Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUI COMIDA POR UM CAVALO

Oi gente, meu nome é Sabrina, tenho 19 anos e sou do interior de São Paulo. Sou travesti iniciante, assumido e quero compartilhar com vocês uma coisa muito desagradável que aconteceu comigo semana passada. Marquei um encontro com um carinha, filhinho de papai com carro importado e muito dinheiro para gastar e achei que ele sabia que eu era travesti. No anúncio que coloquei no jornal prestando meus serviços, eu disse que era travesti. Jamais menti para ninguém sobre minha opção sexual.rn O cara me pegou no lugar combinado e me levou para um motel. Lá chegando, tomou todas e estava custando a falar. Depois de muito esperar, foi melhorando do fogo e foi logo me agarrando e beijando com toda brutalidade. Sou novinha, bonitinha, tenho um corpo muito certinho, 1,68 m de altura, morena clara, cabelos longos muito lisos e escuros, lábios carnudos, seios fartos e durinhos, uma cintura fininha, 98 cm de quadris, um bumbum empinadinho, malhadinho e carnudo e os lábios grossos e sensuais. Pareço uma mulher mesmo. A única coisa que eu não tenho de mulher é a vagina o resto sou uma mulher perfeita.rn Depois de me jogar com força na cama mandou que eu fizesse um boquete nele e mal comecei, já tinha gozado na minha boca. Achei aquilo estranho, mas como ele estava pagando, deixei rolar numa boa. Depois foi tirando minha roupa, mordeu e lambeu meus seios até ficarem doloridos e quando tirou minha calça e viu que eu não era mulher, me desferiu um tapa no rosto violentíssimo que cai de costas na cama sem conseguir levantar. rn Aos berros dizia que eu tinha feito de propásito para pegar o dinheiro dele, que ele estava ali para comer uma buceta e não sujar o pau com bosta de homem e coisas desse gênero. Tentei explicar que aquilo não era verdade e levei outro tapa do outro lado do rosto que voltei a cair na cama. Ele continuou me insultando de tudo quanto era jeito, disse que ia me arregaçar se eu contasse alguma coisa para os amigos dele e um mundo mais de asneiras. Humildemente, pedi desculpas e disse que ia embora e ele não precisava gastar o dinheiro com um cu sujo de bosta. Posso ser o que for, mas sou limpinha e jamais cliente nenhum reclamou da minha higiene.rn Depois de acalmar um pouco, mandou que eu tirasse o resto da roupa que ia transar comigo assim mesmo e não importava com o dinheiro. Fiz o que ele mandou e fiquei esperando pedir os serviços que ele desejasse, estava disposta a cumprir com as minhas obrigações.rn Sem paciência nenhuma, mandou que eu ficasse de quatro na cama, porque viado dá é o cu de quatro e sem preservativo sem nada deu umas estocadas no meu ânus que não estava lubrificado e sendo nova na profissão, senti uma dor insuportável, mas não podia reclamar de nada para não deixar ele mais nervoso.rn Mesmos sem o pênis entrar direito, gozou na minha bunda e com o esperma ele lubrificou o pênis e me penetrou pela segunda vez, desta vez com toda vontade e ádio que sentia. Estocava meu ânus com força que eu sentia muitas dores apesar de estar mais lubrificado do que a primeira vez. Gozou pela segunda vez e ao tirar o pênis no meu ânus mandou que eu chupasse até tirar o cheiro de bosta que tinha ficado. Como sabia que estava tudo limpo, fiz o que ele pediu e fui para o banheiro me trocar. Estava humilhada e desprezada naquele quarto e preferia ir embora a sujeitar aquele animal falando da minha higiene. rn Ao ver que eu estava saindo, me pegou pelos cabelos me jogando com força na cama e dizendo que não tinha terminado. Apesar de ser um traveco, eu tinha a bunda mais gostosa do que muitas mulheres que ele tinha comido. Voltou a me mandar ficar de quatro e desta vez fez com calma e gozou como queria aproveitando o meu físico que não perdia nada por mulher nenhuma.rn No final, pediu desculpas pela estupidez, alegou que estava bêbado e não sabia o que estava dizendo, me pagou dobrado pelos serviços e me convidou para voltar no dia seguinte sábrio e fazer novamente. Dei meu cartão para ele me ligar e combinar, vesti a roupa e quando estava saindo do quarto ele disse: ?boneca, sabia que essa sua bunda dá de 19 no rabo fedorento da minha namorada?? eu concordei com um gesto de cabeça, despedi e sai. Mesmo pagando o triplo, como este nunca mais.rn rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos transando com a minha cunhada fernandaconto erotic pirocudo na praia de nudismocontos e fetiches minha enteada minha perdiçãocontos eroticos mamae me da o cu sem dominha coleguinha me chamou pra comer o cuzinho na casa delaporno traicao roludo conto pornoContos eroticos... Uma rapidinha com a cunhada de vestidonegao marido de aluguel com casadas contoso cu mais largo do mundo contosacabei comendo meu amigosubmetido a chantagem para ajuda o marido contos eroticocontos relatados por mulheres que foram abusada e acabaram gozandocontos sado marido violentoscontos comeu a amiga e o amigocontos meu marido notou que eu estava arrombadacontos eroticos ijui rsconto comendo a babaconto erotico estrupei minha cunhada acordou com o pau nelaContos eroticos seios machucadoscontos eróticoseu sou bem dotadosogra mijona contoscontos de sexo com novinhas trepando com advogadosdeixa eu botar meu pau na sua bandeirinha conto eróticonovinha sendo emcochada nafilabocetinha sem nenhum pelo e piquenininhcontos senti cutucandocontos eróticos- virei mulher do meu paiconto Morro de tesão por meu amigoContos eroticos dei pro leke magrelo chamado Ricardomeu namorado masturbou me na descoteca contosbucetao arombada de adivogada conto eroticocomendo cuzinho de elanyminha mae me ensinou a ser putinha/contosscontos erroticos meu sogro bem dotado arronbo meumulher traí marido pela primeira vez com super dotados contos erramigas pegao mendigo na rua da banho e depois/punheta/elecomi minha tia gorda rabuda contoscontos mia gostosa mulhe teve sua buceta aregasada pro seus amates muitos roludoscontos eroticos fui putinhaconto erotico abusarao mim metrocomo enfiar caralho na conameninas piranhas de calcinha fio dentalContos passeando de carro usando cinta liga e fio dentalConto erótico infância dupla penetracaocontos sadomasoquista extremominha tia batendo um punheta para sobrinho contosver coroas no baile de Carnaval chupando pau passando a língua no sacocontos de Huum Pauzao papai ..ai mete vaidedada esposa corninho rindo otário contoDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelJoão e chupando piru mesmo tempocontos a travesti e minha mae fudendocontos ,chuparam tanto meu pau até ru gozar na bocalésbicas ninfetas comendo peitorais de travestiscontos eróticos padres heterossexuaissafadinha de nicrosaiacontos eróticos adoida dona de casabdsm fita boca contoscontos eroticos a buceta da minha mae e a coisa mais gostosa do mundoContoseroticosgreludaconto erotico gay cuzinho rosinha tapas socaComo fazer a mulher se apaixonar pegando a calcinha delameu filho meteu no meu cu ardeu muitoComtos perdendo cabaco meninasvem me comer me esfolar porr contomete até o talo tio contocontos minha garotinhacontos centadas no colo do titio no incestoconto noiva liberadacontos eroticos vendi meu marido pra ex dele