Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CERTEZA DO DESTINO ? A FAXINA (CAPITULO 2)

Na segunda-feira da outra semana, ao levantar mais cedo que meu filho Robert dessa vez pude notar bem mais do que pensei, ele estava com lençol jogado no chão, mas não era isso que me tirou atenção, e sim o seu pau que dessa vez estava pra fora da cueca samba canção e ainda por cima duríssimo, tão cedo assim e já de pé, pensei comigo, queria sair dali, mas meus olhos não me deixaram sair daquele local e fiquei ali um bom tempo admirando aquela pica lindíssima do meu filho apontando para cima, escorrendo de leve aquela baba, aos poucos ele foi acordando, então corri para cozinha, e comecei a mexer nas panelas, ao ouvir o barulho logo se prontificou a ficar sentado no sofá, ao me virar para o fogão e observá-lo no sofá, notei que ele já havia coberto parte do corpo com o lençol, então comentei, acordou dorminhoco, já estava na hora, ele meio que assustado, perguntou se eu estava ali muito tempo, disse a ele que havia acabado de chegar, ele entendeu mas ficou com olhar meio que desconfiado, talvez pensando se eu realmente estivesse visto seu pau duro que certamente ele notou ao acordar, então comecei naquela semana a usar a calça de academia sem calcinha, sá para deixar ainda mais visível que eu não usava nada por baixo, eu podia notar ele me comendo com os olhos quando observava pelos vidros dos armários da cozinha, outra vez estava me abaixando para observar o bolo no fogão quando pude notar ele me urubuservando por trás, fingi que não notei nada, e a semana segui dessa forma, sempre acordando mais cedo que ele e maravilhando-se com aquela pica linda todas as manhãs duríssima, no ultimo dia da mesma semana, resolvi que ficaria na cama fingindo dormir mais que ele, e dessa vez coloquei uma camisola muito leve sem nada por baixo sá para ver o que acontecia ou como seria a reação dele, ao notar que ele estava subindo as escadas para ir me acordar certamente, providenciei de tirar o lençol e deixar apenas minha camisola solta, deitei de bruços, e esperei ele me acordar, mas ao chegar práximo a cama, notei mesmo de olhos fechados que ele não se pronunciou, pareceu apenas apreciar meu corpo do jeito que se encontrava, enquanto fingia dormir, ouvi seu sussurro exclamando, ? puta que pariu, a mamãe está gostosa pra caralho, eu me acabaria nessa buceta linda?, isso me deixou molhada no mesmo instante, mas fui acordada ao barulho dele batendo no mesmo ventilado que se encontrava no quarto, ao acordar, ele se prontificou a dizer algo para não notar que estava ali por muito tempo, enquanto me virava para olhar ele, encontrei com Robert já de saída pela porta do quarto, mas a ponto de notar ele de pau duro enquanto se dirigia as escadas, no final de semana, mas precisamente sábado, estava limpando a casa, e depois de ter terminado a parte de baixo, fui limpar a parte de cima, enquanto arrumava o quarto, o Robert chegou, ele pareceu não gostar muito de estar fazendo a faxina no quarto dele, e ainda mais quando fui mexer no guarda-roupas dele, na qual algo aconteceu, estava eu arrumando a parte de cima, quando puxei alguns lençáis e uma revista caiu no chão, quando ele ia se prontificar a pegá-la, mas eu já havia visto a capa da revista, era a mesma que minha amiga havia me mostrado com aquele negão caralhudo também, então exclamei com ele, mas que merda é essa Robert, você disse que não era gay, e o que esta fazendo com essa revista? Perguntei a ele, que por sua vez me contou que não era nada do que estava pensando, disse para ele me explicar o que era aquilo então, mesmo já sabendo o que havia, ele então me contou que havia posado para aquela mesma revista, eu pedi para ver e ele se negou a me entregar, então corri para pegar, ele correu para o banheiro para me