Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUZINHO SACIADO

Cuzinho saciado



Nos contos anteriores fui sempre seduzido, ou induzido, querendo ou não, a coisa acabava acontecendo. Embora nunca tenha feito o que não quizesse, claro, desde a primeira vez. Desta vez resolvi tomar a iniciativa, porque o prazer é arrasador. Gosto de comer mulheres também, mas a sensação de ser enrabado é algo sensacional. Ou seja, comer é bom, mas dar é melhor ainda!



Já viram que eu tenho uma fixação por calcinha, de ver e tocar numa mulher com calcinha e de usar na hora H. Até agora tive a sorte de dar para homens que gostam de calcinha, na mulher e em outro homem. Sinto uma magia em mim. Quando coloco uma calcinha me transformo, relaxo e me solto. Me sinto uma verdadeira fêmea, "louca" para receber um pau gostoso no rabinho. Sem essa pecinha não tem graça.



Trabalho com informática e fui designado para operar o sistema de vídeo da convenção de uma grande empresa. Os quartos duplos foram escolhidos por sorteio. Acabei ficando com uma cara legal, bem humarado, 28 anos, alto. Um tesão. Durante os dois primeiros dias no rolou nada, quando ele chegava eu estava saindo ou vice-versa. Todo mundo cansado no tercerio dia, fomos dormir mais cedo. Meu cologa tomou banho primeiro foi deitar sá de cueca. Percebi um bom volume por baixo e elogiei. Ele não entendeu, indo direto para a cama.



Tomei um banho demorado, ansioso para ver como poderia chamar a atenção do cara. Coloquei um short normal e ei-la, a calcinha escondida por baixo. Uma tanguinha cor de rosa, fio dental, enfiado no rego. Pensava sair assim, sá de calcinha do banheiro, mas preferi colocar o shorts. Antes, porém, me olhei no espelho, fiz um trejeito de mulher, empinei a bundinha. Estava átimo. Irresistível, modestia a parte. Sentei na beirada da cama dele e começamos a conversar. Ele estava quase dormindo.



Deitei ao seu lado. A princípio, ele estranhou minha atitude. Pus a mão na sua coxa, devagar fui subindo, subindo. Parei,fiquei acaricindo. Estava deitando de costas, abriu as pernas, sinalizando alguma coisa. De repente, ele pegou minha mão e colocou sobre seu pau. Ainda mole, senti o volume sobre a cueca. Meti a mão dentro e encontrei uma vara crescendo, crescendo. Fiquei brincando com a mão e o negácio ganhando vida, em ponto de bala. Grosso, cheio de veias, cabeça linda e mais ou menos 20cem.



Me ajoelhei entre as pernas dele e fiquei admirando aquela maravilha, tocando e sentindo na minha mão. Não punhetava, queria sentir simplesmente aquela maravilha. Pelo olhar, ele estava gostando. Troquei a mão pela boca. Iniciei lambendo a cabeça, depois abocanhei até onde pude. Enfiava até a garganta, parava, apertava e sentia todo o sabor daquela pica super gostosa. Ele gemia, dizia assim, assim, que gostoso, chupe minha pica, chupe. Isso, assim, engula tudo.



Depois de um tempão chupando, ele me puxou, me abraçou e apertou minha bunda. Ao tirar meu shorts ficou surpreso e tarado com a minha calcinha. Me virei de costa, ele me encaixou por trás, pressionei minha bunda sobre o volume, rebolando, rebolando. Queria me entragar para aquele macho. Come meu cuzinho, come, coloque essa maravilha tudo dentro. Ele ficou louco. Me segurou, pressionou e colocou dois dedos na minha boca. Ficamos assim simulando uma foda por quase dez muinutos, falando besteiras e aumentando o tesão. Eu mexia, abria bem a bundinha, estava louco para ser enrabado por aquele macho experiente.



Na mesa posição, arredou minha calcinha, molhou bem o meu anel piscante e encostou aquele pau lindo e gostoso. Me ajeitei melhor, abri quanto pude e anelei aquela cabeçona. Dei um gritinho de prazer, ai que gostoso. Fiquei sentindo a cabeça, contraindo o cuzinho. Coloque tudo agora, coloque enrabe a tua mulherzinha, enrabe. Pressionei, empurrei a bunda para trás e senti a pica dilacerar meu rabo. Que delicia ser enrado nessa poisição, deitado de lado. Apertava o cuzinho e sentia tudo, saboreava aquele pau com o cu. Piscava, mexia, tremia,rebolava feito uma passista de samba. Que delíciaaaaaaaaaaaaaa, gemendo feito uma cadela.



