Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A AFILHADA ME DEU A BUNDINHA

Conforme contos anteriores, o máximo que tinha conseguido com a afilhada da minha namorada foi ela me chupar. Nunca deixava eu tocar nela, o que me deixava alucinado. Sempre fico na casa da namorada nos finais de semana, e no domingo ela sempre vai à missa com a mãe. Aproveitei que o pai ficaria o fim-de-semana inteiro na casa de praia pra armar algo pro domingo, pois a afilhada mora no mesmo quintal. Na sexta passada combinei com a afilhada para deixar o celular pra vibrar no domingo, pois iria ligar quando já estivesse sozinho e seria melhor se ninguém percebesse o celular tocar. No domingo liguei como combinado e ela nem atendeu, simplesmente foi pra casa da madrinha. Ao chegar sugeri que fossemos pro quarto no andar de cima. Ela subiu as escadas na minha frente e percebi que não usava nada por baixo do shortinho de lycra, então imaginei que desta vez eu poderia tocar nela. Ao chegar no quarto ele me pediu pra tirar toda a roupa e sentar na cama. Ela ficou de pé, tirou o shortinho ficando apenas com a blusa e se aproximou de mim dizendo pra apenas olhar. Virou de costas e abriu bem a bunda com as mãos. Comecei a me masturbar vendo aquela bundinha bem lisinha e carnuda. Ela sentou na cama de frente pra mim e começou a se masturbar tb. Ficamos uns minutos nos masturbando pro outro ver, ela tem a buceta bem rosinha, bem carnuda e com quase nenhum pelinho, linda! Pedi pra ela colocar os seios pra fora e ela o fez, e notei os biquinhos bem durinhos. Pediu pra eu deitar e, sentada na minha frente, passou a masturbar nás dois. Pedi pra ela me chupar, ela deitou entre minhas pernas e ficou alternando entre me chupar e me masturbar. Como a missa dura apenas 1 hora, decidi ir logo ao ponto, perguntei se podia tocar nela e me disse que poderia apenas na bundinha. Ela ficou de 4 na cama, sentei de frente pra bunda dela e usava uma mão pra me masturbar e a outra pra bunda dela. De repente ela pegou meu dedo e colocou na entrada da bundinha, olhou pra trás e disse que ali eu podia enfiar o dedo, mas na buceta não. Fiquei maluco, molhei o dedo com saliva e fui tentar enfiar. Pra minha surpresa meu dedo não teve muita resistência, então perguntei se ela já fazia isso. Ela disse que ficava enfiando o dedo na bunda enquanto se masturbava durante o banho, e às vezes enfiava o cabo de uma escova de dentes ou outra coisa da mesma espessura. Perguntei se eu poderia fazer isso nela, e ela disse que sim. Fui até o banheiro e peguei uma escova, ela continuou de 4 e eu fui enfiando a escova bem devagar. Ela começou a se masturbar com mais força e disse que estava muito bom, que era muito melhor alguém fazendo. Disse que não aguentava mais sá ficar na brincadeira e, como ela já enfiava isso na bundinha, perguntei se não podia tentar enfiar meu pau. Ela disse que não daria pois o máximo que já fez foi com a espessura da escova. Eu disse que passaria creme de cabelo pra ficar mais lisinho e que sá iria até onde ela deixasse. Meio receosa ela aceitou. Fui até o banheiro, peguei o creme, fiquei de pé ao lado da cama, ela ficou de 4 na cama, passei o creme na ponta do meu pau e fiquei primeiro passando pela portinha. Ela começou a rebolar, olhava pra trás pra ver, estava adorando. Tentei enfiar mas ela reclamava. Sentei na cama e disse pra ela sentar em mim, assim ela mesma iria até onde conseguisse. Nesta posição ela conseguiu enfiar a cabeça. Meu tesão era tanto que, quando ela começou a mexer a bundinha com a cabeça do meu pau dentro dela, senti logo vontade de gozar. Disse que iria gozar na sua bunda, ela odorou a idéia e forçou pra entrar mais um pouco. Pedi pra ela ficar subindo e descendo, e gozei dentro da sua bundinha. Ela disse que era muito bom, que era quente, mas que ficou ardendo um pouco. Pedi pra chupar sua buceta, pra que ela gozasse também mas ela não deixou. Disse que faria isso sozinha, mas pediu pra eu me limpar pois queria me chupar. Me limpei e voltei a sentar na cama, ela deitou de barriga pra cima com a cabeça na minha virilha, virou a cabeça de lado e colocou meu pau na boca. Era maravilhoso ficar assistindo ela se masturbar e ainda me chupando e me masturbando com a outra mão. Ela aos poucos foi aumentando