Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SÓ QUERIA A PRIMINHA, MAS TIVE UMA SURPRESA!

Oi pessoal, nome é Marcos. Venho aqui para contar uma histária inusitada que aconteceu comigo algum tempo atrás. Eu tenho uma família formada apenas por minha mãe Joana, e minha irmã Carol.. Tudo começo quando minha irmã foi realizar uma viagem para outra cidade, ficando em casa apenas eu e minha mãe. Nesse período recebemos a visita de minha tia Fernanda, que é irmã gêmea da minha mãe, e de sua filha, minha prima chamada Suelen, que por sinal é uma garota de 19 anos muito gata. Em uma bela manhã de sábado, minha mãe, tia e prima resolveram sair para malhar em uma academia perto de casa. Insta mencionar que as três são viciadas em academia e por isso tem belos corpos. Então nesse dia, estava eu em meu quarto lendo um livro, já que estava em casa sozinho. De repente alguém bate na porta do meu quarto pergunto quem é, e escuto a voz da minha prima: ? Sou eu priminho!? Então eu respondi: ?Entra Su!? Ela entrou com sua roupa de ginástica, que mostrava os contornos de seu belo corpo. Su então pergunta: ?o que você esta fazendo?? Eu respondi que estava lendo um livro. Ela me perguntou se podia tomar banho no meu banheiro, e eu respondi: ?Claro? Nesse momento já estava preparado para dar o bote. Quando Su saiu do banheiro, enrolada na toalha, eu não resisti, a empurrei contra a parede dando um suculento beijo na boca. Ela, me perguntou o que eu estava fazendo, respondi que nada que ela não quisesse. Ela tentou resistir, sá para fazer charme, porque ela queria muito bem aquilo. Tirei a toalha, deixando seu corpo lindo a mostra. Continuei beijando sua boca, mas segurando sua nádegas. Foi ai que ela disse: ? Deixa eu botar minha boca no seu pau?? Não hesitei em tirar minha calças. Ela começou lambeando a cabeça do meu pau, me olhando com cara de safada. Lambia sem pressa, pois sabia que estava me deixando louco. Depois começo a lamber o meu pau de uma extremidade a outro, lambia também as bolas, ficou assim por um bom tempo. Em seguida botou a cabeça do me pau na boca, sá a cabecinha. Fazia isso enquanto, punhetava o resto do pau com sua mãozinha. Ai, botou o pau inteiro da boca, até alcançar a garganta, o que fez engasgar. Chupou o meu pau por um om tempo. Sem pressa, mas com muita sensualidade. Ela se levantou e disse: ?Agora é sua vez de me chupar!? Deitou na cama, com as pernas para cima juntas, e devagarzinho foi abrindo-as. E me perguntou: Tá gostando do que tá vendo, priminho?? Eu não tinha palavras. ?Vem priminho, chupa meu grelinho? Meti a boca, naquele bocetão. ?Não priminho, vc não sabe chupar boceta? Lambe o grelinho, aqui em cima? Disse isso apontando para a pele de cima da xoxota. Comecei a chupar o grelinho e aproveitei para enviar o dedo dentro da xoxota. Minha prima estava insana de tesão. A ponto de pressionar minha cabeça contra o seu grelinho. Gemia muito, até que deu um grito e começou a gozar. Sua boceta expirava liquido, que me deixou todo molhado. Depois de fazer minha prima gozar, me levantei e coloquei o meu pau da entrada da bocetinha dela. Ela me deu um sorriso e disse ?Mete, cachorro, come a sua priminha?. Quando estava preste a enfiar o pau, se ouviu um grito. Eu e minha prima ficamos congelados. Minha mãe apareceu do nada, transtornada, xingando palavrão. ?Seus filhos da puta, oque vocês estão fazendo?? minha prima, sem dizer uma palavra, pegou a roupa do chão e saiu varada. Ficando apenas eu e minha mãe. Minha mãe me disse muito merda, dizendo que eu não podia comer minha prima, porque era filha da sua irmã. Como ela iria encarar sua irmã sabendo que eu tinha comida a filha dela. Eu também fiquei puto, falei um monte de merda e sai para rua. Ao anoitecer, voltei para casa. A casa estava vazia, o que me fez entrar no meu quarto. Quandoescuto alguém bater na porta. Perguntei quem era. Respondeu: ? Sou eu, sua mãe? Então eu disse : ?se é para falar merda vai embora!?- ?Não, filho vim pedir desculpas?. Então ela entrou. Estava vestida um robe muito bonito. ?Olha filho, mas cedo eu fui muito rude com você, peço desculpas! Quando o seu pai morreu, fique sozinha. Tive que criar você e sua irmã, sem ajuda de ninguém? Ela dizia isso, eu sem explicação fiquei fissurado no seu decote. Minha mãe tem belos peitos, vale ressaltar. Minha mão percebeu, e deu um sorriso sacana. ?Tá olhando os peitões da mamãe?? Eu não entendia pq estava tão excitado pela minha mãe. Ela então tirou o robe, no qual não havia nada por baixo. Isso mesmo, minha mãe estava completamente nua! ?Vem filhinho, chupa meus peitos? Mamei como um bezerro naquelas peitos. Ela começou acariciar meu pau. Tirou-o da calça, e começou a punhetá-lo. ?Nossa filho, o do seu pai não era tão grande assim?. ?Vem filho, lambe o cuzinho da mamãe? Ficou de quatro. Lambi da boceta até o cuzinho, por um tempo. ? Vai filho, me come, caralho!? Enfiei o meu pau na boceta, e fiquei