Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESDE PEQUENA

Desde que me entendo por gente sempre gostei de sexo, mesmo antes de saber o que era. Minha mãe separou-se do meu pai quando eu tinha 4 anos, ficou um tempo sozinha depois começou a namorar um carinha e depois de um ano ela resolveu que eles deviam morar juntos. Minha mãe tinha na época 24 e eu tinha 7 anos. O cara era legal, sempre me deu muito carinho e atenção procurando fazer quase todas as minhas vontades. Como eu era acostumada a dormir com minha mãe, quando ela casou de novo eu não abri mão de continuar dormindo com ela o que causou um certo incomodo em meu novo padrasto a principio pois eu tinha medo do escuro e ele teve que colocar um abajuzinho com a luz azul aceso a noite toda pois se acordasse e tivesse escuro eu começava a chorar. Quando era de noite íamos para cama os três e quase sempre eu dormia primeiro que eles e era comum eu acordar com a cama balançando e minha mãe falava para eu dormir que meu padrasto estava ninando ela para dormir, e eu acabava dormindo de novo. Mas o tempo foi passando e eu passei a prestar mais atenção nesta brincadeira e qual não foi a minha surpresa quando eu fingindo que estava dormindo vi minha mãe tirar a roupa e começar a se esfregar no meu padrasto subindo ate colocar a bichinha dela na boca dele. Eu pensei: será que é assim que ele bota ela pra ninar???? Meu padrasto chupava a bichinha da minha mãe e ela parecia uma cobra de tanto que se retorcia ate que num gemido mais alto ela foi ficando molinha e arriando em cima dele. Achei aquilo muito estranho mas ao mesmo tempo sentia algo gostoso dentro de mim e minha bichinha parecia que estava com febre, eu ali quietinha fingindo que dormia. Pensei que tinha acabado mas era apenas o começo pois depois que minha mãe se recuperou deu um beijo na boca dele e veio descendo com a boca por seu peito, que peito lindo e cabeludo, foi descendo ate tirar a cueca dele e pela primeira vez eu vi um pau ao vivo e a cores, mas por pouco tempo pois minha mãe deu um beijo na cabeça e depois engoliu ele inteiro, não acreditei que minha mãe conseguisse colocar aquilo tudo na boca pois não era pequeno, mas ela continuou chupando e engolindo ele todo, tirava ate a cabeça e depois engolia de novo, ora ela parava e passava a língua na cabeça e lambia ate o saco, aquelas duas bolas cobertas de pelos pareciam bolas de ping-pong e depois voltava a engolir tudo denovo chegando a fazer barulho de tão forte que ela chupava. Ate que meu padrasto começou a gemer e segurar a cabeça de minha mãe enterrando fundo no pau dele, e vi minha mãe satisfeita engolindo alguma coisa que escoria pelos lados da boca dela. E continuou chupando chupando por um tempo e aquele pau continuava em pe, hoje sei que minha mãe chupou ate que ele ficasse duro novamente, então tirou ele da boca e colocou em sentou em cima dele fazendo ele desaparecer todinho em sua bichinha, começando a subir e descer tirando ele todo para fora e fazendo sumir novamente, ficou assim por um bom tempo ate minha mãe começar a gemer novamente e tremer sem eu enteder porque, fiquei ate com medo que ela tivesse passando mal. Meu padrasto continuou socando aquela tora por mais alguns minutos e depois pediu que ela ficasse de quatro. Minha mãe se ajeitou na cama para não me incomodar e ficou de quatro na lateral da cama, meu padrato pegou uma pomadinha que ele tinha em baixo do travesseiro e começou a passar atrás da minha mãe, quando ele fez isso pude ver de perto aquele pau lindo e duro apontando para o alto. Era realmente grande com uma cabeça vermelha e brilhosa, que so em escrever me enche a boca de água. Em seguida passou na cabeça e espalhou em todo pau e começou a empurrar em minha mãe por trás bem devagar, minha mãe gemia e pedia calma ate entrar tudo. De onde estava vi aquele pau