Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A PROVA (PARTE II)

Já era 1 hora da manhã, já não sabia quantas cervejas tomamos, sei que eu estava alegre, não bêbada, não podia ficar com todas aquelas coisas em mim.rnrnEle nem olhou pra mim apenas ligou o vibrador, não havia percebido que ele tinha pego o controle. Soltei um gritinho de susto.rnrnEle sorriu e falou calmamente.rnrn- Agora minha puta, você vai merecer receber um castigo quando chegar em casa.rnrnLá estava eu me concentrando novamente para não fazer mais nenhuma besteira. Aquele vibrador estava no lugar certo na hora errada, eu fechei os olhos, estava muito excitada, coloquei a mão na minha cabeça sem saber o que fazer. Segurar era em vão, o rosto do meu dono de excitação por me ver naquela cena me deixava mais louca, gozei gostoso mas tive que disfarçadamente colocar a mão na minha boca para não soltar um gemido.rnrn- Humm, esta de parabéns de novo.. tá vendo como você é bandida safada ? Sabe obedecer direitinho minha puta safada.rnrnDepois de desligar o vibrador, ele pediu a conta e nos dirigimos para o carro. rnrnMas uma vez ele colocou as algemas de corrente mantendo meus braços para trás. Abaixou o meu vestido e tirou meus seios para fora. Ligou novamente o ar condicionado no mais frio possível. Percebi que ele começou a dirigir bem devagar aumentando o caminho, e toda hora olhava para meus peitos.rnrnQuando eles estavam já doendo de tão durinhos que estavam os bicos, ele tirou do console dois prendedores, os mais doloridos que ele tinha, eu fiz uma cara de choro como se pedisse para ele não fazer isso.rnrn- Seu castigo começa agora.rnrnEle colocou com bastante pressão e fez uma gambiarra para prender a correntinha que ligava os dois prendedores no porta luvas me deixando bem reta, já que meus braços não podiam ir mais. Para piorar ainda desceu o banco me deixando completamente no espaço e começou a acelerar e freiar bruscamente em uma rua que não tinha movimento. Eu gritava pedindo para ele parar. rnrn- Você quer mesmo que eu pare, ou esta ficando molhadinha?rnrnMeteu sem pena a mão na minha buceta que estava quase molhando o banco, mexeu um pouco nos prendedores que já estavam super doloridos.rnrn- Esta mentindo pra mim cadela. Agora você vai ser castigada ao extremo e pode gritar que eu não me importo.rnrnLigou o vibrador na velocidade máxima e mexeu nele deixando bem posicionado. rnrnAumentou o volume do som no mais alto, nem ele me ouvia no volume que estava.rnGozei e entrei em desespero por que percebi que ele não iria desligar tentei gritar e pedir misericárdia, mas meu dono para mostrar a sua indiferença cantava a música alto acompanhando o som.rnrnEu já não me controlava mais, como tinha gozado, meu clitáris estava sensível causando choques com o vibrador ligado em potência máxima...estava me mexendo tanto que um dos prendedores saiu do meu bico causando uma dor alucinante, neste momento meu dono encostou o carro e começou a chupar meu bico dolorido mordendo fortemente aonde estava o prendedor. Eu já estava quase a ponto de falar a safe word pois estava ficando louca com tanta coisa. Ele colocou o prendedor novamente e me puxou mais pra frente diminuindo a correntinha presa no porta luvas.. eu gritei muito sentindo que ia ficar rouca.rnrn- Você quer desistir cadela ?rnrnMesmo com o vibrador me dando choques, o plug enterrado no meu cú, meus grandes lábios presos e doloridos com os prendedores, ele sabia que eu não abaixava a cabeça para um desafio. E disse quase gritando.rnrn- Não Senhor, eu não vou desistir.rnrnEle sorriu e arrancou o carro me fazendo ir para trás puxando meus bicos para frente. Não sei bem o que aconteceu, mas acabei gozando de novo com aquele vibrador me possuindo.rnrnChegamos em casa ele desligou o vibrador e apenas tirou a correntinha dos prendedores do porta luvas, não tirou os prendedores dos meus bicos. Soltou as algemas e mandou que eu descesse, olhei para os lados e falei q eu estava com os peitos para fora. Ele disse