Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TORNARAM MINHA ESPOSA EM UMA PUTA 3 ( FINAL )

Continuação do conto Tornaram minha esposa em uma puta 2.rnMe deitei na varanda e adormeci, pois ainda estava de ressaca da noite anterior. Quando acordei já havia anoitecido vi uma movimentação no interior da casa e quando entrei tinham dois caras estranhos, sentados no sofá conversando com o Tomaz. Me assustei e perguntei pelo Zezão e o Tomaz disse que ele estava no quarto. Chamei-o então na varanda e perguntei o quem eram aqueles homens e o Tomaz disse. -Fique tranquilo Dr. que esses dois são amigos nossos e o Zezão chamou para comerem sua esposa. Falei que aquilo não era o combinado e que eu não ia admitir isso. Tomaz então falou. Olha aqui pelo que eu entendi desta histária toda é que o senhor queria sua mulher uma puta bem safada e é isso que ela vai se tornar. Agora se não estiver satisfeito pode entrar ali no quarto e levar ela embora, mas quero ver como você vai explicar que armou tudo isso. Fiquei sem ter o que responder e ele vendo a minha situação, mudou o tom da voz e falou. Calma Dr. vamos entrar que vou te apresentar aos caras e você vai ver que eles são gente fina. E o senhor vai até gostar de ver a festinha que vamos fazer com ela. Tomaz entrou na sala e eu fui atrás. Ele então falou. ?Galera esse é o nosso anfitrião e corno que está nos emprestando a gostosa da mulher dele. Os caras se levantaram do sofá e vieram falar comigo. Apertaram a minha mão como se fosse uma situação comum e voltaram a se sentar. Fui até a porta olhar a Bela e a vi sentada na cama com o Zezão. Os dois conversavam animadamente e bebiam cerveja. Percebi que ela falava bastante e ria de vez em quando. Então o Zezão se levantou e veio para sala enquanto ela ia ao banheiro. Quando ele saiu deu de cara comigo e rindo, falou. ? Acordou, que bom, pois hoje vamos fazer uma festa das boas e sua mulher tá muito animada. Voce realmente é um cara de sorte, pois quando isso acabar vai estar com uma puta de primeira na mão. Me chamou para varanda e falou. Voce vai ter que ficar olhando aqui de fora, pois eu prometi a ela que a deixaria sair do quarto depois do banho. Tentei falar dos caras, mas Zezão me cortou dizendo que ali seria a coroação dela como puta e que ele já tinha conversado com ela e ela tinha aceitado. Depois ele entrou trancando a porta. Da varanda eu tinha uma visão completa da sala e acabei ficando sentado esperando e pensando em como uma pessoa poderia mudar tanto em tão pouco tempo. rnBela entrou na sala toda arrumada com uma roupa que eu não conhecia. Era uma minissaia roda e florida e um top branco que deixava sua barriga de fora. Zezão a abraçou e apresentou aos caras. Se sentaram e o Tomaz pegou uma garra da cachaça e serviu cinco doses. Bela recusou, mas o Zezão a mandou engolir e ela obedeceu. Continuaram com a cerveja e depois foi servida outra rodada de cachaça. Na quinta rodada a Bela já estava rindo a toa. Então o Zezão a puxou e a colocou sentada em seu colo. Colocou as mãos em suas coxas, foi abrindo as pernas e puxando a saia para cima. A buceta toda rosadinha logo ficou a mostra para os outros na sala e ele ficou dedilhando seu grelinho. Com a outra mão ele foi puxando seu top até arrancá-lo pela cabeça deixando a Bela com os seios nus. Os caras começaram a tirar os paus para fora da calça e ficaram batendo punheta. Eu vi que um deles tinha um pau descomunal em comparação com os outros que já eram grandes. Um dos rapazes se abaixou e começou a chupar a buceta dela que continuava sentada no colo do Zezão, com os olhos fechados. Quando ela começou a gemer o Zezão a Levantou e mandou que ela fosse de quatro como uma cadelinha, para chupar o pau de todo mundo. Bela ajoelhou-se e foi engatinhando até o primeiro que era o Tomaz e foi logo colocando o pau dele na boca. De onde eu estava, dava para ver sua bucetinha e seu cuzinho aberto. Ela então foi para o seguinte e fez a mesma coisa chupando outra pica. Quando ela chegou no terceiro, tomou um susto de vez o tamanho do pau do sujeito . O que é isso, parece um jumento. Ela falou. Todos riram e o cara disse a ela. Isso aqui é pra fazer você gozar bastante, minha putinha. Bela tentava chupar a pica, mas sá conseguia chupar a cabeça, pois o resto não cabia na boca. Enquanto ela chupava a pica, Zezão veio por trás dela e foi enfiando na buceta. Bela remexia sua bunda enquanto ele bombava nela. Ficou assim por um tempo, até que mandou ela inverter e chupar seu pau. Quando ela virou o cara do pau grande veio para junto e foi tentando enfiar a pica. Bela fazia uma