Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA PRIMEIRA VEZ - FUDENDO NA CONSTRUÇÃO

Meu nome é Anderson e Tenho 19 anos BISSEXUAL não assumido,, alto, branco, pau de 19 cm, rosado, grosso e cabeçudo . Vou contar um fato da minha infância tinha 19 anos na época era meio gordinho brincava muitos com os meninos da minha rua que não sabia ainda que eu gostava de outros meninos estava procurando a galera para brincar mas não encontrei ninguém me sentei na frente de uma casa em construção esperando alguém passar, lá era casa de Reinaldo (Moreno Alto, filho e ajudante de pedreiro 19 Anos com seus 19 cm) ele e seu pai estavam terminando a construção ode um puxadinho na sua casa resolvi entrar para falar com Reinaldo, ao entra ouço som de aguá e ao chegar no fundo d construção vejo Reinaldo totalmente pelado tomando banho de mangueira notei que seu pai ñ estava ali, o corpo de Reinaldo era muito definido por trabalhar desde novo uma delicia fiquei ainda mais surpreso com tamanho de sua piroca era muito maior q a minha.rn fiquei parado olhando admirando ele De repente ouvi um barulho entrei em um dos cômodos do puxadinho e saair pela janela.rn rnAo chegar fui correndo para meu quarto e me deitei e comecei a me tocar pensando nele, nunca tinha sentido aquilo por um garoto todo dia eu ia observar ele esperado ele tomar banho. Um certo dia ao chegar na porta do puxadinho escultei um barulho entrei e me bate com a imagem de Reinaldo colocando Fabio(Moreno, baixo com seus 19 anos gostoso como o Reinaldo) para chupar sua piroca fiquei encantado com aquela cena e me escondi para olhar. Fabio engolia toda geba de Reinaldo e ele gemia de prazer, Fabio parou de chupar Reinaldo que reclamou com ele falando que estava para gozar e queria gozar na boca dele, Fabio reclamou mas Reinaldo mas alto e mas forte puxou sua cabeça na direção do seu pau e fez Fabio engolir toda quase engasgando ele, aquilo me deixou louco meu pau pusou estava duro como pedra, Reinaldo começou a aumentar o movimento e gemeu bem forte e ele prendeu o pênis na garganta de Fabio e gozou.rn Fiquei Louco ao ver aquilo Fabio quase engasgado levantou.rnrn- Porra Reinaldo sabe que eu não gosto que você goze na minha garganta.rn- Quer chupar meu pau tem que chupar direito!rn-Mas velho vc quase me matou engasgado.rn-Deixe de onda, Porra eu to querendo comer um cúrn- Sabe que isso eu não façorn- Porra deixa eu meter vai sá um pouquinho, ñ tenho dinheiro para pagar puta meu pai ñ ta liberando a grana, se eu não meter meu pau em algum buraco vou ficar louco!rn- Vai comer um cachorro, tá indo Reinaldo rnrnQuando vi Fabio vir na minha direção entrei no quarto me escondi.rnFabio Reinaldo saíram eu tbm fui embora logo apos cheguei em casa novamente louco com aquela cena queria tbm chupar o pau como o Fabio ter Reinaldo na Minha boca mas como chegar até ele, no dia seguinte eu cheguei mais cedo na construção esperando ver mais cenas de sexo e não tinha ninguém me sentei nos sacos de cimento e comecei a me tocar imaginando Fabio e Reinaldo Fudendo eu estava com maior tesão cheguei a fechar meus olhos, meu Pau pulsou novamente senti uma coisa estranha que foi seguida por uma voz.rn- Tá fazendo oque ai pivete?rnAssustado escondi meu pau era Reinaldo parado na frentern- Nada nãorn-Acha que eu ñ vi você brincando com seu piruzinho ai.rnRindo Reinaldo chegou mais perto de min, que me levantei tentando sairrn- Sá estava mijando senhorrn- Quer me enganar pivete, vc estava batendo uma puetinha mas vc é muito novo para gozar.rnEu sai de perto mas ele me segurou pelo braço eu fiquei com um pouco de medorn- Você vei bater uma logo no meu quarto a vc vai ter que me pagar, como no motelrnEu falei que ñ tinha dinheiro e ele disse que ñ precisava ser em dinheiro que eu podia pagar minha diária