Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ABELHINHA 1





O conto que irei relatar é verídico, prefiro não revelar minha idade e nem minha aparência mas posso dizer que sou branca e os meus cabelos são castanhos claros. Esta histária aconteceu quando eu estava com 19 anos, sou filha mais velha de quatro irmãos, minha mãe morreu quando eu estava com 9 anos e desde então fiquei sá com meu pai e irmãos, ele trabalhava como ajudante numa chácara e era alcoálatra. As condições econômicas em casa estavam difíceis e meu pai sempre falava que tinha que arrumar um jeito de melhorar as coisas. Então, certo dia meu pai apareceu em casa com um homem, olhou para mim e falou que eu ia morar com ele, que era para ser obediente e sem mais explicações pediu para eu pegar minhas coisas e ir. Apesar do vício meu pai sempre foi um homem honesto e nunca havia me batido ou molestado. Entrei no carro desse homem, ele se chama Roger, é branco, olhos e cabelos pretos, 1,87m, não é gordo nem magro demais e aparentava ter uns 45 anos. Durante o trajeto ele começou a explicar porque eu ia morar com ele. – é melhor vc parar de chorar porque seu pai precisa de dinheiro para cuidar dos seus irmãos então resolvi ajudá-lo comprando vc. Quando ele falou aquilo, senti um certo alívio porque tava ajudando minha família a não passar fome e que eu deveria ser grata.

Apás 5h de viagem chegamos na casa, era murada, com jardim bonito e piscina. Ele mostrou meu quarto, o banheiro e o guarda roupa, mandou eu tomar banho e descer pra sala para conversamos. Falando isso ele saiu do quarto e fiquei pensando na minha casa, estava triste em deixar meus irmãos e meu pai. Depois do banho coloquei uma roupa de dormir que estava em cima da cama, era uma camisola branca e uma calcinha que parecia uma cueca, desci as escadas e fui pra sala. Ele apontou pra uma almofada no chão e pediu para eu sentar.

- Vc terá algumas obrigações nesta casa, irá lavar, passar, cozinhar, arrumar e limpar tudo, como vc irá fazer isso não me interessa, sá quero que tudo esteja em ordem e as refeições prontas nas horas certas. Também terá outra obrigação muito importante, será minha mulher, puta e escrava na cama. E se vc não cumprir tudo direitinho irá apanhar como gente grande. Já transou com alguém?? Respondi que não. Quero atestar isso lá em cima no meu quarto vamos subir...

já no quarto ele mandou que eu tirasse minha roupa e deitasse na cama. Tirei tudo com medo e sem graça.

- deita de barriga pra cima com as pernas abertas! quero atestar que vc seja mesmo virgem! Seu pai falou que era, quero ver!

E abrindo ainda mais minhas pernas, ele olhou minha buceta e perguntou se eu já tinha visto um penis, respondi que via o do meu irmão pequeno quando eu dava banho nele.

Ele tirou o dele pra fora e mandou eu tocar, sentir como era. Com medo toquei e senti a pele deslizando. Ele disse que a partir daquele momento veria o pau dele sempre. Não entendia muito o que significava aquilo tudo mas estava atenta ao que ele falava. Ele mandou eu ficar de joelho e chupar o pau delicadamente, me ensinou a mover a pele do pinto e chupar as bolas do jeito que ele gostava.

- agora que vc aprendeu irá fazer quando eu mandar. Deita aquí no meu colo! mandou eu sentar no colo dele, mostrou uma injeção e um remédio do lado e disse que todo mês iria tomar aquilo pra não engravidar, avisou que se eu me movesse a agulha ia quebrar lá dentro e que seria pior, aplicou a injeção, ardia muito e começei a chorar, ele disse que eu ia ter outros motivos pra chorar e que era melhor eu ir me acostumando.

- agora posso começar a me divertir...Deita aí e abra bem as pernas! Deitei na cama e com as pernas abertas, minha boceta tinha pouco cabelo, quase nada, rosinha e apertadinha era um convite e tanto, ele aproximou o rosto e chupou com vontade, primeiro nos lábios e depois ficou chupando o grelinho, ele cuspiu na boceta e ficou lubrificando, sugava meus peitinhos que eram apenas um montezinho, doloridos e duros, falou que adorava possuir puta bem novinha e que minha boceta era muito pequenininha e por isso ia sofrer mais pra virar mulher. Ele amarrou minhas duas mãos no encosto da cama e ...- tá na hora de vc virar puta... Com o pau duro de tesão anunciou que ia entrar dentro de mim... entao começou a empurrar o cacete na entradinha, forçando, até romper o lacre, atolou tudo e ficou dentro sentindo a grutinha apertada, na hora dei um grito forte, pedindo pra parar, mas tava com medo daquele homem estranho e inconsolavelmente chorava porque sentia ardor, ele começou a bombar devagar, curtindo cada cm da boceta invadida, ele tirou o pau mostrou pra mim afirmando que eu era virgem, passou o pau quase no meu rosto e vi que era sangue, ele penetrou de novo, e senti muito ardor, chorei e reclamei que tava doendo, ele continuou metendo me ignorando, fodia cada vez mas rápido e a cada bombada dizia... – que gostoso! Delícia! é assim mesmo que gosto.!.. - menina com boceta novinha e rabo intacto! - essa boceta é tao apertada que parece que tou comendo um cú... - vc tem potencial pra virar minha escrava sua vadia... - vc tem sorte de ser virgem porque se não fosse ia vendê-la pra um puteiro de beira de rio... - tá gostando de dá pro paizinho aqui?... –responde sua vagabunda ou vou te dar na cara! . Respondi que estava gostando.... – claro que tinha que estar gostando tá levando um ferro de 20 cm no meio das pernas, tem gostar mesmo! toda puta adora... – vou gozar e quero que abra a boca pra eu derramar meu leite nessa boquinha, é pra engolir tudo sem reclamar. Na hora do gozo ele sentou nos meus peitos e colocou o pau dentro da minha boca jorrando o leite, senti repulsa e quase vomitei com o cheiro, ele tapou meu nariz e fui obrigada a engolir tudo. – por hoje é sá...agora vc é uma mulher não precisa mais dessas frescuras de camisolinhas, vai dormir peladinha pra facilitar quando eu quiser usá-la...agora vai dormir... amanha bem cedo quero q tome banho e ponha um vestido sem calcinha, não usará mais calcinha nessa casa, coma alguma coisa e faça meu café da manha e leve no meu quarto, me acorde às 7h com um beijo na boca e se passar da hora vai levar uma boa surra!.

