Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O ESTUPRO DE UMA POLICIAL CIVIL

O estupro de uma policial civilrnrnSou amigo de uma policial civil que me contou essa histária, seu nome é Ana Paula, é loira, alta e muito gostosa por sinal e hoje tem uns 29 anos. O estupro aconteceu quando ela tinha uns 27 anos, Ana estava em uma operação de investigação e estava ?filmando? um ponto de tráfico de drogas, ficava passando em frente o observando quem frequentava o lugar, que era um bar no bairro do Capão Redondo, zona sul de São Paulo, ela ficou parada em um ponto de ônibus em frente ao bar quando de repente um homem se aproximou e anunciou um assalto, ele estava armado e encostou a arma nela, deixando-a sem ação, ele foi logo metendo a mão em sua bolsa e quando abriu viu a sua carteira funcional e ficou espantado e disse: - Você é civil vadia!!! Ela disse que não, que era falsa e de brincadeira, mas a mentira não colou, ele perguntou se ela estava arma, ela disse que sim e que a arma estava na sua cintura, ele a desarmou pegou-a pelo braço e foi em direção ao bar onde era o ponto de tráfico, chegando lá chamou um homem, forte e alto, cheio de ouro e roupas de marca, aparentemente o chefe do tráfico de lá e disse discretamente que ela era policial civil ele ficou muito bravo...muito mesmo, e disse que ela iria aprender como se resolvem as coisas naquela região.rnAna ficou calada e temendo pela sua vida, O CHEFE como era chamado disse para leva-la ao ?cafofo? no caminho ele passou um rádio para uns 5 caras convocando eles para ir até lá que tinha um civil como refém.rnO cafofo era um barraco no meio da favela, feio escuro e tenebroso, chegando lá ela teve as mãos amarradas e foi amordaçada, começou a chorar. O Chefe disse que ela iria ver o que é bom e começou a baixar as calças, ela ficou aterrorizada e o ladrão que a abordou começou a rir, de repente ela ouve uma batida na porta, por um instante pensa que é socorro, mas no abrir da porta ela percebe que são mais 5 caras, todos mal encarados, armados e grandes.rnVamos denominar cada um deles, eram o Chefe, o ladrão e ou outros 5 homens que vamos chamar de H1, H2 até H5. Os 5 perguntaram o que estava acontecendo, o Chefe explicou que ela era uma policial civil que estava espionando o ponto de trafico e que iria dar um lição nela e sacou o pau para fora, todos riram, ele chorava, com as mãos amarradas e amordaçada.rnO chefe perguntou bem alto para ela: - Você quer morrer? Você quer morrer sua vadia? Ela com a cabeça dizia que não, ele disse que quem mandava naquela porra era ele e que ninguém iria até para ajuda-la, e que não adiantaria ela gritar, tirou a mordaça de sua boca, e ela logo gritou socorro...socorro!!! Ele deu um belo de um tapa em sua cara que a derrubou no chão e pegou uma arma e colocou em sua cabeça, ela soluçava de chorar e pedia pelo amor de Deus para ele não a matar, então ele disse você vai chupar meu pau sua vadia!!!rnEla disse que não, então ele engatilhou a arma e apontou, e perguntou novamente: Vai chupar? Ela implora novamente para ele não fazer isso com ela, e ele pergunta novamente: Vai chupar? Com a cabeça ela diz que sim. Coloca o pau na sua boca e com a arma na cabeça começa a chupar o pau do Chefe que era grande e grosso, ela chupava e chorava, ai o ladrão diz: Se morder morre hein vadia!!rnQuando ela olha para o lado todos já estão pelados e de pau duro, ela fica mais aterrorizada ainda e diz: Não...eu não vou chupar todos vocês...não ...por favor... o Chefe olha para seu rosto de diz: Vai sim se não morre!!!rnEntão todos rodeiam ela com o pau duro na mão, 7 homens e ela é obrigada a chupar todos, um de cada vez, e quando ameaçava parar tomava um tapão na cara que fazia até barulho, chupou até ficar com a mandíbula doendo, o Chefe manda o H1 desamarra-la, ela pensa que vai ser solta, leigo engano, depois o Chefe diz: Hora de meter!!!!rnEla fica com o olhar estarrecido sá imaginando dar a buceta para todos aqueles homens e não iriam ter nenhum carinho com ela...rnEla novamente pede por favor para não fazerem isso com ela, chora, implora mas não tem jeito O chefe empurra ela no chão e monta sobre ela, que luta contra ele, mas logo o Ladrão pega uma arma e coloca novamente em sua cabeça e fala: Vai dar essa porra se não morre!!!rnEla imediatamente para de lutar e cede a pressão...rnO Chefe então diz: Hora de sofre sua vagabunda!!! Ela não entende mas fica calada, ele soca o pau em sua buceta seca com uma força descomunal, arregaçado ela, que grita de dor, ele soca sem dá, como se fosse um animal, ela chora de dor e terror, e ele mete forte e fundo, bombando sem parar então um dos homens se deita ao lado dela e coloca o pau em sua boca, ela reluta em chupar mas não teve jeito, quando se deu conta estava tendo a buceta arrombada e um pau em sua boca e outros 5 homens esperando sua vez. O chefe mete tão forte e rápido que logo goza, sai de cima dela e diz: Tá liberada galera!!!rnOutro homem pega ela pelos cabelos e manda ela ficar de quatro, ela fica, ele soca na buceta dela e outro vai com o pau em sua boca, em momento nenhum ela para de chupar e pedir para eles pararem