Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TESTE NAS TERMAS 2

Essa é a continuação do Meu teste nas Termas (6020). Eu e a Paula, combinnamos de irmos para a Termas no dias seguinte (quinta-feira), depois da aula do colégio. Fomos pro colégio, e como demorava a passar o tempo. Eu tava com uma lingerie assim: calcinha branca de rendinha, sá com uma tirinha atrás e sutiã meia taça com os bicoa quase de fora. Lembro que a lingerie assim era exigência da casa. Por cima, estava com a roupa normnal do colégio. Encontrei a Paula, e perguntei se ela também já estava preparada. Ela me levou pro banheiro, e me mostrou sua lingerie: Calcinha tb fio dental e sutiã lindo, todos pretos, o que ficou lindo nela, já que ela é loira. As duas já estávamos excitadas com a idéia.

Acabando a aula. fomo para a termas. Entramos e fomos conduzidas a um vestiário, onde alguymas meninas trocavam de roupa, outras se depilavam. Tiramos nossa roupa ficando sá com a lingerie. Calçamos os saltos altos que tinhámos levado na mochila. Todas alí estavam mais ou menos como nás. Entramos no salão. Havia já muitos rapazes todos de roupão (não imaginava que eles ficassem assim) e andamos, desfilando. O salto alto deixava nossa bundinha mais empinada do que já é. Fomos convidadasa sentar com alguns rapazes numa mesa. Conversávamos amenidades eles elgiavam nosso corpo. Um deles ficou do meu lado e começou a alisar minhas pernas. Sentia o olhar faminto dele. pegou minha mão e trouxe para perto do pau dele. Colocou por baixo do roupão. Acariciei, era um pau de tamanho generoso e grosso. Assim que o apertei, ele cresceu na minha mão. Fiquei ali punhetando o cara por baixo da mesa. Olhei para a Paula ela tava no meio de dois. Percbi claramante que um deles já bolinava sua xotinha. O que estava comigo disse que queria ir para um quarto comigo. Providenciei na casa e o levei ao quarto. chegando lá. o cara tirou o roupão e vi aquele mastro lindo na minha frente. Cai de boca ajoelhada. Chupava com vontade engolindo ele todo deixabdo-o bem bnabado, até que ele gozou no meu rosto. Confesso que não esperava e até me assutei com tanto jato. Minha lingerie foi arrancada na hora e o cara caiu de boca nos meus seios, eu deitada na cama. om Cara se esfregava em mim e senti seu pau duro de novo. Ele me virou de costas, me botando de 4. eu empinei bem a bundinha e fui sentindoi aquele pau gostoso escorrer para dentro de mim. Ele bombava forte e sentia seu saco batendo na minha bunda. Eu comecei a gemer alto e ele disse: Isso cadela geme, geme como uma putinha. Ele me puxava pelos cabelos e apertava meus seios. Tive um orgasmo. Ele como o dedo começou a meu rabinho. Aquilo me deixou nervosa, apesar do tesão. Era virgem ali atrás. Ele pergiuntou se podia meter ali. Eu disse que preferia que não e ele entendeu, me virando de frente, me deixando na poisição de frango assado. Minhas pernas arreganhadas e ele metendo fundo e apertando meus seios. Eu tava encharcada, mas mesmo assim entrava apertado. Ele tirou e gozou nos meus seios. Antes de sair, ainda pageui um boquete para ele. Ele me disse: Você não parece puta, tem um rosto angelical. Se bem que as putas daqui são lindas também, mas você me parece mais ingênua e bem nova também. Acabei confessando o que eu e a Paula estávamos fazendo. Ele adorou e prometeu voltar outras vezes. Sá disse que puta completa é que é puta. Não entendi bem o que ele quis dizer. Saímos A Paula não tinha aparecido ainda. Passado quase uma hora, um cara chegou do meu lado dizendio que era linda e tal e já foi me amasando. Tava entrando no clima, quando surge a Paula, com uma cara de cansaço que sá vendo. Ele perguntou se podíamos ir embora, que ela tava cansada. Ela me confidenciou que foi para o quarto com dois caras. Ela deu para os dois juntos. Me disse que adorou que se sentiu