Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APOSTA INFELIZ II - SEGUNDO AMIGO

Os 4 dias que se passaram foram longos, arrumei serviço extra todos os dias, e o domingo passei todo fora de casa. Minha mulher agia normal, a vagabunda fingia que nada havia ocorrido. Mesmo assim nada podia eu falar ou fazer eu era o culpado por duvidar do cara, e pior, o cara disse que tinha fotos. E com isso se quisesse poderia "emprestar" minha esposa aos outros dois que estavam na mesa naquele dia. Quarta na fé e coragem fui para o futebol, ele me comprimento como se nada houvesse ocorrido e no final do jogo estavam os três na mesa e eu cheguei. E um deles já perguntou rindo e olhando pra mim e pro cara.

- E ai ganhamos ou perdemos? posso fazer o cheque ou separar umas camisinhas?

Eu fiquei puto, mas o que poderia dizer esperei ele responder. E ele falou.

- Nem separa as camisinhas não. - e fez cara de derrota.

Pensei ele vai dizer que perderam, vai pedir pra eu rachar o dinheiro e morre tudo aqui. Mas ele abriu um sorriso logo em seguida e falou:

- Ela é vagabunda gosta que goze na cara. - Os três começaram a rir e eu fiquei roxo, e fui levantar da mesa quando ele disse:

- Calma vem ver umas fotos que tirei de uma vagabunda.

E pegou umas folhas impressas com fotos de celular com minha mulher. Eram sá 5 fotos, mas diziam tudo. a primeira com o pau dele na boca, a seguida com o pau até o talo na boca dela. na terceira e quarta ela de quatro ele com a rola dentro e na ultima ela toda lambuzada de porra no chão.

Sá um deles já havia visto minha esposa e a cara de safados deles foi nítida e absurda.

Eu não sabia nem tinha o que dizer quando ele disse:

- Acho que sábado de manhã vc vai ter que dar outro role. - E eles riram novamente.

Fui embora, já sabendo que sábado outro ia pegar minha mulher. E eu nada poderia fazer, na verdade poderia mas aquilo tava me exitando e me deixando confuso. O certo é que sábado de manhã sai pra "ajudar um amigo". E uns 20 minutos depois vi um dos caras tocando a campanhia de casa. Minha esposa estava sá de camisola, ele perguntou por mim ela disse que eu tinha saído. E ele perguntou se podia me esperar, ela disse que melhor não. Ele fez uma cara de desiludido. e já virou falando:

- Olha aqui sua vagabunda, vc não sá vai deixar como vai dar bem gostoso pra mim, se não seu marido vai saber o que aconteceu aqui sábado passado. - Ela ficou para pensando, mas ele não deu tempo de ela pensar muito.

- Vamos vagabunda. To de pau duro aqui louco por um boquete.

Ela foi até lá e abriu o portão. Ele já entrou abaixando a calça e puxando ela pelos cabelos que ainda em pé com o corpo curvado iniciou o boquete. Eu não via direito, mas ele ficava empurrando a cabeça dela de encontro a seu pau e com a outra mão começou a puxar a calcinha dela pra baixo por debaixo da camisola. Quando ela chegou nos pés ele ficou apertando e passando a mão na bunda dela e na buceta. Ele mandou ela ajoelhar, ela o fez e depois ele começou a fuder a boca dela como se quisesse arregaçar. pediu que ela ficasse de boca aberta e ficou tirando e colocando o pau na boca dela, ela babava no chão mas não fechava a boca, ele ia até o saco encostar no queixo dela e quando voltava vinha aquela baba junto.

Depois disso, ele gozou batendo o pau na cara dela, e depois fez ela chupar seu pau.

Pensei, que havia acabado. Ele foi no banheiro e ela ficou ajoelhada no chão onde ele tinha acabado de gozar. Ele voltou e mandou ela chupar mais um pouco ela atendeu e o pau dele ficou duro outra vez. então ele sentou no sofá e mandou ela sentar em cima. Ele ficou segurando o pau pela base e sá vi quando ela encaixou na buceta, ele puxou ela de uma vez enterrando tudo. Ele deu um tapão na bunda dela e falou:

- Rebola vagabunda. Rebola que quero gozar logo antes que o corno chegue.

