Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

Q DELICIA DE PEITOES

ESPORREI NOS PEITõES DE TATIANY







Vou contar uma experiência vivida no último fim de semana. Pela primeira vez

nos meus 23 anos de vida, consegui transar com uma mulher que conhecera no

práprio meu trabalho. Seu nome é Tatiany. morena, 19 anos, cabelos medios,

rostinho lindo e muito, muito gostosa. O que mais chama a atenção nela são

os peitões: grandes e bem durinhos.Eu e Tatiany estavamos em uma festa na

casa de uma amiga (eliete), em Jacarepaguá. Como já conhecia e tinha falado

com a maior parte dos convidados, estava deslocado. Quando já pensava em ir

embora, percebi a presença daquela gracinha, ela acabara de chegar (chegou

tarde pq estva ajudando sua mãe em casa). Puxei papo e ficamos conversando

animadamente por mais ou menos duas horas. Papo vai, papo vem trocamos um

beijo. Por sinal, bem gostoso... Ela simplesmente sugava minha língua, meus

lábios, minha orelha.... Lá pelas 16h, decidimos ir embora e dei uma carona

para Tati que por sorte mora num bairro visinho ao meu (neste dia por sorte

fui de carro). No meio do caminho, ela me surpreendeu: "Não acredito que já

vamos para casa", disse, com um sorriso mais do que sacana nos lábios.

Respondi com um risinho e, sem dizer nada, segui para a Estrada dos

Bandeirantes. Em frente ao motel Mirante, parei o carro e perguntei:

"Vamos?" Ela consentiu com a cabeça e entramos. Lá dentro, começou uma das

aventuras mais excitantes da minha vida. Ela simplesmente pulou em cima de

mim e voltou a chupar, desordenadamente, meu pescoço, minha boca, minha

orelha, meu ombro, meu peito... Fiquei louco e disse para ela que o que mais

me chamou a atenção nela havia sido os peitos. Nesse momento, ela parou e

começou a tirar a blusa, sorrindo e dançando, como quem faz um striptease.

Depois que ela tirou o sutiã, pude ver aquelas delícias. O mamilo rosinha

parecia ser um imã atraindo minha boca. Avancei em cima dela e fiquei uns 20

minutos sá chupando aquelas tetas maravilhosas. Passeei com minha língua

pelo pescoço, ombro, pescoço, orelha, nuca, costas e fui descendo com a

língua, contornando a espinha... Ao chegar na calça jeans, comecei a puxá-la

(como estava apertada!). Quando consegui, apareceu em minha frente uma

calcinha branquinha maravilhosa e minúscula! Puxei ela pro lado e vi uma

bucetinha ma-ra-vi-lho-sa!!!! Pentelhinhos bem aparados e lábios rosinhas

que saltavam para fora. E o melhor é que aquela maravilha estava enxarcada,

uma delícia... Na hora, enfiei minha língua e ali fiquei chupando aquela

xoxota cheirosa e melada por quase uma hora. Ela gozou duas vezes, sempre

rebolando no meu rosto e gritando muito alto. Gemia que nem uma puta: "Chupa

esta buceta, me faz gozar, enfia a língua, enfia..." Depois de gozar a

segunda vez, ela levantou e disse: "Agora é a minha vez". Encostei na cama e

ela, de quatro, veio em minha direção, engatinhando. Desabotoou minha calça,

puxou-a e encontrou meu pau absolutamente duro, já saindo da cueca. Ela

sorriu, abaixou a cueca e segurou forte minha pica. No que ela encostou, uma

gotinha escorreu pela cabeça, que a estas alturas já tava roxa de tão dura.

"Nossa!!! Isso tudo é tesão???? Quer sentir a minha língua no teu caralho",

perguntava, para minha surpresa sem qualquer constrangimento. De repente ela

engoliu e começou um boquete alucinado. Sugava a cabeça e punhetava o resto

do pau. Pelo espelho, via sua xota (ela continuava de quatro) arrganhada! Vi

que não ia aguentar por muito tempo e a avisei disso. Na hora, ela parou e

pediu: "Esporra nos meus seios, vai, por favor..." O pedido foi uma ordem:

deitei-a na cama e subi por cima dela, encaixando meu cacete entre suas

tetas. Comecei a me movimentar e ela gritava, enquanto inclinava a cabeça

para ver meu pau roçando em seus peitos: "Me come forte". O gozo veio

rápido, forte e intenso. Foram umas sete ou oito golfadas de porra naqueles

peitões deliciosos. Quando acabei, vi que havia uma poça de esperma em seu

pescoço. E ela ria.... Depois de um banho e de relaxarmos na cama, ela

disse: "Agora vc vai me comer, quero gozar nesta pica..." A maneira natural

como ela falava estas sacanagens continuava me excitando. Sorri e voltei a

beijá-la,ESPORREI NOS PEITõES DE TATIANY (2ª parte)



