Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANSEI PELA PRIMEIRA VEZ COM UM TRAVESTI

Durante um tempo em que eu fiquei desempregado, arrumei uns bicos com um amigo meu fazendo manutenção em micros, instalando periféricos, formatando, instalando softwares, essas coisas. Num dia desses eu fui atender a um chamado domiciliar. A mulher que ligou se chamava Amanda e solicitou uma visita. Como meu amigo não estava, lá fui eu atender o chamado. Ela me passou mais ou menos as coordenadas do que havia acontecido e eu peguei alguns CD´s e ferramentas e fui. Era um sobrado muito bonito, muros altos cobertos por trepadeiras, grama na frente. O portão era todo fechado e não deixava ver lá dentro. Toquei o interfone e esperei.

“ – Quem é?”, uma voz feminina atendeu.

“ – É o técnico. Vim ver o computador.”

“ – Sá um momentinho.”

O portão abriu e eu entrei. Na porta da sala apareceu uma loira de quase dois metros de altura. Parecia uma modelo. Cabelos compridos até um pouco abaixo dos ombros, olhos verdes, bunda arrebitada, seios fartos. Realmente muito bonita. Ela estava usando um vestido de peça única que vinha até o meio das coxas, sem mangas e com um decote que deixa eu ver aqueles lindos seios.

“ – Pode vir por aqui.”

Entrei na casa e ela me levou até o andar de cima. O computador ficava numa sala grande com vários livros. Um tipo de biblioteca. Sentei na mesa e comecei o trabalho. Em quinze minutos já havia resolvido o problema. Sabe como é, o problema estava na peça que senta em frente ao monitor.

“ – Já acabei.”

“ – Nossa. Tão rápido assim. Achei que fosse demorar.”

“ – O problema era bem simples.”

“ – Além de bonito você também é rápido é?”

Com uma pergunta dessas, mesmo que tenha saído sem querer, eu tinha que soltar uma boa.

“ – Sou rápido sá quando é necessário. Geralmente prefiro ir mais devagar para poder curtir um pouco.”

“ – É mesmo?”

Ela se aproximou de mim e começou a passar a mão no meu peito.

“ – Que ferramenta você usa quando precisa ir mais devagar?”

“ – Esta aqui.”

Peguei a mão esquerda dela e pus sobre a minha calça. Ela abriu meu zíper e tirou meu cacete pra fora.

“ – Como ela é grande. Deixa eu testar pra ver se funciona.”

A Amanda se abaixou e começou a me chupar bem gostoso. Ela já tava me deixando louco. Depois de alguns minutos ela se levantou e fomos até uma outra sala onde tinha um sofá. Eu sentei e ela tirou minha calça e continuou a me chupar.

“ – Deixa eu ver essa gostosura que você tem aí debaixo deste vestido.”

Ela se levantou e virou de costas. Foi tirando o vestido me deixando admirar seu rabo. Ele se aproximou e começou a se esfregar no meu cacete. Puxei ela pra cima de mim e comecei a esfregar os seus seios. Quando coloquei minha mão dentro da calcinha tive uma surpresa. Ela era um travesti!

Cara bem que eu tinha desconfiado da voz. Mas também não tinha como desconfiar e agora que tinha começado iria até o fim.

“ – Gostou da surpresa?”

“ – Me surpreendi sim. Nunca tinha transado com um travesti antes.”

“ – Então aproveita bem.”

Ela se levantou, tirou a calcinha e voltou a me chupar.

“ – Já chupou um antes?”, ela perguntou.

“ – Não.”

“ – Experimenta o meu então.”

Ela se levantou e aproximou seu cacete de mim. Nunca tinha feito isso antes mas, como estava acostumado a ser chupado, sabia como deveria ser chupado. Coloquei o cacete da boneca na boca e chupei-o bem gostoso.

“ – Nossa. Como você chupa gostoso. Deixa eu te chupar também.”

Deitamos de lado no sofá e ficamos um chupando o outro. Depois de um tempo ela se levantou e eu sentei novamente no sofá. Ela veio de costas e eu enterrei meu cacete no rabo dela.

“ – AI, que gostoso. Mete em mim, vai.”