continua...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Meu irmaozinho caçula me te penetrouacordei com a minha enteada Camila com a b******** bem molhadaa primeira vez que comi meu amigominha cunhadinha virgemsou mega bunduda.contos eroticosbucetinha inchada de minha esposa orgia contoLambuzada de mel pro cachorro lambercontos eroticos de irmans cavalomascontos eroticos crossdressercontos erotico viajando com paiai que lambida contoscontos cu apertado da obesafiquei de 4 e ele montou socando xingandoRejane gosando na siriricaconto erotico meu cunhado fez meu cu sair sangueconto eróticos na sapatariaconto erótico ela sento piga grossa e gozou nelameu bundao ta seduzindo meu filho contosswing porno mulheres vao sem calcinhaconto erotico marido convida amigo pra casa e nao tira olho das calcinha da esposa do varalmenina sapeca danada enganou todos contos eroticosПРОДАМ-БАЗУ-САЙТА-okinawa-ufa.rucontos eroticos incesto pai e filha fistingcache:TjHC3uy6Jc0J:idlestates.ru/conto_5450_comi-xota-e-cu-da-maninha-e-o-cu-do-irmaozinho.html conto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitameu padrasto tirou minha calcinha e comeu meu cuzinhominha filha viciada em porra caninafilme porno com gay aguentado dois punho no cu de uma vez mais grinta de dorComtos namorada fodida para pagar dividas do namoradogorda sobe a saia e transa na ruacontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangtenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticosbrincando com maninho acabou em sexocontos casada bunda com celulite fotos velhacontos eroticos filhocontos eróticos de un gordo virgemconto minha esposa só da se o cara for pauzudoXvideo nao sabia que aguentaria aquele monstro no meu cuzinho vou contar como foinamorada virgem.contoContos eroticos primeira vez no puteiromilhares de contos eroticos pai maehistoriasexcitantes dei pro chefe do meu namorado vizinha conto realcontos eroticos seduzi meu cunhado e tomei sua porracontos eroticos envergonhadoeu tinha 13 mas comeram meu cu muitas vezesconto de cabeleiro comendo o cu do novinho sem penacontos eroticos amarradasContos eroticos minha tia anda so de calcinhaconto erotico gay motoqueiro marrenticontos eróticos de sobrinhas com tiaschat para tc com mulherescasadaswww.ver contos eroticos de mulheres de 29 anos tranzando com os seus vizinhos de 18 anos.comcabacinho rasgadinhomete essa picona do cu do meu maridinhoContos eróticos gay meu amigo da bumda grande sempre deu o cuContos eroticos noviça virgemorgia com velhas contos eróticoscontos de professor e alunavelhos gay contoscontos eroticos doente mentalcontos eroticos exibindo minha esposa no banhoContos eroticos minha esposa e a estagiariacontos de incestos e surubas ferias entre irmas fazendadsconto de cunhada depilando o cu para levar varacastigo boquete contosmeu irmao tirou minha virgindadesomente a esposa bebada na lancha contof****** irmã mora nos peitos das gostosasteen recem casada contoscasadas que postam fotos de itanhaemconto gay o negao comeu meu cusoofilia.quando meu marido viagouchantageada e humilhada pela empregada negraconto erotico de casada cim tesao em pau grandeContos eroticos de meninas estupradas.conto gay metemos.o dia todocontos eroticos primo da esposagoza nuoutro egravidaconto erotico praia em familiaconto gay tirei o atraso do meu primovidio porno fudendo na cademia muilher casada fudida ocontos genro me comeuDei a buceta e o cu,para um roludo e chorrei muito conto eroticosou viciada em chupar piroca contosdei a buceta pro meu sobrinho contos eroticoscontos eroticos real novinhacontos. eroticoscomi milha mulher com negaoDei calmante para a mulher gorda dormi e meti tudo contocontos eróticos esperava o meus dormir eia na cama do papaicontos eróticos surpresa sou uma boneca