Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APOSTA INFELIZ II - SEGUNDO AMIGO

Os 4 dias que se passaram foram longos, arrumei serviço extra todos os dias, e o domingo passei todo fora de casa. Minha mulher agia normal, a vagabunda fingia que nada havia ocorrido. Mesmo assim nada podia eu falar ou fazer eu era o culpado por duvidar do cara, e pior, o cara disse que tinha fotos. E com isso se quisesse poderia "emprestar" minha esposa aos outros dois que estavam na mesa naquele dia. Quarta na fé e coragem fui para o futebol, ele me comprimento como se nada houvesse ocorrido e no final do jogo estavam os três na mesa e eu cheguei. E um deles já perguntou rindo e olhando pra mim e pro cara.

- E ai ganhamos ou perdemos? posso fazer o cheque ou separar umas camisinhas?

Eu fiquei puto, mas o que poderia dizer esperei ele responder. E ele falou.

- Nem separa as camisinhas não. - e fez cara de derrota.

Pensei ele vai dizer que perderam, vai pedir pra eu rachar o dinheiro e morre tudo aqui. Mas ele abriu um sorriso logo em seguida e falou:

- Ela é vagabunda gosta que goze na cara. - Os três começaram a rir e eu fiquei roxo, e fui levantar da mesa quando ele disse:

- Calma vem ver umas fotos que tirei de uma vagabunda.

E pegou umas folhas impressas com fotos de celular com minha mulher. Eram sá 5 fotos, mas diziam tudo. a primeira com o pau dele na boca, a seguida com o pau até o talo na boca dela. na terceira e quarta ela de quatro ele com a rola dentro e na ultima ela toda lambuzada de porra no chão.

Sá um deles já havia visto minha esposa e a cara de safados deles foi nítida e absurda.

Eu não sabia nem tinha o que dizer quando ele disse:

- Acho que sábado de manhã vc vai ter que dar outro role. - E eles riram novamente.

Fui embora, já sabendo que sábado outro ia pegar minha mulher. E eu nada poderia fazer, na verdade poderia mas aquilo tava me exitando e me deixando confuso. O certo é que sábado de manhã sai pra "ajudar um amigo". E uns 20 minutos depois vi um dos caras tocando a campanhia de casa. Minha esposa estava sá de camisola, ele perguntou por mim ela disse que eu tinha saído. E ele perguntou se podia me esperar, ela disse que melhor não. Ele fez uma cara de desiludido. e já virou falando:

- Olha aqui sua vagabunda, vc não sá vai deixar como vai dar bem gostoso pra mim, se não seu marido vai saber o que aconteceu aqui sábado passado. - Ela ficou para pensando, mas ele não deu tempo de ela pensar muito.

- Vamos vagabunda. To de pau duro aqui louco por um boquete.

Ela foi até lá e abriu o portão. Ele já entrou abaixando a calça e puxando ela pelos cabelos que ainda em pé com o corpo curvado iniciou o boquete. Eu não via direito, mas ele ficava empurrando a cabeça dela de encontro a seu pau e com a outra mão começou a puxar a calcinha dela pra baixo por debaixo da camisola. Quando ela chegou nos pés ele ficou apertando e passando a mão na bunda dela e na buceta. Ele mandou ela ajoelhar, ela o fez e depois ele começou a fuder a boca dela como se quisesse arregaçar. pediu que ela ficasse de boca aberta e ficou tirando e colocando o pau na boca dela, ela babava no chão mas não fechava a boca, ele ia até o saco encostar no queixo dela e quando voltava vinha aquela baba junto.

Depois disso, ele gozou batendo o pau na cara dela, e depois fez ela chupar seu pau.

Pensei, que havia acabado. Ele foi no banheiro e ela ficou ajoelhada no chão onde ele tinha acabado de gozar. Ele voltou e mandou ela chupar mais um pouco ela atendeu e o pau dele ficou duro outra vez. então ele sentou no sofá e mandou ela sentar em cima. Ele ficou segurando o pau pela base e sá vi quando ela encaixou na buceta, ele puxou ela de uma vez enterrando tudo. Ele deu um tapão na bunda dela e falou:

- Rebola vagabunda. Rebola que quero gozar logo antes que o corno chegue.

