Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PRIMO ME DEU UMA SOVA ANTES DE COMER MEU CU

Nas últimas férias de final de ano fui com meus tios e um primo para uma casa de campo que eles têm no litoral da Bahia. Um lugar lindo com uma paisagem bucálica e afrodisíaca. rn Ficamos lá por uns 7 dias. Meus tios resolveram voltar para São paulo e fiquei com meu primo sozinhos por mais uma semana curtindo as férias naquele paraíso tropical.rn Meu primo é um desses tipos estranhos e de gostos estravagantes e muito pirado da cabeça. Peguei, várias vezes, ele me olhando tomar banho e sempre gostava de encostar nas minhas pernas e nos meus quadris. rn Tenho 19 anos e um corpo bem formado, coxas bem torneadas, um bumbum arrebitado e carnudo, os cabelos muito lisos e bem cuidados, os lábios grossos e uma pele macia e bronzeada.rn Já estava anoitecendo, quando ele abriu uma lata de cerveja e sentou-se no sofá da sala e ficou olhando com o olhar fixo para mim. Achei aquilo estranho e perguntei o que estava acontecendo. Sem comentar muita coisa, levantou jogando a lata de cerveja em cima da mesa de centro, me pegou pelo braço e me jogou com força no sofá. rn Mais uma vez perguntei o que estava acontecendo e o motivo daquela atitude ríspida. Ele mandou que eu calasse a boca, sentou no sofá, me pegou com as duas mãos me deitando de bruços no seu colo, baixou meu short e começou a passar as mãos nas minhas nádegas. Tentei resistir, mas como ele é muito forte e parrudão, não tive força suficiente para livrar de seus braços musculosos e malhados.rn Depois de alguns instantes, pegou um chinelo rasteirinha que estava usado, aqueles de tala de couro grossa e começou a bater com força na minha bunda que o som ecoava pela casa. Pedi que parasse coma aquilo que estava doendo, mas ele disse que era para doer mesmo e continuou o castigo por mais de dez minutos. rn Plaft, plaft, plaft, a rasteirinha cumpria sua missão deixando meu trazeiro em brasa. Eu gemia cada vez mais alto, mas quanto mais pedia para parar, ele batia com mais força. rn Com a bunda completamente vermelha e cheia de vergão, ele me jogou no chão, abaixou a bermuda e mandou que eu chupasse seu pênis. Depois de minha negativa, me pegou pelos cabelos quase me levantando de uma vez e com o rosto colado ao meu disse em voz alta e irada: "se não fizer o que estou mandando vai levar outrra surra de chinelo, moleque safado". Passei a mão pelas nádegas latejando de dor e resolvi fazer o que ele mandou. rn O cacete do cara media uns 20 centímetros e estava a ponto de explodir de tesão. Passei a língua primeiro, depois fui colocando aos poucos na minha boca até que ele enfiou tudo de uma vez me dando vomito.rn Fiz um boquete tão perfeito que o cara gozou na minha cara em poucos minutos. Senti a porra quente escorrendo no meu rosto. Antes mesmo de refazer daquela experiência, ele me pegou pela cintura e me colocou de quatro em cima do sofá e disse para arrebitar a bunda que ele ia comer o meu cu.rn Mais uma vez neguei e ele tomando a rasteirinha nas mãos me aplicou umas vinte chineladas que gritei de dor. Não aguentava mais apanhar e decidi fazer o que ele queria para acabar com aquela agonia.rn Ele passou a língua no meu ânus virgem me fazendo arrepiar de tesão, medo e prazer. Cuspiu na ponta do cacete e foi relando na portinha do meu cu até colocar a cabeça. Gemi com a respiração ofegante apertando forte a almofada para tentar não sentir tanta dor.rn Depois de colocar um pouco mais, mandou que eu arrebitasse a bunda pra cima que ele ia enfiar tudo, queria ver os 20 centimetros dentro do meu rabo.rn Pedi que ele gozasse logo que aquilo estava incomodando, ele tornou a cuspir no cacete, me segurou forte pela cintura e enfiou o mastro todo no meu rabo. Dei um grito de dor que ecoou na vizinhança. Fez o movimento de vai e vem com vontade, mostrando que estava com um tesão fenomenal por aquele cuzinho apertadinho e gostoso e eu gemendo feito uma putinha levando a maior ferrada no rabo.rn Depois de mais de quinze minutos comendo meu rabinho, senti o esperma quente jorrando dentro do meu cu. Gemi de dor e um certo prazer com aquela sensação estranha de ser possuido pelo práprio primo.rn Gozou duas vezes sem tirar de dentro e ainda me deu alguns tapas na bunda com sua mão que mais parecia um chinelo, mandando que eu rebolasse. Fiz o que ele