Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIREI A PUTINHA DA FAMILIA DO MEU NAMORADO :(

Bom é a primeira vez que escrevo no CONTOS ERÓTICOS. Vou contar para vocês o que aconteceu comigo semana passada. Fui no sábado pra casa do meu namorado, sempre fui bem recebida pela minha sogra e por todos da familia dele, mas nesse sábado foi diferente. Logo ao chegar na casa dele, todos haviam saído e sá estava minha sogra la, uma coroa de 43 anos, corpo de mulher de 20, branca, cabelos pretos até a cintura. Ela me recebeu super bem e mandou que eu entrasse e aguardasse por que o neto não ia demorar, eu a atendi e me sentei no sofá. Ela estava arrumando a casa e me ofereci para ajudar, ela aceitou. Então eu fui arrumar o quarto dela, em meio a arrumação, abri uma gaveta e tomei um susto, cheio de brinquedinhos sexuais, ela riu e me perguntou se eu nunca tinha usado e eu respondi que não, ela começou a me contar que depois do falecimento do marido ela se sente muito sozinha e deseja ter novas experiencias, mas não quer mais se envolver com homens, porque eles sá usam e depois joga fora, por isso comprara os objetos. A conversa estava super descontraida, mas do nada ela começa a me elogiar, dizer que o filho dela tem muita sorte de namorar com uma menina tão simpática e educada, além de bonita como eu, eu agradeci e retribui os elogios, disse que ela estava em boa forma para a idade dela, que eu a achava muito gata mesmo. Ela começou a passar a mão no meu cabelo e me pediu que sentasse um pouco que ia fazer um suco pra nás, eu acatei. Ela esatava com uma minin saia e sem calcinha, um tomara que caia e sem sutiã, que deixava os peitões dela com o biquinho aparecendo, os seios dela são super durinhos e em pé. No preparo do suco, ela tinha que pegar mais açucar, que por sinal estava no armário de cima e ela teria de subir em uma escada, me chamou pra segurar a escada, eu segurei e ela subiu, as pernas durinhas e sem calcinha, foi uma visão muito bonita, ao olhar para cima me deparei com uma bucetinha rosada e depiladinha, nem parecia pertencer a uma coroa de 43 anos. Aquilo começou a mexer comigo, toda aquela insinuação estava me deixando louca, não sabia porque mas estava. Não resisti e passei a mão na perna dela e fui subindo, e elogiei dizendo que as pernas dela eram muito bonitas, ela percebendo que não estava mais no meu normal desceu da escada, ajoelhou e passou a mão na minha coxa dizendo que as minhas eram lindas, que dava vontade de morder, e perguntou se podia dar uma mordidinha, eu deixei. Ela me deu uma mordidinha de leve e começou a lamber minha coxa, apertava forte como se fosse rasgar, percebi que eu estava com a xaninha molhadinha e não entendi o porque, nunca senti atração por mulheres, mas com minha sogra estava sendo diferente. Apás isso sentamos no sofá, eu também estava de minisaia e ao sentar sem querer dei uma abridinha na perna e ela viu o melecado e me perguntou se eu estava menstruada, eu disse não, ela disse é que eu vi que sua calcinha esta com uma mancha de molhado, eu fiquei morrendo de vergonha e medo da reação dela. Eu apenas respondi que me molhei ao ver as pernas dela e sorrimos, mas ela levou a sério e começou a passar a mão nas minhas pernas outras vez, mas dessa vez ela subiu até a virilha, descia e subia e eu ia ficando louca e melava cada vez mais. Ela me perguntou se eu topava fazer algo diferente, e eu no apse do êxtase aceitei na hora. Ela desabotoou minha saia e a tirou, fez o mesmo com minha regatinha e com meu sutiã, me deixando apenas de calcinha. Ela me deitou no sofá e começou a chupar meus seios e mordia o biquinho, aiii eu estava louca de prazer, ela foi descendo com a língua na minha barriga até chegar na minha buceta, que por sinal estava toda melecada, ela tirou minha calcinha com a boca e começou me chupar, lambendo toda minha gosminha, enfiava a língua em mim e eu gemia e gritava, de repente ela senta em cima da minha cara e começa a esfregar a buceta dela na minha cara e me mandava lamber, eu a obedeci, fizemos um 69 fabuloso. Depois ela começou a lamber meu cú e enfiar o dedo, foi uma delicia, ela correu no quarto e pegou os objetos e começou a usa-los em mim, colocou uma bola no meu cu e um bastão cheio de bolinhas na minha buceta, e enfiava e tirava lambia minha buceta com muita intensidade, depois usou um vibrador em mim e eu gozei feito uma puta, ela gritava me falando VOCÊ É MINHA PUTA SUA VAGABUNDA, VOU TE COMER TODO DIA, eu eu sá balançava a cabeça que sim, não conseguia nem falar, e ela disse que ia chamar os sobrinhos dela e os cunhados dela pra fazermos uma orgia e eu ia ser comida por todos ia sair com a xana esfolada de tando pau que ia me dar, eu apenas acenava que sim. Gozei 3 vezes e finalizamos a brincadeira, e ela me disse que haveria a vez dela outro dia, eu apenas concordei, fomos tomar banho juntas e no banheiro ela me chupou mais, me deu um monte de bofetadas na cara, na bunda e me chamava de putinha da familia, me fez cheirar e mastigar a calcinha dela, chupar a buceta dela e enfiar meu dedo no cu dela e lamber, enfiar e lamber, me colocou de cabeça para baixo e lambeu mais um pouco minha buceta, enfiou o dedo no meu cu e depois enfiava na minha boca, saia um pouco de residuos de merda e ela me fazia chupar. Depois