Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUANDO EU PERDI MEU CABACINHO...

Olá! Vou começar contando como tudo começou.

Desde que me conheço, sempre me interessei por sexo. Tinha um programa que passava na TV de madrugada chamado Coquetel, onde no final alguém fazia um strep tease e eu sempre assistia e me masturbava, mesmo sem saber direito o que estava fazendo, tinha um prazer imenso, e isso se repetia sempre, como se fosse um ritual.

Conversava com minhas amigas, e elas falavam que sonhava que a primeira vez delas deveria ser bem romântica, com carinho, etc., e eu sempre imaginava diferente, queria um sexo violento, com pegadas fortes, 1, 2, 3 caras me arrombando...

Costumava ficar com meninos em festas e na escola, e sempre rolava uns amassos mais picantes, mas não queria perder minha virgindade com um cara que não soubesse o que estava fazendo, eu queria alguém experiente e safado pra me iniciar.

Fui crescendo e esse desejo se aflorando mais e mais, quando tive a oportunidade de viajar sá com amigas, pensei que esse sonho poderia ser mais fácil de realizar, e foi mesmo.

Estávamos no hotel em Porto Seguro, organizando nossas coisas para ir direto para a praia, mas como sempre eu era a que demorava mais, tirava e colocava diversos biquínis na frente das minhas amigas pedindo opinião de qual era o melhor, achava muito natural ficar nua na frente delas, mas elas nunca ficavam nuas na minha frente, eram muito reservadas. Depois de muitas trocas, decidi por um biquíni bem pequeno, na cor azul bebê, que me deixava praticamente nua, pois era 2 números menor que o tamanho que eu utilizava, então meus peitinho que já tinham um volume considerável, ficavam quase que saltados pra fora.

Chegamos à praia, achamos um canto para deixar as coisas, e nos revezamos, duas iam nadar e curtir o mar, e as outras duas ficavam na esteira tomando sol e olhando os objetos das outras duas que estavam no mar. Nessa troca de revezamento, acabei ficando na esteira com a Camila, uma morena com um corpo escultural, mas muito tímida. Tentei puxar assunto com ela, mas estava em um monologo. Percebendo que ela queria mais era ficar quieta, disse a ela que iria comprar uma bebida e que voltava logo.

Levantei e fui caminhar pela praia. Estava passando por uma roda de homens, e claro, ouvi diversas cantadas, algumas bem safadas, sorri pra eles, pisquei e segui meu rumo. Acredito que isso tenha sido uma deixa para que dois deles me seguissem e tentassem puxar assunto comigo, eu como sempre fui receptiva, parei, abracei, beijei o rosto dos dois e nos apresentamos. Um se chamava Theodoro, mais que gostava que chamasse ele apenas de Theo, era um moreno lindo, com o corpo todo definido, mas sem exageros, olhos bem expressivos castanho, cabelo curto, estava com uma bermuda marrom e um chinelo preto. O segundo era Mauro, também moreno, sá que mais forte, tinha o cabelo curto também, mas os olhos puxavam mais para verdes, estava apenas com uma sunga verde.

Ficamos conversando um tempo, então percebi que estava demorando muito, que a Camila deveria estar preocupada, então novamente beijei os dois e fui me encontrar com a Camila.

Chegando lá, vi que ela havia adormecido, fiquei chateada, pois de todas as três que foram viajar comigo, ela era a que eu menos tinha contato, estava me sentindo sozinha. Fiquei sentada esperando as outras duas voltarem, a Gisele e a Patrícia. Gisele é a mais engraçada da turma, vivia fazendo gracinhas, era sempre a mais animada, tem os cabelos compridos e é magra, os olhos castanho, apesar de ser magra, ela chamava muito a atenção, pois sempre soube se vestir bem, então usava roupas que valorizavam muito o corpo dela. A Patrícia é uma deusa grega, alta, corpo definido na academia, pele bem clarinha, seios fartos, umas pernas de causar inveja, eu confesso que observava muito o corpo dela, admirando a beleza que ela possuía.

As duas chegaram e me viram com uma cara decepcionada, então como a Camila estava dormindo, resolvemos deixar um bilhete e fomos direto pro mar. Estávamos brincando, quando de repente, sinto alguém passando no meio das minhas pernas, a principio achei que era um peixe grande, me assustei, gritei, mas logo, o Theo apareceu do meu lado e sorrindo disse "Surpresa".

Quis matar ele nesse momento, mas fiquei aliviada.

A Gisele e a Patrícia logo vieram pra perto da gente e eu as apresentei pra ele. Depois soltei um olhar pra elas, para que elas se afastassem um pouco, pois queria ficar sozinha com ele.

