Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADA MAL COMIDA

rnOlá pessoal, sou um leitor assíduo do site e acho que muitos contos são sim reais e outros é muita ficção, mas não estou aqui pra dar a minha opinião e sim relatar o que aconteceu comigo.rnrnVivo um pouco na internet quando tenho tempo e nisso vou fazendo amizades, tanto com mulher quanto com homens, afinal, você nunca sabe quando vai precisar de alguém pra te ajudar em alguma coisa e é sempre bom ter amigos.rnrnEstava no msn e há muito tempo não conversava com a minha amiga virtual casada. Vou descrever ela: Morena claro, cabelos um pouco abaixo dos ombros, uma voz encantadora, casada a pouco tempo, tem 40 anos e um fogo que o marido não consegue apagar.rnrnEstava no nsm conversando com a casada num domingo na hora do almoço, ainda não tínhamos nem falado sacanagem um para o outro, era uma amizade de respeito mesmo, pq quando a conheci ela foi sincera dizendo que namorava e ia casar. Então nem investi nada.rnrnNo domingo quando estávamos tc no msn, no meio da conversa a casada começou a falar sobre o casamento, dizendo que estava infeliz, que o marido na hora do sexo não xingava ela, que sá sabia dizer ?eu te amo?, que gozava rapidinho, que não fodia o cuzinho dela pois sempre dizia que era pecado, que tudo que ela dizia, ele respondia amem. Um homem de 30 anos, religioso e trabalhador, que passa a semana toda fora. Essa conversa foi me excitando, me deixando louco e imaginando que poderia comer essa loba mal comida.rnNa segunda ela me ligou e ficou falando besteiras no telefone. Fomos por msn e ficamos ate 1 da manhã na putaria. Aquilo me deixou louco, excitado, tarado e com muito tesão.rnrnNa terça marcamos e eu fui pra casa dela depois que sai da faculdade. Uma chuva que caia e eu de moto indo pra casa dela, naquela excitação toda. Cheguei à casa dela e ela veio abrir o portão de shortinho de dormir sem calcinha e uma blusinha preta. Que delicia. Desci da moto, tirei o capacete e já fui beijando ela, acariciando aonde podia. Que tesão que estávamos.rnrnTirei a roupa molhada e sentei no sofá, ela veio por cima e começamos a nos beijar como loucos, aquele tesão no ar. De repente o celular dela toca e era o marido, ligando pra desejar boa noite. Nisso ela já tinha colocado meu pau pra fora e ficou punhetando enquanto estava no celular. Desligou o celular e me disse: ?Nossa, em relação ao tamanho você não mentiu mesmo, realmente tem uns 19 cm e é grosso. Não estou acostumada com tudo isso. Fode devagar a bucetinha da sua putinha ta.?rnrnDeitamos no colchão no chão e comecei a chupar a buceta dela, raspadinha, cheirosa e toda melada. Ela pegou no meu pau e já foi colocando na entradinha da buceta. Que buceta apertada, fui enfiando devagar e batendo na cara dela e xingando ela tudo que eu podia. Quando já tava no talo, comecei a bombar com vontade e a estapear a cara dela e chamando de putinha, vadia, vaca, biscate casada. Ela gozou gostoso e apertou com força o meu pau com a buceta, isso me deixou louco e quase gozei. rnComeçou a implorar pra fuder ela de 4, eu não aguentei, coloquei ela de 4, segurei com força o cabelo dela e já enfiei meu pau com força na buceta e essa mulher começou a gritar, a gemer e estou puxava o cabelo e batia bunda e trocava, xingando ela no ouvido e batendo na cara. Tratei essa loba no cio como uma puta de quinta categoria. Perdi as contas de quantas vezes essa mulher gozou. Fui até o limite e gozei gostoso na buceta dela.rnrnFicaram os dois estendidos no chão. Eu levantei e fui pro sofá, ficamos um bom tempo conversando sobre a vida alheia. Contamos sobre nossas aventuras amorosas.rnrnNos animamos e fomos pro segundo tempo, ela caiu de boca e chupou gostoso meu pau, sá conseguia chupar menos que a metade