Meti gostoso nela. Mudamos de posição e ela ficou de quatro. Fodi ela por uma hora e depois gozei tudo na boca e nos seios dela.

“ – Não precisa pagar pelo serviço. Já está bem paga. Quando precisar novamente, pode me chamar.”

“ – Acho que esse computador vai começar a dar pau toda semana.”

Essa foi a primeira vez transei com um travesti. O micro da Amanda deu pau outras vezes e numa delas conheci uma outra boneca amiga dela, a Paloma, morena clara, uma delícia.



Caso alguma boneca bem feminina de campinas queira se corresponder comigo, meu e-mail é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos pornô eróticos de i****** primeira vez que eu cozinho da minha mãe pelada acabei comendocomi o cuzinho do vizinho novinho contos heroicoscontos eróticos genroacustumada desde pequena na rola grossa mais a pica dele e muito grande e grossacasa do conto erotico filha da patroa em reforma do aptcontos eróticos tentei escapar do sogro tarado não deuninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestiscontos eróticos a enfermeira velhaeu e minha sobrinha no cine pirno contotinha perder sua coroa no seu pau do negrãocontos eroticos a tora do titiocontos eroticos olhano meu marido jogando trucocontos porno traca troca amiguinhoFilmei minha chupando estranhos na porta do carroContos eroticos abusada pelo velho bebadocoroa cintura fina e coxas largas e gordasContos gay novinho que foi rasgado por varios homenscomi minha filhinha contos eroticoscontos eroticos minha sogra de calcinha rendacontos me chamo camila transei com felipe meu irmaoconto viadinhoconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cuoque falar quando um menino fala pra voce "quero lhe fuder"??encoxada bem arroxadacontoseroticos viajando com priminho no acrrogay fica frocho cu com duas rola gradi no cucontos de coroa com novinhoconto erotico curradacontos de sexo anal bissexual com mulheres gordas comendo marcontos eróticos pagando com a filhaarregangou as pernascontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoescachorro lambendo buceta.deilheConto dei o cu no cine repúblicaconto cu suado da bonecacontos-ajudei o marido a comer o cú de nossa enteada a força e amarrada de bruçosrelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantescontos esposa do clienteConto crente porno policial com padrevídeo pornô pica da cabeça enrolada redondadapunhetabdo no hospitalxvidio mulher xota de cabritaContos eroticos sequestradaContos eroticos casais e pintudos fantasiascontos de velhas dos seios bicudoconto erótico me revelei na rola do travestiComtos mae fodida pelo filho e sobrinhovou gozar na frente não contomeu patrão me pegou mastubando e chantageia conto eróticonegao preenchendo todo o espaço na nuca tá da novinhacomi minha irma q nei peitos tem ainda contoscontos esposa com velhofobtos trasado com as duastias gostosContos sempre fui viadinho dos homens da familiacontos eroticos syrubascontos porno eu e minha mulher curradoscomedo a aluna no motel contocontos eroticos meu marido fes churras na chacara dei para seus amigossou puta do meu enteado contoComto fudemdo a sogra ea vizinha jumtas pornocontoa eróticos de uma mulher dando pra dois home mmcontos eroticos escondidoconto erotico cherando calsinha das bucetaoele falou que ia me deixar se nao me entregasse virgindadedeixando um corno manso contoscontos eroticos namorada brava e virgemcontos veridico acho que o garoto comeu minha mulher a patriciaestupraram minha esposa contoScu do sobrinho menor contos eróticos"limpa o pau do seu macho"eu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos filha pequenacontos gays comessado pelo primocontos eróticos cheirando a bunda de mamãecontos-pego teu pau e coloco no meu cuzinhoeu gordinha arregacada por um roludo contosconto erotico estuprada de mini saiacontos eroticos com absorventePorno conto a sindica olhando minha picaTravesti surpresa contosmeu namorado masturbou me na descoteca contosespiando o.vizinho contos eroticoswww.contoseroticoscabacofui ensinar a sobringa dirigir ea fudiamiguinha d minha bem magrinha putinhaConto de machos arregacando os buracos da putaContos eroticos interraciais no escritorosContos de ninfetas que gostam de andarem nuasContos eroticos de policiais sacana