Eu e o Theo parecíamos duas crianças na água, brincando, jogando água um no outro, até que sem querer coloco minha mão bem em cima do pau dele, que até então estava de short. Fiquei sem graça, pedi desculpas, mas ele sorriu e falo que isso acontece.

Continuamos a brincadeira, e novamente minha mão foi parar no pau dele, e dessa vez, senti um volume maior. Ele sorriu me abraçou e me beijou.

Enquanto nos beijávamos, senti a mão dele percorrendo meu corpo todo por debaixo da água, estava tão excitada que retribui, e comecei a apalpar o pau dele, então ele puxou a calcinha do meu biquíni pro lado e começou a me bolinar, eu dei uma gemidinha, e abri mais minhas pernas, então ele começou a meter o dedo dele dentro da minha bucetinha, ficamos ali, ele me masturbando e eu masturbando ele por alguns minutos, até que o tempo de uma hora pra outra mudou, então resolvemos sair da água.

Não queria acabar com aquele momento delicioso, mas por segurança saímos da praia e ele me chamou para ir a casa onde ele estava ficando. Eu aceitei na hora, então fui avisar minhas amigas, que ficaram um pouco contrariadas, mas nada poderiam fazer, pois eu havia decidido.

Chegamos à casa, e lá estava o Mauro, que sorriu pra mim e outros 2 amigos deles, fui apresentada, mas logo o Theo me arrastou para um quarto na casa, e nos agarramos novamente.

Já tinha batido uma punheta para um amigo, mas nunca tinha deixado ninguém chegar tão perto da minha bucetinha, mas o Theo parecia saber o que estava fazendo, e eu me entreguei, o deixei fazer o que quisesse. Foi então que ele arrancou todo meu biquíni e começou a chupar meus seios, e dos seios chupar meu grelinho, e ficar nessa troca, ora meus seios e ora meu grelinho, estava explodindo de tesão, sempre tinha sonhado com uma chupada na buceta, mas não imaginava que era tão bom.

Pedi para chupar o pau dele também, comecei um pouco desorientada, pois não sabia direito o que fazer, mas depois vi que não tinha muito segredo. Enquanto eu o chupava, a porta se abriu, era o Mauro, assustei e parei no mesmo instante, mas ele pediu para que eu continuasse então eu continuei. O pau do Theo era muito grosso, e ele latejava na minha boca, mas a experiência era maravilhosa, e eu percebi que estava fazendo direitinho, pois ele gemia e dizia pra continuar.

O Mauro que até então estava apenas olhando, perguntou para o Theo se eu estava chupando direitinho. O Theo disse que eu estava chupando deliciosamente, e falou para eu chupar um pouco o Mauro também, pra mostrar como eu era boa. Senti um frio na espinha quando ele me pediu isso, mas aceitei, fiquei sentada, e comecei a chupar os dois, enquanto batia uma punheta para um, eu chupava o outro.

Estava morrendo de tesão, quando o Mauro disse pro Theo preparar a minha buceta pro pau dele. Eu quase engasguei, pois se o pau do Theo era grosso, o do Mauro alem de grosso era enorme.

Sorri pra eles e disse que não poderia fazer mais do que eu estava fazendo, pois era virgem, mas acho que isso sá aumentou a vontade deles de me comerem.

A principio eu pensei que eles iriam respeitar, pois o Theo ficou chupando minha buceta e enfiando o dedinho, e o Mauro socando o pau dele na minha boca. Mas de repente, eu sinto uma pressão mais forte na entrada da minha buceta, olho pra trás e vejo o Theo tentando enfiar o pau dele. Fechei os olhos, e pedi "vai, pode enfiar, tira meu cabaço, me faz mulher, quero ser de vocês dois".

O Theo não pensou duas vezes e começou a forçar mais a entrada do pau dele. Estava com tanto tesão que não estava sentindo dor, e enquanto ele ia enfiando o pau dele na minha buceta, ele brincava com os dedos no meu grelinho. Abri-me mais, e de repente, o pau do Theo estava todo dentro, então ele falou pro Mauro "esse cabacinho já era, que delicia essa bucetinha apertada", e eu inconscientemente rebolava no pau dele, e ele ria, me chamando de vadia, que para quem era virgem eu sabia mto bem o que estava fazendo.

Acabei gozando rápido, pois ele me masturbava muito enquanto metia fundo.

