Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPIADA NO NATAL

esse é meu segundo conto aqui, tenho cabelos pretos e cacheados, pele bem clarinha, 1,61 e 47kg, bumbum redondo e arrebitado, seios pequenos, corpo de menina. Tenho 21 anos e já sou casada. Nesse natal passamos na casa da familia do meu marido. No quarto que ficamos instalados não tinha porta, bastava apenas descer a escada que já tinha acesso ao quarto, meu marido vigiava quando eu ia trocar de roupa. Porém um dia ele tinha saido e eu tinha me esquecido desse detalhe e como já estava la embaixo e não ouvia barulho algum resolvi, me vestir no quarto mesmo, no inicio meio tensa passando creme de olho na minha toalha caso eu ouvisse algum barulho, mas fui relaxando e de repente...escuto um "ops não vi que estava ai" era o marido de uma tia do meu marido, um homem de quase 50 anos, mas bem conservado, bonito e eu admirava sua inteligencia, fiquei vermelha na hora procurando a toalha, eu achando que ele sairia, não saiu ficou olhando, ele que já percebi algumas indiretas bem leves, mas que julgava brincadeira. Até que ele resolveu se mexer pegou uma bolsa e subiu. Morri de vergonha, fiquei sem saber se contava para meu marido, mas depois de pensar muito achei melhor não contar para não gerar nenhum transtorno no natal. Depois desse acontecimento ele ficava me olhando, sorrindo, apesar de constrangida eu não conseguia achar ruim, mulher nenhuma acha ruim um homem se sentir atraído por ela. Mas procurava sempre não ficar sozinha com ele, mesmo eu não sendo nenhuma santa, mas ele era familia, tinha medo do pior, eu ficava mais tranquila quando ele ia na casa dele, que ele estava construindo, então ficava bastante tempo fora, mas uma hora uma das filhas dele pediu para eu levar o cachorro para a casa que estava sendo construída, era na mesma rua, fui com as pernas tremulas, pensando no que poderia acontecer, acabou com alguns pensamentos veio na minha mente e senti sim um pouco de tesão. Entrei no portão, chamando pelo seu nome, ele gritou do fundo dizendo onde estava. Quando chego ele estava fazendo xixi no canteiro e quando ele vê que cheguei ele vira pra mim, com o membro para fora, membro branco da cabeça vermelha, estava mole, eu virei a cabeça, mas ele reparou que demorei a virar. "pode olhar, estou em debito com você, hehheeh..fiquei te olhando um tempão ontem, so disse que estava lá pois queria que soubesse que te vi peladinha" eu fiquei vermelha na hora...imaginando quantyo tempo ele me viu nua. "vai olha meu pau, sei que vc quer olhar, estou ficando duro so de imaginar vc nua..." nao resisti e olhei ele estava se tocando enquanto me olhava como uma cara de canalha, não conseguir deixar de sentir tesão. "por que não chega mais perto, e apenas me alivia, pois vc me deixou com muito tesão" ele veio ate mim....pegou minha mao e colocou no pau dele...senti a vara dele ficando dura, por instinto abracei ela com as mãos, ele começou a me incentivar a punheta-lo, comecei timida, e fui aumentando o ritmo, ele gemia, levantava minha blusa e colocava meu seio para fora. "me chupa agora vai...e fingimos que isso nunca aconteceu" me abaixei mesmo sabendo que era mentira, comecei a chupa-lo....lambendo o pau dele como eu adoro fazer, lambia as bolas, colocava a cabeça na boca. ele gemia, "ah uma boca jovem, vc que poderia ser minha filha me mamando...que sonho..." alguns minutos depois senti seu quadril forçando, seu corpo tremendo...e logo os jatos na minha boca..."aaahhhh toma meu leitinho delicia..."cuspi a porra no chão e já ia me retirar. "ultima coisa delicia...so mostra esse bundão de novo e mostra seu cu para eu me masturbar mais tarde..." xinguei ele de safado...abri o botão do short e tirei ele junto com a calcinha...mostrando o bumbum pra ele, ele apertou, cheirou..abriu ele "huuum que coisa linda, seu marido come?" eu respondi que sim...ele logo apertando o pau. Ouvimos o portão...eu subo rapidamente o short...e começamos a conversar sobre outras coisas, era a esposa dele. Me retiro....esse natal ainda não acabou, mas fica para o práximo. Beijos espero que gostem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dando uns amasso na minha sublinha e acabei gozando nas pernas delacasadoscontos eroticos amiga escola chuvacontos eróticos de comi a chata da claseemprestou a esposa e ela ficou grávida contoconto nao aguentei e fodi minhaconto erotico incesto sonifero filhaconto zoofilia o pone me quando cai estrupoucasa dos contos eroticos/padrescontos eróticospagando minha primeira dívidao ocu e bucetaconto eróticos com velhinhacontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornocontos velha casada fudendoContos me assustei com a quantidade de porra que meu padrasto despejou no cu da minha mãebudao fudida por varios brutosconto erótico me obrigaram a estrupar minha maecomi minha vó e mae contosconto gay sou macho me encoxaramcontos de coroa com novinhocontos erotivos aconteceu em monteverdecontos eróticos encaixada viado da bunda grande no ônibuscontos eroticos de viadinhos de calsinhacontos primeiro analcontos forçada a ser a puta da empresaContos erotico sinco meninina inocentescontos de meninas safadinhapresenciei minha esposa me traindocontos eroticos com novinhas muito ativa sexualmentecontos eroticos cuidando da minhas sobrinhas e suas amiguinhasconto ela topou me trairporn corno contos eroticos amarrada e usadaconto erótico corno de mendigocomendo a empregada contoputa entra em desepero ao gozar esegerada menteme somaram a maõ no cu e buceta contosContos sempre fui viadinho dos homens da familiaso as japonesinha cabiceiras trasandoContos supreendida pelo novinhocontos eroticos droguei minha priminha ninfeta e comicontos erotico estrupo loira esculturalconto enterrando a ate o talo no cu da mamaecontosminha enteada gosta de dar a bundsconto gay meu cunhado comeu meu rabo e virou meu namoradoconto fui buscalo no aeroporto omocinha bonitinha filha de papai de calcinha fio dentalcontos eroticos com catadora de papelconto cabaco xota cuconto de zoofilia de uma dona de casaesposa contando para o marido que ele é corno e que seu amante vai fuder ela na frente do corno e ainda chama uma namorada travesti para fuder com ela e depois vai transformar o corno no maior viadocolocou toda.no.cu e elabse.mijousou homem quero dar o cu para uma putaconto familia da esposa nudistatransei com minha tia nas dunas da praiaSem a minha permissao contos eroticoscontos mulher desmaia na pica de borracha da amigacontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delacontos eroticos com velhocache:9sPphOOPSSEJ:https://idlestates.ru/m/conto_2200_corno-manso-e-viado.html contos eroticos de putas viciadas em porra gang bangminha esposa e o porteiroporno de marido bebedo em casa obricando a esposa a fazer sexo com elecontos eróticos chupando os peitos da minha sogra e f****** elaminha primeira traição na academia contos eróticosminha bunda grande contocontos eroticos novinha espiando seus tios transaremconto peidei no pau do negaovirgem tendo um orgasmo contos eroticoscontos eroticos pedreiromenino malcriado contos eroticoconto arrombando namorada"limpa o pau do seu macho"conto erotico masculino gay "ajuda que o padre queria"contos eroricos so a cabecinhaminha tia travesti contostitio pedia q eu sentasse no seu colo e fazia cariciascontos eroticas uma rapidinha e um goso gostoso