Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENCONTRO COM CASADO ATIVO

Sou quarentão casado gordo moreno e versátil. Tive poucas experiências nos últimos 5 anos embora sempre tenha vontade de ficar com outros caras mas tento controlar meu desejo por ser muito conhecido na minha cidade. Certo dia, conheci o Thulio, um cara no chat UOL cidades, que era de uma cidade práxima à minha, que também se dizia casado e curtir gordinhos. Depois de algumas trocas de mensagens pelo facebook e dois contatos telefônicos, quando ele veio a uma festa na minha cidade, numa manhã de sábado, ele me liga do hotel (Hotel Plaza - Montes Claros, MG) que se hospedava para nos conhecermos melhor. Quando cheguei lá, nás ficamos sentados na cama meio tensos com a situação. Ele era moreno forte sem ser musculoso barriga pouco saliente com aparência de 40 e poucos anos como eu. Percebi que era sua primeira vez com homens, então para não perder tempo por que machos nunca tem muito tempo de sobra sem esposa nos fins de semana, comecei a alisar seu peito peludinho e coxas grossas até chegar em seu pau que já estava duraço sob a bermuda. Fui tirando a nossa roupa devagar enquanto nos apalpavamos. Arranquei sua cueca boxer verde para encontrar um cacete de mais ou menos 19 cm cabeça grande, avermelhada e pontuda em cima de um sacão de respeito. Caramba, aquela visão me deu mesmo muito tesão: enfiei todo na boca até engasgar um pouco por causa do tamanho e chupei forte. Ele se deitou na cama e começou a gemer e a bater punheta com seu pau na minha boca... então tentei beijar sua boca, ele resistiu um pouco mas depois se soltou e pedia prá sentir de novo o gosto do seu pau. Fiquei assim um tempo bom: lambendo seu saco e beijando sua boca gostosa depois de chupar seu pau até que ele avisou entre gemidos e sussuros que ia gozar. Acelerei a punheta enquanto mamava seu pau até sentir os jatos de porra batendo no fundo da minha garganta: hummmm, estava tão quentinha e deliciosa que engoli tudo sem desperdiçar uma gota. O cara ficou meio assustado: "você engoliu minha porra mesmo? você é doido!" No banho, fiquei decepcionado pois pedi prá ele pegar no meu pau e me chupar e ele disse que era sá ativo e que não tinha se explicado bem no telefone prá não perder a chance de ficar com outro macho. Decidi não deixar esse detalhe estragar o momento e comecei a ensaboar seu corpo até ele ficar taradão de novo. Voltei a chupar ele um pouco e perguntei se queria experimentar um cuzinho gordo de macho pela primeira vez... ele nem respondeu sá saiu do chuveiro e buscou uma camisinha deixando uma trilha de passos molhados pelo quarto. O cara me apoiou na pia do banheiro e começou a passar seu pau no meu rabo. Caramba eu estava pirando de tanta tesão que meu cu piscava sem parar até eu pedir prá ele meter logo. Prá quem era iniciante, ele até que se saiu bem: quando viu que seu cacete não entrou fácil ele pegou um creme para cabelo e lambuzou meu rego. Assim, enfiou devagarzinho até eu sentir seu sacão encostar na minha bunda. Ele começou a meter gostoso tirando devagar e metendo tudo de uma vez em seguida. O cara falava sem parar "que delícia, cara! nunca pensei que fosse tão gostoso assim!" Pelo espelho ele me olhava direto nos olhos... dava prá ver que estava muito gostoso prá nás dois pela nossa cara de prazer! Num dado momento, ele pegou no meu pau, então falei prá ele: "isso, mostra que é macho, bate uma punheta prá mim e goza seu putão delicioso!"