Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA SURPRESA EXITANTE

Sou casado com uma bela mulher, tenho 37 anos e o ocorrido aconteceu alguns meses atrás.

Trabalho como consultor empresarial e fui contratado para atuar em uma empresa na cidade de São Paulo.

Minha secretária fez todos os acertos para a viagem como pasagem aérea, aluguel de carro e hotel. Porem quando cheguei ao hotel onde foi feito a resersa, houve um problema no computador e acabou deletando o que me causou um pequeno transtorno no início. Era tarde, perto das 2:00hs da manhã quando cheguei ao hotel. Não tinha condições de sair a procura de outro local. Foi quando um senhor aparentando uns 45 anos ouvindo todo o ocorrido foi ao meu encontro e ofereceu para que eu fosse dormir no apartamento dele pois tinha duas camas e uma estava disponível. Eu como não tinha muita escolha aceitei. Subimos até o apartamento e pedi permissão para tomar um banho. Ele falou para que ficar a vontade e foi o que fiz. Eu tenho o costume de dormir somente de cueca e muitas vezes nú. Como não conhecia o cara, acabei dormindo de cueca mesmo. Tomei meu banho, sai de cueca e fui logo dormir. O cara então me avisou que dormia nú e se me importaria ao que respondi que também tinha esse costume e não teria problema algum. Passou dez minutos, eu já bem a vontade, a noite muito quente, a janela aberta foi quando eu senti o lençol sendo puxado. Eu fiquei meio apreencivo mas confeço que fiquei exitado. Até então meu rabinho estava intacto. Fiquei imaginando ser um sonho, sei lá, algo estranho e fiquei quieto. Foi quando as mãos dele começou a massagear minhas pernas, firme e vindo dos pés até as coxas e descia novamente. Como ele não sentiu nenhuma reação da minha parte, foi ficando mais ousado e subindo mais e mais, até apertar minhas nádegas. Eu então numa mistura de medo e tesão, acabei por fim ajeitando meu corpo, deitando reto, abrindo as pernas e deixando meus bracos ao lado do meu quadril. Foi o sinal para o cidadão avançar. Simplesmente senti a ponta da sua língua penetrando entre minhas nádegas e alcançando meu anus. Nossa, a sensação foi delirante. Não sabia mais quem eu era, outrora um macho convicto e agora a merçê de outro, e o pior, adorando o acontecido. Ele carinhosamente, foi levantando minha cintura, deixando minha bunda bem arrebitada mas com minha cabeça colada no travesseiro. Abriu minhas pernas, deixando meu anus todo exposto para o prazer dele. Foi ai que eu fiquei doido. Sua lingua parecia um maestro, lambendo e forçando a entrada do meu rabinho. Eu não aguentando mais aquilo, soltei um gemido, tipo aqueles que escutamos em filme porno e isso deu a ele a chance de que tão aguardava. Deixou meu cuzinho todo molhado com sua saliva, passou algo em seu pênis e foi delicadamente penetrando em meu anus. Que coisa mais gostosa que senti. Algo preenchendo minha cavidade, abrindo meu corpo como estive-se partindo ao meio. Eu começei a sentir dor então escutei a voz dele falando;

-gatinha, faz força para fora. Não faça força ao contrário e imagina você no banheiro fazendo fezes.

Achei aquilo meio louco mas quando obedeci, ahhhh, ai o penis entrou feito uma bala e senti seu sacro batendo nas minhas coxas. Que delicia era aquilo tudo dentro de mim. Enorme. Eu me senti o homem mais completo naquela hora. Ele ficou um pouco parado para que meu anus acostuma-se com aquele membro enorme dentro de mim. Foi quando eu começei a rebolar. Ele então começou a me chamar de putinha safada, batendo em minhas nádegas. Oras, o que eu era naquele momento a não ser uma putinha safada? Não me fiz de rogado e aceitei todas as sugestões a ele mandado. Rebolei como uma verdadeira putinha e sentia aquela tora entrando e saindo de mim. Eu gemi alto, não era hora para bancar o todo certinho e provavelmente muitos caras de outros quartos escutaram o que eu gemia e isso em deixava mais maluco ainda. Foi quando eu senti o penis dele inchar dentro de mim. Era o indicio de que ele ia gozar e logo ele perguntou se eu queria que ele preenche-se meu cuzinho de porra ou queria que fosse jorrado em meu corpo. Na hora eu pedi para jorrar sobre meu corpo, mas o safado não atendeu o meu pedido e jorrou dentro do meu cuzinho todo aquela cachoeira de esperma. Senti aquilo sendo despejado dentro de mim, quente e em quantidade ambundante e no mesmo momento gozei como nunca tinha gozado sem ao menos ter colocado minha mão em meu penis. Depois dele ter gozando em mim, deitou sobre meu corpo por um breve momento, tirou o pau do meu cuzinho, levou até minha boca, fez eu chupar até deixar bem limpinho, entrou no banheiro, tomou seu banho e foi dormir.

