Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APOSTA INFELIZ II - SEGUNDO AMIGO

Os 4 dias que se passaram foram longos, arrumei serviço extra todos os dias, e o domingo passei todo fora de casa. Minha mulher agia normal, a vagabunda fingia que nada havia ocorrido. Mesmo assim nada podia eu falar ou fazer eu era o culpado por duvidar do cara, e pior, o cara disse que tinha fotos. E com isso se quisesse poderia "emprestar" minha esposa aos outros dois que estavam na mesa naquele dia. Quarta na fé e coragem fui para o futebol, ele me comprimento como se nada houvesse ocorrido e no final do jogo estavam os três na mesa e eu cheguei. E um deles já perguntou rindo e olhando pra mim e pro cara.

- E ai ganhamos ou perdemos? posso fazer o cheque ou separar umas camisinhas?

Eu fiquei puto, mas o que poderia dizer esperei ele responder. E ele falou.

- Nem separa as camisinhas não. - e fez cara de derrota.

Pensei ele vai dizer que perderam, vai pedir pra eu rachar o dinheiro e morre tudo aqui. Mas ele abriu um sorriso logo em seguida e falou:

- Ela é vagabunda gosta que goze na cara. - Os três começaram a rir e eu fiquei roxo, e fui levantar da mesa quando ele disse:

- Calma vem ver umas fotos que tirei de uma vagabunda.

E pegou umas folhas impressas com fotos de celular com minha mulher. Eram sá 5 fotos, mas diziam tudo. a primeira com o pau dele na boca, a seguida com o pau até o talo na boca dela. na terceira e quarta ela de quatro ele com a rola dentro e na ultima ela toda lambuzada de porra no chão.

Sá um deles já havia visto minha esposa e a cara de safados deles foi nítida e absurda.

Eu não sabia nem tinha o que dizer quando ele disse:

- Acho que sábado de manhã vc vai ter que dar outro role. - E eles riram novamente.

Fui embora, já sabendo que sábado outro ia pegar minha mulher. E eu nada poderia fazer, na verdade poderia mas aquilo tava me exitando e me deixando confuso. O certo é que sábado de manhã sai pra "ajudar um amigo". E uns 20 minutos depois vi um dos caras tocando a campanhia de casa. Minha esposa estava sá de camisola, ele perguntou por mim ela disse que eu tinha saído. E ele perguntou se podia me esperar, ela disse que melhor não. Ele fez uma cara de desiludido. e já virou falando:

- Olha aqui sua vagabunda, vc não sá vai deixar como vai dar bem gostoso pra mim, se não seu marido vai saber o que aconteceu aqui sábado passado. - Ela ficou para pensando, mas ele não deu tempo de ela pensar muito.

- Vamos vagabunda. To de pau duro aqui louco por um boquete.

Ela foi até lá e abriu o portão. Ele já entrou abaixando a calça e puxando ela pelos cabelos que ainda em pé com o corpo curvado iniciou o boquete. Eu não via direito, mas ele ficava empurrando a cabeça dela de encontro a seu pau e com a outra mão começou a puxar a calcinha dela pra baixo por debaixo da camisola. Quando ela chegou nos pés ele ficou apertando e passando a mão na bunda dela e na buceta. Ele mandou ela ajoelhar, ela o fez e depois ele começou a fuder a boca dela como se quisesse arregaçar. pediu que ela ficasse de boca aberta e ficou tirando e colocando o pau na boca dela, ela babava no chão mas não fechava a boca, ele ia até o saco encostar no queixo dela e quando voltava vinha aquela baba junto.

Depois disso, ele gozou batendo o pau na cara dela, e depois fez ela chupar seu pau.

Pensei, que havia acabado. Ele foi no banheiro e ela ficou ajoelhada no chão onde ele tinha acabado de gozar. Ele voltou e mandou ela chupar mais um pouco ela atendeu e o pau dele ficou duro outra vez. então ele sentou no sofá e mandou ela sentar em cima. Ele ficou segurando o pau pela base e sá vi quando ela encaixou na buceta, ele puxou ela de uma vez enterrando tudo. Ele deu um tapão na bunda dela e falou:

- Rebola vagabunda. Rebola que quero gozar logo antes que o corno chegue.

