Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEDUZIDO PELA ALUNA TARADINHA

Me chamo Michael, tenho 30 anos, sou professor de geografia, perseguido por alunas e vou contar uma histária que uma de minhas alunas me aprontou.

Era uma manhã ensolarada de verão, estávamos possivelmente na 3ª aula, a turma estava em trabalho em duplas e havia uma aluna nova: Gisele.

Foi onde tudo começou. Fiz a chamada e ao final perguntei a ela seu nome, para que fosse acrescentado a meu diário e como percebi que ja tinha uma amiga sua na sala deixei com q ficasse em dupla com ela, mas sem a obrigaçao total de ter que me entregar o trabalho, afinal ela tinha aulas com outro professor em outro colégio e o conteúdo poderia estar em diferença de tempo.

Gisele era morena, cabelos longos, cerca de 1,60 m, olhos claros, 19 anos e um corpo perfeito, com uma bundinha redondinha e bem empinadinha.

MAs nada disso eu havia percebido ainda.

Eu em minha mesa recebendo os alunos com dificuldade, comecei a perceber que ela posicionou sua carteira bem em minha direção e com uma saia extremamente curta, enquanto fazia o trabalho, abria as pernas fazendo outros movimentos pra atrair minha atenção. Quando percebia que eu olhava pra onde ela estava, abria bem as pernas mostrando aqueles coxões que finalizavam naquela grutinha linda.

Aquilo estava me tirando do sério, era sá eu olhar pra ela, ela abria as pernas. Isso foi durante os 45 minutos de aula inteiros, ela chamando minha atencão e me deixando de pau duro, tendo que continuar sentado pra ninguem perceber o volume que estava.

Mais a noite, entro no MSN tem la um novo contato que me adicionou. Era ela, e veio implacável: "__ Oi prof? Eu: Oi, quem? Sou sua aluna, sou nova mas vc deve estar lembrado de mim, meu nome é Gisele."

Na hora despertou tudo novamente. Começarei a reconstituir a conversa do MSN.

Gisele: As alunas falam mto de vc, eu tava louca pra te conhecer, ja ouço falar de vc há mto tempo, cerca de 1 ano e nunca pude te ver de perto, sá por foto... agora ja posso dizer q vc é um pouquinho meu tbem?

Eu: Falam bem ou mal de mim?

Eu: Se vc nao resolver trocar de escola novamente serei seu professor sim.

Gisele: Falam mto bem de vc.. bem até demais, nunca vi um prof. tão comentado, vc me deixou mto curiosa.

Gisele: Aceita o convite da exibiçao de câmera?

Eu: ok!

Gisele começava a se contorcer na frente da câmera ao tempo que continuava teclando.

Gisele: Seu pau ficou duro qdo eu abria as pernas pra vc hj de manhã?

EU nao tinha o que responder, dei um sorrizinho sem graça ":)" e esperei a práxima mensagem. Sempre fui muito sério com alunas, sempre levei cantadas mas me mantinha afastado, principalmente pelo fato de eu ser casado e a maioria das alunas serem menores de idade.

E teve a práxima mensagem.

Gisele: vc ja transou com alguma das suas alunas prof.?

Eu: Não, nunca transei com aluna, distinguo bem o trabalho do prazer.

Gisele: Vc transaria comigo?

Nisso Gisele levantou a pequena camiseta que estava e perguntou o que eu achava dos seus peitos, massageando os dois lentamente.

Gisele: Eu percebi que vc estava de pau duro qdo viu as minhas pernas abertinhas pra ti prof. Vc nao podia nem levantar da mesa né?!

Gisele: Eu tou com um tesão enorme por ti sabia? Eu qro que vc me coma toda.

Gisele: Eu fui praquele colégio e qro ser a primeira entao, se é que é verdade, que vc não come as alunas que querem te dar mesmo.

Gisele: Come meu rabinho prof? Eu ja sonhei mto com vc bombando no meu cuzinho.

Nessas alturas ela ja estava sem roupa nenhuma, massageando a bucetinha e eu "tentando" fugir do papo, com o pau duro que era uma rocha, vendo e lendo aquilo tudo.

Fez isso pelo MSN durante alguns dias, até que nao resisti e disse: " Ta bom, vamos fazer tudo o que vc diz que tem vontade de fazer comigo então."

Marcamos o dia e hora, tinhamos pouco tempo, ela nao podia sair de casa por mto tempo, no máximo uns 30 minutos. Fomos a um desses box privativos.

Ela tava mto gostosa aquele dia, uma sainha também minúscula como sempre e mto cheirosa, entrou no meu carro, demos um beijo e fomos direto ao box fazer o combinado.

Chegando la, abaixei os bancos, fechei as cortinas do box, entrei novamente no carro e ela foi logo abrindo minha calça e colocando meu pau pra fora dizendo: deixa tudo comigo ta?

Começou a massagear meu pau de um jeito mto gostoso, subia e descia como ninguem nos meus nervos, qdo percebeu que ele ja estava ficando duro, foi com a boca e engoliu com toda a fome do mundo, parecia que ia arrancar a cabeça, de tanta que era a vontade que ela chupava, sugava mto forte.

Qdo eu tava em ponto de bala ja, ela se virou de quatro dizendo pra eu enfiar minha pica no cuzinho dela, que ele tava loquinho pra ser fodido pelo meu pau.

