Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU, MINHA NAMORADA E UM CARA NA ESTRADA

De afeminado nada tenho, mas adoro quando minha namorada enfia o dedo ou a língua em mim enquanto me chupa. Andamos conversando sobre o que poderíamos tentar de novo e ela sugeriu de comprarmos um consolo pra que ela me comesse enquanto me chupasse ou tocasse pra mim. Achei que seria sem graça, pois o tato não seria o mesmo do dedo ou da língua dela. Ela então me perguntou se eu teria coragem de experimentar um pau de verdade. Me assustei na hora mas me despertou interesse. Papo vai, papo vem, ela me convenceu até que seria legal chupar um pau, que eu era bem liberal e iria gostar da sensação. Combinamos então de viajar no final de semana para fazermos isso bem longe de casa. Fomos para uma pousada em Penedo. A idéia era encontrar alguém na noite para eu chupar e talvez dar. Fomos na sexta direto do trabalho para tentarmos na sexta mesmo. Notamos que algumas pessoas andavam pela estrada que chega no centro de Penedo. Fomos até a pousada pra tomarmos um banho e também pra deixar ficar mais tarde. Disse pra ela ir apenas com um vestido, sem nada por baixo. Saímos pra jantar já tarde e, por volta das 23:00 hs, saímos pra tal estrada. Fomos até a principal e não vimos ninguém. Na volta pedi pra ela se masturbar. Ela levantou a parte de baixo do vestido pra se masturbar, e eu abaixei a parte de cima do seu vestido, deixando seus seios de fora que, por ela ser branquinha chamava bastante atenção. Notamos uma pessoa na estrada, ela ameaçou levantar a parte de cima, mas eu disse pra deixar assim. Passei bem devagar, era um cara, quando passamos ele a viu e parou na estrada. Voltei e passei novamente, ele continuou parado na estrada, percebeu que queríamos que ele a visse. Parei o carro e fiz sinal para ele vir. Ele se aproximou e notamos que era meio afeminado ao nos cumprimentar. Ele logo perguntou o que estávamos procurando. Disse que procurávamos alguém pra eu chupar pois era uma de nossas fantasias. Ele disse que se eu quisesse poderia chupá-lo, que poderia dar uma volta com a gente. Eu disse que queria chupá-lo ali mesmo pois a estrada estava deserta. Pedi pra ele colocar pra fora, ali de pé mesmo, e segurei no pau dele. Sá de botar a mão já fiquei cheio de vontade de chupar. Minha namorada voltou a se masturbar dizendo que eu poderia fazer o que quizesse com ele pois não me acharia afeminado, era apenas fantasia. Pedi pro cara se aproximar, coloquei o pau dele na boca e ele segurou minha cabeça. Nesse momento lembrei que faço isso com ela, e fiquei muito excitado. Comecei o sobe e desce com a boca com vontade. Depois de algum tempo o cara perguntou se podíamos trocar. Olhei pra ela que fez com o olhar que sim. Pedi pra ela dirigir e entrei no banco de trás com ele. Ele logo se abaixou pra me chupar. O cara chupava muito bem. Ele disse pra passarmos da entrada de Penedo, pois era mais deserto. Assim que passamos da entrada ela perguntou se eu não queria dar pra ele. Não falei nada, apenas levantei o banco do carona pra frente pra dar mais espaço, pedi pra ele sentar com as pernas fechadas e sentei no colo dele. Sentir o pau dele bem duro entre minhas pernas era átimo. Daí me soltei mesmo. Passei saliva na minha bunda e encaixei seu pau no meu cú. O pau dele era pequeno e foi entrando devagarinho. Ele passou a me masturbar pois tb gostava de pau. Nunca tinha experimentado nada parecido. Ela notou uma rua que saía da estrada, entrou nela e parou o carro, pois não estava aguentando ficar de fora. Ela deu a volta, abriu a porta de trás onde estávamos e se abaixou pra me chupar. Foi a melhor coisa que já experimentei, ser comido e chupado ao mesmo tempo. Não resisti e