Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SERÁ QUE PERDI VIRGINDADE?

Oi. Bom dia. Meu Nome é Daniela e é a primeira vez que escrevo aqui. Sou meio tímida e vi aqui a chance de contar algumas coisas que não falaria em outra situação. Tenho 19 anos, faço niver em maio, tenho 1,74, sou magra (jogo vôlei pelo time municipal), cabelos e olhos castanhos claros e pele branquinha. O caso aconteceu há 5 anos, ainda era bem inocente sobre sexo. Era virgem ainda (e tinha certeza disso).rnrnTinha um primo que sempre fui afim e nunca tinha dito nada. Ele já tinha dito que achava meu bumbum mto gostoso. Eu adorava isso, mas tinha vergonha de falar qualquer coisa. Sempre gostava de atiçar a imaginação dele. Qndo ia visitar a gente eu usava soh meu pijama, um shortinho que mal cabia minha minha bundinha e uma camiseta fina que deixava ver o biquinho dos meus peitinhos. Essa roupa em casa era norma e como era tudo família ninguém falava nada. Eu de cabelo preso e minhas pernas e pezinhos a mostra deixava ele louco. Eu ficava excitada de ver o volume no calção dele qndo a gente brincava de lutinha ou cosquinha (coisa de criança, mas já com 2ª intenções). Confesso, era safadinha. Mas soh com ele.rnrnNum domingo qualquer o pessoal tava num churrasco lé na área. Entri correndo, apurada pra fazer xixi, na pressa, casa vazia e quase fazendo xixi na calcinha, deixei a porta do banheiro sá encostada. No alivio q tava sentindo, de olhos fechados, quase tão bom quanto gozar depois de me masturbar, não vi que ele tava em pé, na porta, me olhando. Tomei um susto. Gostei da carinha de safado q ele tava fazendo, fiquei sem reação. Eu descalça com meu shortinho jeans e calcinha amarela nos pés, sentada ali, vendo aquele gato de shorte estampado e com aquele volume que ia crescendo. Eu não queria estar ali, mas era ao mesmo tempo bom. Ele veio na minha direção e fechou a porta, e eu ali sentada de pernas bem fechadas, tremendo e olhos arregalados, escuto ele dizer: - Safada, sei que tu quer dar pra mim e hj vai ser minha putinha! Gostei de ouvir aquilo, mas fiquei com medo. EU ERA VIRGEM. Meu coração tava a mil qndo vi na minha frente ele abrir o botão e aquele pau explodir do calção. Fiquei com mto tesão, mas qndo ele tava puxando forte a minha cabeça pra ir xupar aquele cacete, levantei assustada e corri em direção a porta. Ele me puxou por traz e eu ainda com a calcinha abaixada senti aquele pau duro roçando na minha bundinha e ele sussurrando: - vc ñ quer perder o cabacinho, mas hj vai ser minha e vai sentir meu pau bombando dentro de ti. Fiquei com mto tesão qndo ele boto a mão pro baixo da minha blusa e apertou meus peitinhos, tão excitado que parecia que ia arrancer eles. Doia, mas tava gostando. Tirei a blusa.rnrnEle começou a roçar mais o pau na minha bundinha branquinha. Tirei a calcinha de vez e botei a mão na minha xaninha que já tava molhadinha. Eu tava totalmente entregue a ele. Ele começou a passar sabonete liquido naquele pau lindo. Virei e comecei a alisar com as duas mãos aquele pau com toda velocidade que podia. Ele me virou de novo com força, me abaixou contra a tampa do bacio, de bundinha empinada. Eu me tocando e ele começou a meter no meu cuzinho apertadinho. Soh a cabecinha, comecei a gemer. Doía. Alguém batia na porta, mas a gente nem ligava. Comecei a abrir minha bundinha com a mão e rebolar bem devagarinho. Toda arreganhada pra ele. Pra encaixar direitinho. Quando derepente. Ele meteu TUDO. Soltei um grito alto de dor. A música abafou. Quase cai, mas ele me segurou firme e começou a bombar no meu cuzinho. A dor era terrível. Ardia, mas sentir aquele cacete dentro de mim era tb mto gostoso. Ele bombava cada vez mais forte, eu chorava, gritava, ia esfregando minha mão na bucetinha enquanto ia pra frente e pra traz. Me sntia uma puta. Com o cuzinho pegando fogo, dava gritos altos, morrendo de tesão, gozei como