Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MULHER DO ERIVAN, MINHA PUTA!

Me chamo Sergio, tenho 48 anos, militar, forte, rude e possuo diferentemente daqueles que postam aqui um pau normal de 15cm porém bem duro.rnrnSou casado e minha esposa é bem careta no quesito sexo, ela é uma mulher mais família e isso me agrada muito, mas como todo bom putanheiro não nego que se houver uma oportunidade eu traço mesmo.rnrnTenho um vizinho chamado Erivan, somos apenas amigos de ''bom dia'' não temos muito contato mas sempre quis na verdade conhecer sua mulher, a gostosa da Silvia.rnrnErivan tem uma mulher, uma loira muito gostosa, um espetáculo de fêmea, sempre com roupas decotadas e coxas a mostra, reservada ao lado de Erivan mas uma puta sem ele ao lado, que gosta de encarar os machos, rebolar em cima do salto e usar e abusar de caras e bocas quado vê um macho gostoso e foi assim comigo.rnrnSempre acreditei que quando houvesse uma oportunidade traçaria aquela gostosa, que apesar de quarentona também está gostosa pra caralho.rnrnCerto dia estava indo trabalhar e os deuses conspiraram ao meu favor, quado encontrei Silvia caminhando pela rua, não pensei duas vezes e encostei o carro ao lado para oferecer-lhe carona:rnrn- Oi gata está indo pra onde?rnrn- Estou para o metrô e você Sérgio?rnrn- Estou indo para o trabalho quer uma carona?rnrn- Vou aceitar meu lindo(nessa hora já gostei) porque o dia está quente e minha maquiagem pode borrar nesse calorão...rnrn- E pode acreditar que a última coisa que irei querer no mundo será ver vc com a maquiagem borrada sem um motivo justo...rs.....(joguei)rnrnEla deu um sorriso e foi entrando no meu carro com um vestido de oncinha pouco acima do joelho e um baita decote salientando os peitões firmes que ela se orgulha de jogar na cara dos machos. Me cumprimentou com um beijinho práximo ao canto do lábio e partimos.rnrnNo trajeto liguei o ar no máximo e percebi que os bicos de Silvia estavam duros mas fiquei na minha e nisso fomos conversando amenidades até que o assunto caiu em relacionamento, onde o maridão passou a ser apedrejado por ela, dizendo que ele era molenga, que não dava conta dela na cama, que sá queria saber de se embebedar e deixava ela a ver navios, foi quando emendei:rnrn- Impossível ele não estar dando assistência para uma gostosa como você Silvinha, impossível!rnrn- Acredite, estou na seca faz semanas....rnrnNisso fui mais ousado e colocando minha mão nas coxas de Silvinha lhe disse enquanto o farol estava vermelho:rnrn- Quem não dá assistência abre concorrência!rnrnE dei uma alisada em sua coxa para testar a receceptividade e ela sorriu e concordou dizendo:rnrn- Com certeza!rnrnPensei comigo, agora é questão de dar o bote, foda-se o trampo e sempre que dava colocava a mão na coxa e dava uma bela alisada nela e no trajeto encostei num posto, para abastecer e ela aproveitou dizendo que iria ao banheiro, mandei o frentista completar, verificar agua e áleo e fui até a Conveniência comprar uma Skol pois o dia estava quente e fui esperar Silvinha sair do banheiro que ficava na parte lateral do posto deixando-nos isolados e quando ela saiu eu me posicionei bem práximo a porta fazendo ela quase esbarrar em mim dizendo:rnrn- Que susto Sergio, pensei que fosse alguém querendo me agarrar.....rnrn- Acertou em cheio!rnrnE nisso parti pra cima da gostosa lhe abraçando e trazendo-a para o meu corpo ela relutou, dizendo que eu estava confundindo ela, que ela era uma mulher casada e direita e coisas do gênero que eu nem dava ouvidos, me agarrava nela beijando o pescoço e apalpando sua bunda na cara dura e nisso subi uma das mão e segurei-a pelos cabelos fazendo-a me fitar nos olhos e disse-lhe:rnrn- Você será minha puta agora!rnrnE dominando-a beijei-a na boca e fui empurrando-a novamente para o banheiro, ela se debatia, mas aos poucos foi cedendo e quando enfiei o dedo médio em sua buceta pela parte de trás nos fundillhos de sua calcinha, ela se entregou. Não tinhamos muito tempo, por isso já fui arriando as calças e sacando minha rola pra da braguilha e roçando o pau na xoxota que à aquela altura estava meladinha de tesão e ela veio ao meu ouvido e sussurou:rnrn- Põe a camisinha meu amor põe - disse toda dengosarnrn- Eu sou lá homem de chupar papel com bala, vou te foder na carne, no pelo!rnrn- Vai caralho, me fode de uma vez seu bruto filha da puta, então vai meu estuprador, faz o Erivan o mais novo corno do pedaço faz, me toma dele....rnrnSem pensar duas vezes, virei-a de costas para mim, levantei seu vestido e arriei sua calcinha até o meio das coxas e fui pra meter nela como se mete numa puta de rua, segurando firme pelas ancas e enterrei e ela gemeu:rnrn- Ohhhhhhhh, devagar, assim você me machuca.....rnrnDei um tapão servido na carne de seu rabo e comecei a bombar, a filha da puta estava