Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TESTE NAS TERMAS 2

Essa é a continuação do Meu teste nas Termas (6020). Eu e a Paula, combinnamos de irmos para a Termas no dias seguinte (quinta-feira), depois da aula do colégio. Fomos pro colégio, e como demorava a passar o tempo. Eu tava com uma lingerie assim: calcinha branca de rendinha, sá com uma tirinha atrás e sutiã meia taça com os bicoa quase de fora. Lembro que a lingerie assim era exigência da casa. Por cima, estava com a roupa normnal do colégio. Encontrei a Paula, e perguntei se ela também já estava preparada. Ela me levou pro banheiro, e me mostrou sua lingerie: Calcinha tb fio dental e sutiã lindo, todos pretos, o que ficou lindo nela, já que ela é loira. As duas já estávamos excitadas com a idéia.

Acabando a aula. fomo para a termas. Entramos e fomos conduzidas a um vestiário, onde alguymas meninas trocavam de roupa, outras se depilavam. Tiramos nossa roupa ficando sá com a lingerie. Calçamos os saltos altos que tinhámos levado na mochila. Todas alí estavam mais ou menos como nás. Entramos no salão. Havia já muitos rapazes todos de roupão (não imaginava que eles ficassem assim) e andamos, desfilando. O salto alto deixava nossa bundinha mais empinada do que já é. Fomos convidadasa sentar com alguns rapazes numa mesa. Conversávamos amenidades eles elgiavam nosso corpo. Um deles ficou do meu lado e começou a alisar minhas pernas. Sentia o olhar faminto dele. pegou minha mão e trouxe para perto do pau dele. Colocou por baixo do roupão. Acariciei, era um pau de tamanho generoso e grosso. Assim que o apertei, ele cresceu na minha mão. Fiquei ali punhetando o cara por baixo da mesa. Olhei para a Paula ela tava no meio de dois. Percbi claramante que um deles já bolinava sua xotinha. O que estava comigo disse que queria ir para um quarto comigo. Providenciei na casa e o levei ao quarto. chegando lá. o cara tirou o roupão e vi aquele mastro lindo na minha frente. Cai de boca ajoelhada. Chupava com vontade engolindo ele todo deixabdo-o bem bnabado, até que ele gozou no meu rosto. Confesso que não esperava e até me assutei com tanto jato. Minha lingerie foi arrancada na hora e o cara caiu de boca nos meus seios, eu deitada na cama. om Cara se esfregava em mim e senti seu pau duro de novo. Ele me virou de costas, me botando de 4. eu empinei bem a bundinha e fui sentindoi aquele pau gostoso escorrer para dentro de mim. Ele bombava forte e sentia seu saco batendo na minha bunda. Eu comecei a gemer alto e ele disse: Isso cadela geme, geme como uma putinha. Ele me puxava pelos cabelos e apertava meus seios. Tive um orgasmo. Ele como o dedo começou a meu rabinho. Aquilo me deixou nervosa, apesar do tesão. Era virgem ali atrás. Ele pergiuntou se podia meter ali. Eu disse que preferia que não e ele entendeu, me virando de frente, me deixando na poisição de frango assado. Minhas pernas arreganhadas e ele metendo fundo e apertando meus seios. Eu tava encharcada, mas mesmo assim entrava apertado. Ele tirou e gozou nos meus seios. Antes de sair, ainda pageui um boquete para ele. Ele me disse: Você não parece puta, tem um rosto angelical. Se bem que as putas daqui são lindas também, mas você me parece mais ingênua e bem nova também. Acabei confessando o que eu e a Paula estávamos fazendo. Ele adorou e prometeu voltar outras vezes. Sá disse que puta completa é que é puta. Não entendi bem o que ele quis dizer. Saímos A Paula não tinha aparecido ainda. Passado quase uma hora, um cara chegou do meu lado dizendio que era linda e tal e já foi me amasando. Tava entrando no clima, quando surge a Paula, com uma cara de cansaço que sá vendo. Ele perguntou se podíamos ir embora, que ela tava cansada. Ela me confidenciou que foi para o quarto com dois caras. Ela deu para os dois juntos. Me disse que adorou que se sentiu bem puta mesmo. Que enquanto um comia e chupava o outro. Ela disse que fez anal com eles e por fim ainda fizeram uma dupla penetração nela. Perguntei como ela aguentava. Ele disse: Tesão, tesão resolve tudo. Eloa disse que tava exausta, e que não aguemntaria outra naquele dia. Fomos embora e comentei