Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUI COMIDA POR UM CAVALO

Oi gente, meu nome é Sabrina, tenho 19 anos e sou do interior de São Paulo. Sou travesti iniciante, assumido e quero compartilhar com vocês uma coisa muito desagradável que aconteceu comigo semana passada. Marquei um encontro com um carinha, filhinho de papai com carro importado e muito dinheiro para gastar e achei que ele sabia que eu era travesti. No anúncio que coloquei no jornal prestando meus serviços, eu disse que era travesti. Jamais menti para ninguém sobre minha opção sexual.rn O cara me pegou no lugar combinado e me levou para um motel. Lá chegando, tomou todas e estava custando a falar. Depois de muito esperar, foi melhorando do fogo e foi logo me agarrando e beijando com toda brutalidade. Sou novinha, bonitinha, tenho um corpo muito certinho, 1,68 m de altura, morena clara, cabelos longos muito lisos e escuros, lábios carnudos, seios fartos e durinhos, uma cintura fininha, 98 cm de quadris, um bumbum empinadinho, malhadinho e carnudo e os lábios grossos e sensuais. Pareço uma mulher mesmo. A única coisa que eu não tenho de mulher é a vagina o resto sou uma mulher perfeita.rn Depois de me jogar com força na cama mandou que eu fizesse um boquete nele e mal comecei, já tinha gozado na minha boca. Achei aquilo estranho, mas como ele estava pagando, deixei rolar numa boa. Depois foi tirando minha roupa, mordeu e lambeu meus seios até ficarem doloridos e quando tirou minha calça e viu que eu não era mulher, me desferiu um tapa no rosto violentíssimo que cai de costas na cama sem conseguir levantar. rn Aos berros dizia que eu tinha feito de propásito para pegar o dinheiro dele, que ele estava ali para comer uma buceta e não sujar o pau com bosta de homem e coisas desse gênero. Tentei explicar que aquilo não era verdade e levei outro tapa do outro lado do rosto que voltei a cair na cama. Ele continuou me insultando de tudo quanto era jeito, disse que ia me arregaçar se eu contasse alguma coisa para os amigos dele e um mundo mais de asneiras. Humildemente, pedi desculpas e disse que ia embora e ele não precisava gastar o dinheiro com um cu sujo de bosta. Posso ser o que for, mas sou limpinha e jamais cliente nenhum reclamou da minha higiene.rn Depois de acalmar um pouco, mandou que eu tirasse o resto da roupa que ia transar comigo assim mesmo e não importava com o dinheiro. Fiz o que ele mandou e fiquei esperando pedir os serviços que ele desejasse, estava disposta a cumprir com as minhas obrigações.rn Sem paciência nenhuma, mandou que eu ficasse de quatro na cama, porque viado dá é o cu de quatro e sem preservativo sem nada deu umas estocadas no meu ânus que não estava lubrificado e sendo nova na profissão, senti uma dor insuportável, mas não podia reclamar de nada para não deixar ele mais nervoso.rn Mesmos sem o pênis entrar direito, gozou na minha bunda e com o esperma ele lubrificou o pênis e me penetrou pela segunda vez, desta vez com toda vontade e ádio que sentia. Estocava meu ânus com força que eu sentia muitas dores apesar de estar mais lubrificado do que a primeira vez. Gozou pela segunda vez e ao tirar o pênis no meu ânus mandou que eu chupasse até tirar o cheiro de bosta que tinha ficado. Como sabia que estava tudo limpo, fiz o que ele pediu e fui para o banheiro me trocar. Estava humilhada e desprezada naquele quarto e preferia ir embora a sujeitar aquele animal falando da minha higiene. rn Ao ver que eu estava saindo, me pegou pelos cabelos me jogando com força na cama e dizendo que não tinha terminado. Apesar de ser um traveco, eu tinha a bunda mais gostosa do que muitas mulheres que ele tinha comido. Voltou a me mandar ficar de quatro e desta vez fez com calma e gozou como queria aproveitando o meu físico que não perdia nada por mulher nenhuma.rn No final, pediu desculpas pela estupidez, alegou que estava bêbado e não sabia o que estava dizendo, me pagou dobrado pelos serviços e me convidou para voltar no dia seguinte sábrio e fazer novamente. Dei meu cartão para ele me ligar e combinar, vesti a roupa e quando estava saindo do quarto ele disse: ?boneca, sabia que essa sua bunda dá de 19 no rabo fedorento da minha namorada?? eu concordei com um gesto de cabeça, despedi e sai. Mesmo pagando o triplo, como este nunca mais.rn rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos anal coroa putinha com varioseu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delaContos eroticos com animaiscontos eroticos perdendo avirgindade encesto compadreconto erotico cachorro grudado na mulhercontos erotico loira trabalhosobrinha de 9 contosporno abuzeis.comContos de sexo sogro acima de 70 anos e norahomens q gosta d ve sua mulher com uns roludos novos contosporno conto irmaengravidaram minha mulher contos pornoContos eroticosComi minha irma na cozinhaporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredescontos tia gostosaa ai delicia ai vai vaicontos eroticos..comi a mulher do pastorconto tomando banho em familiaconto erptico na mesavídeo porno de mulata gozando e tendo convulsõesVer fantasias de homem no xvidioConto o dei o cu por curiosidadeconto erotico pega no flagraConto gay velhocontos eroticos paulo e bruna parte 2Sou novinha e putinha boqueteirá do papai contoseroticosconto erotico hetero fudando com mecânicos no trabalhocontos eróticos de virgens com irmãofofinha putaria goiania contostirando a caucinha eo cabacinho da menininha de chiquinhabelas picas brancas rosinha gozando gaysConto erotico enteadaContos namorada baixinha e bruta bundonacontos eroticos tava numa vontade danada de comer um cu e acabei dando o meucontos de coroa com novinhotracei minha irmã contoscontos eroticos velhos e novinhas santinhasTreinamento de cachorros para zoofiliameu pai adora ser puta na camaconto eroticofogosas do funk de sainhanovinha sequestro contomeu noivo me preparo uma despedida de solteira conto eróticoscontos fui acampa e virei cornoConto de puta presa e estuprada diariamente por muitos machoscontos eróticos de bebados e drogados gaysconto banho com tia olhandoContos eróticos dei pra todos os homens da famíliacontos eroticos de homens casadosconvencimeu marido a ser cornoContos eróticos de travesti comendo casadosprimo comendo a prima vanessa conto eroticozoofilia cachorro montando com forçacachorro lambendo a buceta com esparadrapo abrindo o cuzinho contosxvidio minha irmã sozinhoContos eroticos irma mas velhacontoerotico virgem pai 2filhascontos à canzanaContos dando cu primeira vez no assaltoContos eroticos de novinha cega fudendoesposa soltinha e seria com amigos em casa contoconto sobrinho evangelico veio morar com a tiaContos de putas safadascontos gay cdzinhacontos sacsnagendepilada entrei nua no quarto contostransando com a namorada mais perfeitacavalo e pônei cheio de tesão tentando dar em cima da mulhermamae beija filhinha contoscontossexo minha dentistacontos eróticos de bebados e drogados gayssexo oral.chupada ate delirarcontos eroticosconto ante de comer minha boceta papai lambeu ate meu cuO pau preto e o cabacinho contos eróticos