de outra forma rneu tentei sair mas ele era mas forte que eu me colocou no cimento eu pedia para ele me deixar ir mas ele me olhava com uma cara de safado me disse que eu tinha que pagar rnpassou a mão no seu pênis que já estava duro como uma pedra e mandou eu tirar a roupa, logo me lembrei de Fabio chupando aquela pica e me deixei levar tirei a rouparn ele disse que eu tinha uma bunda bonita e alisou minha bunda logo meu pau não resistiu e ficou duro ele olhou e falourn que eu estava gostando da brincadeira ele mandou eu ficar de costas e começou a abrir minhas nádegas, nunka tinha sentido aquilo fiquei arrepiado ele abaixou e beijou minha bunda e cuspiu seu dedo e começou a dedilhar meu anus era diferente aquilo eu estava gostando logo ele penetrou seu dedo sentir dor ele me segou para ñ sair tirou o dedo e passou a língua quente no meu rabinho fui a loucura ele falou seu safado gosta de uma lambida no cuzinho e volto a lember meu cú ele mandou eu sentar no cimento e levantou minha pernas rnera uma loucura aquilo comecei a gemer e ele voltou a penetrar seu dedo já entrava com facilidade já que ele lubrificou meu cú entrava e sai com seu dedo estava ficando gostoso logo ele enfiou dois estava desconfortável e ele cuspiu nos dedos e enfiou três, eu gritei ele tapou minha boca e fez uma coisa q eu ñ imaginava chupou minhas bolas eu parei de exitar a penetração dos dedos e ele chupou meu piruzinho fiquei cheguei ao êxtase era gostoso ser chupado e penetrado ao mesmo tempo senti novamente a sensação no pênis ele pulsou na boca do Reinaldo e ele parou de chupar meu pênis mas não parou de me penetrar com os rndedos ele levantou e baixou a bermuda e tirou aquele cacete que estava duro logo colocou ele bem na minha cara e mandu eu chupar como ele fez no meu lembrei do Fabio e abocanhei aquele mastro esta realizando o sonho eu ñ era um mestre no boquete ele mandou eu ter cuidado com os dentes pegou minha cabeça e começou a fazer o movimento de vai e vem rápido mandou eu sugar como um picolé eu fiz como o Reinaldo mandou ele começou a gemer como fez com o Fabio ñ deixava eu respirar era uma delicia logo sentir seu pau pulsar na minha boca ele enfiou na minha garganta e segurou minha cabeça e gozou na minha garganta quase engasguei seu pau não ficou mole ele mandou eu chupar seu pau sentir o gosto estranho do esperma dele.rnele voltou a meter o dedo no meu cu agora sempre cuspindo no meu rabinho logo ele tirou os dedos se ajeitou na frente do meu rabo me colocou coo um frago assado e foi introduzindo seu mastro, 19 cm era muito para mim sá a cabeça me fez gritar novamente e tapou minha boca e continuou a introduzir seu mastro ele parou um pouco com seu pau no meu cu esperando eu me acostumar mas eu ainda sentia dor, ele começou a bombar seu pênis como fez na minha boca sem para, era um animal logo ele tirou sua mão da minha boca ñ estava mais doendo era uma outra sensação uma mistura de prazer e dor ele não parava e estava ficando gostoso de mais o vai e vem Reinaldo era muito gostoso e eu comecei a gemer junto com ele Reinaldo pegou meu pauzinho e começou a punheta junto com ele e eu alisava seu peitoral definido pelo trabalho como Ajudante de pedreiro ele me chamava de vadia e aumentava o ritmo.rnEra uma delícia der repente sinto seu pau pulsando dentro de mim ele gemeu mas forte e seu esperma alagou meu cú ele ficou com seu pau dentro até ele amolecer depois tirou se limpou e disse que meu cu era muito gostoso e que queria me comer novamente, ele pegou a mangueira e começou a tomar banho lavou meu cu e eu fui embora.rnFoi minha primeira vez com o maior gostoso da meu bairro.