que não havia ninguém olhando, que eu poderia descer.rnrnEle foi andando na minha frente e quando eu ia entrar em casa ele fechou a porta me deixando pra fora. A porta tinha um vitral aonde ele conseguia me ver.rnrn- Não se cubra ou se esconda.. mantenha os braços para trás sua cadela inútil.rnrnEu olhava para os quatro cantos com medo de alguém me ver. Ele cruelmente ligou de novo o vibrador no máximo. Eu pedi por favor para ele parar. Ele ria como uma criança que ganha um brinquedo novo.rnrn- Como eu nunca tinha pensado nisso antes minha cachorrinha.rnrnEu tentei me controlar, mas soltei uns gemidos não estava aguentando mais ficar em pé, estava exausta. Gozei mais uma vez, meu mel já escorria por minhas pernas. Ele me deixou entrar depois de eu gozar e dele desligar o vibrador.rnrn.... Continua ....rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


amigo sex diplomata contopaguei para fuder minha tia contoscomo tranzar com um pintcher zoofiliaconto real meu vizinho me estuproucontos eróticos professor japonêsmenina sapeca danada enganou todos contos eroticoscontos de casais numbar de negaos pau grande maridp feliza minha prima rabuda me deu seu cu conto eróticoscontos erotico peguei carona na hora erradaporno doido filho comeno a sua mae baixinha peitudacontos vendo a irma sendo fodida betinhacontos eroticos mamae me da o cu sem docontos eróticos casadas safadasconto erótico ajudando a irmã na faltacontos eroticos casal vai ao cine eroticos e esposa e asediada e marido naovecontos eróticos cdzinha eu tinha corpo de menina e ele disse que eu teria que dar o cuzinho pra eleconto eonico de sexo analContos eroticos dois macho chupando minhas tetascontos eroticos pica grandecontos eroticos de coronel de rola grande e grossaconto erotico do garoto ricardo fodendo titiocontos eróticos cadela e putona famíliascontos gay sentou no cologordinho cagando na vara conto eroticosrelato de gêmeos que acabou torando sua sograContos eroticos familia sem preconceitolesbicas presediarisContos eroticos aii te amo ..ai ..ai mo vc e gostosa devagrContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscocomendo meu cunhado gay conto part 1muie pega a manguera do amigo do cornaoMães chupando filho contoseroticosconto erotico praia esposa garotosmuitus contus estupro na favelasocando muinto rapido ate ela gozar tezao monstruoso boa fodaesposa eu e o primo safado contocontos de inxesto como o meu marido não me notava então eu fiquei dando mole para o meu irmão para ver o que ia acontecercontos eroticos escarro na boca deleesfolou o cu do gay conto pornoMaicon tá doida ela me pediu pra comer sua esposa na frente deleconto menage com minha namoradarelatos eroticos forçadocontos erotixos petde minha virgindade na escolaMinha tranza com animais contoscontos comendo a sograchat para tc com mulherescasadascontos de dei o cu para um jumento Negrãocontos ela da a bundaeu meu primo e minha mulher contoscontos fragei meu amigo dotado e minha esposacontos eróticos frio chuvapassou a pamadinha e epurrou no cu da esposaconto quando fiz dez anos dei minha xoxotinha para o meu padrasto caralhusogozando com testosterona contoscontos eroticos dentista coroa casada tarada por sexoela gritou dizendo q seu cu tava doendo contoscus rijos bom analcontos de sexo com velhos babõescontos eroticos..comi a mulher do pastorcontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosMenina Má tava dormindo sem calcinha eu penetrei meu pau na b***** delatoda e Vânia chupando a bocacontos eróticos - dando carona pra duashomem enrrabadoContos eròticos teens incesto pai e filho novinhos curiosocontos erotico gay quando mim focaraoContos de insestos com irmasocar pasta de dente na vagina aperta.contos eróticos escrava sexuais incertoesposa e meu pai contoxvideoporno com er maosgozada na boca sueliru cdzinhacontos pirralho roludoContos eroticos cumi mi.ha cunhada carlacontos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15Conto erotico novinha.pediu pra passar bromseador