e eu fiquei desafiando ela pra chupar tudo, mas ela dizia que não conseguia. Até tentou mas engasgou. Fomos pro colchão e eu comecei a fuder ela de 4, e a bater com mais vontade na bunda dela e a biscate casada gozou como uma cadela no cio, e eu continue a bombar, fui ao delírio dessa mulher gemendo alto e gritando a cada estocada. Deitou de bruços no colchão e eu aproveitei pra cutucar o cuzinho dela, dei umas lambidas e ela quis resistir, mas o tesão falava mais alto e pediu pra colocar no cuzinho. Na hora tirei da buceta e fui enfiando no cuzinho, que por sinal é bem mais apertado que a buceta. Sá consegui enfiar ate a metade, não tinha lubrificante, e assim fiquei brincando com o cuzinho dela. Que tesão. Tirei do cuzinho dela e ela veio cavalgar ate gozar mais uma vez, depois tirou da buceta e começou a chupar as minhas bolas e eu fui tocando uma punheta ate gozar.rnrnColoquei a minha roupa, nos despedimos e ela me disse que valeu a pena trair o marido. Vou esperar ela ligar pra mim fuder o rabo dela.rnrnMeu e-mail é [email protected], quem tiver interesse em fazer amizades ou alguma aventura é so entrar em contato.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos veridicos de mulher casadaconto erotico esposa sofre com o negaorelatos de traicao com negros picudosvendo mamãe transar no cine porno contos eroticosConto de puta metendo com todos no posto de gasolinaa gostosa d aobrinha pertubando o tio kovem no quarto cheio d teaao40cm no cu da minha vo contosadoro dar para o nosso cachorro contos eróticossou casada mas sou fissurada em pauconto erotico tarado abusou de mimcontos eroticos jingridConto porno dotado no vilarejovideospornosantaritamamandoxvidioconto damdo p o comedortravesti coroa enroladinho Pretoxvideo ai sim anaconda toda dentroComtos erotico chuponas.de.rola.conto esposa tiocontos eróticos de novinhas dando para garanhõescontos eróticos irmãadultas com seios e bundas fartas mulher do irmão acaricia pica de outroxvidio amaciando a esposacontos sodomizada por dinheirolutinha mamilo conto gaycontos eroticoso cu da cadelinhaconto lesbica humilhei minha amigaZofilia Homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcontos eróticoesposa e sograconto menage masculinocontos a travesti e minha mae fudendocazal gay fudedo gostoso ao vivoconto erotico de faxineira casada safadaconvenci minha esposa transa com nosso caotesao chefe quero elegostaria dever filha cupano apica do pi dorminocontos dando no banheirohomens q gosta d ve sua mulher com uns roludos novos contoscintos eróticos ! pra todos... meu nome é Carlos. vou contar como foi a minha priimeiracontos escraviseicontos eroticos incesto pai e filha fistingenchi a cara e dei para meu primo porno gayHistorias porno engravidei minha enteadaporno club contos eroticos de meninos gays fasendo troca troca na adolecencia contos eróticos "peladinho" sobrinhonegao picudo contosAdorei meu primeiro anal contos eróticosContos dei para meu filho roludocontos eróticos vizinho sondando a velha vizinha fodendo com o cachorrovideo fui brinca de lutonha acabei gosandotenns gemeno e gritanoencoxando a gostosa no velorii contoseu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonaContos ela deixou comer o cu delaComtoerotico profesorinhaContos com belas picasvirando escrava submissa do traficante contocontis eroticos peguei minha esposa enfiando a buceta na cabeceira da camacontos eroticos pauzudocontos eroticos esfoleando o cu da filhacaralho meu empurra tudo nu meu cuzinhofodi a noite todinha filha virgem desenho hentaia madrasta ingênua contos eróticoscontos sexo inversaocontos eróticos deixei meu dog lamber meu pênistereza okinawa pornocontos erótico sou evangelicaporno gay pai apostou cu para o vizinhoconto de sogra dando para genro