Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI 2 AS MENINAS, MAS ACABEI DE ARREPENDENDO NO F

Ola Sou loiro tenho, cerca de 1,76 alt. 85 kg olhos verdes.rnrnTenho 24 anos e moro na cidade de Ponta Grossa Paraná.rnrnVamos ao conto...rnRecentemente contratei mais uma estagiaria para minha loja de informática. A antiga estagiaria, tinha efetivado ela. Vou chamá-la de Adriana. A Adriana já estava trabalhando comigo a mais de 1 ano. Uma menina muito linda. Quando ela entrou tinha 19 anos, morena clara,cabelos longos lisos pretos ( pela meio das costas ) devia ter os seus 1,60 43kg, olhos pretos . Por ser uma menina magrinha, acaba sendo pequenas as partes. Bundinha pequena, mas redondinha, e peitos pequenos, mas bem redondinhos. Muito experta, sá que com muitos problemas financeiros. Por isso desde cedo trabalha.rnSempre tive muito tesão por ela, e pela sua beleza. Mas como eu sei as merda que da de patrão atacar funcionário, ou estagiário, o medo sempre me afastou disso. Com nossa convivência diariamente no mesmo ambiente, acabamos sendo amigos, e rola piadas, apelidos, risadas, e ate brincadeiras e piadas relacionadas a sexo...rnEntão a nova estagia, ( Mariana ) logo foi pegando a mesma confiança que tínhamos com a Adriana ( 19 ). E em 2 meses, acho que já se sentia a vontade como a Adriana. A Mariana era muito baixinha, 1,55 alt, uns 40 kg 19 aninhos. Pele branca, olhos verdes, cabelos longos meios encaracolados, ate o ombro, por ser baixinha a bunda e grandinha, e peitos quase do tamanho da minha funcionária. Muito gostosinha e toda meiguinha.rnO rolo realmente começa a umas 2 semanas, quando me apareceu um serviço de instalação de rede, num barracão na cidade de Carimbei. Uma cidade a 19 km aqui de Ponta Grossa. Fui com as minhas 2 meninas, pois o serviço era chato de ficar passando os cabos de rede, e sozinho era algo impossível. Na ida estávamos todos ate rindo, mas eu via na cara da Adri que tava meio triste, e fomos falando merda, até chegar em Carambeí. No caminho o assunto logo virou sexo. Eu sabia que a Adri não era virgem, vivia dando por ai, nas baladas e ela sempre me contava com quem ?ficava? e a Mari, toda sem graça falou que tinha perdido naquele final de semana, com um namoradinho de 1 mês, que ela tem. Nossa como nos demos risada ...rnEu vou ser bem sincero, comecei a pensar altas coisas com aquela menina. Mas fico sá no sonho né. Durante o serviço fiquei olhando as duas, de calça jeans coladas, subindo e descendo escadas. Tava muito louco. Logo perguntei para a Adri o por que ela estava triste? Ela me falou que tava com umas contas atrasadas de cartão de credito, de 500,00... e coisa e tal, e que não saberia como pagar.. e logo todos nos demos risadas...e tirando saro...que é foda gastar mais do que ganha... Depois a Mari foi no banheiro e ficou sá eu e Adri e falei brincado para ela...kkk Se quiser te dou 1.000,00 por 2 horas com as duas juntas...e ela .. falou ...- bem capaz ...nao sou disso ..e deu risada...rnAcabamos o serviço e voltamos para Ponta Grossa. No dia seguinte quando entrei na loja, vi a Mari me olhando com uma cara de desaprovação, e cheguei junto na Adri e perguntei, o que houve? A cadela tinha contado para a Mari. E que ela não era esse tipo de menina, daí eu cheguei e falei que falei aquilo de brincadeira..bla bla bla. Tentei me safar.rnPassou mais um dois dias, e tudo continuava numa boa, ate que a Mari chegou em mim, e falou:rn- Leo, é serio o que você propôs para a Adri ?rnNessa hora eu não sabia que partia pelo SIM ou falava que é Brincadeira, pois era algo que eu achava impossível de acontecer... Daí resolvi arriscarrn- Falei brincado... Mas se quiserem, pode ser néh ?rnEla me olhou com uma cara.. E saiu... Achei que tinha feito a merda...Logo veio a Adri e falou, : Leo, na boa você da para nás o dinheiro? Nessa hora achei que tava serio. E confirmei.rnElas juntas, falaram que transavam comigo juntas. Mas não rolaria nada por traz, e que ninquem ficasse sabendo e morre-se ali a historia.rnEu mal estava acreditando, e aceitei... e marquei para o mesmo dia depois