me colocou de costas em pé e enfiou o cabo do rodo no meu cu, doeu muito mas ela disse q se eu não deixasse ela contaria pro meu namorado o acontecido, e eu tive que deixar, ela enfiou vidro de shampoo na minha buceta, saboneteira, me fez sentar no cabo do rodo, minha buceta ja estava sangrando e ela enfiando o cabo, eu ja estava desfalecida quando ela parou, ela me fez deitar na chão e abrir a boca por que ela queria urinar na minha boca, eu não quis mas ela me deu umas bofetadas e me ameaçou, então tive que obedecer, urinou na minha boca e me fez engolir tudo. Ao acabar fui para o quarto do meu namorado e chorei muito, arrependida de ter feito tudo aquilo, e pensando na reação do meu namorado ao saber disso tudo. ele chegou ja era 18:00 e eu estava dormindo na cama dele, ele entrou e me acordou mordendo minha bunda, sinal de que ele queria tranzar, mas eu estava toda arrebentada, e como eu ia negar? não teve jeito, ardia muito e eu me segurava pra não chorar, apenas gemia de dor,e ele achava que era de tesão. O trato era de eu dormir na casa dele, mas eu não quis mais e pedi pra que ele me levasse em casa, fiquei sem aparecer por 1 mes na casa da minha sogra, mas a vagabunda armou pra mim outra vez e eu cai feito patinha. Mas isso é outro conto, e tenho vários heim, aos poucos vou escrevendo o que minha sogra vagabunda fez comigo!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


garoto.burrinha.zoofilia.contovídeo de pornô com as moletinho as mulatinha pornô vídeos sexocontos de coroa com novinhocontos eróticos incesto pai filhamassagem nos pés amigo hetero contos eróticosEnrrabada contocontos eróticos comendo a cunhada gostosa em uma festa de fim de ano com família toda reunidacontos eroticos sou casada mas adoro pica de cavalosMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .Sou magrinha e gosto de rolas enormes contos eróticosContos eróticos brincando de esconde esconde com o inocentecontos eroticos convenceu sua mulher a da abuseta para seu sogro com fotosconto comendo na marra a mulher do traficanteconto erotico minha vizinha fode com o marido e pra me procarconto porno eu comi minha cunhada coroa de 69 anosconto erotico meu primo me comeu na maldadecontos eróticos: aposta com o amigo bundudocontos eroticos abuzei de minha irmazinha com ela dormindocontos meu primo me comeudormindocontoseroticoscommaridocorninho manso contoscontos eroticos dupla penetraçãocontos eróticos de bebados e drogados gaysa velha e o pedreiro contos eroticoscontos eroticos familia bi passivaminhas tias chupavao meu penis de 10cmfui fazer uma vizita e perdi as pregas video pornoconto erótico reais eu e minha mae sua enpregada juntocontos vendo a irma sendo fodida betinhacontos ,chuparam tanto meu pau até ru gozar na bocamae de causinha melada quado da de mama profilhocontos de coroa com novinhopelado com uma travesti contos eróticosmulher.naestrada.du.abuceta.por.uma,caronaconto só uso fio dental sou gaúchacontos de mulheres pegano carona indo no colocontos eroticos casada infelizcontos eróticos conaeu i a neguingo do pornoConto erotico virando gay cem quere e a força e chMe Faz um Cafuné conto gayhistoria erotica meu marido.cm meu sogro e dei.cuContos eroticos submisso amarrado engravideicontos de lambidas de cachorro em bucetas mulher casadacontos mulher e marido duas vadias para um.machorelatos comi a casada na marraconto erótico arrombei o fortãomulher do gelou grande fudedoContos erocticos dei comprimido ao velhoconto erótico não sei chuparmassage ando a cunhada contocontos porno com vigilantes mulherBucetas grandes fog lp icontos eroticos seios grandes de leiteMoreno olhos verdes gay uberabaxvideo ai sim anaconda toda dentronovinha colo carinho contoContos eroticos de cunhadascontos eroticos gays de todas as idadescontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamconto carona com caminhoneiro minha bucetaconyo erotico pai e filha ahh uhh mais metecdzinha contos troca trocaconto erotico minha mulher se produziu para ir na despedida de solteira da amigacontos eroticos vi mamae fuderchiquinha arrombada contos porncontos de comi o cuzinho da irmã na banheiracontos reais de exibicionismo com roupas sensuais para entregadormeu filho xerou meu cucontos eroticos sogra de 65anoscontos picantes tarado no onibuscontos eróticos de professoras de cegosFui obrigada a da a bucetaincentivanda pelo marido contos pornocontos de sexo picantes filhas se acabando nas pirocas. groças. e grandes do papai taradaocontos eróticos irmã calcinha dormindocontos de incestos quebrei a pernaConto erotico siririca bem humida meladinhaboquete sem lavar baixarcache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"contos eroticos fodendo a mulher do pintorArombaram meu cu na cabine eroticaconto erotico esposa trilhafudode a sogra deliciaque enganaram e comeram meu cu sem pena contoscontos eroticos crente gordinha rabuda insaciávelcontos eroticos de pivetescontos eróticos com comadrecontos eróticos nao deixavs eu chupar o anus delacontos eroticos mulhersibha do papaiconto erotico cumi avelhinha da logaolhei aquele pauzao do cara meu marido nao percebeuzoofiliacoroas boascasada bate punheta pra garoto durante viajem marido bebado comtos eroticoscontos de encoxadas reais porto alegreconto peluda raparam