sumir pouco a pouco no cu da minha mãe, então ele começou a entrar e sair a principio devagar e depois foi aumentando o ritmo as vezes tirava tudo e colocava de novo ate que vi ele se enterrar todo dentro dela e dizer que tava gozando, minha mãe começou a rebolar com aquelçe pau todo enterrado nela ate que aos poucos foi saindo já não tão duro como antes mais mesmo assim lindo Depois eu conto mais, afinal isso não foi nem o começo, afinal eu era menininha ainda e não sabia destas coisas. As coisas foram melhorando com o passar do tempo. Se quizerem depois eu conto. Beijinhos [email protected]



E-mail= [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mae e filha com vibrador na buceta contos eroticoscontos de zoofilia sobre eguas e jumentascontos eroticos sonho americano 2pintinho conto gayconto o Pastor me comeuou porn contos mãe traindo com um negroconto porno meu irmao me comeu eu dormindocontos eroticos de mulher casada cagonaTrasando com atiaContos de cdzinha novinha de shortinho fino socadohetero activo contoContos negro fode maridodei a buceta no trabalho. contos.Contos fudendo a coroa gravida casadaContos eròticos teens incesto pai e filho novinhos curiosoconto erotico esposa olhava por marido e gemia com cara safadacontos padrasto malvado me arregaçoucontos eroticos tapou a bocacontos eroticos chifreContos eróticos a baixinha gostosonavidios porno mulhe dirmaia quando leva ponbadafui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos eroticos buceta arrombadacontos eroticos espadinho com o pau contos eroticos gay tio e sobrinhohome afuder mulher com penis mais grandebundinha arrebitada da minha irmãwww.goroa nis Sogra fudendono parquinho contosmeus primos me estruparao quando eu era novinha eu gostei na fasendacontos eroticos pagamentoconto cutuquei pai na bundia delaconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandeLora dismaiando no cu no anal em tres minutoscontos porno.vendeu o cuRejane gosando na siriricacontos eróticos insertos tiaComtos filha fodida pelo pai e amigos delevideo porno colocando minha sobrinha pra chupar em salvadorfidendo uma nnda gigabte carnudacontos eróticos Bruninha puta do LucasConto o zelador e meninoconto e foto da Branquinha casada e g*****meu marido liberou também conto cucontos eroticos vestido colado e curtoEu quero uma menção tá subindo no Pau por favor calma tá chupando paucomi o marido de minha prima ma cama delaTrempando em cima da lancha com o coroa conto eroticoMeu sogro cheirou minha calcinhaeu vi uma pica toda arregaçadamuitus contus estupro na favelaContos eroticos gosto de estupro seioslésbica meu cu foi arrombado contodoutor esporreando muito no travedtiConto irma bebada rabudatirei o cabaço delecomprei a Cristina da mãe bêbada contos eróticoscontos de envagelicas encoxadas e fudidas na frente do maridoconto erotico meu compadrer e minha esposajogadora de vôlei nua do Brasil pela tomando banhocontos eróticoesposa e sogracontos eroticos de avó e netinha em uma viagemcaminhando e disfarçadamente batendo uma ounhetinha pro namoradocontos incestos dividindo o filhogrelao 3cm comendo contoscontos eróticos cu saindo pra foraMulher quadril fino buçeta arreganhada contos eroticos chupar bucetacontos eróticos chupeicontos estava louco pra dar o cu acabei dandohttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto_25933_fodendo-o-recepcionista-do-hotel.html&ei=h1fTW1EH&lc=pt-BR&s=1&m=739&host=www.google.com.br&ts=1489513220&sig=AJsQQ1A6LGGFLRL7NY2__JYTuAweTMayWwconto erotico eu fui no ensaio da escola de samba e dei o cu lacontos eroticos comi minha espetorameu vovô me coloca no colo contos eroticos de incrstomenina abrindo a buceta saindo gosoirma baby doll contosporno contos dopei minha tia dundonacontos comendo a sograGozando na boca Abrantes dela chuparistoriacontoseroticosmenstruada contos eróticos