das 6:00 da tarde.rnLogo fechamos o escritário e fomos os 3 para o motel.rnEra o meu sonho e de todo homem ter 2 bucetas ao mesmo tempo.rnChegamos lá, foi aquela sensação muito estranha, não saber o que fazer ...Os 3 um olhando para a cara do outro. Comecei a tirar a roupa e ficar de cueca, pois ate aquele momento eu achei que poderia ser sacanagem das duas. Logo elas ficaram sá de calcinha. Não tínhamos o clima. Tive que apelas pegar umas latinhas de cerveja. Logo começamos a conversar e rir um pouco. Eu via elas andando para um lado e para o outro, sá de calcinha. Eu estava adorando aquilo. Via os peitos delas balançarem, pois era a primeira vez que a Mari estava num motel, ela via a decoração, a iluminação. Nessa hora meu pinto tava, apontado a cabecinha para fora da cueca, me levantei da beirada da cama, e fui fazer o que tinha que fazer, a Mari tinha uma carinha de choro. ( tava visível que ela tava fazendo aquilo pela Adri )rnCheguei e tirei a calcinha da Adri, deitei ela na cama, e fui colocando o pinto logo na bucetinha dela, eu estava tão desesperado, que nem chupei nem nada...Mal dei uns beijos sá para quebrar o gelo, e comecei o vai e vem. Olhei para o lado e vi a Mari, sentadinha numa cadeira, sá de calcinha. Chamei ela para entrar junto na brincadeira, daí ela, falou que Não. Pois era primeiro com uma e depois com a outra. Nossa que raiva me deu naquela hora, pois isso eu não queria. Logo a Adri que estava em baixo de frango assado, adorando e gemendo, me falou no meu ouvido, : - não se preocupe que dou um jeito nisso.rnNossa comecei a meter pra valer, e acabei achando que era uma buceta muito sem graça, acho que ela devia dar de mais. Não era apertadinha, era com os beiços saltados assim para fora, e meio peludinha. Logo comecei a querer gozar, ela virou de quatro e comecei a socar com vontade, e anunciei que ia gozar, ela desencaixou, e começou a me punhetar e fez eu gozar nos peitos dela.... Fiquei ate meio sem graça na hora, pois não tinha saído muito. Logo tomei banho e parti pra cima da Mari. Muitos beijos e chupei os peitinhos dela, logo meu pau deu sinal de vida, virei ela de frango assado e coloquei, lembrando que eu era o 2 pinto da bucetinha dela..Nossa aquela bucetinha compensou, era apertadinha,bem aparadinha, poucos pelinhos, sá o famoso bigodinho de Hiltler.Sentia entrar e sair muito gostoso, mas para o meu espanto, a Mari, logo comeceu a gemer e e gritar, arcava as costas para traz...Tinha gozado com apenas uns 3 minutos de metecão. Que raiva eu fiquei, quando ela gozou. Ela simplesmente abriu as pernas e fazia o que eu pedia... Tinha amolecido...Virei ela de quatro e fiquei metendo nela por traz, nessa hora eu tava meio chateado, me arrependendo ate o ultimo de ter ido com elas ali, e achado que tinha jogado fora 1.000,00rnNessa hora chega a Adri, e senta na beirada da cama, e começa a passar a Mao, nas costas da Mari, e eu vi que a Mari não gostou, e logo começou a passar a língua nas costas dela em quanto eu socava na bucetinha dela por traz, e ela lambia olhando nos meus olhos. Isso era um delicia, algo inexplicável. Logo a Adri foi descendo a língua e por baixo começou a chupar os peitos da Mari.rnEu parei deitei na cama, peguei a Mari, e fiz ela cavalgar no pau, peguei a Adri e coloquei para ela cavalgar com a buceta na minha boca. Naquele momento me senti realizado, um sonho. Comer uma buceta e chupar outra. Olhava a Adri chupando os dois peitinhos da Mari, e rebolava na minha cara. Percebia a certa pratica, que ela tinha nisso. Nisso comecei a gozar dentro da Mari, tava nem ai. Era muita putaria, do jeito que eu sonhava. Deitei na cama no meio das delas. Nos 3 pelados, deitados era algo muito gostoso também, e pedi algo que parecia que tinha pedido o cuzinho delas... Pedi que ela desse um beijo na boca. Depois de muitas insistência consegui ver isso. Muito gostoso. Ficamos naquele motel por mais de 3 horas, pois o clima de putaria tinha tomado conta de nos 3.rnNo dia seguinte quando entramos no escritário, via-se na cara das duas o arrependimento de ter feito isso. Entreguei o dinheiro para a Adri, ela pegou os R$ 500,00 e deu os outros R$ 500,00 para a Mari. Daí que eu fiquei sabendo que ela também estava precisando.rnPassou uns dias e as coisas, agora que começaram a voltar ao normal. Realizei meu sonho, mas me arrependi de ter comido elas, pois eu acho que acabou um pouco aquele clima de amizade.rnGente essa foi minha historia que aconteceu, é verdadeira e vim aqui contar, para vocês. E gostaria que vocês, votassem pelo conto, e não pelo português.rnMeninas Qualquer coisa, podem me [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


