Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESDE PEQUENA

Desde que me entendo por gente sempre gostei de sexo, mesmo antes de saber o que era. Minha mãe separou-se do meu pai quando eu tinha 4 anos, ficou um tempo sozinha depois começou a namorar um carinha e depois de um ano ela resolveu que eles deviam morar juntos. Minha mãe tinha na época 24 e eu tinha 7 anos. O cara era legal, sempre me deu muito carinho e atenção procurando fazer quase todas as minhas vontades. Como eu era acostumada a dormir com minha mãe, quando ela casou de novo eu não abri mão de continuar dormindo com ela o que causou um certo incomodo em meu novo padrasto a principio pois eu tinha medo do escuro e ele teve que colocar um abajuzinho com a luz azul aceso a noite toda pois se acordasse e tivesse escuro eu começava a chorar. Quando era de noite íamos para cama os três e quase sempre eu dormia primeiro que eles e era comum eu acordar com a cama balançando e minha mãe falava para eu dormir que meu padrasto estava ninando ela para dormir, e eu acabava dormindo de novo. Mas o tempo foi passando e eu passei a prestar mais atenção nesta brincadeira e qual não foi a minha surpresa quando eu fingindo que estava dormindo vi minha mãe tirar a roupa e começar a se esfregar no meu padrasto subindo ate colocar a bichinha dela na boca dele. Eu pensei: será que é assim que ele bota ela pra ninar???? Meu padrasto chupava a bichinha da minha mãe e ela parecia uma cobra de tanto que se retorcia ate que num gemido mais alto ela foi ficando molinha e arriando em cima dele. Achei aquilo muito estranho mas ao mesmo tempo sentia algo gostoso dentro de mim e minha bichinha parecia que estava com febre, eu ali quietinha fingindo que dormia. Pensei que tinha acabado mas era apenas o começo pois depois que minha mãe se recuperou deu um beijo na boca dele e veio descendo com a boca por seu peito, que peito lindo e cabeludo, foi descendo ate tirar a cueca dele e pela primeira vez eu vi um pau ao vivo e a cores, mas por pouco tempo pois minha mãe deu um beijo na cabeça e depois engoliu ele inteiro, não acreditei que minha mãe conseguisse colocar aquilo tudo na boca pois não era pequeno, mas ela continuou chupando e engolindo ele todo, tirava ate a cabeça e depois engolia de novo, ora ela parava e passava a língua na cabeça e lambia ate o saco, aquelas duas bolas cobertas de pelos pareciam bolas de ping-pong e depois voltava a engolir tudo denovo chegando a fazer barulho de tão forte que ela chupava. Ate que meu padrasto começou a gemer e segurar a cabeça de minha mãe enterrando fundo no pau dele, e vi minha mãe satisfeita engolindo alguma coisa que escoria pelos lados da boca dela. E continuou chupando chupando por um tempo e aquele pau continuava em pe, hoje sei que minha mãe chupou ate que ele ficasse duro novamente, então tirou ele da boca e colocou em sentou em cima dele fazendo ele desaparecer todinho em sua bichinha, começando a subir e descer tirando ele todo para fora e fazendo sumir novamente, ficou assim por um bom tempo ate minha mãe começar a gemer novamente e tremer sem eu enteder porque, fiquei ate com medo que ela tivesse passando mal. Meu padrasto continuou socando aquela tora por mais alguns minutos e depois pediu que ela ficasse de quatro. Minha mãe se ajeitou na cama para não me incomodar e ficou de quatro na lateral da cama, meu padrato pegou uma pomadinha que ele tinha em baixo do travesseiro e começou a passar atrás da minha mãe, quando ele fez isso pude ver de perto aquele pau lindo e duro apontando para o alto. Era realmente grande com uma cabeça vermelha e brilhosa, que so em escrever me enche a boca de água. Em seguida passou na cabeça e espalhou em todo pau e começou a empurrar em minha mãe por trás bem devagar, minha mãe gemia e pedia calma ate entrar tudo. De onde estava vi aquele pau sumir pouco a pouco no cu da minha mãe, então ele começou a entrar e sair a principio devagar e depois foi aumentando o ritmo as vezes tirava tudo e colocava de novo ate que vi ele se enterrar todo dentro dela e dizer que tava gozando, minha mãe começou a rebolar com aquelçe pau todo enterrado nela ate que aos poucos foi saindo já não tão duro como antes mais mesmo assim lindo Depois eu conto mais, afinal isso não foi nem o começo, afinal eu era menininha ainda e não sabia destas coisas. As coisas foram melhorando com o passar do tempo. Se quizerem depois eu conto. Beijinhos [email protected]



