Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VOVô E NETINHA - PARTE 2

Continuação do conto erático - VOVÔ E NETINHArnrnVOVÔ E NETINHA - CONTO 02 (continuação)rnrnQuerido diário,rnrnAquele dia que escrevi em você me deixou tão excitada que continuarei minha histária para assim poder relembrar os momentos gostosos com vovô João.rnrnO segredo estava mantido entre nás (LEIA O CONTO 01), vovô disse que se eu for boazinha sempre vai me dar carinho enquanto assistimos TV.rnrnAqui no norte de Minas Gerais faz muito calor o ano todo, mas ultimamente a temperatura anda caindo rapidamente, por isso fiquei muito doente por conta da minha bronquite. Mamãe trabalha na parte da tarde num colégio e meu o dia todo na loja. Meu avô fica responsável por mim todas as quartas-feiras, que é justamente o dia de folga da Maria, empregada daqui de casa.rnrnFiquei de cama uns quatro dias, sendo que os dois ultimos foi mais um pretesto para receber os "carinhos" do vovô,meu último dia de febre foi bem numa quarta-feira rsrsrs será por quê?rnrnDepois daquele dia na poltrona do papai com meu avô João, sempre ia sentar no colinho dele prá ver desenhos, mas o problema é que sempre faziamos a mesma coisa... Meu vô me sentava no colo dele, ele esfregava em mim o pau duro ainda dentro das calças e me masturbava até eu ficar bem molinha... Estava decidida que iria ir mais longe, porém tinha que ser cautelosa, tinha medo dele contar pra mamãe que eu fazia xixi no colo do vovô (inocente eu né?)rnrnBem, estive com febre alta e muita dor no corpo, meu avô sempre aparecia no quarto quando mamãe e Maria estavam ocupadas com os afazeres domésticos. Ele chegava, beijava minha testa e sentava ao meu lado apoiando os joelhos dobrados sobre a minha cama e ficava jogando conversa fora... vez ou outra, ele colocava a mão dentro da coberta e procurava rapidamente minha bucetinha com os dedos, sempre que ele entrava no quarto eu abaixava a calça do pijama, pois já sabia que ia receber carinho na bucetinha.rnrnEra muito gostoso, mas era muito rápido aff...rnrnNuma quarta-feira, quando mamãe saiu pra trabalhar meu avô entrou no quarto usando uma cueca samba-canção e sem camisa. Sentou ao meu lado e disse:rnrn- Oi princesinha, hoje teremos a tarde sá prá nás dois sabia? Por isso, vamos brincar um pouquinho de fazer massagem. Você ainda tá muito fraquinha prá brincar no colinho do vovô.rnrnSorri e fechei os olhos quando senti as mãos dos vovô embaixo da coberta, sá que dessa vez ele foi direto nos meus peitinhos e começou a brincar com os biquinhos que já apontavam prá cima e formava como um bico de mamadeira...rnrn- Continua de olhos fechados minha ninfetinha...rnrnEle então puxou a coberta um pouquinho e foi passando a língua quente no meu peitinho direito e apertava o esquerdo com força, como se estivesse amassando uma massa de modelar. Aquilo era tão bom que me deixava cada vez mais molhadinha na buceta, me deixava com água na boca não sei como e nem por quê...rnrnVovô João começou a mamar me mim como um bebê e guiando minha mão pousou-a no seu mastro que estava duro ainda dentro da cueca. Eu deitada, meu avõ sentado ao meu lado chupando meus peitos com força e eu apertando seu pau cada vez mais latente...rnrnJá sentia calor e logo retirei a coberta de cima de mim, meu avô me vendo com as calças nos joelhos, terminou de tirá-la, foi então que vi seu pau apontado prá frente querendo rasgar a cueca bege com pequenas bolinhas brancas...rnrn- Hum, como você tá molhadinha e quente... Vou te fazer outra massagem, mas dessa vez não usarei as mãos...rnrnVovô subiu na cama e começou a dar beijinhos leves em toda minha virilha, ele segurava meu bumbum e o empinava pra cima para que esfregasse a xana na boca dele... Foi uma delicia senti eu chupando minha buceta e dizendo:rnrn- Vai safadinho do vovô, esfrega essa buceta na minha língua... baba ela em mim... Gostosa, eu sei que você gosta disso... hummm huuuuuuuuummmmmrnrnEle lambia, chupava,metia o dedo e eu gemia cada vez mais alto... ele voltou a sentar do meu lado e continuou esfregando os dedos no meus clitores me deixando louca...rnrnEle pegou minha mãe e colocou sobre o