Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A VENDEDORA DE BRINDES IV A AMIGA CURIOSA

bom pessoal hoje vou contar a vcs a aventura que tive com minha vendedora puta e sua amiga curiosa,eu fiquei viciado no seus boquetes,pois ela sempre me deixava maluco, todos os dias ela ia no auto peças e me dava beijos deliciosos que acabavam com uma belza gozada em sua boca e ela passou a me confessar que sempre que chegava no seu local de trabalho, tinha uma colega em que ela confessava tudo, mas tudo mesmo, eu fiquei com medo,pois sou casado,mas ela me disse que a claudia era de confiança, eu disse, bom se está dizendo né.mas me bateu uma curiosadade e sempre que teclavamos pelo msn,eu fazia questão de perguntar se ela contou pra claudia, ela dizia que sim, e eu perguntava o que a claudia axava das nossas loucuras, ela confessava que axava nás 2 uns verdadeiros loucos,mas ela percebia q a claudia ficava com os olhos brilhando e etc. bom passaram alguns dias eu já havia comido o cuzinho dela por várias vzs, até perdí a conta. estava em minha sala, quando entra a claudia dizendo que precisava desabafar com alguem e que como sua amiga, disse a ela q costumava se desabafar comigo ela pensou em ir até a mim, eu claudia, pode dizer, o que foi que aconteceu, ela começou me contar, que seu marido, estava traindo ela, e que ela, estava com medo, porque ele era bastante rude com ela, que a tratava muito mal e assim foi, por uns 30 min. ou mais, ela me confessava as coisas, eu então disse a ela varias coisa. obs: a claudia é uma falsa loira, um pouco gordinha,seios fartos, bunda grande,28 anos, e casada, nunca tinha imaginado ela transando comigo, nao até ela ficar curiosa com minhas historias com sua amiga, bom, ela me relatou sua vida, eu dei alguns conselhos e quando vi já estava na hora de ir embora, ela então me disse se poderia usar o banheiro, eu disse que sim,enquanto ela foi ao banheiro o auto peças foi se fechando pois já estava tarde, eu fiquei la fora, esperando apenas ela sair, dai ela me grita dizendo que nao tinha papel higienico lá, eu disse a ella q iria pegar, e levei até ela, ela simplismente abriu a porta do banheiro e da forma que estava, saia levantada até a cintura e calcinha arriada, pegou o papel higienico, nao tive como deixar de notar aquele corpo, voltei e esperei ela, ela então saiu e me pediu desculpas,mas eu disse a ela, q estava tud bem, e ela falou"uai cade os outros" eu disse: estamos somente nás 02 aqui. nossa eu vi que ela ficou afoita, ela me disse>posso te perguntar uma coisa, eu disse, sim claro que pode. ela disse:me deixa ver seu pau, nossa na bucha assim, confesso a voces que meu pau subiu de imediato, eu fui até a porta e abaixei-a, xeguei perto dela e tasquei-lhe um beijo e disse a ela, eu sei o que voce veio buscar, ela disse: sabe é, eu disse sim eu sei, e descí minha claça, depois a cuéca e ela disse, nossa que delicia, posso xupar, eu disse,nao foi isso que veio fazer, ela apenas balançou a cabeça em sinal de sim e começou a xupar, e nisso o meu cel tocou, era sua amiga, perguntando onde eu estava, eu disse q estva em ksa, ela disse q axou estranho, pois meu carro estava em frente ao auto peças ainda, eu disse a ela q tinha saido para fazer uma caminhada até em ksa e que logo voltaria a buscar o carro, ela acreditou, pois sempre fazia isso, então ela desligou e a claudia, estava xupando cada vez melhor, e com um detalhe, meu pau sumia naquela boca carnuda e grande, nossa ela sugava ele como se fosse um picolé, passava a ligua na cabeça dele, voltava a coloca-lo todo até o talo e depois cuspia nele, eu disse, claudia, nao vou aguentar, ela disse, eu quero teu leite, e repetia isso e voltava a xupar, " eu quero teu leite, eu quero, me dá, me dá, me dá,me faz sentir o gosto de tua porra, nossa gozei que urrei, a puta safada, nao engoliu, mas abriu a boca me mostrou a porra e depois engoliu e ao terminar se levantou e disse:meu boquete é ou nao é melhor que o dela, eu disse: sim, mas profundo, mais molhado, mais safado, ela me disse, amanhã viajo para o pará mas na semana que vem, essa bunda aqui será toda sua, se voce quiser, nossa eu engolí a seco. e disse, nao vejo a hora.