cara de dor e vendo que assim ele ia machucar muito, se levantou, colocou ele sentado no sofá, pegou o vidro de áleo e lambuzou a pica dele. Depois foi sentando aos poucos até que ela desapareceu enterrada na buceta. Bela começou a gozar e se tremer. Todos olhavam ela trepando naquela pica. Depois de alguns minutos o negão a colocou de quatro novamente e falou que ia meter na bunda dela, Bela deu um pulo e pediu para ele esperar um pouco, pois assim ela não ia aguentar, e olhando para o Zezão falou, Deixa o Zezão me comer primeiro que depois eu te dou. Zezão então tomando conta da situação, falou. Peraí maluco, você vai ser o último a comer senão v ai arrombar a mulher. Zezão então puxou a Bela para perto dele e se sentou no sofá. Passou o áleo no pau e foi fazendo ela sentar, enfiando no seu cú. Bela desta vez nem fez cara de desconforto e foi abaixando até o pau entrar todo. Tomaz vendo isso, veio e foi enfiando o pau na buceta dela. Bela começou a gritar. Me fode safado, me faz de puta, me lasca, arregaça meu cú. Ela babava enquanto falava e os dois enfiavam alternadamente nela sem dá. Zezão então começou a gozar e logo depois o Tomaz. Assim que o Zezão saiu o outro que estava olhando veio e enfiou no cú dela que continuou a gozar uma atrás da outra. Mais algum tempo se passou e o cara gozou também e quando a Bela se levantou o negão falou. Já esperei demais e agora quem vai comer essa bunda sou eu e foi para cima dela. Vi no rosto da Bela o medo de encarar aquela pica, mas o cara a jogou no sofá e foi deitando por cima. Colocou a cabeça na porta do cú e foi enfiando. Bela gritava que ele tava arrombando ela, mas não houve piedade e como seu cuzinho estava já cheio de porra, facilitou para o negão que meteu sem piedade. Ele enfiava e tirava, para enfiar de novo e depois de alguns minutos assim a Bela começou a mudar o gemido para uma entonação mais de prazer. Logo esta estava gozando como eu nunca tinha visto ninguém gozar, até que o negão gozou também urrando em cima dela. Depois todos pararam e a Bela ficou deitada no sofá. Eles abriram a bunda dela para ver o buraco que tinha ficado e mesmo de longe eu vi a cratera que tinha se formado. Fiquei com tanto sentimento de culpa que fui embora. Peguei meu carro e voltei para casa. Não consegui dormir nem bebendo e vi quando o dia amanheceu. Pensei em voltar na chácara, mas Não consegui me mover e passei o dia deitado e sem comer. Deixei então tudo para o outro dia e assim que amanheceu, eu liguei para o Zezão. Perguntei com o faríamos e ele disse que ao meio dia eles a deixariam na estrada perto do sítio e que falariam a ela que eu havia pago o resgate. rnAssim foi feito e ao meio dia eu foi ao encontro da Bela. Estava muito nervoso e quando cheguei ao local indicado Bela estava em pé junto a uma árvore. Parei o carro e corri ao encontro dela que me abraçou fortemente e começou a chorar. Falei que tudo havia acabado e que graças a deus ela estava bem. Bela me olhava e chorava. Falei que a levaria para o hospital, mas ela se negou e então a coloquei no carro e fomos para casa. Dois dias se passaram sem ela querer falar comigo e muito menos deixar tocá-la. Respeitei esse tempo, mas tinha que resolver isso logo e então entrei no quarto para conversar com ela. Disse uqe era normal que ela não quisesse falar, mas que era preciso. Perguntei então o que tinha acontecido e ela não me respondeu e então eu falei. Bela quando eu fui pagar o resgate, eles me entregaram uma fita onde você aparece sendo estuprada por eles. Bela me olhou e correu para o banheiro se trancando. Pedi que ela saísse e esperei por quase duas horas até que finalmente ela veio até mi e falou. Me perdoa amor, eu não sei o que aconteceu comigo, mas aqueles caras fizeram de tudo comigo e eu não pude fazer nada. Eu então falei. Meu amor eu sei, não estou te culpando de nada, sá quero que você me conte tudo para eu entender o que eu vi. Bela então me contou desde o inicio quando eles a levaram. O que fizeram com ela e depois me contou a parte do resto da noite e o domingo, onde segundo ela os caras a comeram a noite toda e no domingo mais quatro homens haviam ido até lá sá para comê-la. Que até a segunda de manhã eles não a deixaram quieta. Fiquei sem saber o que dizer, até que falei que eu a amava muito e entendia tudo e ela me olhando e chorando me falou. Mas no final eu gostei amor e é por isso que te peço perdão. Ficamos nos olhando e então eu a beijei. Bela correspondeu e eu fui beijando seu pescoço até abrir seu roupão. Pude ver as marcas roxas que os caras haviam deixado em seu pescoço e seios e fui