Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ORGIAS ENTRE PRIMINHAS E EU NA PRAIA (BS)

Sou um louco totalmente desvairado quando vejo uma linda mocinha(uma garota que

chama minha atencao) que ainda para e me provoca...

Foi assim que comecou esse meu novo conto...

Um certo dia na praia entre meus amigos e amigas estava tocando meu violao

bem feliz como sempre (rsrs...) mas dae o pessoal comecou a pedir pra eu ir buscar

mais bebidas pra nás...

Mas queriam me tirar dali de qualquer forma e percebi isso quando um deles

disse que iria comigo no mercado comprar as cervejas,batidas,vinhos e etc...

Nisso notei de cara pois sempre me queriam por perto pois sou o palhaco

(modo de dizer,pois sou o unico que pára para deixar todos felizes e

rindo...)Achei estranho mas chegando no mercado vi uma coisa inédita lá...

Uma garotinha de +ou- 19 aninhos, loirinha,olhos verdes clarinhos,

corpinho delicadamente esculpido,carinha de inocente,de micro saia

mostrando suas pernas lindas e perfeitas,um decote que mostrava quase

todo os seus peitos,e comecou a inticar comigo (piscar,dar risadinhas e

etc...),nisso o Bruno (o cara que foi comigo lá) disse que era uma surpresa

que tinham arrumado pra mim pois era meu aniversário e sempre gostei de

guriazinhas daquele modo...Quando ele falou isso e eu fui ir em direcao a ela

,ele disse uma coisa que eu nunca vou esquecer:

-Diogo ela é VIRGEM...Ela é prima da Débi (a guria que eu tirei a virgindade

no banheiro do colégio)...

-Cara assim é até melhor pois sempre quis fazer uma coisa,fazer uma garotinha

mais nova que eu (mesmo sendo sá 2 anos) gemer feito louca,assim como fiz com

a Débi...

Quando falei isso fui trovar ela...Quando ela comecou a me dar bola disse

pro Bruno que se a Naty ( a loirinha prima da Débi) quizesse eu ia ir com ela

no carro que nás tinhamos chegado ali (eu e o Bruno) em um local que ele e eu

sempre levavamos as gurias quando queriamos alguma coisa com elas no mesmo

dia...

Peguei o carro e ele voltou a pé porque estavamos somente a uns 100mts do

pessoal...

Mas quando cheguei no lugar que ia levar a Naty notei que o Bruno nao tinha

comprado porra nenhuma e que aquele era o meu presente mesmo ...

Perguntei pra ela varias coisas antes dela responder fiz uma pergunta que

deixou ela quieta:

-O Naty sem querer ser chato mas vc é virgem???

Ela respondeu de um jeito envergonhado e meio sem graca:

-Sou mas se vc quizer pode ser mudado isso...

Nossa aquilo me bateu na cabeca de um jeito que nem pensei duas vezes mas

quando notei ja tava beijando ela e sem me aproveitar...

Ficamos assim por +ou- 19 minutos...

Dae ela olhou pra mim e disse que a priminha dela tinha gostado tanto e como

nao tinha machucado ela pois eu sempre fiz as coisas com ELAS (todas as

gurias) com muito carinho e cuidado para nao machucar elas,ela queria que eu

tirasse o cabacinho dela...

Eu meio que gaguejando e porque nao tinha descido pela garganta o que ela

disse,pedi um tempinhu pra buscar camisinhas com o pessoal pois eu nao tinha

levado,porque nao sabia de nada até entao...

Quando cheguei no pessoal e pedi as camisinhas comecaram a rir e acharam que

era piada porque foi sá uns 20 min depois que eu e o Bruno saimos dali...

Eu pedi de um jeito que mesmo rindo a Débi me deu as camisinhas e um beijinho

e falou no meu ouvido:

-Di, faz igual voce fez comigo que ela vai gamar em vc...

-Mas vc nao gamou em mim...Porque acha que ela vai???

Ela disse com um tom de malicia e tesao:

-Quem disse isso pra vc tava errado...E pra provar isso vou junto com vc

e a Naty pra tirar o cabacinho dela...

-Opa!!!Feito...2 pelo valor de 1...Tá parecendo que sou a sua escapatária...

-Que nada bobo,vamos logo...

Quando chegamos lá pra minha surpresa ela me olhou com carinha de cachorrinho

pedidao...E disse em tom de piadinha:

-Diogo quero que vc finja que eu sou a Débi e me trate com todo o carinho

possivel...

E eu rapidamente respondi que se ela quizesse isso era sá pedir nao precisava

fazer eu imaginar ou mandar eu imaginar alguma coisa...

E nisso dei um beijo nela com 2min ou mais...Ela ficou sem folego e eu disse

que tinha uma surpresinha pra ela...Fui até o carro e chamei a Débi...