bom depois eu conto, como comi aquela bunda deliciosa.



valeu

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu adorei gozar no rabo da minha sogra e ela esta visiada em dar o cuvidios porno dona de casa carente gosa com seu cachorrocontos eroticos gay o pastor me comeucontos amiga xoxotudaconto eróticominha traiu meu pai mulher casada vira putarelato erotico esposa puta no churrascoMendigo chupou meus peitosC ok contos eroticos submissa fazendo um dp com o vizinhoContos gays estrupados na obralesbica minha namorada tirou meu shortscontofudi minha cunhadasexo casual novinhas procura coroas pra bancar norioarrumei um carA pra me comer contosPorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contoso macho frequenta mimha casae o dono contosContos erótico de Muller casadaContos inserto com as subriasporno contosminha mulher deu na massagemcontos enrabadacontos da minha mulher tomando banhocontos de mae sedutoraMinha prima viu-me a mastusou uma loira muito puta e liberada para os negros pauzudos contosContos eroticos dois macho chupando minhas tetasconto etotico minha esposa fudendo com meu pai e meu irmaonamorada desobediente contos eroticose que piroca ele tinha me assustei.contos eroticos sou uma coroa vagabunda levei o muleke na minha casa e fiz ele comer meu cu e minha bucetacomentário de. mulher que ja deu a buceta pro entregador de bebidamulher gozando a um metro de distansia e mijandomulhere muito gorda e negra cou cu eabuceta gosadoConto erotico bebendo porra do pedreiro e seus ajudantesconto meu amigo espiando minha esposacontos porno eu e meu marido fomos violentadosfui fudido no fliperama contos pornô esposa rapaziada contoscontos eroticos arrombada pelo empregadohetero resolveu da a bundaconto fazenda com mamaecontos eroticos comendo cu da amiga e da mae delaafilhada carente contoconto zoofilia o pone me quando cai estrupoueu e minha sogra coroa conto eroticomilitares gays pauzudos de são josé dos camposcontos eroticos fui com meu sobrinhoContos erotico comendo meu cachorrolesibica xupa sua filha adotiva co.contoscontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdoquero rola contos eróticosSeu madruga comendo a b***** de Dona Fazendacontos comi minha filha caçula dormindoContos virei a puta dos oito negros picudoscontos eróticos chupando os peitos da minha sogra e f****** elaconto chama o izinho q o corno saiueu quero um filme pornô daquele bem cacete de agulha botando o carro todo e amiga gemendoContos eróticos dando de mama pra minhas irmãzinhascontos eroticos meu primo mauricinhome larga lençou bom diaver contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosaContos eroticos-lesbica enfiado virgemcontos eróticos com mamãecomendo o cu da sogra contoconto menino eu era fudido pelos meninos negrosquelegal vouponhaconto erotico arrastaram minha namorada na festaContos Mulatinha do titiocuzinho apertadinho da mae contos eroticoscontos eróticos gay meu meio irmãominha mãe e eu jogando strip poker contosminha coleguinha me chamou pra comer o cuzinho na casa delacomi minha filhinha contos eroticoscontos eróticos da casada cris devassa namorada virgem.contocomi minha cunhada adrianacontos sem calcinhaconto erotico d menino dando a bj da por uma apostacontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemmulher botando a x*** para o cachorro lamberchupando o patrão contos eróticoscontos eróticos gay meu primo me racho