Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTUPRADA POR POLICIAS 2

O Sargento fez sinal para os dois policiais que estavam segurando as minhas mãos para me colocarem dentro do carro sentada com a porta aberta. E assim fizeram.rnO sargento sacou a pistola e colocou na minha cabeça e disse: - Sabe o que é isso sua vadia? Se você me morder, vai levar bala. Abriu a calça e colocou um rola gigantesca pra fora.rn -Chupa meu pau e mama gostoso.rnEu toda desconcertada não sabia o que fazer quando de repente vi um flash de foto. Fiquei zonza e ele sorriu: - Não vai sorrir para a foto não.rnOlhei para cima e um policial estava com uma máquina tirando fotos minhas. Mal me virei e o sargento enfiou a mão na minha boca fazendo abrir e meteu aquela rola enorme na minha boca, apontou a arma de novo. Eu chupei com nojo, com choro e ele puxou a minha cabeça me fazendo engolir tudo, estava sem ar desesperada tentando tirar de dentro da minha boca aquilo tudo. Ele falou pausadamente: - Presta atenção puta. Me chupa gostoso, senão a gente some com você.rnFiquei desesperada, não havia ainda pensado nisso.Chupei o melhor que pude, então ele gozou e segurou novamente a minha cabeça puxando o meu cabelo e me fez engolir tudo. Estava com tanto nojo que fiz ânsia de vomito. Ele fez um sinal negativo com o dedo: - Não cospe nãooo.rnEntão falou alto: - Aí, quem é o práximo?rnChupei os quatro policiais que estavam com ele, sendo que um deles queria gozar na minha cara e outro abaixou o meu decote e me melou toda.rnQuando eles se afastaram levantei e achei que tudo tinha acabado, virei como se fosse para o meu carro. Mais uma vez me seguraram pelo cabelo. Um policial veio com uma fita e colocou na minha boca, era cinza como um silvertaipe, me debati e tentei gritar, então o outro me jogou na mesma posição que estava antes na viatura. Amarraram minhas mãos atrás com a fita. Sem cerimônia o sargento puxou minha calcinha para baixo e levantou o meu vestido e sussurrou:rn- Sabe agora que tenho fotos suas nos chupando, vou usar camisinhas e gel, e ninguém nunca vai saber que estupramos você. Sabemos como fazer, sabemos como é feito o exame de delito, não vai ter nadinha.rnSenti algo gelado em minha bucetinha, e logo ele colocou calmamente o seu pau, como se fosse um sexo consentido. E então quando já havia colocado tudo ele começou a socar com violência. Eu já não sabia mais o que devia fazer, estava ficando tão excitada que sentia o orgasmo se aproximando. Gozei, agradeci por estar com a boca fechada e não mostrar para eles, mas para minha surpresa o Sargento falou alto:rn- Gozou sua puta, eu sabia que você ia gostar.rnDepois de um tempo dele metendo em mim e os outros olhando ele gozou. Passaram mais gel em mim e veio outro policial me possuir. Ele tinha um pau médio, mas eu já estava arrombada do sargento, então ele ao mesmo tempo que me comia colocava um dedo no meu cuzinho, depois dois e ficou colocando e tirando, até que gozou junto comigo. Então ele saiu, quando vinha o outro, um deles reclamou:rn- Estou com muito tesão. Vou sentar no capô do carro e ela vai me chupar de novo.rnEntão fizeram, puxou a fita da minha boca com força, eu gemi alto, levei um tapa. Então ele enfiou o pau na minha boca, mas eu não conseguia chupar já que ele socava o pau na minha boca que quase chegando na minha garganta. Então ele segurou minha cabeça, e agora eu com as mãos amarradas fiquei desesperada sem ar, enquanto o outro enterrava na minha buceta. Ele me soltou e eu respirei, então ele ficou rindo e brincando, me segurava até eu ficar roxa e depois me soltava, às vezes me dava pouco tempo para respirar e já me segurava de novo. Ficou assim até gozar e me segurar, eu já estava quase desmaiando sem a quando ele gozou. Engasguei e cuspi a porra dele na perna dele. Ganhei outro tapa, ele me falou: rn- Você vai me pagar piranha, tenho uma surpresinha pra você.rnEntão o que estava fudendo minha buceta gozou. Todos ficaram falando que o ultimo era virgem de estupro..e ficaram dando os parabéns para ele, então ele colocou o pau pra fora, colocaram de novo a fita em minha boca. De todos aquele foi o mais rápido, eu já estava tão arrombada que nem senti praticamente. Quando o que tinha me feito engasgar foi me comer eu gelei, ele me levantou do capô pelos cabelos e disse no meu ouvido (você nunca mais vai se esquecer de mim) e me jogou no capô de novo, senti uma dor nos meus seios, já que estava com as mãos amarradas. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comendo o cu da sogra contoComtos casadas fodidas na rua por camionistascoloquei ela de bruços contos de travestiCorno em calcinha contocontos eróticos cunhado retardadoPornodoido passistasver filme porno com massagista se a susta com o tamanho da piroca do clientes e pede para tocar uma pueta e pede para ela bater um pueta ele goza na boca de delaconto - bundinha durinha , cuzinhoapertado"contos eroticos" amiga nudismoescandalosa enrabada contosNossos filhos nos flagraram... mas gostamos! contos eróticosPULAVAAI XVIDEOdepois que o irmão ensinou ela a atividade a irmã da xoxota para o irmãocontos de envagelicas encoxadas e fudidas na frente do maridocontos eroticos comendo a velha horrosa dormindoconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornopintinho conto gaypagando conta cartonsex familiaBuceta cabeluda em contosvideos de garota sendo desvirginadas do cu e buceta elas chorando e gritandocontos eróticos cavalominha mulher dormindo nua,vi o rombo no cu delacontos eroticos menino arrombadofui iniciada em zoofilia desde pequenaconto no colinho sem calcinha sentada num jumento humanocorno obrigado a chupar pica contocontos na barraca traienche esse cu de leite contoscontos com travestiestoria de cantos erotico novinha sentou no colo do Homem dentro do ônibus na viagemminha novinha tarada contocontos eróticos sou mulher e de gostoso que o cara do bate-papo na minha casaengolindo ate o talo contoscontos eroticos zoofilia com a cachorra a noitecontos eróticos assediada por minha amiga2 ome pega uma mulher afosa prafase pornomoleque no ônibus contos eróticos gaycasada tarada por caninocomi minha vó e mae contoscontos eróticos cadela e putona famíliascontos de incesto por chantagem do filho com a maecontos comi minha cunhadacasada dando o cu no bairro de na casa do feranteRelatos sexuais me encoxando na cozinha e o corno na salaZoofilia com mais drenaesposa e meu amigo contos pornosfilmando a minha sogra de saia limpando a casacontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhocontos eroticos homem casado dando para o primolesbicascoroascontoseroticoszoofilia casada conto xacracontos eroticos,peguei minha filha e sua amiga transandocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html relatos reais minha eaposa pediu pro amigo comer o cu virgem delacontos erotico mamae fez papai me comercontos eroticos cunhada crentemulher deixa cachorro lambelacontos eroticos sou uma coroa vagabunda levei o muleke na minha casa e fiz ele comer meu cu e minha bucetaContos de ninfetas dando o rabo no trabalhoconto gay gozei na janelacontos de travecos comedorescache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eroticos gangbangcontos eroticos bv e virgindademinha cunhadinha e virgens peguei a forcaas.gostosas.cimasturbando.duas.vesescontos eroticos meu tio me embebedou e me chupou eu dormimdocontos eroticos fudendo a mae travestidei o cu gostosocontocontos eróticos esperava o meus dormir eia na cama do papaichantagem com casal. que pediu carona contos eroticoestalos da cama-contos eróticosdei para o comedor do bairro filhos contocontos eroticos de tiafilme porno de saia curta botando uma pomba no cu e clorandocontos eroticos fudendo a mae travesticonto erotico minha vovó chupona e netaestalos da cama-contos eróticosqero tranzar com a minha enteada ela r muito timidaContos erocticos dei comprimido ao velhocontos o sindicotransei com meu sobrinhoflogdosexo.compauloelizabethcontos erotico chantagiei e depilei minha sogracontos eroticos proibidos meu tio encheu minha boca de porragostosa e muito branca maz mete muitocontos eroticos de mulheres coroas fodedeirascontos gay favelamamãe chupava minha xotahistoria e contos lesbica primeira vez com minha babaContos de cdzinha novinha de shortinho fino socadohistoria erotica irmão dopa irmãcontos meu vaqueiro me comeu na marracontos eróticos meu comeu esposa dele e a minhairmãozinhos safadinhos fazebdo safadesamulher crente traindo o marido conto eróticoUm professor gay fode sim com um aluno com o pau doro na bocacontos eronticos tia deu banho no meninoafastou as carnes do cu piça perfurou minhas entranhas contoscontos eroticos esposas adora pau grande e muita porra levei ela pra dar pum cavalo