impedir mas não foi capaz, ao chegar no banheiro junto com ele, nos encostamos dentro do Box, e ali ficou aquele joguinho de ele levantar a revista ao alto e me impedir de pegar, ele usava apenas um short curto, pois havia acabado de chegar da academia, aquele corpo musculoso, de certa forma me impedia de alcançar a revista, eu usava apenas roupas muito leve, e eu minha camisola que tanto gostava toda de ceda, fiz de tudo para pegar mas ele não permitiu, e ainda ficou tirando onda com a minha cara, eu pensei comigo mesmo, quer ver sá ele me deixar pegar a revista, então liguei o chuveiro, e começou a molhar todo seu corpo, me deixando ensopada também, mesmo assim ele não abaixou a revista para eu poder pegar, então pensei comigo mesmo, agora ele deixa de qualquer jeito, foi quando abaixei o short dele, e pra minha surpresa estava sem cueca por baixo, ele então exclamou, ?poxa mãe ai não vale, isso já é sacanagem? e foi pegar o short para subir novamente, foi ai que peguei a revista, e dentro do Box mesmo embaixo do chuveiro comecei a olhar, e ai a situação ficou diferente, agora eu estava com a revista, fazendo de tudo para ele não pegar, enquanto folheava as paginas, ele me abraçou por trás e pude sentir o leve roçar de sua pica em minha bunda, e quanto mais evitada que ele pegasse a revista, mais ele se roçava em mim, aquela água quentinha caindo sobre nossos corpos, minha camisola de ceda já não evitava mais nada contra o corpo do meu filho, foi quando cheguei nas páginas em que ele se encontrava pelado de pau duro, então exclamei a ele, ?então era isso que você queria esconder de mim, seu safado, que é isso Robert, que coisa é essa aqui embaixo filho??, ele meio sem graça, mas ainda se roçando em mim, me disse, ?ahhhh mãe, foi sá pra ganhar dinheiro extra?, e imediatamente rebati suas palavras, ?mas que coisa é essa dura aqui meu filho, é uma barra de ferro ou o que??, ele prontamente enquanto ainda pressionava mais o seu corpo contra o meu me disse, ?é a sua criação mamãe, não gostou do trabalho que fez??, então disse a ele que já havia visto isso no Brasil, e que tinha vindo ao seu encontro justamente para falar disso, seu olhar surpreso, e traiçoeiro me revelou algo que não imaginava, ?eu já imaginava mãe, e desde que chegou aqui em casa, que percebi seus olhares em mim?, me fiz de sonsa e disse, ?quem! Eu? Imagina filho, isso é engano seu?, e o safado me surpreendeu ainda mais do que podia imaginar, ?a senhora acha que não sei dos seus olhares sobre minha samba canção e meu pau?, ainda insisti dizendo que não sabia de nada disso, ?eu sei muito bem que a senhora anda me espionando, tenho câmeras de vigilância instalada em boa parte da casa, e vi muito bem as vezes em que ficava me olhando enquanto dormir, ou e naquele dia em que estava no banheiro me masturbando?, eu já não podendo mais esconder nada, virei de frente para Robert e sorri com cara de safada, e com aquela água caindo, os acontecimentos rolando, o pau dele estava duríssimo como roxa, pedi para ele me mostrar mais de perto que queria realmente apreciar o trabalho que havia feito, quando ele abaixou o short, meus olhos brilharam, dei aquela mordidinha nos lábios e ele não desperdiçou um segundo sequer, foi pegando minha mão e direcionando ao seu pau, enquanto eu pegava aquele mastro para alisar e dedilhar por inteiro, notei seus olhos se fechando, comecei a beijar seu peito, chupar seu pescoço enquanto batia aquela punheta naquela pica descomunal, depois de uns dois minutos nesse lance, resolvi me abaixar e fazer o que meu filho Robert havia feito em mim quando era criança, mamar, comecei a mamar muito, e olhava nos olhos dele e dizia, ?seu safadinho, mamou na mamãe, agora é minha vez de mamar em você, caralhudo da mamãe, vou experimentar do meu trabalho?, ?isso mamãe, mama