beijando e descendo pela sua barriga até sua buceta que estava raspadinha. Chupei seu grelinho e quando abri suas pernas pode ver o estrago. Sua buceta e seu cu completamente abertos ainda e manchas roxas nas suas coxas. Chupei sua buceta e seu cú, o que eu nunca tinha feito e logo senti uma mão puxando meu short e tirando meu pau. Senti então sua boca pela primeira vez chupar minha pica e assim ficamos até que a virei e enfiei na sua buceta. Não era definitivamente mais a buceta que eu conhecia. Meu pau ficava dançando lá dentro e depois de umas enfiadas coloquei em seu cú que entrou na maior tranquilidade. Bela começou a me falar. Bate em minha cara, me chama de puta. Comecei a dar uns tapas de leve e ele pedia com mais força e assim eu fiz. Bela gozou tomando no cú e apanhando, até que eu gozei em sua bundinha. Quando terminamos ela falou. Eu te amo muito e você é o melhor marido do mundo, mas é melhor você me largar, pois eu estou louca e não paro de pensar naqueles animais me comendo. Quero tirar isso da mente, mas não posso e preciso de uma rola grande dentro de mim. Fiquei olhando para ela espantado e vi que o que tinha feito muito pior do que eu imaginei. Falei para ela que nunca a largaria e que chegaríamos a um acordo para satisfazê-la.rnAssim começa as minhas histárias como corno assumido e de como transformei minha esposa tímida e recatada em uma puta sem vergonha.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delaporno com primas branca de olhos verdes de cabelos ruivos bunda redonda e peito pequeno redondinho / anal/Comtos mae fodida pelo filho e sobrinhocpntos erotocps nupciascontos sobrinho negroroludoContos olhando a mãe dacontos eróticos de incesto minha mae no meu colocontos eroticos fudendo a mae travestisou uma mulher casada mais adoro trai meu marido adoro da minha bucetinha meu cuzinho a outro homem e tambem adoro chupacontos eróticos velhacontos eróticos de menina transando com o tio bonzinhomulher de vertido con as pern.a reganhdacontos eroticos meu caseiro parte 2contos irmâ da esposaNovinhas boqueteras contos eróticoxvideos preneditadowwwporno negras aregacadas por negoesContos eroticos amo dar pra cavaloscachorro pinche lambe buceta e festaconto tio trai com sobrinho travestifui violentada por um travesti que deixou minha buceta toda meladacontos eroticos brincadeira relcontos incesto filhonas Tenho 60 anos e minha bunda ta se mais contosfotos de buceta sendo lambinda e gritandocontos encesto na praia de nudismocontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangcontos eróticos vítimaMadrasta de shortinho partindo a bucetaconto real casada moro na casa do fundoacontos erotico gay negro dando pra brancocontos eroticos pivetescontos eroticos ela nao aceita ser cornocontos sado marido violentosjapinha escorrendo na fodacontos incesto mãe fofinhaultimo contos eróticos transando com tio aminha iniciacao gay sendo a mulherzinha do negao contos pornocontos eróticos no cu com cachorroconto erótico terminando a reforma com esposadeu a buceta no presidio contosmeus patroas adoram chupar a minha bucetacontos erotico incesto virei a cadela do titiominha mulher adora ser brechadaContos eroticos patricinhaConto Erotico minha sogra tem uma bunda enormecontos eróticos [email protected]contos eroticos meu genro pausudo arregacou minha bucetaconto gang bang com crentewww.gays dando o cu par cachorroconto.comconto tia pelada em casacomi a melhor amiga da minha mae vai mete seu puto cotos eroticocontos eroticos filhomeu bundao ta seduzindo meu filho contosminha primeira punhetacontos eroticos dentro do escondido no guarda roupasEstourei o cu da crente na viagem contosna davela os homens nao tem frescura conto eroticoquero ver contos eroticos tias e sobrinhos dando cucache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html jornalistas rabudas contoscontos eroticos de quata feira de cinzasogra mijona contosContos eróticos picantes pecados na igreja com padresFeirao big foto penetrando no cuzinhominha esposa em puta vai mete vou gozar cotosComi o cu da paulistinha contoscontos cuidando da minha irma casadaxv inserto chupando a busetinha da novonha dorminoconto erotico comi.a .mulher.do meu amigo.corinthianofotos de loira sapeca abrindo as pernas a abrindo a xana rosaconto eróticos c afilhadavai me arrombarcontos chineladas da empregadaconto erotico fazia tudoque meu tio mandavaHistória porno cumi a cachoraFui vendida como escrava sexual para um negaovamos lá tem uma loira chupando a b***** da outra na boa f***Contos eroticos seios devorados mordidosContos eróticos enteada larissa viajar