com aquilo, mas nem um quer saber e aproveitam dela sem dá, vários revezando em sua boca e buceta, socando sem dá nem piedade por horas, depois de um tempo o Chefe volta de pau duro novamente e diz agora é hora de dar o cú!!!!!! Ela se desespera pois se na buceta já foi com violência imagina no cú.rnEle aproveita que ela está de quatro e se posiciona atrás dela que implora piedade mas o Chefe é cruel e vingativo, coloca a cabeça na entrada do seu cú, na manha, ela pensa que ele vai devagar, mas depois de uma respirada funda ele soca com força, de uma sá vez o pau todo no cu da Ana ela dá um grito muito alto e quase desmaia de dor e diz: Pára está doendo, está doento, ai...ai...ai meu cu, você está me machucando, ai meu cú, caralho, meu cú ele soca com raiva, fundo sem a menor piedade e para ela parar de gritar logo tem um pau em sua boca o chefe como seu cú por meia hora e quando vai gozar tira e manda ela chupar seu pau, ela se recusa e apás um puxão no cabelo começa a chupar seu pau ele diz que vai gozar em sua boca e que se ela deixar escorrer uma gota vai morrer....ele dá um urro de tesão e goza em sua boca, com medo de morrer ela engole tudo, mesmo com ânsia de vomito. O Chefe sai e diz: O cú está liberado. Ela logo entende que vai dar o cu para os 7 homens, mas o que ela não sabia é que eles estavam com pressa, colocaram ela para sentar no pau de um e outro veio por trás e colocou no seu cú em uma dupla penetração, ela urrava de dor, pedia por Deus para que eles não fizessem isso, mas não teve jeito, arregaçaram sua buceta e seu cú ao mesmo tempo e ainda com um pau na boca, foi um rodizio em seu cú e sua buceta, que a essa altura já estavam esfolados de tanto levar rola, todos comeram sua buceta e seu cú e gozara na sua boca, ela ficou acabada depois da curra, eles soltaram ela e ameaçaram sua famila que se ela contasse algo sobre o estupro e o ponto de tráfico mataria todos de sua família.rnEla foi embora e mantem segredo sobre esse assunto, sá contou para poucos amigos e amigas para desabafar.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos vestido coladocontos eróticos;abusaram dd mim na festa da faculdadeContos comi a racha da minha maePorno conto a sindica olhando minha picacontos eroticos: fui comido pelo meu inimigo safadinhominha amiga sapa e eu chupando contocontos sexo fiquei com bucetA molhada com meu genro na prAiacontos velha casada fudendoconto erotico estudandoContos hot mulher gorda e garotoestravestiszoofiliafotosconto porno mulher putapresenciei minha esposa me traindocontoscomsograstravesti bem dotado chupando o c****** da mulher do cumolicesFui com um coroa pra sua lancha ele me fudeu conto eroticocontos eroticoscrenteContos Eroticos fudi amiga da tia choronameninas com bucetinhas piticas pornocontos erotcos de estrupo de virgemeu minha mulher minha cunhada minha sogra contos eroticosultimo contos eróticos transando com tio arabinho impinadinho em fio dental da irmaContos virei a puta dos oito negros picudosdei para meu genro na praiacontos eroticos meu sogro me pegou a forçaconto minha morada me fodeconto erotico transei com meu filhodopei minha mae contolésbicas chupando sopinhascontos eroticos abuzei de minha irmazinha com ela dormindovídeo de bocado de mulher dançando de fio dentalcontos mae segura filha para homem comer na marratirei a saia da minhan e fudi com ela no banheiro pornodoidoRelato picante comi minha esposa no estacionamento do shoppingcomi o gordo conto eróticocontos eróticos gay taxista Santarém Parácontos picantes tarado no onibus"contos eroticos" duas cunhadascontos ,chuparam tanto meu pau até ru gozar na bocacontos eroticosmeu namorado me encoxando camisinhazoofilija detei i poróvidio porno enchada qualculadacomi minha tia conto realistaconto comeram minha mulher bebadacontoseróticos chupei os peito da mamãecontos heroticos comendo a vendedora de trufascontos eróticos gay Proibidos - Desde Cedo no meu maninhocontos eróticos meu cuzinhocontos eróticos consolo pau e plugconto erotico bandidoseios tezudos de gravida fotocontos eroticos com japonesanovinha sendo chantagiada. pra chupar rolacontos eroticos colega da faculdadeContos eroticos de amigos q fuderam as amigascontos pornô de incesto meu pai curou o trauma que eu tinha do meu corpinho sem graça, baixinha magrela e sem peitoscomigo vamo mulher do meu irmão meu irmão viu como um laser transar entre família comigo a mulher do irmãovideo porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadaponei arrombando morena com tesaoFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carascontos er matagalcontos incestuosos - mãe e filho no forró terceira idadeconto bricano com o primho de esconderContos Eroticos fudi amiga da tia choronacontos de travestis bem dotadasacampamento com aluninhas 2 contos eroticoscontos eroticoscomendo.sograsO pau que eu sempre quis contos eróticosninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestisconto erotico minha mulher se produziu para ir na despedida de solteira da amigaporno de marido bebedo em casa obricando a esposa a fazer sexo com elecontos abobrinha na bucetacontos incertos porno traverti