Ainda estava com as pernas bambas devido ao gozo intenso que tinha acabado

de ter, quando ela pegou em minha mão e me puxou para o banheiro então me

fez tirar o q restava de minha roupa e sentar no vazo então ela rapidamente

baixou a calcinha e abrindo seus labios vaginais me mostrou seu grelo já

saliente então veio pra cima de mim e sentou em meu cacete ele entrou todo

de uma sá vez então ela seguro minha cabeça apertando contra seus seios e

começou a se mexer e dizer tá sentindo Claudson, minha buceta tá comendo sua

pica olha como sua pica entra gostoso eu sentia uma sensação gostosa estava

quente e molhada tinha horas que sentia minha pica sendo apertado estava

muito gostoso.Quando ela percebeu q eu estava no ápice do prazer porém sem

pedir arrego ela parou e disse: -Hoje vou te ensinar a comer uma buceta

então fomos para o quarto ela tirou a blusa q so estava abotoada nos dois

ultimos botões e na altura da barriga, e depois veio sá de calcinha pediu

que eu olhasse enquanto ela tirava sua calcinha veio pra cima de mim e

começou a chupar meu cacete nunca senti aquilo antes era muito bom saboreava

meu pau chupava como se fosse geladinho então depois de uns dois minutos

parou de chupar dizendo que não queria que eu gozasse agora então me pediu

que eu a chupasse fiquei meu nervoso em ver aquela xoxota grande rosa

lisa(raspada) e cheirosa então ela falou não tenha medo ela não vai te

morder chupa ela pra vc vê como é gostoso . então comecei a chupar e a

lamber ela foi me ensinando e dizendo o que fazer foi ai que derepente ela

começou a se contorcer e dizer que estava gozando então eu vi escorrer de

dentro dela um leitinho claro enquanto sua buceta piscava ela ficou doida se

levantou pegou meu caralho colocou em sua vagina e ficou gritando mete mete

mete Claudson eu não aguento mais hum tá gostoso mete vai seu puto come sua

taty, eu fui metento até que sentir meus ovos quase estourar e sair de cima

dela vi meu leite um puco mais forte que o dela escorrer de dentro dela ela

ainda doida segurou meu pau e começou a mamar doía muito mais logo ele ficou

duro de novo.então ela falou assim mete ele dentro de meu cu pra vc vê como

é gostoso então ela ficou de quatro.

Aquilo foi o ápice do tesão pra mim, no momento eu estava olhando bem de

frente aquele manjar dos deuses, aquela delicia, aquela maravilha, aquele cu

gostoso todo arreganhado e de quatro pra mim. Então ela disse: -eu sei q vc

adora meu cu, então vou deixar vc fazer o q quiser com ele. Quando eu ouvi

aquilo, meu pau reagiu instantaneamente. Eu quase nao acreditava no q tinha

ouvido, e mais q automaticamente eu ajoelhei eu comecei a lamber seu cu,

aquela coisa divina. Ela percebeu q ainda queria lamber mais seu cu, e se

deitou no chão e pegou minha cabeça e esfregou no seu cu. Então estava eu,

com a cara colada na bunda mais gostosa q eu já vi. Não perdi tempo comecei

a lamber e cu, dar mordidinhas na bunda, por cima daquela calça jeans mesmo.

Fiquei fazendo isso um bom tempo ate q ela levanto se um pouco e abriu seu

zíper e se deitou de novo. Então eu fui tirando a calça dela pouco a pouco e

fui vendo como uma bunda pode ser gostosa. Enquanto eu tirava, eu ia

lambendo pouco a pouco, ate q tirei tudo e vi q ela estava com uma calcinha

fio dental muito pequena enfiada toda no cu. Quando vi isso, comecei a

lamber a bunda e o cu por cima do fio dental, com tanta voracidade, como se

eu tivesse faminto de sexo. Isso a deixou muito excitada, fazendo com q ela

empinasse e rebolasse a bunda, enquanto eu lambia. Isso tb me deixou mais

excitado ainda, então lambi mais um pouco, e não aguentei: finalmente tirei

sua calcinha fio dental. Naquele momento me deparei com o cu mais delicioso

q eu já vi. Comecei a lamber com mais voracidade ainda, parecendo um animal,

enquanto ela continuava a empinar e rebolar a bunda. Nás dois estávamos no

ápice do tesão, já. Então decidir dar uma pausa. Mas ela não eu trégua e

falou:-vc sá vai parar depois q comer meu cu todinho. E é lágico q eu não

recusei a oferta:

E ela e guiou meu pau ele ia entrando e ela dizia fica olhando como ele

estoura minhas pregas esta vendo como entra gostoso Claudson então segurei

sua bunda gostosa e meti fundo era muito apertado mais aos poucos foi

sedendo eu não aguentava mais ficar assim então ela saiu se sentou em mim

enterrou meu pau em sua bunda e começou a mexer e rebolar igual a carla

perez foi demais depois se levantou e abriu suas pernas e falou vem Claudson

mete e me faz gozar então enterrei em sua buceta ela gemia e me apertava com

suas pernas, então virei o jogo e logo virei de novo pra cima dela e comecei

a esfregar a cabecinha do meu pau no cu dela, q já estava bem preparado pra

uma bela enrabada. Então resolvi enfiar tudo de uma vez, isso fez ela gritar

de tesão e percebi q ela tinha gozado. Aquilo sá me deixou mais excitado

ainda, e comecei a fuder o cu dela pra valer mesmo. Eu fiquei comendo o cu

dela pelo menos uma hora, sem parar. Eu devo ter gozado umas 2 vezes no cu

dela enquanto eu a comia. Então depois de ficar uma hora comendo o cu dela,

e ja quase sem forças nas pernas coloquei-a sentada em meu pau q a esta hora

ja latejava, ela então começou a cavalgar como uma égua no cio, ela subindo

e descendo no meu pau e eu mordiscando aqueles seios maravilhosos, quase não

tinha forças para gozar novamente mas a cara de puta safada q tava gostando

de ser fudida (e muito bem fudida diga-se de passagem) me deu um tesão extra

q quando senti que ela gozou e caiu quase desfalecida por cima de mim fez-me

jorrar dentro dela mesmo as ultimas gotas de porra que ainda tinha em meu

corpo. nos beijamos e ficamos ali mesmo engalfinhados e exaustos mas depois

continuamos, mas isso fica para um outro conto. beijos taty.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico fui no banheiro da estrada mijar e me assustei com o tamanho do pauzao do negaofoi da aboceta vije e a romboConto gay sendo a femea do titioContos eroticos dando cu pro filhominha filhinha 11aninhos com calcinha atolada contosMaduras babando na rola dos novinhos contoseroticosContos eroticos o marido gostoso da primacontos eroticos meu amante adora me agredirconto erotico vadia puta bucetacontos cunhadas gostosascunhadinha gordinha novinha naum aguentou e mi deu xvideosComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)contos eroticos minha mulher gosta de apertar minhas bolasSentir tezao por tênis feminino e normalcontos eróticos no cu com cachorroContoseroticosnafazendacontos meu pai me arrastava pro matocontos eroticos de incesto: viajando com a mamae popozudachupei varios corno contoconto dpContos eróticos mãe com os negrões e papai vendoDei meu cu pro meu tio pra ele se alegrarcontos eroticos meu alunocontos reais vendo a mae ser curradapagode porno grelo gosadocontos eroticos sou casada sobrinho prediletocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosconto goza sobrinhncontos de corno os pedreiros bemdotados rasgaro a buceta da mia mulhe gostosacontos erótico de casada bi certinhacontos eroticos bolas cheias de leitecontos eróticos troca de casalconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de contos sem querer me apaixoneihttps://googleweblight.com/?lite_url=https://idlestates.ru/conto_26340_estupro-da-madame-pelo-seu-funcionario.html&ei=E_WimWma&lc=pt-BR&s=1&m=800&host=www.google.com.br&ts=1494280466&sig=AJsQQ1DZ_YRUE-wcRdaFd_Iqz-LQ-hyz5Aporn linda sobrinha porreiestrupei o gay contos eroticosEdna A tia da minha esposa contos eroticoshttp://okinawa-ufa.ru/conto_24058_eu-e-minha-madrinha.htmlcontoseroticomenininhacontos eroticos droguei minha priminha ninfeta e comiesposinha submissa apanhando na bundaContos domesticas casadas enrabada pela patroa com vibradormulher casada e evangelica dando o cu,contos sexraspada para surpresa do marido contosfrutaporno adoro bater punheta na calcinha da mamaecontos eroticos novinha coroa ricoconto viúva fogosacontos eroticos de gay rabuda sendo arrombadofestinha no.ap contos gayfamília naturista contoswww.contoseroticoscabacocontos eróticos na rua de vitória escontos eroticos casal dpois da chuvaconto piao gostoso. no cavaloarmando pra come a sogra contoconto erotico doce bruninha novinha no colosobre lamber e chupar a vaginacontos eroticoscontoseroticosesposapraiacontos eróticos irmazinhaMalandras e boasudas incestos contoscomtoscasadas dotadao .comContos eroricos esturpo seios mordidaswww condos erotiscos garotas mastubandocontos er senta devagarcontos erotico mangueira na bucetaconto erotico sogromulher casada e evangelica dando o cu,contos sexcontos virei mulhercondos erodicosdei minha bucetao mestruada e ingravidei contoscontos de homem com penis grosso que comeu sem camisinha a sogra conto gay bebado fiz troca trocasegurou a filha para tirar cabaçoquero tua jeba rasgando meu cudei meu cuzinho muito cerdo contos eróticosconto tirei do cu e comi a bucetameu sobrinho gordinho e gay tetudofrancisca coroa ruiva contos eroticosconto erótico mulheres hermafroditasContos minha doce sobrinha melcontos erotico meu paiso puta e dei gostoso a xana contos eroticosbeijador e pegador na buta gotosa