gozei. Ele perguntou se eu podia comê-lo. Saímos do carro, encostei na lateral do carro e ele encaixou sua bunda no meu pau. Disse pra ela tocar pra ele. Não demorou e ele tb gozou. Nisso ela me disse que tb queria gozar. Pedi pra ele sentar no banco e pra ela chupá-lo, ficando com a bunda pra cima pra eu comer. Quando ela gozou tivemos a mesma reação. Ajeitamos nossa roupa e disse que deixaríamos ele de volta no mesmo lugar. Ele pediu nosso telefone, mas eu disse pra ele nos dar o dele. Anotamos o telefone, deixamos ele e voltamos pra pousada. Adoramos a experiência e já estamos fazendo planos pra experimentar novamente. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico flagra filhaconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoracontos esquentando a relaçãocontos duas putinhas chorando na varaContos eroticos fagrei mnha esposa fodendo com dois carasprofessor de natação metendo a vara na colegaufa ufa ela senta fode e chupaconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casacorninho esposa picudo frouxo contomeu filho mete o dedo no meu cu e eu gostoSodomizada no incesto contosconto eróticos sadomasoquista meu dono me deixou amaaradao garoto tava de pau duro contos eróticoscontoseroticostesaohomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casaconto bebado virei veadovidios mulheres pelada mais o amigo e diz a ele pra bater ponheta na boca dela e derama galacontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos depois de velha fui arrombadaconto eroticos comendo a irma de perna quebradasubrinho ve tia fazendo sexo araz da portaContos erotico menina de nove anos no bosqueo amigo do meu marido comeu meu cu/contosconto goza sobrinhncontos eróticos putinha na madrugada na ruaTransei com minha prima brincando de esconde escondeconto minha estagiáriacontos eróticos casamentocasa dos contos putinha desde novinhaque cunhadaxanimhacom amigo na praiaconto eroticocontos papai encoxou sem querer na minha bundaPorno sauna com loira e a namorada ciumentacontos eroticos pauzao do papaicontos reais vendo a mae ser curradaconto fui ajudar a vizinha e ela me agradeceu com a bucetacon erot vendo meus amigos estoura esposinhaconto cavala loca por sexowww.fiquei louca quando vi a cueca do meu filho mrlada de gala contocontos eróticos porno primeira vez com a namoradatia dando pro negao contoMulher trepano so com caralhudossoxo com umanoivinhaquero ver contos eroticos tias e sobrinhos dando cucontos o amigo do filho me errabou no tanque lavando roupacontos eroticos gay infanciacomendo o primo e olhando pela janela me apaixonei pelo um bandido conto heroticocontos eroticos chantagiei a o amigo do meu marido para me comecontosdesexo padrasto metendo na enteadacontos eroticos vestido coladocontos gays ordenhando papaiputa goza e grita vou gozar a.como mete toda vaicontos eróticos de lésbicas masoquistasanazinha conto eroticoContos eroticos, meu rabo tesudo e buceta cabeludaMeu irmao toda hora so quer comer meu cuzinhocontos eroticos novinha espiando seus tios transaremContosesfregandocontos de inxesto como o meu marido não me notava então eu fiquei dando mole para o meu irmão para ver o que ia acontecercontos eroticos o velho e o cuzinhocontos eroticos meu amigo veio fazer trabalho e acabo me comemdoconto.eroticos patrao com funcionarios ou ascontos realizei o sonho do corno engravidei de outroConto erotico travesti fodendo a inocentetia tranzando com sobrinho cabassaocasada da bunda maior de todas contosconto erotico irmaos ensinando amaninhafotos de relatos de nora transando com sogro no sul da Bahiacasa dos contos marido pede para esposa por uma sainha bem curta e.provocacontos picantes tarado no onibusContos meu sogro arrombou minha bunda