Eu então, levantei, fui tomar banho e para meu espanto, nunca tinha visto sair tanta porra de um cuzinho. Logo apás o bannho, fui para minha cama e dormi como um anjo. Quando acordei, o meu amigo já não estava mais no quarto. Fui tomar café e logo percebi os olhares dos outros háspedes para mim e também ouvi o pessoal cochichar a meu respeito. Com vergonha, fechei minha conta e troquei de hotel, mas acreditem, foi uma noite sensacional.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comendo a empregada contofodiesposajato forte coroa vomitamamando no titio contos gayContos eróticos comi minha imagina sem camizinha e ela engravidoubucetinha inchada de minha esposa orgia contovoyeur de esposa conto eroticoerotico minha filha bota a mãochupando rola ate goza e dando a bucetacontos eroticosconto nao aguentei e fodi minhaContos eroticos tetas roxascontos crossdresser minha mae me fez meninacontos erot co dando a buceta pro cavalo e p ca grandeLingua na buceta contoscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosfoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delaconto de estupro de colegiaiscontos eroticos meu grelo e grandever uma mulhervelha arreganhando a priquita com os dedosPeguei meu entiado masturbando com minha calcinha.conto eroticox vídeo mulher da cu virgema outro antes de da marido conto eróticosmeu amigo travesti me comeu contoscontos minha namorada pelada meu amigoCONTOS EROTICOS DE PATROINHA ABUSADA PELO FILHO DO CASEIROWww. meu tío comeu meu cualContos madrasta putaminha tia atendeu a porta sem calcinha contos eroticoscontos eroticos dormindo e acordando com cutucadasContos de esposa gostosa acompanhado marido numa festaporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhogay fica frocho cu com duas rola gradi no cucontos eroticos gays no futebolcom fotoscontos eroticos noivas.boqueterasMe lasquei numa rola grande conto eróticosRelato de suruba com fila para fuder bebadacontos eu minha esposa e um viadinhoaprendi dar o cu com meu genro contosDei meu cu pro meu tio pra ele se alegrarMeu sobrinho me fez gozar no rio contos eroticos de gaysmae e filha sendo arrombadas contominha irmã minha amantecontos eroticos de estupros entre primoscontos eroticos comi a mulher do pastorminha xereca consando na rua contos eroticosContos eroticos novinha virgem estuprada na favelagozei no copo e dei pra minha tia bebeu contoscontos eroticos de negros na praia de nudismorelatos verídicos de aventuras eróticas com mendigoviadinho tapas esposa dedos no cu conto marido consoloGozando na boca Abrantes dela chuparcontos eróticos minha esposa ficou pelada na frente do sobrinhocontos eróticos gays a primeira vez com 24 anoscontos eroticos fui estupradacontos na barraca traiconto erotico minha patroa me viu de pau durocontos eroticos sogras com genros jegueaventuras com travesti Portugal contocontos a mulher casada aiiiiiiiiiiii meu cuuu ai vou fala para meu maridoconto de marido e esposa e velhocunhadinha dando o cu apoiando na mesacontos eróticos gordinhasMe comerao quando eu era novinha conto pornocontos eroticos escondidoconto erotico estuprada de biquíniContos: namorada safadafilme pornô minha prima gravata preta para mimcomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestos contos eróticos comi o cuzinho da larinha Porno conto filha mama pai desde pequenapeguei cunhada certinhaContos me exibindomulher do irmão acaricia pica de outronovinha de calcinha fudendo com velho contos