Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUE CUNHADA

Meu nome é Sandro, todos já me conhecem dos contos anteriores. No carnaval de 2003 fui para casa de praia da tia da minha namorada, com ela, sua irmà, e o namorado de minha cunhada. Minha cunhada é uma morena de uns 1,65, morena de cabelo liso até a cintura, 19 aninhos na época. Sempre tive muito tesão na minha cunhadinha. Na sexta feira, quando chegamos, deixamos as bolsas em casa e fomos pra praia, bebemos a tarde toda e ao chegarmos em casa ela e o namorado brigaram e, como ele trabalharia no outro dia, ele pegou o carro e voltou pra casa de uma vez. Fui tomar banho depois de minha namorada. Depois do banho fiquei pelado no quarto passando a minha roupa, foi ai que entrou a minha cunhada enroladinha na toalha e bebada, e nem me percebeu. Ela deixou cair toalha e eu vi aquele corpinho delicioso que ela tinha. falei com ela e ela se assustou, mas nao reclamou, pegou sua roupa na bolsa que estava nochao me mostrando aquele rabinho lindo, pos sua roupa me olhando e depois saiu. eu fiquei com muito tesao na hora, mas fiquei bolado dela comentar alguma coisa com a minha namorada que estava esperando na sala lá em baixo. Ao descer nada foi falado,, e saimos pra comer, voltamos e dormimos. No outro dia. Acordamos e fomos pra praia. Passamos o dia todo na praia bebendo, mas dessa vez eu reparava aquele corpinho com muita maldade, deixando ela reparar que eu olhava, e, ao voltarmos pra almocar, ela me pediu pra passar bronzeador nela e eu passei nas suas costinhas ate descer a bundinha e ela apenas sorriu. No final da tarde, quando retornamos da praia para tomar banho e se arrumar, minha namorada, como sempre, foi tomar banho primeiro, e depois que ela saiu do banho, ela disse que iria com sua tia em um mercado em uma cidade vizinha. eu subi para tomar banho, e ao entrar no banheiro, vi minha cunhada, que estava bem alegre pela cerveja, abrindo o chuveiro para tomar banho. Fiquei meio sem graca, mas ela me olhou e nem falou nada. foi ai que reclamei que era a minha vez de tomar banho e ela falou que ela nao se encomodava de dividir o banheiro comigo. Fiquei nervoso mas entrei. ela perguntou se eu iria tomar banho de sunga, e eu, sem graca, falei que nao e rapidamente tirei. ela pediu para eu ensaboar suas costas e comecei a passar a mao naquelas costas lisinha e olhando bem pra aquele rabo empinado. meu pau logo endureceu, encostando naquele rabinho, foi ai que ela me pediu pra ensabor ela toda. agarrei elapelas costas e fui esfregando seu peitinho ja bem durinho e sua xaninha que estava aparadinha. fiquei esfregando sua xaninha e rocando meu pau no seu rego, sentindo ela tb se mexer e vendo ela mordiscar os labios de tesao. sem querer deixei o sabonete cai, ela nem percebeu pois ja estava cheia de tesao, com os olhinhos fechados. pedi para ela pegar e nesse momento ela abaixou-se empinando aquele rabo delicioso, fazendo me penis entrar naquela xaninha apertadinha. ela gemeu e quase caiu de tesao. segurei ela firme e comecei a socar bem devagar mais aumentando o ritimo conforme o tempo, fui socando ate que ela comecou a gemer e falar para eu socar mais rapido, e mais rapido, e mais rapido que ela ia gozar, enloqueci nessa hora. ela comecou a gritar, a gritar ate que ela deu um grito prolongado, senti que ela tava gozando nao resisti te gozei tambem, tudo dentro dela. ela quase cai de novo. equilibei-a e ela agachou falando que naquela loucura acoteceu o maior tesao da vida dela. fiquei meio bolado de ter gozado dentro, mas ela falou que tomava anticoncepcional. ao se levantar ela me deu o sabonete que ela tinha abaixado pra pegar . tomamos um banho rápido, saimos do chuveiro um de cada vez bem bolados, nos arrumamos rapido e decemos com medo de minha namorada e sua tia chegar. enquanto elas na chegavam, ela me perguntou se eu tinha gostado e falei que sim, mas falei q tinhamos feito aquilo pq estavamos bebados. ela concordou, minha namorada e sua tia chegaram e nos nunca mais (ate hoje) tocamos no assunto e nem fizemos mais nada.