Ele forçou um pouco,sem tirar de dentro, me pôs de bruços. Empinei, abri mais e senti o peso de mais de 80kg em cima de mim. Me senti uma mulhar embaixo de um homem. Naquela posição parece que cresceu mais. Ele coloca e tirava, me levando à loucura. Goze, goze, encha meu cu de porra, encha. Senti uma pressão interna grande, entrando e saindo. Ele urrou e enchei meu cuzinho de porra, como eu pedi. Gozei pelo cuzinho, contraindo e berrando também. Ficamos ali naqula posição até amolecer, que demorou um tempão. à medida que amolecia, sentia um torrente de porra saindo do meu cuzinho saciado.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


chata levou rola contosContos de mulheres, fudendo com seu avôeu e a amiga da esposa contomeu irmão me convenceu contoscontos erótico estuprada po bardidocunhada deu para o cunhado gordinhocontos tirar leite eróticoscontos de coroa com novinhodando a buceta na maquina e quase morrendocontos eroticos jogo de cartas com a cunhada e a sogra juntascontos no orfanato gaycontos de safadas com padastrospenis torture alargando a uretraconto incesto minhas irmãs gritaram no meu paufui forcada a chupar papaiaquele pau era quase o dobro do de meu maridoconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de contos sem querer me apaixoneicache:9sPphOOPSSEJ:https://idlestates.ru/m/conto_2200_corno-manso-e-viado.html contos eroticos gay o pastorcomtus erroticu de zoofelia mulhe casada dano banho no seu cachorroconto ela apostou o cuzinho e perdeujapinha.de.baixo da mesadesço no teu pauA Tia super gostosa com uma bunda maravilhosacontos eroticos fui comida pelo meu chefe e chingada feito uma puta vadiaContos eroticos c imagens meus dois chefes me comeram por dinheiroCasada narra conto dando o cucontos eroticos dando a xota para o meu primo e o amigo dele na casa delemeu amigo me comeu em casa contos eroticos gayadoro usar as calcinhas da minha esposaXupano apiroca doirmao sentada novazo dobanheromeu namorado pediu um tempo fiu pra balada e aprontei conto eróticosContos eróticos à força de negros brutoscontos gays novinhoContos eroticos de cunhadasMae nao aquenta todo pau do filho no cu apertadodoce nanda contos eroticoscontopaugrandelego na dano a buceta dormindocontos eroticos com tamanco salto altoAmante de coxas grossa e bundao contosChantagem com mulher de salto conto eroticotransei com casada que encontrei na pracinhagozando na bucetinha apertada da cunhadinha que fica muito brabaconto a rainha dos biquinisajudei meu marido fude nosa filaSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas so rou surubaflagrei minha esposa dado para nosso filho cotos eroticoDeu o cu sem querer querendo contoe bom de maismete na minha vizinha gordinhaContos, Armaram pra mim pra cumerem a minha mulherflogdosexo.compauloelizabetheu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestopor que quando eu falei pro o meu amigo que eu vou ibora comcamionero ele em cheu ohlo de aguaistoriacontoseroticoscontos eróticos de enteadacontos eróticos longos viagemminha tia batendo um punheta para sobrinho contosComtos professoras novas casadas fodidas na sala de aula pelos alunosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto erotico real sobrinhocontos eróticos de bebados e drogados gaysmenininhas fudendo com vários cachorros contos eroticoseu e meu irmao no carro vigando contos gayContos como foi a primeira punhetinhacontos eroticos de estuprosno carnaval de ruaporno gay cara com video game no rosto e o outro chega fode logocontos eróticos com padrastomeu cuzinho contraindo no teu paucontos eroticos com a tiapunheta na infancia com amigocontos eroticos "cadela" "sem comida" "fome"contos eroticos porno de pirralhas inocentescontos soldados estruparam minha esposaassisti vídeo porno de mulher de chortinho curto depano fino ela dentro de casaconto gay "nao puta"