Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MULHER DO MEU AMIGO

Eram nove da manhã de hoje, domingo, 19 de janeiro, quando o telefone tocou. Fazia sol, tava um dia lindo. O Gerson me chamava para uma partida de sinuca em sua casa. Isso era comum. Ele mora aqui em Goiania, numa bela casa num condomínio fechado. Enquanto ele tomava a cerveja e cuidava do churrasquinho eu me deliciava com um suco feito por Neuzinha, sua mulher, que sempre nos acompanhava, visto que era super fã de sinuca.
A piscina era desfrutada por nás quatro, pois conosco também estava o Nelson, irmão da Neuza. Sua mulher estava na casa da mae, ele foi sozinho.
Tudo ia bem, se não fosse o celular do Gerson ter tocado. Por ser médico e estar de plantão, chamavam por ele no pronto socorro. Tinha acontecido um acidente de carro e precisavam que ele fosse imediatamente para proceder uma cirurgia, que era sua especialidade. Meio chateado, mas como era responsável, apenas comunicou que teria que ir ao hospital, mas que ficássemos à vontade que assim que terminasse viria correndo para continuar. Claro que não íamos deixar de aproveitar aquele resto de manha e a tarde deliciosa. Em quinze minutos saiu para o hospital.
Se era para ficar à vontade, como ele mesmo disse, fui direto à piscina e dei um delicioso e demorado mergulho. Sair do outro lado fui ver a pequena horta, que ele mesmo faz questão de cuidar. Seu hobby e prazer. Se orgulha e gosta de mostrar a quem o visita em casa.
Quando to voltando olho em direção ao galpão onde fica a churrasqueira e mesas o Nelson está abraçando a irmã por trás. Nada de mais se não fosse os carinhos que ele fazia e não se incomodou com minha presença. Ele alisava a barriga da irmã e beijava as orelhas dela, que afastava o cabelo e derreava a cabeça para o lado para melhor receber os carinhos do irmão. Ele quando me viu não se espantou e continuou até intensificando a esfregação na bunda linda que Neuzinha tem. Suas mãos passaram da barriga para os seus da irmã por ciima do biquíni, mas logo passaram a entrar por baixo, alisando diretamente os seios. Ela já gemia bem baixinho e vez ou outra me olhava como que pedindo a minha participação. Ainda tentei consertar a situação e sugeri que parassem, pois tavam me provocando. – não quero apenas te provocar, quero que ajude o Nelsinho. Brincou ela. Entendi, meio surpreso, não sabia que eles tinha tanta intimidade, que depois soube que eles transavam desde criança, mas que ninguém sabia disso.
Me aproximei pela sua frente e beijei sua boca sendo muito bem recebido. Lambi seu rosto e ela novamente procurou minha boca, enquanto seu irmão continuava alisando seus seios e beijando as laterais do rosto. Desci minha cabeça para chupar os seios. Levantei o biquíni e chupei com delicadeza. Minha outra mão foi para a xana, não quis atrapalhar seu irmão que mantinha-se ocupado esfregando a bunda com o cacete já fora da cueca. Desci mais para chupar agora a buceta doce e arranquei fortes gemidos dela, acho que foi o primeiro gozo. Esfreguei a a língua ao longo da racha da xoxota indo e vindo la dentro. Ela estava super lubrificada e colocou as mãos atrás da minha cabeça forçando para que eu afundasse ainda mais dentro de sua xaninha.
Nelson cortou o momento para nos chamar para uma espreguiçadeira ao lado. Ela foi como uma cadela com dois cachorros atrás. Ao invés de deitar-se de barriga pra ciima, ela com toda a tara do mundo foi ficando de quatro na cadeira e pediu: FODAM SEUS FILHOS DA PUTA. PONHAM CHIFRES NO CORNINHO, ENQUANTO ELE TÁ CORTANDO ALGUEM COM O BISTURI. Aquilo foi o bastante para meu pau doer de tão duro e me coloquei por trás. Já que ela dava a bastante tempo para seu irmão eu seria o primeiro a comer naquele momento e enfiei sem do, com ela pedindo para ir mais fundo. Meu cacete é comprido e grosso e ela parece que não se satisfazia nunca mas gozava e chorava. Praticamente gritava pedindo pica. E eu enfiava com gosto. Fazia uma cadencia rápida de vai-e-vem, cada vez entrando mais. Foram momentos que ainda não tinha imaginado. Nem mesmo de um dia fode-la, mesmo porque era esposa de um grande amigo, apesar de linda não me despertava tesão. Mas ela e seu irmão acharam por bem que eu participasse, pois to recém separado e sem ninguém,, no momento. Me deram esse presente. Ficamos mais de vinte minutos até que o meu gozo veio e veio com força. Foram jatos retesados devido ao tempo sem fuder. Uma porra quente, grossa e pastosa saiu junto com meu pau de sua xoxota. Tirei ainda sob protestos. Estava cansado, mas não tenho mais a vitalidade e energia de um garoto. Tenho que dá espaço de tempo de uma trepada a outra e hoje, foram três. Até o momento minhas pernas estão tremendo (risos). Foi muito gostoso. Sair antes que o meu amigo voltasse, mas tem uns dez minutos ele me ligou e marcou novo encontro para a semana que vem. Claro que eu vou. Provavelmente não vou poder foder sua mulher, mas na primeira oportunidade, ela vai gemer de novo na minha pica. Ela deve me ligar antes para marcar. Assim ficou combinado.