SE ALGUMA GATA QUIZER MAIS DETALHES, OU SE CORRESPONDER, É SÓ MANDAR UM E-MAIL. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gay metemos todo diagozando na submissa deitadaincesto real mãe gostosa da coxa grossa e quadril largoContos de esposa gostosa acompanhado marido numa festaContos eroticos de trans lindas e taradas.relatos de corno manso.vacilei o meu amigo comeu a minha mulheriquilina pagando o aluguel com o rabao contosconto erotico deixei o cu da velha japonesa arombadocontos dei para meu cunhadinho novinhose um homem excita uma mulher e demora muito para penetra-la ela pode sentir uma dorzinhaconto erotico mãe flagra oamiguinho do filho batendo punheta e chupa eleconto carona com caminhoneiro minha bucetacontos seduzi minha mãe com o tamanho do meu pausogra metida a santa contos eróticocontos eroticos entre camioneiroscontos eroticos meu sobrinhocontos eróticos com marido tratado me estupandoConto de vadia explorada por muitos machoscontos eroticos incesto pai e filha fistingbaixa vidio caceta de travesti duronanovinhaenteadanuaRelato picante comi minha esposa no estacionamento do shoppingtransformação contos eroticosconto cavala loca por sexocontos eroticos, minha tia e meu cavalo conto gay sai da urgia acabadaComo eu faço para passar a minha pica dura na bunda da minha tiaContos casal peladocontos d mulheres q fodem cm pedreiros d piroca grandeconto erotico dogminha mulher e travesti contos eroticosconto gay filho ve o pai com o pau duro e perguta o que a quinloassistir vídeo pornô travesti da rola Gabs cabeça de graçaenteado comeu minha esposaconto eróticoCorno em calcinha contocontos eroticos. traicontos erotico real na cidade de campinas esposa e estuprada na frente do maridoContos erotiicos traindo mo resguardoSimone chupando pau de joelhos e levando gozada na bocasogra come nora pono segipanoconto erotico esposa e sogracontos eroticos homem chupando pau pau sujo e bebendo mijomais que irmaos contos eróticos virgensporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cedercontos eroticos fudendo a mae travesticontos eroticos de quata feira de cinzacontos-meu cuzinho quer teu pauContos eroticos quero ver essas tetasesposafio dentalcontosmotoboy gay contocontos eroticos sogra de 65anosContos gay pinto pequenoconto erotico meu compadrer e minha esposatio vaqueiro conto gaycontos eroticos dormindocontos eróticos minha calcinha bi matocontos meu marido notou que eu estava arrombadacontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delapornô brasileiro fui trabalhar na casa da minha tia e comi minha prima de baby dollconto peidei no pau do negaoafeminados de praia grande contatosporno encejo com sogro e sogra pra serularcontos eroticos formatura da secretariacontos eroticos corno bosqueboquete no filho contosxvideo porno cavalu comedo aeguaconto porno onibus sou afastou a calcinhaContos erotico s de travesti bedotado ativomenage com primo contovhupou minha buceta lesbicaconto eróticogabriel o hetero proibido conto eroticos gaycasada pelada em lugares movimentados contosamarrei a gravida e mamei a força contoschantagem com casal. que pediu carona contos eroticoConto d esposa safadinha fico d pau durocontos eróticos contei detalhes absurdos da picamete mete mete gostoso. contosfogosá taradatravesti arrombou meu marido contoContos eroticos... Uma rapidinha com a cunhada de vestidomamei até os bicoes dela incharem contoscontos-começo a rebolar no teu pausogra metida a santa contos eróticocontos eróticos mamãe deu o cu eu viconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos eroticos velho pauzudoMulher que fica çarando o priquito uma na outra ate sair galacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos gay e coroachupando coroa empinadinha boa de f***relatos minha esposa dando a bundinha eu chupando a x******contos menage inesperadocontos de coroa com novinhoconto erotico humilhei meu maridoconto erostico cASALCOM UM MOLEGUE EM CASAcontó erótico sendo estrupada por pau grande com dor