... o cara pirou e começou a me punhetar e meter bem rápido. Eu estremeci num gozo que me deixou mole: ele falou "quer beber mais porra safadão?" . Quando eu disse que sim ele tirou seu pau do meu rabo, virou meu rosto e me beijou: eu sentia sua língua áspera dentro da minha boca junto com seus dedos melados com minha porra enquanto ele se matava numa punheta... quando ele gritou "agoraaaa!" eu me abaixei e enfiei seu pau na boca a tempo de ganhar seu leite outra vez... Caramba, foi bom demais! Por isso, foi triste constatar que ele me excluiu do seu facebook e não respondia meus e-mails: então, preferi apagar seu telefone da minha agenda e torcer prá ele cumprir sua promessa de sigilo. Adoro troca de mamadas, mas mesmo sem ser chupado por ele, queria repetir a dose. Restou dele, pelo menos uma foto do seu cacete para alimentar minha imaginação quando sentir vontade de ficar com outro macho de novo. rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico da esposa do meu irmãohttp:/contos eroticos com paraibanocontos como dopar maridominha esposa de shortinho na obra contocontos filha pequenacu de bebado não tem dono contos eróticos gaycontos de coroa com novinhoConto erotico minha sogra so anda de roupas curtavideo safadecacontos eroticoslingua no cucontos eroticos brincadeira relCONTO ERROTICO EU ERRA FUDIDA PELOS MEUS AMIGOS NA ADOLECESIAconto erotico cunhada dormindo com casalcontos eroticos trair meu marido no puteiroarrombou minha bunda contoscontoseroticossegredoContos eróticos gay homem enfiou cu pivetinhocontos eróticos minha buceta aregacada entregou que traipone encaxa tudo na morenaloiro trepando com a faveladaminha mae enfiou o dedo no meu cuconto irma casadacontos gays chupei o vira latacomo mama um pau o bofe reclamo que eu tava sucandoRejane gosando na siriricacontos eroticos de padrinhos com virgensHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestischantagiei minha irma casada contoscontos sexo meu irmao rasgou o meu cucontos eroticos mamae me da o cu sem docontos erotico putas manosacontos d cachorros mamandoporno éla dis méche que eu vou gozarboquete no casado contoConto erotico fazendo meu irmao vira um tranvestirelato esposa safada na fazendanovinha da buceta lisinha dgnna de uma punheta cabicontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhoconto minha esposa só da se o cara for pauzudoeu ja comia Minha filhinha decidir compatilhar ela contos eroticoshistoria erotica meu enteado novinho e bem dotado me arregaçou todareal conto cunhadocontos na mesa com marido de frentecontos eroticos casada e o farmaceitico negaocontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistacontos enquanto dormiamenina novinhas putinha contos eróticos picantesbucetas e bundas gigantes da capital sao paulo em cima do sofaConto minha amiga me dopou e me comeu com um caceteteContos eroticos roludo comendo a bundinha da loirinha gostosinhacontos eroticos - perdido na trilha com minha amigacontos erótico arrependimentos e chorandowww.rabudasnapraia comconto erotico doce bruninha novinha no colocontos de foder empregadaconto irma com tesaoestou ficando louco pela filha de minha mulher incestocontos eroticos tive que dar pro homem da funerariavidio porno gey aronbei meu primo no quarto enquanto ele estudavaContos eroticos... Cunhada usando um vestidinho curtodei minha bucetao mestruada e ingravidei contoscomo mama um pau o bofe reclamo que eu tava sucandocontos eroticos meu tio meu amante casa de vovocontos eroticos primeira vez no cuzinho da esposatransando com padrasto Dona Toninhachantagiei minha irmã parte 2contos eroticos gay aprendi pra que serve minha bundacontos eroticos corno e amigo onibus de viagemcomto erotico de esetos de novinhas vigeprima baby doll contostenns gemeno e gritanocomi a prima do meu pai com mais de 50 anos contos eroticos publicadoscontos eroticos -FILHA tarada pelo Paimete mete contocontos eroticos enfermeira saco peito grandeconto os peitos bicudos de maemeus amigos me comeram sem do gay contos eroticoscoroas fudendo em cima da arvoresexo peladas meladas de margarina no corpo inteirocontos eroticos com meninas deficientescontos eróticos minha esposa e os dois n***** africanoshistorias pra gozar minha menina de 19 aninhos e delirarComtos mulher fodida pelo marido e o filhocontos eróticos me estruparao por ser orientalcontos eroticos de mulher casada cagonaprimeira mulher a fazer zoofilia.no cinema