Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O ASSALTANTE

Olá! Meu nome é Susan e tenho 23 anos. Sou morena clara, tenho o cabelo preto até a cintura, olhos castanhos, e modéstia a parte sou bem gostosa e atraente!

Eu moro sozinha numa casa de alugel, a casa não é muito grande, mais é aconchegante.



Certo dia quando cheguei do trabalho por volta das 7:30 fui tomar o meu banho, como sempre faço. Quando sai do banho, de roupão, e fui para o meu quarto para me trocar eu tive uma surpresa, havia um homen lá mechendo na minha comôda com voracidade, logo percebi que era um bandido, e que tinha entrado enquanto eu estava no banho. Ele era alto, um pouco forte, não exageradamente, razoável, tinha os olhos claros, cabelo castanho na altura do pescoço e penteado para trás, e com algumas tatuagens no braço. Na hora senti medo, mas tenho que confessar que ele era bem atraente. Na hora que ele me viu ele levou um pequeno susto, mas ao perceber que eu era apenas uma moça indefesa e assustada ele já mudou sua expressão, ele me olhou com uma cara de safado e disse:

- Nossa! Que delícia!

E eu com medo disse apenas:

- Por favor! não me machuque.

- Calma gata! Eu não vou te machucar, pelo contrário, eu tenho certeza que você vai adorar...

Então ele começou a vir na minha direção, ele me agarrou por trás e eu senti aquele volume em suas calças roçando na minha bunda, aì colocou a mão dentro do meu roupão, começou a acariciar meu seio, e disse:

- Você é muito gostosa!

Eu fiquei sem saber o que fazer, mas a verdade é que eu estava gostando.

Depois ele me jogou na cama, ficou de pé na frente dela, abaixou sua calça e sua cueca e colocou aquela pica pra fora. Nossa! Era enorme e grossa, uma delicia!

Então ele disse:

- Agora chupa meu pau, bem gostoso!

Eu estava morrendo de vontade de cair de boca naquela pica, mas não queria dar o braço a torcer né! Por tanto me recusei, aì ele me segurou pelo cabelo e disse:

- Vai sua cachorra, chupa!

Então eu começei a chupar enquanto sentia aquele cheiro de delicioso de pica que eu não sentia a muito tempo, e ele dizia coisas do tipo “ Isso gostosa! Chupa bem gostoso, assim...”, então eu chupava, lambia, fazia tudo com muito gosto, até ele dizer:

- Isso! Eu vou gozar. Engole tudo essa porra, vai...

Nossa! Quanta porra, eu quase engasguei!

Depois ele me deitou na cama, abriu meu roupão e começo a chupar os meus peitos com gosto, aì foi descendo lambendo minha barriga até chegar na minha buceta, eu quase morri de tesão, ele lambia muito gostoso! Depois com a minha xana já molhadinha, ele começou a acariciar e enfiar o seu dedo fazendo uns movimentos deliciosos enquanto perguntava:

- Tá gostoso?

Eu fiquei quieta, não queria que ele percebesse que eu estava adorando aquela histária toda, e então ele enfiou mais forte e perguntou:

- Vai cachorra, responde! Confessa que você tá adorando.

Aì eu não aguentei e respondi:

- Tô! Tá uma delicia!

- Agora você quer que eu enfie meu pau nessa buceta deliciosa?

- Isso enfia, vai enfia...

Então ele segurou minhas pernas pra cima e enfiou com força aquele pau na minha xana. Foi átimo! Ele bombava aquela tora em mim com força, mais devegar, a cabeçinha, tudinho até roçar as bolas, de todas as maneirar, enquanto dizia todas aquelas palavras vulgares e excitantes pra mim. Estava tão bom aquele clima de medo, insegurança, prazer... que eu não aguentei por muito tempo e gozei bem gostoso naquele pau.

Depois disso ele me colocou de quatro, abriu bem as minhas pernas e começou a me chupar por trás. Chupava minha buceta e meu cú aleatáriamente, era uma sensação maravilhosa, nunca ninguém tinha feito isso em mim antes, era demais! Quando eu já estava quase no auge do prazer novamente ele veio e enfiou aquela pica no meu cú. Imagina aquela pica enorme arrombando meu cuzinho virgem. Na hora doeu muito, mas aì ele começou a meter muito gostoso enquanto enfiava o dedo deliciosamente na minha xana, era uma delicia!

