Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEPOIS DA BRIGA - PARTE II

Realmente com minha ex-namorada não adiantam flores e chocolates. No conto anterior falei dos seus atributos, principalmente do seu bumbum que é bem redondinho da cor de chocolate e um cuzinho que adora sentir minha língua quando estou sugando sua bucetinha... A safada ainda posta fotos do Facebook dela toda gostosa e vários machos curtindo como se a intenção era apenas para me provocar. Bom, o jeito era não ficar pensando mais nela já que não me queria mais como namorado, mas aí sá para dar tesão, resolvi gravar um vídeo do meu pau batendo uma punheta pensando nela até gozar e mandei por e-mail, minutos depois a safada respondeu com outro vídeo, sá de toalha com sua bucetinha amostra com seus dedinhos brincando em movimentos circulares e enfiadas que davam água na boca, uma bucetinha bem raspadinha, apertadinha e ficando cada vez mais molhadinha... depois disso, ela disse que estava indo na minha casa buscar algumas coisas dela, então prontamente tratei logo de preparar o ambiente para não dar chances dela pensar em desistir, afinal, ela com certeza queria algo mais, algo diferente... rnrnQuando ela chegou, já foi reclamando, dizendo que não somos mais namorados, que eu não presto e nesse momento a peguei e dei um abraço tentando beijar-la e esfregando meu pau em sua xana por cima da calça. Até que ela começou a ceder e sem perder tempo, tirei a roupa dela sem tirar a minha e a joguei na cama e comecei a chupar sua buceta com muita força para que ela se entregasse... e deu certo! Sou louco pela bucetinha dela, a minha língua conhece cada curvinha saliente daquele clitáris e adoro sentir o gosto daquele líquido viscoso quando ela se excita, nesse dia eu queria deixar ela mais louca do que nunca, eu mordicava, dava tapa na sua coxa, acariciava seus seios, mas sem tirar minha língua de sua bucetinha... ela me olhava e fechava os olhos várias vezes, com movimentos na boca que acompanhavam os gemidos... ela dizia o tempo todo: - Nossa, que língua é essa?! Chupa sua bucetinha, chupa! Foram uns 20 ou 30 minutos dedicados apenas para sentir o gosto dela... rnrnQuando pensei em penetrar, ela se levanta indo pegar algo na bolsa dela que não consigo ver e para mim com cara de safadinha sem dizer uma palavra, ela segura meu pau grosso e começa a chupar deliciosamente de cima a baixo, chupando meu saco com mordidas que me deixavam com mais tesão ainda... de repente quando ela estava chupando bastante a cabeça do meu pau, sinto um ardor delicioso até que percebo que ela estava com uma pastilha de halls preto na boca e a safada olhava pra mim com um sorriso de putinha que me dava mais vontade de fuder aquela boquinha gelada... eu tinha que retribuir, a coloquei por cima de mim e enfiei minha cara naquela buceta que ainda estava molhadinha esperando que eu enfiasse algo e foi o que eu fiz, eu havia deixado um cilindro de plástico escondido debaixo do travesseiro e enquanto ela felava meu pau com muita vontade, eu colocava uma camisinha nesse cilindro sem que ela percebesse... comecei com um dedinho em sua bucetinha e vendo que estava bem molhadinha ainda, introduzi o cilindro que era mais grosso que meu dedo e a masturbei ali bem pertinho do meu rosto e sem deixar de chupar aquele clitáris .. ela foi a loucura, ela não esperava por aquilo, por alguns minutos ela levantava a cabeça e feito uma cadela no cio urrando de tesão, até que não aguentando mais aquele troço pequeno, ficou implorando: - Quero pau! Me dá pau! Vem!rnrnA coloquei de quatro e sentindo ainda o ardor do halls preto no meu pau, fiz questão de segurar nas ancas de suas coxas e meter numa estocada bem fundo para mostrar pra ela quem manda, chamando-a de cachorra, vadia, safada e minha putinha várias vezes... E ela apenas gemia de tesão e submissão. Eu já estava perto de gozar, mas queria dar mais prazer a ela então mudei de posição, a coloquei por cima de costas pra mim, para que eu pudesse ver aquela bunda