Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SAGA INCESTO GAY 1 - MEU FILHO APRENDENDO A MAMAR

Depois que minha mulher morreu, a casa pareceu mais grande, mais... vazia. Eu estava cansado e... excitado. Nessa hora, assim, no fim do dia, eu chegava em casa para ter sexo. E agora sá me restava a saudade e meu pau duro, sem nenhum consolo. Ah, mas como eu poderia ter esquecido? Minha mulher tinha me deixado um filho também. O Rafael era a cara da mãe. Quando eu via meu filho, era impossível não ver a mãe. Foi aí que eu pensei: “Por que não?” O que pode haver de mais visceral entre um pai e seu filho? Estava cansado de explicações. Não tinha o que justificar. Como eu disse, eu estava cansado e... excitado.



Fui direto pro quarto do Rafael. Estava sem camisa, com meus músculos e peito à mostra. Usava minha bermuda preferida, uma preta da Nike, sem cueca e com meu pau incrivelmente duro, saltando da bermuda. Fiquei ali, paradão, olhando o meu filhote. Ele estava deitado de costas, com a bunda empinadinha, tão sereno... Ele ia ser a minha putinha, daqui pra frente, decidi.



Acorda, Rafael, tenho uma coisa pra você! - disse, assim, meio ríspido, quase um grito.



O Rafael abriu os olhinhos, meio sonolento, ficou sentado na cama, me encarando, meio sem entender.

Pai? - ele balbuciou.



Foi então que ele reparou na bermuda.



Pai... Você tá com o pau duro...



Eu dei aquele sorriso canalha de homem. Um dia, eu ia ensinar esse sorriso pro meu filho. Tão inocente ainda... O que poderia haver de melhor que um filho e um pai, juntos? Pelo menos na primeira vez? Se não fosse comigo, não seria com um outro qualquer? “Agora que a sua mãe morreu, você vai ter que me servir, meu filhinho” - pensei.



Me aproximei da cama, em pé, com a minha bermuda quase na cara do meu filho. O Rafael me olhou de baixo pra cima... Aqueles olhos redondos e pequenos... Parecia um ser tão frágil e eu tão animal... O que me deixou ainda mais excitado.



Com a palma da mão aberta, segurei a cabeça dele e a encostei com força contra o meio das minhas pernas. A bermuda preta separava o rosto dele do meu pau pulsante.

O que você tá fazendo, pai? - ele disse, meio que se sufocando, babando na minha bermuda.



Agora você não tem mais mãe. Você vai fazer o que eu mandar.



Então, tirei minha rola pra fora. Cabeluda, cheio de nervos, a cabeça vermelha estourando com um pouco daquele lubrificante natural que sai da rola quando se está excitado... Ele ficou olhando meu pau, pasmo.



Que grande! - ele exclamou, usando as duas mãos para pegar meu pau.



Chupe como se fosse sorvete! - eu mandei.



Um pouco desconfiado, ele continuou admirando minha rola, um pequeno monstro na mente dele. Ele cheirou um pouquinho, quase encostando o nariz na cabeça do meu pau.



Gostou de cheirar a rola do pai? - ele pensou um pouquinho e fez que sim com a cabeça. Então, chupa que é ainda mais gostoso...



Ele fechou os olhos e continuou cheirando o meu pau...



Estava inebriado com meu cheiro de macho. Era um viado mesmo. Autêntico. Eu sempre soube. Na verdade, mesmo se a mãe dele estivesse viva, eu o comeria. Comeria sim. E dava de mamar todo dia. Leitinho do bom.



Forcei meu pau contra a cara dele, ia enfiar o pau no nariz dele, ele tossiu.



Chupa porra! Abra essa boca caralho!



Dei um safanão nele. Ele quase chorou, aquela menininha. Então abriu a boca, pôs a língua pra fora. Estava de olhos bem abertos, quando meti meu pau goela abaixo. Que boquinha apertada e geladinha, imagine o cú! A língua dele parecia em convulsão sorvendo o meu pau!



Ele engasgou com o tamanho da minha rola na sua boquinha... Tossiu e cuspiu no chão. Segurei a cara dele e disse, enérgico:



Rafael, não se cospe no chão! Cospe na minha rola e volte a mamar! O melhor sorvete do mundo!



Ele cuspiu no meu pau e mamou. Fiz ele lamber o chão, onde tinha cuspido pela primeira vez. Assim que eu iria ensiná-lo. A não desperdiçar nada que viesse de mim.



“Filhinho, não se cospe no chão... Sá na rola do pai!” Segurei o rosto dele e cuspi na boca dele.



Ele voltou a mamar e pegou gosto pela coisa.



Chupava com uma vontade louca. Ele tinha nascido pra chupar minha rola! Deveria ter feito isso com ele bem antes, se querem saber.



Lambeu até os meus pêlos! Ficou com a boca cheia de pentelhos... Delícia!



Por último, lambeu as minha bolas, enquanto eu batia uma. Mais pra frente, iria ensiná-lo a lamber minhas bolas e ao mesmo tempo, ele mesmo, bater uma punhetinha aqui pro paizão. O gozo veio e o leitinho foi todo pra boca dele. Ele ficou com um pouco de nojo, cuspiu no chão e eu o fiz engolir, lambendo o chão de novo.