parado. Minha mãe começou a fazer o movimento vai e vem com sua enorme e deliciosa bunda. ?Ai, gostoso, como a mamãe. Delicia!? Gemia alto. Ela fazia o vai vem devagar com a bunda e me olhava com cara de puta. ?Seu filho da puta incestuoso. Comer a prima tudo bem, mas comer a mãe. Seu safado, gostoso? Aí estava cheio de tesão, comecei a estocar com força o meu pau na boceta dela. ?Toma, sua gostosa, vadia, vc vale nada. Vou te engravidar sua piranha? . Alguns minutos depois, gozei como nunca tinha gozado antes. Enchi a boceta dela de porra. Dormimos abraçadinhos naquela noite. Na manhã seguinte, sai para procurar minha prima, não encontrei. Mas encontrei minha tia, Fernanda, vestida um pequeno short, limpando os máveis da sala. Fique pasmo, porque o shortinho estava tão enfiado que dava para ver a racha. ?Tia, cadê a Su?? ?Ela saiu com umas amigas para o shopping? Eu, atrevidamente, cheguei por trás da minha tia com o pau duro e encoxei a gostosa. Ela não disse nada, sá deu um suspiro. ?Tia, eu nunca comi um cuzinho na minha vida? ?Nossa, sobrinho, que desperdício, uma rola tão grande dessa, e nunca sentiu um belo cu. Deixa eu te introduzir nessa arte? Tirou o short. ?Come meu cuzinho, meu querido!? A bunda da minha tia era tão gostosa quanto da minha mãe. Encostei a outra puta na parede e comecei a comer seu cu. Fazia isso, enquanto eu tocava uma siririca pra ela com uma das mãos. Eu chupava seu pescoço, e comendo seu cu. Depois de um tempo, gozei naquela gostosa. ?Que delicia, sobrinho, mas tarde eu quero que você faça uma visitinha no meu quarto?. Foi assim que eu comi, no curto período de tempo, minha mãe, prima e tia. Abraços!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minhas duas irmãs conto eróticocontos erotico tia de calça suplex econtos erotico gay negro dando pra brancomeu irnao mas velho dormiu bebado bitei i pau na bunda deleestalos da cama-contos eróticosAbrindo as pernas para o sobrinho contocontos eroticos entre maes raspadinhas e filhos taradoslésbicas chupando sopinhasContos eroticos coroa izabelamiga inseparavel chupa a bucete uma da outracontos gay assediado por causa do corpinhocontos erotico aremei um home pra me dominar na camacontos eroticos de virgem com velhoscontos eroticos mulher castiga o homem emagando o saco e dando soco no saco contos eroticos meninastomando banho de rio com titio contos gayconto erotico comendo a esposa do tio sem ele sabercontos eróticos sexo com menininhas traduzidoscontos eroticos espertinhasogra come nora pono segipanoContos gay banheiroesposa na praia de nudismo passa lama contomeu pai e o amigo dele comeram minha namorada contos eróticoscontos eroticos infanciacontos eroticos o tio safado e pintudoContos eroticos c imagens v puta de meu sogro e do cunhadomeninonovinha olhando a empregada tomando banhocontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandominha esposa mostra a buceta para meu padeiroscontos de coroa com novinhoporno com.negp mulher sobe eu sima delecontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaocontos eróticos uma bela massagem com uma f*** no finalsexo dpS da depilaçao intima pornodoidoolha tio minha bucetinha virgem e inchadinhaEstrupei minhacontos eróticos viúva safadamulheres aguachadas so de calcinha fotosConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiraconto erotico da grossura de uma lataContos eroticos- meu pai me xingando no sexorelatos eroticos nunca pensei que eu depois de casadovidio porno da priminha gozando na bika do primoseduzido contosmarido chama primo pra tranzar com sua espozacomtos eroticos meu.marido. me fez ultrapassar.todos.os.limitescontos adoro sentar no colo sem calcinhaMinha filhinha com shortinho muito curtinho ve contoscontos eroticos aposentadas cavalascontos eroticos e tome gozada na cara€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€muleres sendo chupadad e godando pelos homes com gritoscontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elapau cheiroso contocontos eroticos sadomasoquismo com putasContos eróticos eu e minha mãe adoramos o Marcos o novo marido da minha tiaconto erotico mendiga carenterelatos eroticos minha esposa baixinha e seu tio dotadocontos eroticos enrabada a forca pelo padre dentro da igrejabundinha cobiçado conto erótico gaybia cadela contoscontos nao tinha camisinhacontos incestos eu e meu irmão fizemos uma s***** com minha sogra em minha casaConto de machos arregacando os buracos da putaseduzudo e fudido contos gaycontos eroticos ela foi banha e laou meu pintinhodei para meu genroMeu meio irmão do pau de chocolate contosConto erotico cdzinha me deixou loucoananzinha contos erotcominha esposa nega mas eu sei que sou cornobocetinha sem nenhum pelo e piquenininhconto erótico gay comi meu irmãocasada rabuda conto eroticoGozei dentro da xereca peluda da minha vizinha coroa enxutaconto erotico batendo sozinha minha siririca gozandoo carteiro me pego com roupas femininas gay