participei de uma suruba contosComendo cu de mulher dormindo conto eroticocontos eroticos desvirginadaTravesti surpresa contosa gozada mais rapida da estoria pornodoidohomen ten fetiche por mullher que corta seu cabelo na barbeariacontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelcomo enrrabar minha sobrinha de 20 anos ela bare no meu pau mas ela é casadaContos eroticos pega a força por pmContos gays vestido de mulher a noite na borrachariacontos de estupro pelo caseiromadame currada no mato contoconto erotico beijei minha irma dentro do tremcontos vizinha novinha mas ja bem.desenvolvidacontos eroticos minha filha aguentou toda minha pica de jegueconto erótico sequestro relampagocontos erótico ele derrubou com a esposa juntono trem uma coroa ficou acareciando meu pau verídicovideos porno meu professor taradao me de uma caronacoroas peitos durinhos bicudo bundas gggcontos toda a família da minha mulher aguentaram meus 30cmRelatos de como tive minha primeira relaçao de sexo gay com uma cadela ainda virgem sexo zoofiliaminha vizinha safada casada helenicecontos eróticos babá garotinhoContos eroticos consolando a cunhada tristecdzinhas contos reaiscontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãocontos eroticos gay tio e sobrinhocoroa se***** cagou no pau de Natáliamendiga pedindo pra comer seu cu apos o dela era vigemcomi minha filhinha cedinho conto eroticocontos eroticos pe de mesaMeu amigo me convenceu eu deixa ele chupa no meu paucontos eroticos meu alunocontos eróticos de bebados e drogados gayscontoseroticosdentistamulher enrolada na toalha fica excitada e trepa gostosox vidio comtos eroticos mães inocentepor causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos Eróticoscontos cunhadas gostosashistorias de meninas q foram estupradas e gostaramTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticocontos minha irmã minha putaconto porno mulher gosta pau 25cmVem vem safado contoai devagar porra caralho sua pica e muito grossaMesmo contra a vontade da minha familia eu sou mulher do meu primo viuvo conto eroticocontos eróticos gravou tia dando pra doiscontos eróticos abusada virgemContos eroticos exibindo para o vizinhoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos eroticos com animaiscontos femininos reais encoxadas e zoofiliacontos minha esposa quer sadocontos em ilhabela com minha mulhercontos picantes tarado no onibuscontos eroticos lesbicas cintaMeu corno cherador de cu.conto eróticofilho bate xinga e faz a mae rebolar na pica dele feito uma cadela conto eroticoconto erotico gay no nordestecontos eroticos com sobrinhasinquilino viu as minhas calcinhas contos eroticoputa que mora no bairro portãoContos e roticos com gemeos i denticoscontos erotucos comi umad meninas que morava na fazendaconto erotico mamae viu eu comendo o papaiAmante de coxas grossa e bundao contosporno amador em festinhasparticularesolha o pezinho dela todo gozadinhocontos eroticos tenho 23 cmContos eroticos iniciando as meninascontos abobrinha na bucetacontos eroticos de minha mae da buceta cabeludaContos eroticos fui corno na festabrincando de casinha conto erocontos eroticos eu minha mulher einha sovra fomos enrrabados no assaltome arrombou o rabo contos casadameus tios comeram as camareiras do hotel conto eroticocontos eroticos gozei gostoso no estuproamarrei a gravida e mamei a força contosquentes carentes cariocasvideos cazeio dado rabu coiado. taido aimaContos eroticos guspe na bocav¨ªdeo porno pai enfia o dedo na bucetinha?