Ela me perguntou com carinha de medo e tremor:

-Que que ela tá fazendo aqui Diogo???Ela me disse que ia ficar com o pessoal

e que nao iria nos atrapalhar...

-Eu vim ajudar vcs porque ele disse que vc ia ser diferente pra tirar

a virgindade porque vc é mais alta que eu e mais gostosinha...

-Epa eu disse que ia gostar de tirar a virgindade dela porque ela é gatinha

e porque senti que ela é muito show de bola...

Nisso dei um beijo na Naty e disse pras duas tirarem a roupa e pedi que

fizessem exatamente o que eu falasse...

Elas concordaram e tiraram toda a roupinha (que quase nao usavam ... rsrs)...

Quando tirei meu calcao a Naty disse que tava fora e que eu ia rasgar ela ao

meio,quando nisso a Débi falou que se eu machucasse ela,ela podia me matar...

Mas eu falei rapido,sem pensar e com um tom de medo:

-EPA...Nada de morte...Se eu comecar a machucar ela e ela pedir pra eu parar

eu paro com toda a normalidade...

-Tá mas á se eu pedir e vc nao parar vou te denunciar por abuso tá???

-Olha se vc nao confia em mim nao tem porque eu te forcar a nada...

E nisso quando fui vestir meu calcao ela pediu pra eu parar e entender que

era a primeira vez dela e que se machucasse ela podia ficar traumatizada e

nao dar pra ninguem nunca mais...

-Tudo bem, mas se vc pedir eu vou parar,pode confiar...

Nisso comecamos a nos beijar e quando botei a mao na bucetinha dela ela se

molhou todinha e a Débi veio por traz dela massageando os peitos dela entre

outras caricias...

Quando do nada senti uma mao quente no meu pau e olhei pra baixo era a Naty

com jeitinho de quem nao era a primeira vez que fazia aquilo...

Ficamos assim por +ou- meia hora...

Quando resolvi pedir pra ela pra que a Naty ficasse de quatro e como antes

elas tinham dito que me obedeceriam...Sem falar nada ficou de quatro e disse

pra eu ter cuidado pra nao machucar ela...

Quando encostei a cabeca do meu pau na bucetinha dela com a camisinha ela

gozou,e na mesma hora,quando a bucetinha dela abriu pra soltar a porra,

eu enfiei a cabeca do meu pau (22cm x 8cm)...Ela deu um gemidinho de tesao

e quando escutei aquilo fiquei louco para bombar total,mas como eu tinha

peometido fiz tudo com muito carinho,cuidado e jeitinho pra nao machucar ela

e dar o maximo de prazer que eu conseguisse...Quando enfiei até a metade do

meu pau em movimento devagar ela comecou a gozar denovo...

Quando faltava pouco menos da metade do meu pau ela pediu pra eu parar e

esperar ela se recompor...Mas pra ela se recompor melhor tirei o pau da

bucetinha dela e troquei de camisinha,quando fiz isso a Débi pediu pra eu

enfiar um pouco nela pelo menos pra Naty se recompor enquanto eu continuava

quente(mas ela queria mesmo era meu cacete)...Nisso ela disse com um tom de

seguranca e com muito tesao:

-Di, eu vo dar o cuzinho pra ti porque nao dei pra vc e pra mais ninguem

AINDA...

Nossa quando ela falou aquele ainda,me deixou louco...

Encostei a cabeca do meu pau na arruelinha dela que aos poucos foi se abrindo

e ela gozou 2 vezes seguidas...

Quando ela do nada,jogou o corpo dela contra o meu forcando a entrada do meu

pau todo de uma vez sá...Cara aquilo foi o maximo te tesao possivel...

Gozei e 1 minuto depois ja estava pronto e dur o bastante pra continuar

por mais 2 horas naquilo...Quando de repente a Naty disse que tava pronta e

que queria que eu fizesse a mesma coisa com ela depois...Mas com um gesto que

uma fez pra outra,comecaram a rir e eu sem entender nada,tirei meu pau do

cuzinho da Débi e fui para a bucetinha da Naty,e como eu ja tinha aberto

caminho eu sá tive que voltar de onde parei,botei a metade dele,e ela soltou

um gemidinho de dor,tesao e prazer...Quando ouvi aquilo perguntei se podia

enterrar todo...

-Claro que pode né prima?Deixa ele fazer esses 22cm no seu útero...Ele tá

super afim de enterrar tudo isso de uma vez sá né Di???

-Sim mas sá vou fazer isso se ela deixar...

-Faz mas tem que ser de uma sá vez...

Eu pedi para que esperasse um instante e pedi pra que a Débi fosse no carro

e buscasse um espelho que tinha lá com 1mt de altura e 1 metro de largura.