E-mail= [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


"anelzinho aberto" gay contocontos de sexo com vovoContos entiadas apanhando para submeter ao sexocontos eroticos de como eu perdi minha virgindade aos 16deflorando bucetinhas com pepinoscontos eróticos de enteadasexo com vizinha muito rabuda vigiadoContos eroticos da lele alessadracomi a minha filha contos eroticosgostoza mastruba aloprado fas ele gozar xvidiochat para tc com mulherescasadashiatorias eroticas incestos ninfetinha inocenteConto erotico minha esposa e o pau enorme do nosso cachorrocontos de coroa com novinhoSempre passo o dedo no grelinho da minha netamarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bomcontos eróticos verídico de ginecologista e grávidacomendo i gozano deto da negá no salão de carnaval 2017Conto prima me flagroutraveco roludo patendo puenta derepente chega a mulher bem gostozaa tia gorda contos eroticoscontos gay o menino que era um femea escondidoContos quanto o cu quentaDotado arronbando garota 19 aninhosContos eróticos chupadas e dedadas na buceta pelo chefinho gato e gostosoconto pirno vovózinha biCONTO EROTICO:FIQUEI COM A CRENTE SUPERGATAO cara desmaior a mulher e.meteu o.pou no.cu pornoContos.encesto.na.cadeiacache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php goza nuoutro egravidacontos eroticos perdi a virgindade com meu tutorfui dominado por uma mulher mais velha conto eroticojogadora de vôlei nua do Brasil pela tomando banhocontos eróticos tenho 31 anos e tirei a virgindade da buceta da minha noiva de 19 anosvídeo pornô a mãe dela tava de biquini o genro só dava a sograEngravidando conto Cornocasada da bunda maior de todas contoscontos eróticos com senhor de idade com rapazcontos de uma coroa safadacontos anal de mulher virgemcontos de buceta é cúsou eteto mbte contosBrincadeira na piscina com meu irmao poran vedeosnetinha preferida do vovô conto eróticocontos fidi minha cunhadinha de onze anosurso tiozao roludo conto gaycontos minha mae gravida de baby dollinfância;contos eróticos;enrabadocontos se caga na pica e gostaporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhocorno safada do Pará corto eróticossurra vaginal amordaçada contoCercada por varios contos eroticostia dando contos cucontos eroticos de marido ajuda varios amigos afuder esposasentei na rola do padrinho contos eróticosconto gay fudeu e filmoucontos de zoofilia sobre eguas e jumentasContos eróticos incesto teens tomando banho com meu paicontos eróticos putona do touropagode porno grelo gosadojapinha escorrendo na fodacontos ganhei 50 reais para chupar pau coroa gaysContos eroticos selvagem com meu amigoprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente PelotasContos eróticos seduçãogozando na bucetinha apertada da cunhadinha que fica muito brabacontos eróticos gordinhascontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forcacontos genroorgias na balada de todo tipihomem nu de pau dueuCunhada dormindo com a bundinha descobertaContos eroticos de irman eirmaoVelho fazendeiro sendo enrabado contos gaysContos erotico nora na piscina com biquini minusculo mostrando os pentelhoscontoseroticos caga no meupauPorno conto ponheta da casada buzminha esposa escolheu vibradorconto erotico flagracontos porno ajudou marido comer sogracontos erotico-de costas pra vocêcontos eroticos dormindo com meu filhocontos eroticos da vagabunda do cornoamanda casamos grande cabeçudo contosContos eroticosmenina de dez anos fazendo sexoContos eroticos noviça virgemcontos eroticos abusada levando tapaconto erotico neide safadinhaContos eroticos mostrando a xota na livraria