nunca na minha vida. Minha bucetinha latejava, minha perna tremia e ele ainda metendo com força enquanto meu gozo meladinho escorria pela minha perna. Derrepente ele parou. Puxou mto forte minha mão pra traz e senti quele leitinho quente dentro da minha bundinha já toda assada, de branquinha tava vermelho vivo. Ele me abraçou por traz e finalmente tirava quele pau devagarinho enquanto eu sentia aquela porra misturada com sangue escorrendo do meu cuzinho. Ele se vestiu e saiu rápido do banheiro. Eu nem conseguia andar. Sentei no bacio. Pelada. Gozada. Pingando porra e sangue. Fique quase uma semana sem poder andar normalmente.rnrnMas quando ainda tava lá, quase desmaiada, eu me perguntava se ainda era virgem. Até hj não tenho a resposta.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


menina novinhas putinha contos eróticos picantescontos eróticos com mulatasConto minha filha so anda de fio dental em casaContos eróticos mae do meu amigocontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzacoleguinha liberal gay contosconvencimeu marido a ser cornocontos erotico tia de calça suplex econtos eroticos me comeram feito puta e chingada de vadia e cadelacontos eroticos primeira vez de coroa rabuda de cornocontosgay comi meu priminho bricando d lutinhaconto erotico comi o cuzinho da minha priminha novinhacontos sado marido violentoscontos.gozou na mendigacontos eroticos a prima da esposa organiza uma surubaContos eroticos louco por seios procadomeu patrao cacetudo contoscontos eróticos nordestino barrigudo gayas mulher freira depilando o priquito no conventoeu e a tia evangelica casada da minha esposa conto eroticomorena elisangela dando o cuzinho gostoso de cabo friocontos eróticos de noracoontos coroa xereca piscou quando vi pica cachorroContos gay perdi o cabaço com coroaminha namoradinha me provocou pra fuder brasilrelato de corno que deu a esposa para o cunhadoConto erotico comendo gordinha durante colheita do caféo amigo do meu marido comeu meu cu/contoscontos erticos de ninfetascontos erótico cunhada de resguardecontos crente casadaso negão comeu o meu marido contos eróticoscontos vazando porraConto Meu Amor é um Traficante parte 3- Contos Do PrazercontoseroticossandraA mulher do meu amigo gemeu baixinho na minha vara pra ele não ouvircdzinha dando bundinha vestida de sainha rosa gosando gostoso sem tocar no paucontos eroticos fudendo a mae travestiCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESencoxador no tremdeu a buceta no presidio contosContos eróticos casada os pintores me espiandoContos eróticos dei pra todos os homens da famíliacontos eróticos e********** humilhando c****contos cu apertado da obesacontos eroticos porno de pirralhas inocentescontos homem casado chupa picq homem casadocontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolatravesti gemendo a ponta da pistolaputinha desde novinha contos eroticosFesta da buceta em lagoa da pratacontos comiminha primavelhos idosos gays chupando rola e dando o cu x hchupeicontosno cu nunca mais contosContos eroticos seduzi a mae do meu amigo uma coroa bem recatada e dona de casanegras abrino o cu pra meter nele gostosoo que é momeceicontoseroticos comeu a namorada de calcinha fio dentalconto brincando na praia com minha irmãcontos eroticos porno de pirralhas inocentescontos eroticos de advogadas coroaseu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos gay tetinhas gordinhacontos prima batendo uma pro primocomentário de. mulher que ja a buceta pro donzelocontos velho tarado por bucetasTo ferrada fiquei.arrombada contos eroticoscontos eroticos meu primo me comeuconto erotico dei meu cu em um.lugar inuzitadoContos.encesto.so.de.mae.o.asaltopaugrossocontoseroticosputão na vara contosminha prima me seduziuContos gays fui de fio dental no cine porno e fui arrombadocasa conto - eu minha namorada e sua amiga part 1conto programa de puta