bem puta mesmo. Que enquanto um comia e chupava o outro. Ela disse que fez anal com eles e por fim ainda fizeram uma dupla penetração nela. Perguntei como ela aguentava. Ele disse: Tesão, tesão resolve tudo. Eloa disse que tava exausta, e que não aguemntaria outra naquele dia. Fomos embora e comentei comm ela sobre eu não fazer anal. Ela disse que precisábvamos corrigir isso, e que eu adoraria. Ele virou e me disse: Puta, tem que ser completa. Aí eu entendi o que o cara havia me dito. fomos embora e nem pegamos o dihheiro, já que não estávamos alí por isso mesmo. No práximo, conto como me iniciei no anal e ainda uma dewspedidad de solteiros que fizemos. Um beijo a todos e todas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico chefe do meu marido me bolino por de baixo da mezagozando vendo a tia lavando roupaenteada v******** com marquinha de biquíni doidinha para dar o c* para o paiconto erotico surra de bundaContos deliciosos tomar no cugozando pela primeira vez conto gaycontos eroticos, comendo a filhacontos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraoxvideos suspreendendo o filhoconto sentei no colo do lekeconto carona com caminhoneiro minha bucetaContos eróticos.com/Enrabei a Floracontos crossdresser o velho me comeu no matinhoConto erotico minha mae coroa virou a minha cadelinha.combrincando de pique contos eróticosconto erotico gay cuzinho cagando piscando matocontos eróticos gay Proibidos - Desde Cedo no meu maninhocontos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigasCONTOSPORNO.sapecaOlá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contohistoria porno de meninas com seu irmao tarado nocampcontos eróticos namorada tirou a roupacontos eroticos de prima chupando sacoconto gay bebado fiz troca trocaconto eroticos com a namorada e minha irma acampandominha mãe irmã na fazenda ,conto eróticofoi vizita o cunhado e comeu a mulher do cumhadocontos eróticos eu minha irmã fizemos sexo com faxineiro do condomínio.Contos eriticos putinha do meu cunhado bem dotado parte4aprendi dar o cu com meu genro contoscontos cu docediretor me comeu contossou loira baixinha paguei de puta no samba contos eroticosconto sentei no colo do lekefodacommeucunhadoPapai enfiou o dedo na minha buc*** e gostei!contos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosviajei e transei no onibus marido corno assumidocontos eroticos dei o cu dentro do onibuscontos sogra e nora lésbicas fazendo tesouraChaves com tesão de ChiquinhaSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininocontos eroticos de sogro no dia chuvosomeu genro me comeu contoso pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contocontos eroticos minha esposa sonhava em dar pra um cavalo e ela conceguiuFilmei minha chupando estranhos na porta do carrocontos eroticos aluno da auto escolagostosa gordinhas tirando cabeçaeu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delaContos quero goza muito na minha filha quando ela nasceminha mae me fez gozar contosConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiracontos eroticos moleque e esposacontos eroticos lesbicos mulatas casadas birelato rasgou o c* de tanto levar rolaconto gay caseiro patrao carlostia peruca gosta de chupar pau e a buceta sai muita gozafala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristao travesti apertou os meus mamilos e me comeucontos eroticos de madrinhasfudendo a sogra conto ingenuacontos eroticos fudendo a mae travestiContos porno minha namorada mi engañovoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos brincando escondido infanciaContos eroticos novinha desmaia de tanto gosahomen em purra seus ovos no cu de brunaduas irmas com peitinhos crescendo e o irmao chupandocontos gays com gémeoscontos eroticos vizinha de camizola curtinhameu subrinho enfiou o dedo no meu cu conto