pediu e gozou pela terceira vez desta vez demorando mais que as vezes anteriores.rn Ao terminar o espetáculo, mandou que eu ajoelhasse no chão e chupasse seu cacete ainda duro de tesão. Quando aproximei, senti o cheiro da porra e do cu e quase vomitei, mas ele segurou forte meu rosto e me fez chupar até limpar a porrra toda que estava no pinto. rn Fomos tomar um banho juntos, ele esfregou minha bunda ardida pela sova que tinha levado de chinelo, enfiou o dedo no meu cu me fazendo gemer novamente e mandou eu jurar que a partir desse dia, eu seria somente seu.rn Aquela experiência não chegou a ser traumatizante, mas foi, no mínimo, diferente para mim. Voltamos a nos encontrar e repetimos a dose algumas vezes, mas isso é assunto para mais tarde. Depois conto com detalhes as tardes de muita chinelada na bunda e de 20 centimetros esporrando dentro do meu cuzinho apertadinho.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


zoofilia em canilConto Meu Amor é um Traficante parte 3- Contos Do Prazercontos ,chuparam tanto meu pau até ru gozar na bocacontos eroticosmeu namorado me encoxando camisinhaA mulher do meu amigo gemeu baixinho na minha vara pra ele não ouvirconto erotico vadia puta bucetacontos gay menino hormonio virou mulherconto erotico amamentando meu homemdando banho cacula conto eroticos gaycontos com fotos de zóofilia de casadas que curte sexo com animaiscontos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta contos fode-me paiconvencir minha mulher zoofiliaContos minha filha de biquíniConto minha mae ceicha eu chupar sua becetaconto porno mulher putaminha esposa e o porteirodeixo penetrar sem camisinhacontos eroticos minha tia limpando a casaMeu ex primo viuvo conto eroticoContos eroticos amorosa amigacontos suruba inesperada com a esposa e travesticonto erotico me mentiu e me comeuvideo di japonesas e travestis dorminoconto sentei no pau do meu tio com dez anosConto gay irmão caralhudogordinha contando suas trepadas c ontoContos de incesto com sobrinha gravida do tio e se casaraocomeu a tia da bunda grande contopai gosano dentro da eintiada. ela gritaCamila minha enteada com a b********Putinha desde a puberdade contos eroticosvideo acoxando no onbrosempre fui safadinha contos contos bem sacana com peitudas e patraofilmes de televisao pornosConto, soubaixinha e mulher de um.cornowww.conto mimha mae min torturou com vibradores na bucetacontos tia com fome de picacontos eróticos afim do papai puta irmão contocontos eróticos minha mulher foi f***** por um travesticontos eroticos 30 cmContos erocticos aaaai papaicontos personal acoxando a cavala na academiaContoseroticosprimeiravezcontos eroticos sexy romantico e gostosovou gozar na frente não contocontos eroticos bem novinha dei o cuzinho pro vizinhocontos tentei dar mas a buceta nao aguentouestrupadas contosencoxei minha tia peituda (contos).contos eróticos sobre siriricade:todos tipos com lugares loucos etccontos safadezas com a tia casada inrrustidaconto cutuquei pai na bundia delaporno contos casada comprando mandiocaconto gay tio paciente comendo o novinho devagarinhobaixo forte troncudo e pau grosso gaydando pro genro. contos eróticosseduzido contoscontos na roça coçando a rolaComtos erotico meu entiadocontos mia mulhe linda aromou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rola deleContos eroticos de policiais sacanacontos de coroas safadas no cacetaoconto erótico Eu e minha filha damos o c* para o meu maridocomendo tieta contos eróticos conto de incesto de pastor estrupadoconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorminha sogra trepo com ela contossardentinhas ninfetascontos de sexo sogroestava no banheiro minha tia entrou contos eroticosconto eróticos a cumhada q eu tinha raivaminha amiga pervertidaBabando no pau do papai contoseroticossoofilia.quando meu marido viagoucontos gay com homens grandes e peludos terminadas buceta de cajarametendo na irmã dormindo boa f***x video.com madrasta me mandou eu lamber o seu cuzinhoContos na lua de mel o corno lambeucontos eroticos cheiro de calcinhacontos eróticos infânciameu marido abriu minhas pernas e tirou minha virgindadecontos eróticos o dia que comi o cu da minha sograconto real de pai de 50 anos sarado fazendo sexo com seu filho novinhocontos arregacamos minha esposaengolindo ate o talo contoscontos eroticos homem casado dando ocu