Quando já estavamos quase gozando, ele continuou com o dedo na minha buceta, tirou seu pau e gozou em cima da minha bunda, e eu gozei junto com ele ao sentir aquela porra quentinha em cima de mim!

Depois desse dia ele continuou a me fazer essa “visitinhas inesperadas”. E deste então a gente continua fodendo gostoso e gozando gostoso em segredo e sem nenhum compromisso, mas com muuuito prazer...



Antes que vocês leitores resolvam criticar a minha histária, vou logo avisando que é uma histária ficticia e com personagens ficticios que eu mesma criei!



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos exibindo para o vizinhoouvido no quarto a irmã transandocontos herodico de vadia sendo arromba por um cachorromeninas deixando gozar nos seus chinelinhos havaianasHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestiswww.flogdesexo.compauloelizabethlencol conto heteroescravizando minha funcionaria conto eroticoContos de novinho chupando kct de caminhoneirocomi minha comadre drogada contolanny_contosvidiomuher com camizowww.acordada por papai videos incestocontos eroticos de negros na praia de nudismocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Contos eroticos submissa do amigo do paiXvidio madrinhaContos de estupro na praiacontos eroticos de manha dava pro meu sogro e a noite pro meu maridoContos gay novinho que foi rasgado por varios homenscachorro pinche lambe buceta e festacontos realizei o sonho do corno engravidei de outrochupeicontosGozei dentro da xereca peluda da minha vizinha coroa enxutacontos eroticos mulheres casadas cometendo insestocpntos erotocps nupciascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos de coroa com novinhoconto gay ajudei amigossubi a saia da e comi minha empregada vadiacontos muito grosso e grande sofricontos bdsm erposas escrava submissaContos eroticos te amo mana contos eroticos comi minha esposa minha cunhada e minha sogra ao mesmo tempoComtos casadas fodidas pelo patraomulher chupa o peito da outra ate ela gemerpediu pra ver a buçeta da aniginhaninfeta conto eroticocontos eroticos de transando com a cunhada casada com o consentimento do seu maridoela gritou dizendo q seu cu tava doendo contosminha sogra submissa contocontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindocontos eroticos a mae do meu amigocorno chupa caralho contoscontos vacilei e engravidei do meu filhoperdi minha mulher no jogo contos eroticoscontos eroticos incesto pai e filha fistingconto faco o que quiser corno perdoaconto chupei a coroaconto erótico pagando a carona com a bucetaconto erotico estuprada de mini saiacontos eroticos minha filha de fio dentalcontos dormi de fio dental e me ferreiesposa bebada na fudelancia na ilha contocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos meu marido adora me ver sendo chupada por outra mulhereu mae e filha contos de sexocontos eróticos primeira vez q peguei na buceta da minha namorada cunhado comendo cunhado cumendo cunhada até ela peidarmeu tio velho ajudou eu e minha prima perder o cabaçocontos eróticos gay - jogadores fudedoresfilhos vendo a mae transar com outos homenscontos eroticoscontos eroticos gays dei pro porteirode calcinhanossa minha mae bu comer xvcontos dei o cu e saiu merdaConto comi minha mae no celeiromulher deixa cachorro lambelao subrinho do meu marido falo q queria comer uma buceta peludinhaGozei no pau do meu irmão dormindo contosa pica do meu filho é enorme dei gostoso ate o pai dele deu virou viadao corno contorelatos eroticos reais cornos impotentesler contos eroticos de casais fudendo dentro de cinemas com outros homenscontos eroticos tia feiamenina abrindo a buceta saindo gosoconto vendo cunhada casada peladinhacontos eróticos repentinoEliana experimentando calcinha fio-dentalContos erotico menina de nove anos no bosquegostosas de saiascurtinhas de perna pra cimapernas grossas dosexoContos Eróticos De Coroa Vizinha do Ladoaravando as pregas do cu virgem fa espozasai do nordeste e virei puta pra dar o troco no meu maridotravesti.coza.com os.dedos no seu cuconto gay pm com pmcontos de insesto fatos.comreaisjornalistas rabudas contos