gostando de ser submissa ao seu novo homem e começou a rebolar no meu pau, serpenteando caçando rola para colocar o máximo possível pra dentro, e comecei a estapear sua bunda, bati forte nas carnes de Silvia deixando marcas agressivas que entregariam que a putinha foi devidamente fodida por um macho de verdade, ela serpenteou encaixando mais e gemeu forte denunciando o gozo jogando o bundão contra meu pau atolando tudo e nisso fui no embalo curtindo a mastigada de cacete que o gozo feminino proporciona ao macho que sabe fazer a fêmea alcançar o orgasmo e gozei fundo na bucetinha de Silvinha, com o pau enterrado naquela bela carne mijada que ela carrega no meio das pernas e posso dizer que há muito tempo não curtia minutos daquela forma, comendo a namorada do vizinho num banheiro de posto de gasolina, que tesão de foda.rnrnApás o gozo ela caiu em si e disse:rnrn- Sempre percebi as olhadas que você me dava mesmo com o Erivan ao lado....rnrn- Realmente minha gostosa sempre quis foder você......rnrn- Gostou do que provou?rnrn- Acho que esse melado que tá descendo pelas suas coxas diz tudo não?rnrnEla imediatamente olhou e viu que minha porra escorria feito cachoeira pelo interior de suas pernas e tratou de se limpar e nisso fomos saindo em direção ao carro e levei-a ao metrô e na hora que parei o carro para deixá-la ela disse:rnrn- O produto da concorrência está ganhando como faço quando quiser mais?rnrn- Está aqui meu cartão e me ligue quando quiser outra surra de rola minha puta..rnrnEla riu deu um beijo e desceu sorrindo com cara de quero mais.rnrnQueo conhecer mulheres e fazer novas amizades com pessoas que curtam submissão à um macho militar [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dei a xana contos eroticosesposa do amigo minha cadela contocontoseroticos paguei para estruparem minha mulherestupraram minha esposa contoConto Erótico ninfeta Fio Dentalmeninas nova levando pica dormindo e gemendo altotoco siririca na madruga contos de casadas"klaudia kolmogorov"contos sexo minha mulher sua patroanovinha de calcinha fudendo com velho contosconto erotic pegand a calsinha da sogramulher casada vira p*** no baile do carnaval só transa com homem do p********* e grosso para vídeoscontos forçada a virar cadelaeu gordinha arregacada por um roludo contosfudendo as eguinhas e.novilhas na fazenda contos eróticosconto erotico gay pagado dividaconto erotico do garoto ricardo fodendo titiocontos eróticos de cunhadas e subrinhasloca pra fude vai logo metencontos eroticos fudendo minha bisavocontos eu minha esposa e a empregada na praia de nudismocontos eróticos esposa com sonoConto de machos arregacando os buracos da putacontos de coroa com novinhoconto gay meu melhor amigo de 37 anosesposa novinha gostosa dominada por velho roludo contos eroticosmeu tio me comeu meu cucontos eróticos gay sendo putinha do meu primo bruno parte 2conto comenndo a tiameu cuzinho desvirginadochuupadacasa do conto erotico filha da patroa em reforma do aptContos de comadres lesbicascontos traidoraconto gay sobrinho viro esposacontos eroticos a buceta da minha mae e a coisa mais gostosa do mundocontos eroticos ajudei meu filho e fui estupradacarlão socando ate as bolas no cu da vadiamulher poe seu cachorro dormir com ela e acaba deixando ele lember sua bucetaarregaçando, chorando e gozou contoscontos travesti que sai leite dos peitosxvideos minha matrasdo nu meu quato sexocomi a filhinha conto eróticoOrgias com os moleques contos eroticosconto guey jogador chupa adversário no vestiáriocontos erotico defrorado pelo irmão mas velhoComtos casadas fodidas pelo patraoContos eroticos sobre irma fazendo faxinaContos de zoofilia de homem a fuder femiaPorno de corno com mae e filha gemeno e gritanoConto porno dotado no vilarejocontos eroticos de primos q ficaram com primassem explicação safadinha contosconto erotico massageando a tia nuacontos eroticos comendo a enteadacontos-teu pau me fodendo todinhaconvenci minha esposa transa com nosso caocontoseroticosnaruacontos eroticos titio na praiaconto erotico - boleia para a universidadecontos eróticos gays incesto fui estupradoconto erótico mãe dando o cu pro filho por perde a apostazoofilia em canilpapai encheu minha boca de porraA mulher do meu amigo gemeu baixinho na minha vara pra ele não ouvirconto gay de pai com vaqueiroNerdes gay contos eroticosContos eróticos bdsm Ele m dava choque na buceta e enfiava agulhas nos meus seioscontos eroticos cunhadaler contos pornos eletrecista mi comeo no hotelcontos eróticos comendo as Vizinhas ciarecefilme porno tia gostosa faz uma viajem dormi com saudade do sobrinho da cuconto fala todas solteiro cornocasadas que postam fotos de itanhaemconto da safada deu o cuzinho na caronaPuta merda!!!para!(conto teen gay)conto erotico pagou a divivida minha namoradamaravilha conto hetero