Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA AFILHADA

caros amigos bom dia, vou dividir com voçês uma das melhores experiencias que já tive na vida,este fato aconteceu a cinco anos atras, eu tinha sido

tranferido para trabalhar em João Pessoa e acabei levando minha familia e logo minha esposa feis amizade com alguns vizinhos e uma em especial se tornou nossa amiga ela tinha dois filhos um menino com 19 anos e uma menina com 15anos e descobrimos que nenhum dos dois eram batizados, e falamos para ela da importancia de batizar seus filhos, para nossa surpresa depois de um ano ela nás convidou para ser os padrinhos da menina que chamarei de Paula e marcamos o dia la estavamos para batizar a minha primeira afilhada e estavamos cada vez mais amigos tanto da minha comadre como da minha afilhada que sempre frequentava minha casa e conversavamos muito,minha afilhada tinha uma namorado que a familia não gostava muito,mas ele é um bom rapas depois de tres anos eles resolveram se casar ela me pedinha conselhos, ela já estava com 18anos e ele com 22anos eu falei para ela que eles eram muito novos e que deveriam se conhecer melhor para poder casar, mais de nada andiantou se passou um ano de casamento e os problemas começaram a acontecer, uma noite foi a casa deles convidar osdois para irem almoçar no outro dia na minha casa,minha esposa iria fazer algo especial, quando bati a porta ela veio atender estava chorando muito, com o rosto todo vermelho entrei e perguntei o que estava acontecendo e ela começou a falar que seu marido chegava tarde todas as noites e que achava que ele tinha outra mulher e corava muito centei ao seu lado e a deitei no meu colo e fiquei fazendo carinho no seu rosto e alizando seu cabelo, fui falando que ela era linda que não devia se preocupar com isso,ela estava com 20anos e relamente é muito bonita, morena cabelos pretos longos uma cintura fina, um par de pernas maravilhoso e uma bunda linda, ai ela me falou que ele não tinha mais tesão nela, que fazia dois mezes que eles não transavam e voltou a chorar, tentei acalmala e voltei a elogia-la disse que ela ara linda e que não entendia como um homem não teria tesão nela,nessa hora comecei a ficar exitado com a conversa, e ela falou que não era bonita que era mentira minha.