Quando ele falou isso ela começou a pular feito uma louca no pau dele. Ele puxou ela pelos cabelos e falou:

- Gostou que chamei ele de corno né piranha, então vc gosta de ter um corno né. vc é muito puta, e puta que é puta engole porra. - e empurrou ela de cima dele, ela caiu no chão e já virou de boca aberta e ele meteu o pau na garganta dela e fez aquela cara de gozo. Ela engoliu olhando pra ele. E ele riu, se vestiu, deu as costas e saiu. da minha casa deixando minha esposa ali ajoelhada no chão.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sozinhacom primo contos coroasbrincando com maninho acabou em sexocontos casal cinema pornocomendo cusinho da baba da minha.sobrinhaContos eroticos comendo a mae e a tiacontos sem pudor com a menininhahiatorias eroticas incestos ninfetinha inocenteContos de tesao por uma mulher casadaWww loira casada gosta de negro dotado na casa dos contoscontos minha tia humilhando meu tiobodes trwpando com cabraContos eróticos gay primosconto minha esposa rabuda deu pra familia todo na salaEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticocontos eroticos apanhando bundacoroa safado fofndo uma novinha déliciosa pornocontos reais de mulher que deixou cachorro emgatar na bucetaproposta indecente de colega porno de trabalho a casadaConto erotico flagrei meu vizinho comendo uma cabritafui iniciado conto realgravida de gemeos fodendo a bucetapeguei minha sigra dormindo sem calcinha e meti a pica nelaconto erotico com sogrosexo gostoso contosminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticoshomem nu de pau dueucomia mae contosxvideo ai sim anaconda toda dentropunheta com objetos no cu contossonhador contos eróticos i****** mãe e pai f****** a b***** da filhapeladas com cu e a bunda melada de manteigaconto meu marido insistiu no ménage e levou rola a forçavideos zoofilia cavalos gozando na bucta epenetrandoconto comi tia do meu amigopornobuceta.com/homens so quer saber de mamar em peitoes das safadascontos eroticos dei pro irmao da igrejapegando a amiga camila com rabao empinadocontos eroticos categoria estrupada por mas de umcontos eroticos gay troca troca na infancia com primos mais novosassaltantes me estupraram contos eroticoscachorros rendidos gozando pornoo negao me comeuComi minha esposa dormindo contomulher emsabuando bucetacontos eroticos eu minha esposa rabuda e meu tio na praia de nudismobucetudas com caralhudos/fotos e contosconto erotico gay sobrinhocontoseroticoscabacinhoputa do meu funcionário contocontos eroticos cunhadinhosdoce nanda trepando e dando gostosinho contos eroticosa pica do meu filho é enorme dei gostoso ate o pai dele deu virou viadao corno contome seguraram e um jegue me arregaçou contos eróticosContos de corno com fotoscontos comi a internadaDei o cu ao velho gostoso contos gaycontos xupo pau desde novinhocontos armei uu estupro pra minha sogra e pra minha esposavelha cavala virando olhonegao preenchendo todo o espaço na nuca tá da novinhacomi o gordo conto eróticochupei no carro contoEngravidando conto Cornopegando a amiga camila com rabao empinadoContos de mãe que adora ver sua filha casada, trepando com seu genroContos nao sabia bate punheta amiga de mamae me explicoupadastro. com. a. filhaxvideo. bxxwww.porno cuahada virgem estupadacontos erotico frentistatravesti vizinha surpresa contos eróticoscontos Rabuda com cheiro de bundachamei meu vizinho bem novinho fudi o rabinho dele contoscontos eróticos mãe e filho de araraquraConto comeu minha esposa e eu não percebiteen recem casada contoscontos incesto engravidando a tiacontos eroticos primos relatado por mulherescontos eroticos transei com uma mulata cavalaborracheiros p******** comendo v******* contos eróticos gayssou crente e levo picaconto erotico surpresa na sirica