comm ela sobre eu não fazer anal. Ela disse que precisábvamos corrigir isso, e que eu adoraria. Ele virou e me disse: Puta, tem que ser completa. Aí eu entendi o que o cara havia me dito. fomos embora e nem pegamos o dihheiro, já que não estávamos alí por isso mesmo. No práximo, conto como me iniciei no anal e ainda uma dewspedidad de solteiros que fizemos. Um beijo a todos e todas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de bebados e drogados gaysporno doido mamadas terminando na bocsContos punheta no garoto constrangidovelhas gordas de 90kg nuascomo fazer gozar uma baixinhacontos personal acoxando a cavala na academiacomi egua nova contoconto erótico boquete da funcionárioconto eroticos com a namorada e minha irma acampandolouca por pica.contossafadinha de nicrosaiacontos comi a minha sobrinha filha virginhaconto meu irmContos de ninfetas dando o rabo no trabalhofotos e vidio e contos eroticos estava sucegado em casa quando minha irmã começou a me procarrelato esposa safada na fazenda:karolzinha baixinha ruiva gostoza fodenocontos eroticos de irmans cavalomastravesti putinha passiva de minisaia pornocontos eróticos de bebados e drogados gaysmae e filha com vibrador na buceta contos eroticoscontos meninas custosas bucetasConto sexo em grupo quatro caralhosconto erótico peguie minha mãe no flacra tocando siririca lésbicascontos : meu filho falou que minha buceta e bonitacontos eroticos virei puta de travecovídeo de professora dando a pombinhacontos eróticos de bebados e drogados gayspica fexada que regasa sem por amãocontos erticos pai sempre tomava banha com as filhas acaboj comendo o cuzinha delaConto erotico gay rasgaran meu cua puta mulher do meu irmão contos eróticoso cu da morena saio sague de tanto fura porno doidocoroa.muito.gostosa.43.ano.cimasturbandocontos gay fetiche em gordinhoFomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticosmulher traindo marito con um aloprado conto erroticoContos eroticos casada jogo de voleicontos de cornoconto erotico pm macho batalhão estocadasconto erotico dopei minha espos e comi ela de todo geitocomi minha irma q nei peitos tem ainda contosver pica bonira gozandoContos eróticos gay hooo isso fode meu cu fodeconto erotico gay viciei na porraconto erótico peguie minha mãe no flacra tocando siririca lésbicasContoseroticos.com.br/home.php?pag=3contos eroticos de calcinhaporn dpois de ir a padaria com o visinhoconto de desmaiei com a pica grande no meu cuzinho apertandoC ok ntos eroticos faxendo a nora de submissaContos eróticos puta submissa incestocontos eroticos enteada e amiga de biCONTO INCESTO NA MADRUGADA COM A SENHORAConto porno de marido e sogroconto gay metemos todo diacontos eroticos festa a fantasiacontos/como mamei meu primeiro caralhomeu primo chupou meus peitinhos e engoli a porra dele contosxoxota toda ardida com a madeira dentroFui penetrado com violênciaconto erótico minha esposa caiu na ciladameu marido é um corno muito especialMulher trepano so com caralhudosbai jo meu primo e ele me comeucontos erotico ele quis ser corno e eu providencieidelirando com meus dedinhos contosminha iniciação gay contoscontos eroticos pauzudohomem de pau duro pra outro no cfc contocontos porno de incesto real pai filha e mae juntosvoyeur de esposa conto eroticoContos : namorada dando pra passarmamando no titio contos gaysubindo na escada de saia para ajuda pintor pornosofri no pau de outro contocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Fomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticoscontos eroticos grinaldaporno doido mamadas terminando na bocsbrinco com tio levou no cuzinhocontoseroticos meninicecontos dando o cu antes dos dez anoscontos eroticos decornos amigosDeixei meu irmão de pau duro quando sentei no colo dele contos eróticosporno buceta contos eroticos traindo ao marido no quintaltia machucando o penis do sobrinhosentou no meu colo conto eroticoconto minha esposa fez a minha cunhada virar nossa escrava de sexoamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticofui passear vestido de putinha e os noiados me fuderam o cu conto gayconto meu pai descabacou minha irma