Ai não resisti e falei, Paula voçê sabe que é linda que os homens olham para voçê quando passa, ou seu marido é viado ou voçê é muito ruim de cama, ela levantou do meu colo com cara de assutada e comecou a rir, eu não entedi nada, ela perguntou se eu achava que ela era ruim de cama, eu falei que tinha que ter algum motivo para isso estar acontecendo e voltei a elogiar ela era linda e muito atraente e que ela deixa qualquer homem exitado, Nesta hora ela me pergunta se ela me exitava, fiquei vermelho e encarei respondi que sim, que apesar de ser seu padrinho eu era um homem e que ela me exitava muito ela olhou para minha calça e percebeu o volume que estava enorme e pediu deixa eu ver seu pau, eu perguntei e seu marido chegar? ela me falou que ele tinha ido a uma cidade vizinha e sá voltaria no outro dia e foi pegando no meu pau por cima da calça e me deu um beijo, eu quase gozei, sempre tive tesão nela mas nunca imaginei que um dia isto aconteceria e aproveitei, comecei alizar seus seios desci a alça de sua blusa e comecei chupar aqueles seios lindos e duros e com as mãos fui descendo seu short junto com a calcinha que já estava ensopada fui descendo até chegar na sua bucetinha que é linda estava toda depilda e ensopada e fui chupando e ela delirando, me chamando de safado e falava chupa padrinho chupa tua afilhada, comecei a pasar alingua no seu cuzinho e ela delirava quando voltei a chupar sua bochetinha e enfiei um dedo no seu cuzinho ela gozou na hora,ai chegou a minha vez, ela baixou minha calça e começou a me chupar e eu gozei rapido na sua boca,estava tão exitado que o meu pau não amoleceu,coloquei ela de quatro e comei a comer sua bocetinha puxava seu cabelo e chamava ela de putinha gostosa,folei no seu ouvido como é que aquele viado do seu marido pode não ter tesão numa gostosa como voçê, ela ficou louca olhou para traz e falou, padrinho come meu cuzinho que eu nunca dei a ele, na mesma hora me abaichei e comecei a chupar aquele cuzinho ela delirava deixei o cuzinho bem molhado e enfie um dedo depois dois era bem apertado o cuzinho de minha afilhada, mas ela já estava pronta para ser enrrabada me lenvantei e coloquei minha rola na sua boceta ela reclamou e pediu vai padrinho poe no meu cú, tirei de sua boceta e encostei no seu cú e fui enpurrando bem devagar, parei um pouco para ela se acostumar mas ela jogou a bunda para tras e entrou de uma vez ela deu grito uma mistura de dor e prazer, pergutei se ela queria que eu parasse, ela respondeu não padrinho quero que voçê me foda,perdi o controle novamente e comecei tartar minha afilhada como uma puta de verdade,puxava seu cabelo e batinha na sua bunda e enfiava com muita força no seu cú, ela gemia muito e começou a gozar novamente,falava tá gozando padrinho tá gozando e eu não resisti e enchi seu cú de porra, gozei tanto que o pau doia fiquei dentro dela ate meu pau amolecer, fomos para o banheiro tomar um banho, lavando aquele corpo lindo meu pau subiu novamente e ela se abaixou e começou a me chupar e pediu para eu gozar na sua boca, e ela bebeu tudinho foi uma loucura, voltamos para sala e ela me falou que nunca tinha dado a bundinha para o marido e que nunca deixou ele gozar na sua boca, ai eu falei para ela que talvez este fosse o problema de seu casamento e eu estava certo, eles estão casados ate hoje e já tem uma filha, minha afilhada continua linda, pena que não repetimos tenho muita saudade, tive que voltar para Recife, mas valeu a pena foi maravilhoso.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Paraíba putinhohetero batendo punheta conto gaydei o cu po meu pone contos eroticos pornovidio porno gay em hotéis ospede e garconbuceras com paj giganti dentrocasei a força contoscasa dos contos virei vadia do meu filho e estou amando ele adContos mae anda nua na frente de amigos do marido e filhoscontos meninas novinhascontos eroticos meu caseiro parte 2contos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveioncontos japonesa rabudanamorada virgem.contomamando no titio contos gaycontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau duromamando na vara feita bezerrinhaContos eroticos coroa izabelContos eróticos de noracontos eróticos tenho um caso com minha sogrative dar para um dotadonamorado embreagou a namorada para foder o cuzinho delacontos eroticos o dia que comi a novinha gordinhaler contos eroticos de bucetinhas virgensContos eróticas de esposas coroas de amigosContos eroticos nerd virgemporteiro fode esposa corno contocontos.de mulheres.casadas.e fogosacontos de coroa com novinhocontos eroticos de fio dentalconto erótico acordei com alguém me comendo fodendo bucetinha molhadacontos eroticos reais minha cunhada me seduziu e eu comidei a buceta no trabalho. contos.corno safada do Pará corto eróticoscontos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeucontos eroticos de me fodram enquanto dormecontos eroticos empregadinhas cagando no pau do prataoconto erotico amiga crente da entiadacontos eroticos pega pegacontos eroticos de rabo inocenteconto o Pastor me comeume fuderam meu cu na ordenha contosfilhos vendo a mae transar com outos homenscontos eroticosContos Gays Fui Assediado pelo marido Gostoso Da Minha Irmânegoes jegudos na punhetacontos de inxesto como o meu marido não me notava então eu fiquei dando mole para o meu irmão para ver o que ia acontecermeu primeiro swingpoeno cenas namoado apwrtando mordendo e chupando teta da namorada pra formar bicoatolando pau grosso nas.vellinhascontos eróticos ensaiouma buceta enchada de ter cido estruprada samgrandoxvidio mocinhacontos casada puta ituContos eróticos virgindadecontos eróticos gays metroarrombou minha bunda contoscontos eróticos ele disse xingamentos porradacontos incesto minha filha fazendo fisting em mimconto erótico o Enfermeiro da rola de jumentocontos eróticos de bebados e drogados gaysconto fudendo a cunhada de 70 anosFui obrigada a da a bucetacontos com fotos tia e sobrinho baixinho realPeguei meu entiado masturbando com minha calcinha.conto eroticocontos eróticos estuprada pelo médico dupla penetraçãoconto chantagem com a patroacunhadinha dando o cu apoiando na mesaconto marido do ladozoofilia umcacete enorme pra pequena putadormi bebado perdi as pregascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos de incestos e surubas ferias entre irmas fazendadscontos eroticos gretei quando minha bbuceta edtava sendo arregassadapornô doido p*** fazendo fio terraconto eróticos dominada e inocentetirei o cabaco do garotinho mimado de onze anoscontos eeroticos peguei minha sogra no flagracontos eróticos chupei meu padrastocoroas de buceta quadril e coxas enormes dando para cachorrocanseira. contoscontos provocandogozando la dentro da buceta vermelhinha da dimenowww.conto eu vi o pedreiro mijandoputinhas inocente contosSou envagelica, Meu amigo negão roludo comeu meu cú. Conto erótico heterossexual. okinawan gélico pornôcontos eroticos cunhadinha dormindoliberei minha noiva loira pra dois contosvideo porno colocando minha sobrinha pra chupar em salvadorcontos chupei o cu do cachorroconto erotico filha carente e amiga peituda safada juntas com paiconto primeiro boqueteesposa safada de biquini na farraConto mete ai ai uiui no cucontos eróticos gay Proibidos - Desde Cedo no meu maninhopai t***** acariciando a bundinha da filha e goza sem pararConto erotico gay fui pedir um almento ao meu patrao e ele comeu meu cu e a xana da minha esposacontoseroticosdecalcinhavidio porno de marido trasando com a esposa em quanto ela faz ais coisas na continhacontos eroticos vendi meu marido pra ex dele