pau dele:rnrn- Agora, tira a cueca do vovô e veja o que tenho prá você!rnrnEle se levantou e ficou na beira da cama, eu sentei e desci sua cueca... Nossa, o pau dele apontou bem duro para minha direção, foi aí que entendi por que era tão duro sentar no colo e por que minha boca enchia de água.rnMuito naturalmente, quase que por extinto coloquei aquela jeba enorme na boca e chupei feito um bebê faminto. Meu avô me puxava pelos cabelos e gemia tanto que num momento gritou:rnrn- Toma seu leite cadela, bebe tudo e não deixa pingar uma gota... toma safada... chupa e bebe o leite do seu avô... Vai cadelinha mama, mama no vovô... isso mama delícia... bebe o leite huuuuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmrnrnNossa, não deixei cair uma gota e pela primeira vez, meu avô me pegou no colo e me beijou de língua sentia seu gozo e sua saliva ao mesmo tempo...rnrnNossa tarde de quarta-feira foi mágica... Meu avô disse que ia beber água e trazer um pouco prá mim...rnrnO que aconteceu depois disso? Conto prá você meu safado diário caso eu receba alguns emails pedindo continuação...rnrnBjnhos bem gostosos da Mineirinha69

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos minha tia virou p*** do seu sobrinhocontos de sentadinha com o cuzinhocontoerotico sou postituta adoro safadeza na familiameu pai fogoso contocontos eroticos comi a bunda da minha tiacontosponocontos de zoofilia coloquei meu cachorro pra comer meu marido e ele gostouvou castigar seu cuzinhoContos eroticos galeraarmei o estupro da minha sogracontos eróticos me estruparao por ser orientalConto sogra magrelinha gosta de orgiacontos eroticos iniciaçao gayContos eroticos o comedor da familia do soniferocontos eroticos com velhoscontos amor gayleitinho do padrinho contos gayTia gostosa de vestido curto decostas sobrinho agara ela pra comercontos eróticos genrotia tranzando com sobrinho cabassaoconto erotico amamentando meu homemMeu cu e frouxo contos gayContos eróticos picantes pecados na igreja com padrescontos eróticos escrava sexuais incertocontos de coroa com novinhoRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negroscontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos mae e filhocontos eroticos chupadacontos eróticos de mulheres casadas q já treparam com travestitirei o cabacinho do viadinhobrincadeira de lutar comi o viadinho. contosnão sei como ela aguenta toda no cu e na boca está pica gigantexvidio negro do pau grande ofereci diero pra minha mulher troca sexocontos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhaai devagar porra caralho sua pica e muito grossaesposa eu e o primo safado contoemcabeçando no cu bucetaconto erotico comendo a entiada na chantagemcompadre taradocontos eroticos de homem chupando a buceta esperadacondos erodicos primas contos eroticoscomendo.sograssapequinha muito magra dando o cu pro cachorromeu irmão me convenceu contoscontos erotico so de negrinhas dando o cusinho e a bucetinha pro cunhado e chupando muita rolacontos eroticos gretei quando minha bbuceta edtava sendo arregassadacontos saia sem calcinha escada engoli porraXvideo nao sabia que aguentaria aquele monstro no meu cuzinho vou contar como foivideo fui brinca de lutonha acabei gosandocontos calcinha da minha tia coroaver videos porno com sogronascontos eroticos a tia que mijoNinfetas mamando rola no cinema contoseroticosContos eroticos eu rabuda putaa calcinha de minha mae contosContos eróticos padrastocontoseroticos obrigaram minha esposa a usar drogasouvido no quarto a irmã transandocomo se comportar na primeira transa com colega de trabalho conto erotico mulher peituda transando com cavaloconto erotico descobri que minha esposa e exibicionistacontos eróticos da sobrinha toma leitinho na cama do tioconto erotico irmão mais novo macholer contos pornô de incesto durante um assaltanto eu fui obrigado a fuder minha mãevidos. anamara. cupanu. bucetaContos eroticos casal lesbicas esperimentando roludocontos eroticos querendo uma rapidinhacontos eroticos sou uma coroa vagabunda levei o muleke na minha casa e fiz ele comer meu cu e minha bucetavamos lá tem uma loira chupando a b***** da outra na boa f***