Quando ele percebeu que eu gozei, ele cedeu minha bucetinha pro Mauro, que veio com tudo, sem nenhuma delicadeza e já enfiou tudo de uma vez, eu gritei, pois doeu um pouco, mas estava em êxtase, e queria mais, então enquanto ele bombava aquele pau enorme na minha buceta, eu chupei o Theo, ate que ele gozasse na minha cara. Ver a satisfação do Theo foi demais, me senti uma mulher de verdade por fazer um homem gozar, mas essa satisfação durou pouco, pois logo eu percebi que tinha mais um pra satisfazer, então deitei o Mauro na cama, fui por cima dele, e comecei a cavalgar no pau dele, enquanto ele brincava com meus seios.

Eu não sentia mais meu corpo, estava com as pernas bambas, mas meu objetivo era fazer aquele baita homem gozar deliciosamente.

Fiquei rebolando e cavalgando no pau dele, enquanto falava que o pau dele era enorme, que eu estava adorando ser fodida por dois caras safados, que eu iria ser pra sempre uma vadia... Então o Mauro não aguentando mais, me colocou ajoelhada na cama e eu comecei a chupar o pau dele, que logo começou a inundar minha boca com seu leitinho quente.

"Engole tudo safada, se vc quer ser uma vadia, vc tem que engolir minha porra".

Eu engoli tudinho, ainda limpei com minha língua o pau dele.

Ficamos os três deitados na cama por um tempo. Eu estava mais que feliz, pois havia perdido meu cabaço com dois homens safados do jeito que sempre sonhei.



Essa viagem rendeu muito, pois todos os dias eu dava pra eles, e às vezes para outros amigos deles também. E foi assim que nasceu essa vadia que vos fala...





Contatos:

http:recordacoesdamony.blogspot.com

Email: [email protected]

Orkut: http:orkut.comProfile.aspx?uid=807851219474102038

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de mulheres casadas que colocaram o dedinho no rabinho de seus maridos e eles adorarammeu padrinho me comeicontos eróticos primeira vez q peguei na buceta da minha namorada contos eroticos na praiacontos eroticos esfoleando o cu da filhacontoseroticosrolaContos vovó no banhochupei minha netinha contos eróticoscaralho anaconda destruindo cucontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travestidei pro tarado contoscontos eroticos calcinha desaparecendoxvidiofodendo entisdacontos eróticos flagra na esposa a vingançaComtos casadas fodidas pelo patraoconto erotico safadesa no cinema com travesticonto erotico de despedida de solteiro com orgiacontos eroticos guri faz buraco para ver vizinhacontos mulher da na frente dos filhosao meus 19 anos cumi um cuziho bricando d esconde esconde contosgaya irma dela dorme conosco de calcinhaquero contos d prostitudasContos quero goza muito na minha filha quando ela nascecontos eroticos esposa coloca coleira no maridodona florinda putacontos heroticos fransei com meu sogroCONTO EROTICO:FIQUEI COM A CRENTE SUPERGATAconto erotico de velha gorda sem dentaduratanguinhas molhadas contos eroticos reaisdoce nanda parte dois contos eroticoscontos to gravida do meu filhodei o cu no campig homoxesuaiscontos traindosapata velha greluda e ninfetaesfregando contoO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeiempregada sexo19anoscontos eroticos deliciarelatos intimos crentes casadas mais lidascache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html puro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestocontos coroA estupradaContos eróticos de rabudas casadasContos de crosdresseresquando a chapeleta inchada entrou no cu a menina gritocontos eróticos namorada outracontos eroticos rola grossacontos eroticos estupro da cegacontos eroticos de novinhos madrinhascontos eroticos meteram em mim e fiquei muito abertaconto gay primos no sitiocontos eroticos de comi minha. sograPorno contos incesto familia prazer total qualquer idadecrente reclama do marido contos' pornocontos uma menina me seduziusafada pediu pro tio pauzudo gosa dentrovides gay dopando amigo pra chupa-lo e tranzarContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos erotica de estrupamento de ninfetoscontos eroticos comendo cu da mamae a mando do papaia menina e o cachorro de rua contos de zoofiliaela queria dar uma dançadinha no quartocondos erodicos sogra e jeroconto erotico deixei o cu da velha japonesa arombadocontos de afilhadacontos veridico me arrombaram, mas me vinguei do meu maridohttp://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/conto_1729_pacto-de-porra-em-familia.html&ei=Tuthr3L0&lc=pt-BR&s=1&m=159&host=www.google.com.br&ts=1504527796&sig=ANTY_L0RczQERuUpbN0Q5efSyWyiLRB2ywcontos eroticos com enteadaconto erotico a buceta enorme da minha esposacotos erotocos piscina casadacontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazuma dp muita dor mais deliciosa conto.surubarcontos menininha curiosa safadinhacabelos lisos ate na bunda de dar invejaajudando a netinha com dever de casa ninfetaporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela ceder