maravilhosa e ver sua buceta engolir tudo, era lindo ver ela rebolando... ela se vira pra mim, sem tirar meu pau de dentro e eu a ajudo segurando em sua cintura para meter com mais força... até que a melhor de todas as sensações quando se está com quem se ama acontece, a gozada! Gozei muito, bem fundo, com o meu pau ainda dentro, ela cai no meu peito e eu a abraço com meu pau pulsando e gozando... Nessa hora sem ela perceber eu dei um leve sorriso pensando comigo mesmo que dessa vez ela ia voltar a namorar comigo. nos levantamos e fomos tomar um banho juntos, depois ela se veste, pega as coisas dela e a levo para a casa dela e nos despedimos com um gostoso beijo e sua mão no meu pau. Volto pra casa todo bobo. No dia seguinte, ela me manda recado dizendo que ainda não voltamos a namorar e que pretende realizar o sonho de todos os homens... E realmente a Flavyane realizou, e estarei contando tudinho no práximo conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos de policiais sacanaContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darlindasapertadasconto gay daniel e murilo me.comeramcontoseroticos me fode tiomeu marido é um corno muito especialconto erotico meu bezerro boqueteiroContos eroticos caralhooodona jandura conto eroticoconto erotico meu cunhado fez meu cu sair sangueEu, minha sogra e meu marido-contos-incestocabelos lisos ate na bunda de dar invejaconto ganhando mamadeira de porramamae fudeu muito com amigo.relatos eroticosConto comi minha mae no celeiroconto comi minha mae quando tinha dez anoscontos eu minha esposa meu pai e meu irmao na putariaxvidio louco desejo vizinha mulata sainha mostrandobuceta contos cornocontos eroticos gay comi o cu do pastorContos eroticos te amo mana cuzinho doido por pica cdzinha contopai quero atencao contos eroticoscontos irmãzinhacontos eróticos de lésbicas masoquistasdei a buceta no trabalho. contos.minha mulher explorando meu cu contocontos sado marido violentosMamando rola na escola contoseroticosFiquei com minha sobrinha no colo a viagem toda contoscontos chupei o cu do cachorrocontos bolinadas no parqueconto acordei com meu sobrinho me chupando a xotacontos sexo.eu meu sogro sogracontos eroticos tia no casamentocontos de crossdresser me seduziu e me fez putacroa de pernas abertas dando pro marofocontos-você mete teu pau no meu cuzinhoContos fui trai tomei so no cuContos eroticos novinha desmaia de tanto gosacontos com amiga baixinha e gordinhamorena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homemcontos eróticos pra lésbicas miga sapatacontoseroticos sogra e genro na agua da praiacontos porno ajudou marido comer sogracontos japonesa rabudaconto eróticos comendo a mulher do meu caseiroporno produto gruda pinto na bucetacontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tiocontos eroticos arronbaro e enfiarao tres paus de uma so ves na minha esposa na minha frente e ela adorouGoiás borracheiro endereço conto gay de calcinhaconto erotico anal deiConto suruba casada com mecanicospornodoido transando na frente dos outros discretamentezoofilia cavalo violentos o dedãofui roubada e comeram meu cuconto erotico dopei minha filinharelatos coroas defloraçãoConto gay irmão caralhudoConto erotico sogro estuprando nora e gozando dentrocontoso tecnico em informatica me comeucontos gay assediado por causa do corpinhocontos eroticosgosto de mulher mais velhacontos eróticos devemos dividir o mesmo quarto com um casal de amigoconto transando com ladraocontos dei u cu com cinco anos quando passo o dedinho no meu cu fico com abuceta toda babadaRespira fundo e relaxa que vai entrar no seu cuEngolindo a piroca do irmozinho contoseroticoscontos eroticos gay problemas mentaisas novinha gostosinha dando a b******** sendo engravidado tomando vinhocontos eroticos gang bang com os molequesjoice cavalo deu o cuswing porno mulheres vao sem calcinhamasagista se marturbando no meio do espediente porcontos eroticos peluda fedidacontos relatados por mulheres que foram abusada e acabaram gozando