Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A MELHOR AMIGA DA MINHA IRMÃ NA SALA

Olá pessoal, entao como esse é meu primeiro conto vou me apresentar antes, vou me identicar aqui como "LOBO MAL" ( pois esse é meu lema pra que principe se o lobo mal é bem melhor, ele te ve melhor sente seu cheiro melhor, e ainda te come) tenho 19 anos, 1,79, 84KG bem distribuido malho áH 2 anos e meio mais ou menos. Vou contar como eu comi a melhor amiga da minha irmã pela primeira vez, minha irmã mora em uma cidade visinha a uns 30Km da minha cidade mais ou menos, sempre que ela pode ela vem passar o fim de semana na minha casa (onde eu moro com minha mãe) sempre que ela vem passar o fim de semana aqui ela traz uma amiga dela, vamos chamar ela de "BB" (voces ainda vai intender porque "BB") "BB" é loira tem 19 anos, 1,68 mais ou menos, corpasso, bunda farta (e muito farta) seios pequenos na medida, barriguinha reta (nao sei o peso dela nem faço ideia), "BB" é linda onde ela passa chama muito atenção pelo tamanho de sua bunda, moro no interior, cidade pequena uns 9 mil habitantes, quando ela vem aqui o pessoal fica doido, como eu moro no interior todo ano tem uma festa aqui na minha cidade (festa sertaneja) essa festa dura 3 dias e traz muitas pessoas de fora pra cidade, e sempre que tem essa festa na minha irmã vem passar aqui em casa, mais ela nunca trazia amigas pra dormir aqui em casa, como ia ter a tal festa no fim de semana minha irmã resolveu vim passar o fim de semana com nois, junto com ela, ela trouxe a "BB", quando irmã chegou foi um choque para mim, quando vi a amiga dela, fui ao delirio na hora, pqp pensei na hora essa eu nao posso deixar passar KK, bom a festa é SEXTA, SABADO E DOMINGO, como eu namorava na sexta pra mim foi meio tenso, fui para festa normal fiquei com minha namorada tudo normal, ja no sabado o dia ja amanheceu diferente pra mim, senti que aquele era o dia KK, amanheci fui no supermercado comprei algumas bebidas, energetico e tals, trouxe pra casa e deixei guardado, a noite vai caindo a cidade toda parada por causa da festa parecia com data especial (tipo natal essas coisas) todo mundo arrumando pra ir pra festa, todos bebendo em casa ja, fazendo o esqenta, ja saimos de casa chapados, ja cheguei na festa bebado topei com minha namorada vi ela conversando com um amigo e fiquei nervoso pois estava bebado brigamos e terminei com ela, fiquei na festa um pouco mais estava de cabeça quente por causa da briga resolvi ir embora pra casa, como a nossa casa é pequena e tinha muita gente resolvi dormir na sala, deitei no sofá e nada do sono vim, minha irmã ja tinha chegado ja estava até dormindo, o pessoal foi chegando e indo dormir e nada da "BB" chegar, depois de muito tempo todo mundo dormindo ja e sá eu acordado pois tinha bebido muito e nao tava conseguindo dormir, quando derrepente ouço barulho de tamanco batendo (é galera aqele barulho enjuado qe mulher faz com aqeles salto alto KK) ouço a porta abrindo era a "BB" chegando, percebi que ela estava bebada, perguntei a ela se a festa tinha ficado boa, ela disse que dimaaais, ela chegou meio descontrolada e sentou no outro sofá, começamos a conversar ela me contando que tinha bebido dimais que a cabeça dela estava rodando, conversa vai conversa vem ela me fala que esta sentindo frio (frio que sá ela estava sentindo pois estava um puto calor naquele dia KK) quando ela me disse pensei na hora essa é minha chance, entao virei pra ela e falei senta aqui comigo que eu vou te esquentar ela sem graça disse que nao e tals que ela estava bebada, ela reclama mais uma vez o frio, entao eu disse ja que nao quer deitar aqui vou atá ai te esquentar, e ela concorda e diz, vem então, levantei fui até a ela, vi que ela estava muito bebada, sentei do lado dela e beijei ela, quando beijei ela, ela me falou que era pra mim parar que eu era "BB" ainda, era muito novo e tals que ela gostava de cara mais velhos (dai saiu o nome "BB" kk) sá que ela pedia para, e ela mesmo nao parava continuava me beijando (acho que deve ser efeitos da bebida KK) chamei ela pra sentar no outro sofá pois aquele era muito pequeno ela concordou, levantamos fomos pro outro sofá quando sentei ela me