval gozando muito no camarote ela ea amigaex cunhada putagorda sentada no sofa e cachorra lambendoConto erotico entaloucontos eróticos com mulher q usa vestido coladocontos eroticos adoro chupar bucetaminha esposa me convenceu dedos no cu conto hormonal femininoscontos toda a família da minha mulher aguentaram meus 30cmconto mamae da buceta grande e cabeludaconos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundaConto erotico negao casada loiracu peidão conto gaycontos eroticos fudendo a mae travestichupando pica abrancando o namorado pela cintura amadorconto erotico polyana menage commini vidio porno so rabudas epitudasAmigos de meu filho eu provoquei e eles vieram conto eroticocontos zoo mastiff taradocontos podolatria irmacontosdesexopicantescomi a.coroa.da frente do deposito de gas contoscontos minha tem buceta gostosa ela ta dando pra outro picudoMenina sentada no meu colo conto eroticocontos eróticos de bebados e drogados gaysConto erótico namorada mestiçacontos eroticos punhetasContos gays fui de fio dental no cine porno e fui arrombadocontos de corno flagrei minha namoradadoce nanda contos eroticoscontos eroticos no consultorio medico tomando injeçãoDesvirginando a sobrinha de 18 anosporque cavalos tem pirocãoesposa santinha liberando o cuzinho para o sogrocontos eróticos dopei namorado eu e amigacunhada espiando contoConto ui ui ta gozando filha