E pedi pra ela botar na frente da Naty em uma posicao que eu pudesse ver o

rostinho dela...Quando ela botou eu botei tudo de uma sá vez que chegou a

dar um estralo alto,e vi que a Naty virou os olhinhus e gozou tanto que

achei que ela fosse desmaiar...Ela comecou a se tremer toda e pediu pra que

no cuzinho eu comessasse botando a cabeca e depois enfiar tudo de uma vez sá.

Enquanto isso a Débi ficava se mastubando e me beijando ao mesmo tempo...

E ficamos naquela "orgia" por +ou- 3horas...

Quando voltamos,as duas com cara de satisfeitas e eu com cara de realizado,

todos pediram pra que nás jogassemos verdade ou concequencia,elas aceitaram

na mesma hora,eu fiquei parado um momento e falei que tudo bem...

Quando perguntaram pra mim o que eu fiz com elas na "BS"(Beach Secret)

conhecida sá por nás,eu tive que olhar pra elas e perguntar se podia falar,

elas olharam e rindo disseram que era o jogo e que eu nao podia me escapar...

Quando contei tudo eles ficaram com cara de tacho e a Naty na maior

facilidade do mundo pegou a garrafa e fingiu que nada tinha acontecido ali...

Quando caiu em mim denovo, para nao espantar ninguém tive que pedir

concequencia, nisso o pessoal comecou a rir e sairam todos dali e foram uns

10mts longe pra conversar e ver o que era pra eu fazer,quando voltaram e

falaram que era pra eu trovar e comer a madrasta (de 22anos,loirinha +ou- o

bio-tipo da Naty) de um amigo nosso,tive que aceitar,pois sao as regras do

jogo...Chegando lá fui trovar ela e quando entrei na casa comecamos a

conversar...



Mas isto é outra histária...

Espero que gostem do que aconteceu comigo nesses tempos todos...

Se gostarem e quizerem saber a continuacao dessa historia,votem neste

conto (verídico)

Diogo

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gay daniel e murilo me.comeramhistoria de contos eroticos com pasteleiroconto erotico emcochando um travesti e fudendo a força em onnibuscontos sexo dividindo o casamento e a camaminha novinha tarada contocomi minha sogra rabuda q meu sogro nao comedany gosta de chupar rola peruibeConto morena 37 anosConto erotico iniciando modelo cabacomulher com contracionar peladacontos eroticos nifeta d loja rjContos.encesto.so.de.mae.o.asaltoconto veridico realizadosexo aos14 pornodoidocontos eróticos abusada virgemconto eu e minha noivavidiod etoticos madrata dominando a esteadacontos porno mamae no onibussou mega bunduda.contos eroticoscomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestoscontos roupa de biscatinhapeguei ela cimastubando eu como ela secocontos incestos dividindo o filhopornó vaginal emcima da arvoreeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos incesto mãe fofinhaconto erotico minha mulher se produziu para ir na despedida de solteira da amigacontos esposa quase nuacontos dei pro meu genroifeta sandalilhaCasada leva marido bebado e o sogro fode a gostosa contocrentes excurcoes contosvídeo de sexo de duas mulher gulosa beijo gosmentoafilhada chorando com a pica do padrinho no cu - contos eróticossou corno choquei.conto eroticopassou a pamadinha e epurrou no cu da esposafilmou o semen saindo da xoxotaloira resebi anal depois de treinamentofotos de buceta sendo lambinda e gritandome somaram a maõ no cu e buceta contoscortos eroticos curmir minha empregadaconto os peitos bicudos de maeprima perguntou se eu era virgemcomeu a tia da bunda grande contocontos eroticos buceta peludacontos eróticos de bebados e drogados gaysconto.erotico/ mastrubando os garotosContos d uma menina estrupada por taxistaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorMeu irmao toda hora so quer comer meu cuzinhoconto erótico vesti cinta liga pro meu filhocontos eroticos chupando a pica do meu filhoarromba minha buceta vai mete nessa tua vaca me come meu gostoso, flagra. conto eróticolanbinda na bucetacontos eróticos massagempapai Me. comeu Contoscontos eroticos gays de todas as idadescontos filha pequenaconto eróticos dei pra meu pai depois de casadarelatos eroticos reais sobre ela ficou entalada eu aproveiteiContos eroticos chiando na fodaContos amigos fodem maes de amigos por traicaoconto erotico travesti me obrigou cheirar seu cuvideos porno sobrinha precisando de dinheiro da para o tiohomem interra tudo na buceta inxada da sua cadelacontos de crosdresseresminha mae enfiou o dedo no meu curelatos eróticos reais novinha primeira vezContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacontos eróticos quando eu tinha catorze um coroa bem dotado decontos erotico eu sou filho adotivo comi minha tiapais se esfregando na filha shortinho corpornoc/japonesasetravestiscontos eróticos muleque pega no flagra muleques tocando punheta no matocontos de sogro subjugando a nora e filhocache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php esposa e amigos na cervejada em casa conto