supreendeu, me empurrou contra o braço do sofá me deitando e subiu encima de mim, ficou me beijando e ao mesmo tempo rebolando, aquele movimento era muito bom meu pau ja estava quase rasgando a bermuda de tão duro, eu com medo do pessoal acordar pois o sofá fazia muito barulho, mais o tesão era tanto que eu nao conseguia parar e nem queria parar (como eu ia querer para com uma mulher gostosa daquela encima de mim) ela rebolando eu passando a mão nos peitos dela por cima do vestido, ela apertava a bunda contra meu pau com tanta força que dava até uma dorzinha, derrepente ela me puxa pra cima e tira minha camisa começa me beijar no pescoço e vai descendo (sempre pedindo pra parar alegando que eu tava aproveitando dela pois ela estava bebada) até que ela chega no meu pau ela começa da umas mordidas por cima da bermuda nuss aquilo tava muito bom, até que ela tira a minha bermuda, nao tenho um pau muito grande e nem muito pequeno mais muito grosso ela começa chupar ele com muita vontade nossa que boquete ela enfiava ele todo dentro da boca e forçava contra a garganta, ficou naquele movimento vai e vem com a boca má tempão até que ela resolve subir denovo sempre beijando meu corpo todo, derrepente ela chega no meu ouvido e fala bem baixinho, me chupa bem gostoso vai, tirei o vestido dela bem devagar sempre beijando ela retribuindo o que ela tinha feito, até que ela ficou sá de calcinha, fui descendo ate chegar no meio das perna dela quando, comecei a chupar aquela bucetinha dela bem gostoso por cima da calcinha até que ela mesmo tirou a calcinha e pediu pra mim chupar bem forte, ela tem uma bucetinha linda, toda lisinha sem nenhum pelo, aquela bunda enorme me levava a loucura, coloquei ela sentada no sofá de pernas aberta e comecei a chupar ela bem forte do jeito que ela pediu, ela me arranhava me apertava ia ao delirio, até que ela gozou, e que gozo nunca vi uma mulher pra gozar tanto igual aquela, levantei tirei o resto da minha bermuda sentei no sofá e pedi que ela subisse encima de mim pra cavalgar bem gostoso, ela obedeceu direitim, subiu sentou e começou a calvagar e rebolar ao mesmo tempo, ela fazia uns movimentos que me levava a loucura, ficou naquele movimento de vai vem um tempão até que eu vi que ia gozar, mais eu nao queria que acabace assim, entao tirei rapidamente de dentro dela comecei a beijar a ela deitei ela de ladinho no sofa virada de costa pra mim, mais era até dificl pois bunda dela era muito grande, ficamos muito apertado no sofá, enfiei o dedo dentro dela e comecei a brincar com ela, ela estava com tanto tesão que minha mão ficou toda encharcada, levantei a perna dela abir bem a banda da bunda dela e comecei a penetrar ela denovo ficamos naquela posição mais um tempão até que falei no ouvido dela que ia gozar, ela falou que nao pois nao estava tomando remedio, mais ja era tarde gozei dentro dela, ficamos naquela posição um tempão abraçados com o corpo todo suado, ela levantou foi no banheiro limpou e voltou, quando voltou meu pau ja estava duro outra vez, puxei ela pelo braço e começamos a nos beijar denovo, ela sentou no sofá e eu fique de pé de frente pra ela, ela começou a chupar ele denovo o tesão era tanto que eu ja puxei ela coloquei ela de 4 no sofá e começei a penetrar ela denovo, ate que ouvimos um barulho ela levantou e correu pro banheiro e eu deitei e me cobri, nao era nada era apensar minha mãe mechendo no quarto fazendo barulho, ela volto sá que estava com medo, achei melhor pararmos tambem pois o perigo da minha mãe acordar era grande, no outro dia acordei fui na farmacia comprei o remedio e dei ela pra tomar, era domingo ja ultimo dia de festa e ela ia embora na segunda cedo eu estava com muito tesão nela fomos pra um encontro de som que ia ter na cidade, depois que chegamos do encontro de som fomos na rua pra lanchar eu ela e minha irmã, lanchamos quando voltamos ja nao tinha ninguem em casa, minha irmã foi pra dentro do quarto, e ela foi tomar banho quando ela entrou no banheiro eu entrei atraz, nao tinha problema pois ela ja tinha contado pra minha irmã, comi ela dentro do banheiro, comu ela até hoje temos uma relação de amizade colorida, sempre que possivel nois nus encontramos.



