Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO A SANDALINHA DA NINFETA

DIÁRIO DE UM TARADO POR PÉS

03 de Dezembro de 2011 – Ontem uma amiguinha de minha filha veio visitá-la. Amanda tem 19 anos e é uma garotinha linda, morena-clara, baixinha, peitinhos salientes e bundinha arrebitada. Mas são seus pés que mais chamam atenção para um tarado pedálatra como eu: perfeitos, lindos, sexies... Quando encontro Amanda procuro fingir naturalidade, mas não consigo parar de olhar seus pés que ela sempre mostra, calçando sandalinhas tipo havaianas.

Não foi diferente ontem. Mandinha estava quase nua num shortinho que sumia enterrado na bunda e uma miniblusa que deixava sua barriguinha lisa de fora. Ela havia deixado a sandalinha na porta e estava descalça. Tentei não dar bandeira de meu tesão, mas quando olhei seus pés descalços, meio bronzeados pelo sol forte e com a marquinha clara das tiras da sandália, quase fiquei sem ar e tive que fazer um esforço para desviar o olhar. Cumprimentei-a formalmente e corri até meu quarto para esconder a ereção por causa daquele pezinho delicado.

Saquei o pau pra fora e comecei a me masturbar, mas aquilo não me satisfazia. Lembrei da havaiana branca de tirinhas vermelhas que ela havia deixado na porta e tive uma idéia. Apurei os ouvidos e escutei as meninas conversando no quarto de minha filha. Saí em silêncio pelos fundos da casa e dei a volta até a frente.

Minha casa tem muro alto e ninguém podia me ver da rua. A sandália de borracha estava na porta, lembrando a forma do pé que calçava. Pequei o pé esquerdo e levei ao nariz, aspirando aquele perfume mágico, mistura de borracha e um leve chulezinho de garota. Meu pênis ficou duro novamente. Peguei o outro pé e meti o pau entre as tirinhas, fodendo a sandália como se fosse a bocetinha apertada de Amanda. Eu lambia e cheirava uma enquanto “comia” a outra com uma tara que é difícil de imaginar. Acelerei os movimentos enquanto imaginava que metia em Amanda ao mesmo tempo que lambia seu pezinho. Gozei forte entre as tirinhas, melando a sandália com minha porra grossa.

Ainda meio zonzo do orgasmo, me dei conta do que estava fazendo e do risco que corria quando ouvi um ruído atrás da porta. Alguém me observava? Depressa limpei e pus as sandalinhas no lugar e corri para os fundos da casa, onde dei um tempo me recompondo.

Amanda foi embora logo depois. Tive que disfarçar outra ereção quando a vi calçando a sandalinha que há pouco eu havia esporrado. Estranhamente, a ninfeta hesitou um pouco antes de calçar o pé direito, mas terminou enfiando as tirinhas entre os dedos. Era um tesão ver aquele pezinho lindo pisando o meu esperma.

Quando ela estava no portão, se virou e me lançou um olhar malicioso. Será que viu alguma coisa? Ainda fico de pau duro toda vez que me lembro dessa tarde maluca. Será que Mandinha vai demorar a voltar?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


armei o estupro da minha sograchorei mas aguentei tudo contos eróticoscontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetaconto erotico cachorro grudado na mulherconto gay bebado fui fodidoconto erótico esposa de férias e tal marido sem quererconto erotico cunhadinha safadinhacomhendo ass evangelicas contos eroticosa travesti me meteu a pica fiquei apacjpnadode tanto chamar a amiga dainha mulher de puta virei corno contoscontos eroticos feriado quitinete praiamenininha e novinha sendo e******** contos eróticoscontos eroticos flagrei minha namoradacontos eroticos as tres safadinhadnovinha andando de camisola dentro de casa so pra provocar pornocontos eróticos com vizinhaxcontos eroticos.com peguei minha cunhada vendo revista de homens do pau grande vou contar pra meu irmaocontos casada titio me comeu. na marracontos de cúcontos eroticos gay o inicio de tudoconvenci minha irmã fuder comigo e gozei dentroconto bricano com o primho de escondero negão comeu o meu marido contos eróticosContos eroticos dei pro leke magrelo chamado Ricardocontos eroticos mulheres gozando no pauConto erotico de sexo incesto cheiro da buceta suada da irmacomendo cu tia 57anosesposa novinha gostosa dominada por velho roludo contos eroticosconto erotico a mae do meu amigo na cozinhaPai filha chuva dourada contos euroticosPorno conto casa abondonada eu e o viadinhocontos vizinha dona de casa tetuda caidaPorno conto a sindica olhando minha picasexo com vizinha muito rabuda vigiadoconto erotico cuidando das amiguinhas da minha irma viiconto erotico incesto sonifero filhameu noivo me preparo uma despedida de solteira conto eróticoscontos pirralho roludocontos gorda vagabundameu padrasto fou no meu quarto vcontosContos gay minha primeira vezcontos eroticos de gay rabuda sendo arrombadobuceta velha contosúltimo contos anal de sobrinhaContos eróticos de noraTia de shortinho partindo a bucetacontos meu irmão e eu betinha vendo contos eroticos de Maezinha bobinha do amigis transando com jovezinhocadastro dormindo e Thiago chupando seu paucunhada na cadeia contosvideo de branquinho magrinho dando o rabinho a forçasexo com renata crentinhacontos eróticos aquele caracontos eroticos de travecoGozou dentro contos eroticoscontos eroticos orgia nudistacontos de coroa com novinhoconto megao roludp fudeu. minnja mulhercontos eroticos sbcconto erotico patricinha dando pra pobreContos eroticos das periferiasContos erotico exibi meus seios enormes pro entregadorE PORTUGUES...FUI PUTA E TIREI 10Conto erotico cu madameRespira fundo e relaxa que vai entrar no seu cutodos foderam ela contosjoão cavalo quente contos eróticoscontos evangelicacontos eroticos experiência inesquecívelsou homem quero dar o cu para uma putacontos eróticos virei cd para usar fio dentalconto minha tia pelada no quintalcontos eróticos mulheres mais vadiasconto erotico bem picantebai jo meu primo e ele me comeuconto brincando de cachorrinhocontos.de mulheres.casadas.e fogosaconto de rasgei o cu de meu irmão fazendo ele choracconto erotico de netinho decinco anoscontos eróticos transando no metrômeu pai e meu irmao me comeram contos eroticoscontos eroticos mamando tetas grandes molhadas com a mangueiraoconto titio me fudendocontos/ morena com rabo fogosotrepei bem gostoso com a maninhaminha mulher e travesti contos eroticoscontos eroticos, alisei o piupiu do meu filhinho