mesmo, mama na pica do seu filhinho, se maravilha com seu trabalho, não é isso que você quer sua safada, não foi pra isso que você veio, pra cair de boca na pica do seu filho sua putinha?.rnrnContinua...rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos er matagalmeu noivo me preparo uma despedida de solteira conto eróticoscoroa louraca enxuta bocetao inchada inchadacontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos de encesto casal lambedo cucontos a pica do comedor pingandocontos eróticos bem depravado de bem picantegozarnopeitomulherContos eroticos raspando cu do vizinho gueicontos eroticos a buceta da minha mae e a coisa mais gostosa do mundocontos eroticos dei pa paga dividagozando na boca da irma casada contoContos eroticos de solteiras rabudasatrazcontoszoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguaconto zoofilia o pone me quando cai estrupoucontos de velhos mamando seios bicudoslevantou a saia e relou na calcinha no buzaodp contosinfermerinhas danao a buceta aus passienteContos eróticos "queria experimentar algo novo"fui roubada e comeram meu cuporno bundas muitissimo leve ou seja molecontos eróticos de incesto minha mae no meu coloconto erotico batendo sozinha minha siririca gozandocontos eroticos de incesto: sou cadelinha do meu filho 2contos eroticos fudendo minha bisavocrente fudendo o cu contos eroticosconto uma viagem muito gostosacontos veridico acho que o garoto comeu minha mulher a patriciacontos erotico mangueira na bucetacontos porno de comeram minha namoradaconto ela deu e se fudeucontoeritico dei p cazzeropapai adora chupar a minha buceta enquanto fode a nossa enpregadalésbicas esfregando pernas de rã veridicoxvidio transas arrecei casadoscontos de crossdresser me seduziuSe mastubar com uma banana conto eroticosenti o pau dele duro quando chamei de cornoChantageei minha tia escrava lesbica contoContos eroticos ai mo seu pau ta me matando mete ai ai deliciosa aiimax prime realizando fantasia. casadasminha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionoucontos eróticos de bebados e drogados gayscontos erotico chifrei meu marido e me flagrou vai mete seuConto erotico banho maeConto porno ui ui ui meteminha namorada mimosa conto eroticominha irmanzinha gost fica olhando eu bater aquela ponheta no banhoContos fudendo a coroa gravida casadacomtos d primos d 30 cumemdo cusinho d priminhas d 15contos eroticos meu cunhado estourou meu cabacinhocontos porno os amigos de papai fuderam mamaecontos eroticos de primos com primas que engravidamChupa meu cacete com barreiracache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Meu marido comeu a minha filhaconto eróticos desejandoa mulherdomeu filhocontos eroticos mãe fazendacontos eroticos adoro ver uma travesti jemendo na miha picainfância;contos eróticos;enrabadovideos de pau ficqndo ficando duroamarrei a gravida e mamei a força contoscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos traiçao punhetacontoss incesfos em fazendasEnrrabada contochupei a bucetinha carnuda dela contosconto eu e meu sobrinho metendo vai fode o rabo da titiaconto viajando com minha esposaconto erotico eu era virgem mas o pau erafinoContos eróticos de noraPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticoscontos eróticos cheirando a bunda de mamãefazenda fravia dan xeso anal lua demelContos flagrada fudendo outrocontos de incesto por chantagem do filho com a maecontos eroticos incesto sutiaconto minha esposa rabuda deu pra familia todo na salaConto goza pai ui ui no cuComtos casadas fodidas pelo patraoContos eriticos putinha do meu cunhado bem dotado parte4contos eróticos eu quero te fuder mas aqui vão verconto comeram minha mulher bebadasobrinhos fazendo massagem na esposa bebada casada contocontos erotico meu pai e meu tio armaram pra fuder eu e minha prima