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos virei mulhercontos eróticos vi ele com pau inchado falou que tinha machucado conto erotico;eu e a professora de artesconto o Pastor me comeuprimeira vez difícil contos eróticoscontos de crossdresser me seduziumanuela pedreiro contos eroticosmamei meu cunhado na frente da minha irmã cinto bicaseiro entregado trasanofilmes de televisao pornoscache:zwmyzgvJpMwJ:idlestates.ru/mobile/conto-categoria-mais-lidos_1_22_fetiches.html nao queria mas fui obrigado a foder a novinha contoscomo minha esposa aguentou 23cm no rabomulherzinhas e seus corninhoscontos er matagalcontos eróticos cavalocontos eroticos de meninas que deu sua buçetinha pro seu pai e trouçe sua amiginha bem novinha pra tira o cabaçinhovelha aqueles tempos do capô de fusca bem rapadinhacontos de cú de solteironacontos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordaContos eróticos gay camisa socialcontos tia preferidacontos chupando varios caralhos negrosadorei ser encoxada pelo meu filhocoroa coxuda gozando contosContos de mulheres que pegam marido com travesticontos etoticos meu marido faz eu dar para trassedona Florinda abrindo pernas mostrando calcinha porndominando com sadismo conto. eroticomulheres gemendo metendo em baixo do cobertorfui chantagiada pelo meu amigo de trabalhocontos eróticos online pai tarado e filinha devassaVelho fazendeiro sendo enrabado contos gayscomo fazer gozar uma baixinhaContos eroticos coroa izabelContos eroticos meu comeu meu raborealizei meu sonho comi minha tia perdi a virgindade conto eroticocontos ela gozou no meu dedo no metrôcontoseroticosdesvirginandocontos de tioscontos de cus arrebentadosconstos eroticos tias bucetudas e sobrinho caseetudoscomendo cu tia 57anosConto as primas na roçacontoseroticosarrombandocontos minha filha chorou no meu pauconto erotico comendo a entiada na chantagemcontos eróticos professora com garotinhosconto erotico defia um diero comi ela pornonovinha safada pagando boquete para mototáxi de coraçãovelho zinho tarado contosPrimo Fodindo Suas Primascontos eroticos, casada nova surpreende marido em cine pornoContos erotico eu e minha tia no jogo da garrafacasadoscontos eroticos amiga escola chuvalouco pela minha prima contomulher escanxa no cachorro e goza gostosominha mae me fez gozar contoshomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casaContos 4e porno na familia da casa maeboquete mulher de 48 anos contocontoerotico virgem pai 2filhasnovinha safada pagando boquete para mototáxi de coraçãomora Nana bem gostosa da bundona bem grandes eu dental bem deliciosa néenrabador de afeminadocontos eroticos feminino cunhadojapa enfia o dedo no seu cu virgemfui passear nas férias e trai meu corninhocontoerotico.eu.marido e as filhas no forroVídeo lendo contos com vibrador na bucetameu padrinho me comeu quando eu era menina aindaprimeiro conto de aline a loirinha mais puta e vadiafui passear vestido de putinha e os noiados me fuderam o cu conto gayfiz a minha tia mijar na minha cara contos eroticosficar excitada.em onibus lotadocontos aliviando as tetas de minha irmasou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhocontos genrocontos eroticos estuprada pelo vizinhocontos eróticos com padrastoContos eróticos te amo tiocontos bebe safadacontos veridico nunca tinha experimentado outro pau que nao fosse do meu marido, mas chorei no pau bem dotado da travestiminha tia atendeu a porta sem calcinha contos eroticosconto eróticos mendigo batendo punheta na rua da minha casacontos eroticos comendo a velha horrosa dormindomeu pai me comeu contos eroticosdoce nanda contos eroticosesposa e meu amigo contos pornosNovinha estuprada por dois na favela:contosmeu irmão me come desde pequenaGostosas nao aguentam o tesao e traem em contoscontos eroticod minha esposa deeu para o vizinho pausudacomendo sogra e avo contorelato homem chorou com a tora no rabodou meu cu para meu amigo colorido contos eróticos