Gisele: Coloca no meu rabinho me prof gostoso coloca!

Eu disse pra ela se acalmar que eu ainda queria comer a bucetinha dela, mas ela, não, outro dia vc come minha bucetinha, hj eu qro que vc foda sá o meu rabinho.

Molhou o dedo com saliva e lubrificou aquele rabo maravilhoso.

Vem, ele ta prontinho te esperando, me come o rabinho prof, come o meu rabo, come o rabo da tua aluninha putinha.

E eu como sou louco por um rabinho (minha mulher foge do sexo anal) nao tive como perder tempo.

Coloquei a camisinha e devagarinho comecei a tocar naquele cuzinho gostoso que rebolava mto bem no meu pau pra entrar gostoso.

Aos poucos aquele anelzinho foi engolindo meu pau e ela rebolando nele falando pra meter bem forte quando sentiu que ele tinha entrado até o final.

Fodi aquele cuzinho por uns 19 minutos. Ela perguntava se eu tava gostando de fuder o cuzinho da aluninha, foi quando percebi que ja tava quase gozando. Tirei a camisinha e dei meu pau pra ela chupar de novo, continuou chupando e eu segurei a gozada pra aproveitar mais o tempo e aquele momento daquela chupadora maravilhosa, dona do cuzinho mais gostoso que ja comi. Enquanto ela me chupava eu massageava aquela bucetinha e percebi que tava molhadinha, toda tesuda.

Sá que de repente ela se assustou com a hora e sismou que precisava ir pq tava tarde, dizendo que ia tomar meu leitinho na práxima vez. Colocou a roupa e fez eu leva-la embora.

Disse que na práxima vez ia começar por chupar meu pau, fazer eu comer bem gostoso a bucetinha, bombar no cuzinho e no final segurar todo o meu leite na boca.

Eu mal podia esperar a práxima vez. Foi muito bom ter fodido com Gisele, mesmo por apenas alguns minutos e não tendo gozado nesse primeiro dia. Ela sabia direitinho como fazer um pau ficar feliz com o seu rabinho gostoso. Foi o que me animou mto pra esperar a práxima da práxima vez. Essa práxima vez fica pra um práximo conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


porno conto relava aquele peito em mimsexo com vizinha muito rabuda vigiadocomi minha criada boazudacontos de bichinha dando pra negaocontos eroticos de vendas passei gelo no corpo delecontos catinga de cúwww.contos meu pai mim aregasou dormindominha mulher para transar logo Ricardo que eu quero verconto negro taradosavana na africa contos eroticosporrnodoido interacialcontos eroticos comeu minha mae e minha namoradaecotra coroa que.evie vido sexo avivoempurando devaga no cu 30cpastor gozando contos gaycontos quis dar pra um travestiRelatos de gay quie derao ao pedreiro saradocontos eroticos enrabada a forca pelo padre dentro da igrejacontos eroticos fazendo troca troca quando meninocontos eroticos de trans rabudas e gostosas sendo arrombadascontos comer cu sogra e filhaContos eróticos bdsm Ele costurou minha bucetaCONTO EROTICO:FIQUEI COM A CRENTE SUPERGATAcontos eróticos de brigas e submissão contos eroticos - alta grandona bundudacontos eroticos meu genro se vestiu de mulherContos dando banho na catadoragorda sentada no sofa e cachorra lambendogozoo na bucetakcontos eroticos fudendo a mae travesticontos erotico grande foda com a minha namoradaboqueteira gaucha contocontos eroticos iniciaçao gaymulher botandoo o palito no cúcontos com gordinhascomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contoseu conto cunhada casada ver o cunhado de pau duro e fica loucacontos eroticos gangbangContos erótico pombinha inchadadoce nanda contos eroticosContos punheta duplacontos de gay passivo dando pro machocontos porno velhocontos eroticos eu e minha filha somos as putas do bairro e meu marido sabecachorros rendidos gozando pornominha esposa tem 1.60cm d bunda enorme contoscomo dopar uma mulher e fazer sexo contocontos eroticos chamei meus amigos pra ver jogo em casaconto menina safadinha anosdei a b***** para o meu genrocontos eroticos mulher castiga o homem emagando o saco e dando soco no saco Pau gigante.arrombando o cu da inocência. Jconto erótico reais eu e minha mae sua enpregada juntocontos eroticos estrupando a novicaconto erotico velho praia nudismoxvidio mulher xota de cabritaporno tia tica soprinho 18 anocontos eróticos sogra pediu pra ver minha rolaesbarrando na bunda da tia e rola sexocontos eróticos cadela e putona famíliascontos erroticos garroto comeu minha mulher dormindocontos erótico de coroas casados trancando com novinho BA baladascontos eroticos dando a xota para o meu primo e o amigo dele na casa deleMinha bucetinha não aguentaria aquela grossura todaesposametenocomoutroContos eroticos nerd virgemcontos erótico me rasgaram mo acampamentovídeos de donas de casa sendo violentadas opor cassetudos tarradosconto da safada deu o cuzinho na caronapornô doido p*** fazendo fio terracontos eroticos apanheiconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhasmulheres aguachadas com as pernas abertas so de calcinha fotoso cu da minha esposa e meu contocontos eróticos disneylandiaconto erotico viado velho humilhado por macho dominadoreu conto cunhada casada ver o cunhado de pau duro e fica louca