Gostou de mamar? - eu perguntei, mas o Rafael não respondeu nada. Estava eufárico, ofegante.



A boca já tinha sido inaugurada. Boquinha de ouro, como dizem.



Levantei-o com os dois braços e dei-lhe um beijo de língua, ele ficou estático, absorvendo aquele choque. E gostou. Aquele linguão na boquinha dele... Senti um pouco o gosto da minha porra. Meu pau ficou duro de novo. Ah, moleque....



Era a vez de inaugurar o cú. Será que meu filho ia chorar?



Apertei as nádegas dele... Cuzinho fechado, virgem...



Foda-se o que digam. Isso é o que é felicidade.







CONTINUA EM: "SAGA INCESTO GAY 2 - A PRIMEIRA VEZ QUE DEI PRO MEU PAI" NÃO PERCAM!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


socando muinto rapido ate ela gozar tezao monstruoso boa fodacontos porno baixinhaContos eroticos de mulheres sendo abolinadas no onibus lotadosbucetinhas perusinho"cabelo na perereca"bundinha com calcinha sensual da virgemconto comi uma buceta muito apertada que doeu meu paucontos eròticos gay virou minha negacontos eroticos gay aprendi pra que serve minha bundacontos eróticos gay eu e mais um amigo brincamos com novinhosubrinhocontosConto meu marido me devorou na madrugadapelanca contos eróticosCasada narra conto dando o cucontos eróticos cunhado retardadoconto incesto minhas irmãs gritaram no meu pauWwwloira casada negro da borracharia na casa dos contoscontos eroticos minha mulher apanhacontos a pica do comedor pingandocontos recentes incestos encoxados segredos flagradostirando o short da menina etrepandocoroa gostosa se arrumando namorada em Pouso Alegrecontos de primas dando pro cachorrocunhada baxinha dando a buceta pro cunhado no milharalpatroa dando a buceta pro vendedor ambulante contos eroticosminha tia querida bota roupas curtas e eu fico com tesão doido pra comer ela mais tenho vergonha o q façoContos minha irmã e minha putadou meu cu para meu amigo colorido contos eróticosminha xana piscavaconto erotico fui comida pelo mendingo de fio dentalcontos calcinhas de mamaesera q meu marido ja ficou com travesti peguei ele vendo videomete mete contoquero o pauzão dele no meu cu amor agora fica olhando contosCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESEu quero uma menção tá subindo no Pau por favor calma tá chupando pauconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travesticonto cachorro tirou minha virgindadecontos erotico vestido tubinhoNossos filhos nos flagraram... mas gostamos! contos eróticoscontos eróticos cdzinha eu tinha corpo de menina e ele disse que eu teria que dar o cuzinho pra elecontos eróticos leite incestoComi minha sobrinha contos eroticoscontos eroticos de estupros entre primosConto ui ui ta gozando filhamulher transando com dog contospintinho na bunda contoscontos eroticos de se masturbando nas sandalias da sogramenina na punheta contosfilho tirando a calcinha da mãe . ...mas mesmoboquete no casado contoconto erotico massageando a tia nuadominado e submisso contosvelha gorda com fome de velho a /.porrnodoido.compeguei papai cheirando minha calcinha contos eroticosteen recem casada contosconto minha tia mim maliciandocontos/ morena com rabo fogosocontos eróticos cavaloO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticoContos dois na minha mulhermulher casada vira p*** no baile do carnaval só transa com homem do p********* e grosso para vídeosputa que mora no bairro portãoContos vizinha de 19contos de coroas safadas no cacetaoconto erotico enrabadocontos fui comer uma bct chegou na hora era homemmanteiga cu froxo cunhada bunda g contoshttp://googleweblight.com/?lite_url=http://biz-kon24.ru/conto_13911_no-cine-porno-carioca.html&ei=ea8Z-K7J&lc=pt-BR&s=1&m=276&host=www.google.com.br&ts=1516003814&sig=AOyes_Q1gH0JgEpGP49Lv3Pg-0YeXVtLBgconto erotico arrombei o travesti do baile funkfudi gostoso no volleyadoro ser estuprada contosconto de incesto iniciando os filhos a arte do.incestoconto casada engravidou de outrodepiladas muas na sauna contoscontos heroticos gay meu tio de dezoito me comeu dormindo quando eu tinha nove anosContos eroricos esturpo seios mordidasnoite fria com titia contos eróticosconto erotico amamentando meu homemcomi minha filha pensando que era a minha mulhercontos de crossdresser me seduziu e me fez putaContos eróticos garotinha com garotoscontos de incestos e surubas com minha irma e minha mulher nudismo na piscina eu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticocontos eróticos minha amiga jogadora dormiu na minha casacontos de incestos posando na sogracontos entre mãe e filho picudo no banheirocontos eroticos gozando no cu da coroacontos eróticos putona do touroasgostosas ticosContos eroticos briguei com o marido dei pra outroconto o sarado e a gordinhacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Peguei meu filho e mandei ele chupar minha bucetacomo arrombar um cu virgem ticaEu e meu macho padrastoincentivanda pelo marido contos pornocontos de lambidas de cachorro em bucetas mulher casada