PS: depois de muito tempo consegui o comer o cuzinho dela, no proximo conto, eu conto como foi.



FIM





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos freirinhaconto marido do ladogozei na minha sobrinha conto eroticocontos eroticos sbcCONTOSPORNO.nenémconto gay negao casado deumulheres peitudas contos eroticosconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos eróticos perdi minha virgindade com um pau grande e grossocottos. curmir minha enteada novinhacontos velho tarado por bucetascastigo boquete contoschupando rola ate goza e dando a bucetacontos eroticosContos gays estrupados na obraEnrrabou minha namorada contos eroticoscontos eroticos vizinha curiando por cima do murocontos coroas de blusa sem sutiaContos eróticos sarrado minha tiacontos cavalonas apaixonadascontos eroticos minha mae peludacontos e vidios de patroes sendo fodidos por empregadas tranxessualporno anal mae filho em viagemquero ver contos de fada tia dando a bundinha para sobrinhozoofili a nimada travesticontos porno maior q meu antebraçochantagem com casal. que pediu carona contos eroticocontos erotico de praia de nudismocontos eróticos virei marido da minha irmãfui criado para ser gay Contosconto erotico cuzinho virgemsexe conto minha fia mideo o cu por 1.00 reauatrazcontoscontos eróticos a enfermeira velhaputa do meu funcionário contoconto erotico barzinho depois servicoporno amador em festinhasparticularesflagrei minha enteada de babydollContos esposa submissa e gostosacontos eróticos fode ai rebola vadia isso abre isso aí que pau grandecontosdesexopicantesfui estuprado e adorei dar o c******ver tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadfoi da aboceta vije e a romboContos eroticos chantagem cucontos eróticos repentinolambendo a calcinha da esposa safada contosaaaaah. chupa minha bucetinha vai. isso. vou gozar na sua boca. me faz gozarcontos eroticos outro pou de presente para minha mulherchat para tc com mulherescasadasiniciando um viadinho contoboqueteira gaucha contocontos eróticos sogra pega mulher metendo na camaooooooooohhhhh porra pornocontos eroticos de vovominha amiga me comeuhomem colocou sua picA ENORME NA XOTA DA CABRITA ENFIO TUDOcrescendo o pau aqui na frente da filha contos eroticoscontos eroticos de incesto: ajudando a mamaecontos er matagalcontos incestuosos pai fudendo. a filhacasada e carentepornô brasileiro fui trabalhar na casa da minha tia e comi minha prima de baby dollcontos eróticos gays a primeira vez com 24 anoscontos eroticos de incesto: sou cadelinha do meu filho 2conto erotico cachorro lambe pautia e sobrinho transando quandi ela esta malhandocache:BEpQkv0OPJUJ:idlestates.ru/conto_4507_eu-o-namorado-corno-e-sua-namorada.html contos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhacontos eroticos casei com um velhoSe masturbando conto com fotoAdoro dar o cu para o papa contosconto meu cu te amo grosscontos minha cunhada de shortinhos bem curtinhocomendo meu cunhado gay conto part 1Levou susto más gostou porno empregadamulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo contos saia sem calcinha escada engoli porraMeu sobrinho me fez gozar gostoso contos eroticos de gaysnao tira papai deixa que eu vo gozar