Quando ele falou isso ela começou a pular feito uma louca no pau dele. Ele puxou ela pelos cabelos e falou:

- Gostou que chamei ele de corno né piranha, então vc gosta de ter um corno né. vc é muito puta, e puta que é puta engole porra. - e empurrou ela de cima dele, ela caiu no chão e já virou de boca aberta e ele meteu o pau na garganta dela e fez aquela cara de gozo. Ela engoliu olhando pra ele. E ele riu, se vestiu, deu as costas e saiu. da minha casa deixando minha esposa ali ajoelhada no chão.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


molestando a amiguinha no meu colo pornoEu homem casado fui cadela de cachorro contos eroticosdescabacei a namoradinha de 13 aninhoscheirei o fundinho da calcinha usada da minha tia safada contoscontos sexo família bicontos de coroa com novinhoContos erotico menininha de nove aninhos violentadaconto erotico tio julioContos eroticos minha buceta mela muito minha calcinha quando me esitorelatos minha esposa dando a bundinha eu chupando a x******aluninha dando cuzinho virgem para o professor pirocudo contos eroticosContos eroticos gay primeira vez traumaticacontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadocontos eróticos cadela e putona famíliasContos erotico zooo japonezacontos bebendo porraconto gaucha carinhosa safada com seios grandesas..negar..mais..gotosa..com..abuseta..pigano..na..ciriricaContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteiconto erotico botei sobrinha tayna pra chuparconto erotico flagra filhacontos de coroa com novinhoo importante e gozar e ser feliz conto eróticogorda acima de 100kg rebolando o bumbum bem gostosoContos erotico sofrimento de inocentesencarei 30cm contoscomentário de. mulher que ja deu a buceta pro entregador de bebidacontos dois gemeos chupandofnegao fode cu da cadela e gizacontos eroticos comi minha esposa minha cunhada e minha sogra ao mesmo tempocontos eroticos..comi a mulher do pastorconto eróticos estupro no orfanatodepois do chopp me fodi contosconto fudendo a cunhada de 70 anosconto esposa chantagemcontos transando com a minha cunhada fernandaTravesti surpresa contoscontos eróticos de bebados e drogados gaysconto erotico amiga crente da entiadaContos eróticos comendo uma lorinha dos seios grandes Luizatocou meu seio sem querer incesto contocontos eróticos,ai ai fode meteconto eróticos lábios românticosfiquei louca vendo o meu sobrinho pauzudo comendo a minha filha. conto eróticocontos de incesto minha filha se tornou um mulheraocomi o irmao da minha mulherEliana vai almoçar com Maísa fode fode vai fode fode fode meu c*contos porno.chorou de dorcontos eroticos de pintorcontos mamae mim ajudou com o pirozaocontos e vidios de patroas tranxessual fudendo empregadascontos eroticos com homens velhosbrinco com tio levou no cuzinhoincesto brincando com irmã de pig escondehttps://idlestates.ru/mobile/conto_5492_sonho-de-menino-q-se-torna-realidade.htmlcontos eroticos meu alunominha mae me ensinou a ser putinha/contossminha esposa nem desconfia que eu gosto é de rola contos gaycontoseroticosdesvirginandominha tia casada matutinha contoscontos incesto comendo minha mae no parqueconto eroticos lésbico putinha vadia buceta caralho chuva dourada contos eróticos encaixada viado da bunda grande no ônibusgozo na bucetinha dá cunhadinha com jeitinhowww.xvideos .com videos de mulheres fazendo zoofilia sexo com golfinhoMinha noiva exibida e gostosa na academia - Contos Eróticoscontos eróticos esperava o meus dormir eia na cama do papaiContos de viadinho de shortinho socado querendo dar o cuconto eroticos garoto pede carona e e estupradocontos eróticos comendo ucontos eroticos casei virgemSiririca contoscontos eroticos velhos e novinhas santinhasconto como foi que eu chupei a bucetinha de uma loirinha de cinco aninhoscadastro dormindo e Thiago chupando seu pauminha netinha contos eróticoscontos eroticos pega pegacontos eroticos minha sobrinha bucetudaconto incesto de tanto pai insistir depois de muito tempo filha deixa pai meterConto erotico ninfetas mijonas