a masturbação até que gozou. O visual dela gozando foi sensacional, ela se contorcia e apertava me pau com a mão. Então ela foi pra casa pois já estávamos ali cerca de 30 ou 40 minutos. A missa levava pouco mais de 1 hora e era melhor não arriscar. Combinamos de nos falar por telefone pra marcarmos outro encontro e ela me prometeu que deixaria que eu a chupasse. Ela disse que às vezes se masturbava ao deitar, pensando nos nossos encontros, e que em um final de semana quase me sugeriu que nos encontrássemos no quintal de madrugada, mas achou arriscado e não sugeriu. Mas disse que sá a sensação do perigo deixou ela bem louca e que naquele dia se masturbando imaginando a gente no quintal. Eu disse que iria pensar em algo em relação a este fato dela adorar enfiar algo na bunda pro práximo encontro. Ela disse pra eu pensar também em algo mais perigoso, pois ela adorava. Vamos ver no que dá!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sou uma putinha gostosa da familiacontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anoscontos sado marido violentosO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeiconto porno esposa na praia com amigaBuceta de daniviachupei a bucetinha da carolaine de seis aninhos contosContos eróticos entre parentescontos eroticos bv e virgindademeu cu e meu genroconto com onze anos trepei gostoso com meu padrasto que gozou na minha buceta inchadaeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestovvidos de muler co casoro. fudemocontos-ajudei o marido a comer o cú de nossa enteada a força e amarrada de bruçoscontos bucetinha novacontos eróticos comendo a mulher do irmão na festa do final de anocontos fudendo vizinha novinhaCasa dos contos eroticos gay amarrade e emrabado por quatro amigos taradosdei meu cu pra um bebado desconhecido contos gaycomo fazer pra minha sogra ter tezao por mimCasada narra conto dando o cucontos sodomizada por dinheirosexo casual novinhas procura coroas pra bancar noriocontos eroticos eu e minha esposa cinepornoContos irma mais velhaComtos erotico meu entiadoComtos casadas fodidas pelo patraoDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelcomtos de fodas com travetis e mai e pai e filhoscontos pedi meu cabaco para um velhoporno grades com minha prima de ragericontos eroticos meu enteado se vestiu de mulher pra mimsantinho do pau na boca uma laranja viu pau na boca na bunda na sua boca a bocaContos heroticos esposa quer muitas picasContos eroticos sem camisinha cdzinha gostosa"minha filha" "ela gozou" "meus seios" "ela gozou" -papai incestoComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paiChantageei amiga lesbica da minha mae bdsm contocontos eroticos com solteira no cinema pornocontos eróticos coroas na casa de repousoconto erotico conchinhaContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darmulhe vais boguete em bebudoXvidio carona estrada desertaeu adoro meu macho zoofiliaFotos erótico padratos e entiadafoi chantageada pelo meu colega de trabalhocontos sexo dividindo o casamento e a camaContos eróticos brincando de esconde esconde com o inocenteConto erotico vizinha bobinhaconto erotico. amigo do meu filho comeu minha mae a forsa3videos porno sobrinha precisando de dinheiro da para o tiocontos casal cinema pornog****** na xoxota da prima beijosSem a minha permissao contos eroticoscontos eróticos chupeicontos quase biconto erótico gay em cinema. De Recifegosta de putinhos lizinhos gritandochaves sotinho ponoCarnaval cerveja mezanino nada conto eróticoContos eroticos : meu filho chupando bucetaminha mulher alargou meu cu contoconto erótico virei fêmeaConto tia a massageava o paucontos eroticos gordinha ferantecontos eroticos brincadeira relcontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrossoxo com umanoivinhacomi a enfermeira contoscontos da minha mulher tomando banhomostrei a buceta toda babada pro papai brincarcomi minha tia conto realistapirulito do titio contos inocentecontos de encesto casal lambedo cucontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosIrmã cuidando do irmão acidentado contos de incesto femininoconto porno coroa viciada em novinhocontos eroticos. traiContos eroticos de mesticasestorei o cu dela contozoofilia garota de programa asustada com pauza do cavalo bonei