Mulheres ou casais de goiania que tiverem a fim de um coroa de cinquenta anos, que adora uma boa e discreta relação, é sá me escrever ou me adicionar no msn. Maridos que gostam de entregar sua mulher a outro será bem vindo. [email protected] . celular eu mando no primeiro contato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tia s***** com short bem coladinho com os peitinho bem a filha dançando o funk para o sobrinhoconto erotico toma leite pra crescer fortecontos eroticos seios grandes de leiteconto erotico flagra filhaPutinhas mamando contoseroticosJaponesa de salto conto eroticoempregada sexo19anospornozinho de garotinho do México lindo a bundinha do seu coleguinhacontos eroticos buceta peludacontos eróticos de manicures safadaspeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticocontos eróticos chupa querido aiiiiconto de sexo em estrada desertaconto irma com tesaomulher de chortinho aparesendo a beradia da bucetacontos de coroa com novinhonetinha safada adora sentar no colo do vovô contos eroticoscontoa cu pra o velhoo vento levantou meu vestido contos eróticoszoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maeNinfetas mamando rola no cinema contoseroticosComtos eroticos dei pro tio jorge com pau minusculohomens lanbendo o xinou da mulher na cama fotosconto negro taradocontos pornos irmas na pontecoroa 46 anos cabelo curto enroladinho dando a buceta grandecontos eroticos chatagiada a beber espermascontos eróticos de mulheres do b****** grandefui pego de calcinha pela minha irmaPornofamiliacontosMinha noiva exibida e gostosa na academia - Contos Eróticoseu gemendo de calcinha em cima da picona do meu macho contos gaysloca pra fude vai logo metenminha namorada mimosa conto eroticoccnto iroicos comedo o cuzinho do meu filho bem novinhocontos eroticos comi minha madrinha na cama do meu padrinhoconto viadinho dadeirocoleguinha liberal gay contosconto gay tirei o atraso do meu primocontos eroticos lobisomemComtos erotico 6 com a casada.Porno pesado gordao arromba magrinha pono doidocontos eu virei puta e amante do meu paisou uma loira muito puta e liberada para os negros pauzudos contoscontos de coroa com novinhodesenho porno dos flinstons cadamento.da pedreitanovos contos eróticos entre namorados dpComtoerotico mae pate punheta para filho virgemcomentário de. mulher que ja a buceta pro donzelocontos e vidios de patroas tranxessual fudendo empregadasdei o cu po meu pone contos eroticos pornoComtos casadas fodidas em cima da mesa por desconhecidoscontos eroticos meu 1anal quase morricontos erotico levwi minha esposa numa suruna de suprwsacontos eroticoscrenteminha mae é a mulher do meus amigos contosxhporno com duascontos er safadocontos fudendo com minha mulher e a minha cunhada peitudacontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigobrincando de upa cavalinho contos pornoacademia eroticaconto comendo viuvacontos eróticos padres heterossexuaisfilhinhas safadinhas contosconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travesticontos erotico pego no flagraconto erotico pai comendo a filha mais novaConto erótico namorada mestiçacontos eroticos de lolitos com tios de amigosPedi que meu filho me depilou contos eroticosenteada nua contosfilha dando para o primo novinho novinho amoitado do pai no XVídeoscontos minha filha chorou no meu pauA esposa crente e o prazer do gemido na penetraçãocontos eroticos de sogra carentecontos eróticos da quarta-feira de CinzasContos Deize pega rolaconto gay pirocudo da academiacontos eróticos de gay comi a bunda do irmão do meu colegacontos gays reais/a anaconda do meu primocontos eroticos casada e o farmaceitico negaocontos eroticos gays filho adotivoconto eroticos fui obrigado a fuder minha irma num estuprocontos eroticos enquanto eu como o cusinho da minha ex minha atual mulher chupa a bucetinha preta delacontos eroticos pega pegacontos pornos irmas na pontecontos erotico gay negro dando pra brancochupou tio i phoneConto erotico advogada enrabadaconto deixou a buceta ficar peluda pra dar pro pai