Quando ele falou isso ela começou a pular feito uma louca no pau dele. Ele puxou ela pelos cabelos e falou:

- Gostou que chamei ele de corno né piranha, então vc gosta de ter um corno né. vc é muito puta, e puta que é puta engole porra. - e empurrou ela de cima dele, ela caiu no chão e já virou de boca aberta e ele meteu o pau na garganta dela e fez aquela cara de gozo. Ela engoliu olhando pra ele. E ele riu, se vestiu, deu as costas e saiu. da minha casa deixando minha esposa ali ajoelhada no chão.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Desvirginando a sobrinha de 18 anosboa fodaxvidiomenina você já passou o dedo no cu e cheiroume somaram a maõ no cu e buceta contosconto erotico fiquei com o cuzinho bem arrombado e cheio de porraVelho bat en do punheta pra putinha d tio sxxx conto mais babado do incestorelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninaarranquei o cabacinho de 11 aninhos contoscontos eróticos vizinho sondando a velha vizinha fodendo com o cachorrovideo porno cu virgem pau grande grosso aiiiii tira ta doendo sai paraconto meu chefe me chupouContos cm o vizinhofudeu a presença contos eróticos o dia que comi o cu da minha sograContos eroticos home xupno xanaconto gay negro pediu o branquinho em namoroArregassando a bucetinha de uma virgem enquanto ela chupa o.pau do outrowww.contoerotico.pai e flha na chacaraconto erotico minha vovó chupona e netareboladas da titia contos eróticosbudendo.cadela.no.ciu.vira.lataComto pego em fragantecontos eróticos virei cdzinha do vizinhoconto esposa se transforma na casa de swingfui estuprado e adorei dar o c******Contos Eróticos. De Dona Vera Me Chamou Na Sua Casacontos eroticos ele me arregaçoucomi minha tia conto realistacontos eroticos enganomacho casado ativo contohetero resolveu da a bundaporno com amiga loira baixinha encorpadinhacontos eroticos mostrei o pau pras mulheres no parquesubmetido a chantagem para ajuda o marido contos eroticopegando casada na.cadeia comtos eroticosasfantazias das mulher de pornoContos eróticos sarrado minha tiao assaltante e a vitima contos eroticoshistoriasexcitantes dei pro chefe do meu namorado voyeur de esposa conto eroticover conto veridico minha baba abusado por minha babaContos erótico de cdznha verídicopai da minha amiguinha mostrou o pauooooooooohhhhh porra pornocontos ela da a bundacontos erotico minha patroa faz nudismoviadinho boquete na escola contocontos eroticos gay meu pai me comeucomi a minha filha contos eroticoscontos de cus arrebentadoscontos eroticos de quata feira de cinzacontos eroticos padreputa goza e grita vou gozar a.como mete toda vaicontos eróticos repentinocnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para varioscontos meu pai me seduziuconto gay estuprado pelos noiadoscontos eroticos de incesto com filhinho viadinho com a mamãewww.contos eroticos sogra gostosa da cu pro genro novinho pauzodoconto erótico comi a mulher do meu cunhadocontos eroticosdpconto meteno nositio.comcontos de coroa com novinhocontos eróticos vítimaconto erótico sonífero na sobrinhaos policias comero minha muler porno contos eroticocontos eroticos amigo gay iniciourola na madrinha/contocontos eroticos reais de mulheres casadas crente que ja enfio o pepino no.cucontos eroticos o dia que o pasteleiro mim comeucontos eróticos de brigas e submissão Conto namorado da minha mãe"minhas filhas" "richard" conto eróticomocinha fas sexo com marido esposa ve maridodano cupivete x e minha esposa contosnovinha engulindo pou com muito cozocontos eroticos xoxota pra o malvadoPau gigante.arrombando o cu da inocência. Jcontos lesbicos de carceleiracontos eróticos comi minha vizinhacontos eroticos seduzi uma mulher e roubei elaConto comi minha mae no celeirofamily sex 2 - contos eroticosconto sobrinho engravida tia casadameti minha esposa no porre contos