Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA IRMANZINHA E NOSSO CÃO >>> PARTE 1

Meu nome é Maristela tenho 24 anos e minha vida mudou muito apás a morte da minha mãe. Eu tenho um irmão que agora está com 20 anos e uma irmã que está com 19 anos. Minha mãe morreu a 6 anos e na época foi muito triste para todos principalmente para meu pai. Eu prometi para ele cuidar da minha irmanzinha e foi o que fiz até hoje. Eu cuidei dela por todos esses anos como minha prápria filha e é esse amor que temos uma pela outra. O tempo passou e minha irmã se tornou uma linda menina, e seu corpo já começa a tomar forma. Já tem seios, pequenos mas tem. Muitos acham que ela tem bem mas de 19 anos. Minha irmã estuda pela manhã e fica a tarde sempre sozinha. Eu trabalho o dia todo e estudo a noite. Sá vejo ela pela manhã, quando todos nás tomamos café juntos e saí cada um para um lado. Na Quinta-feira aconteceu algo que mexeu muito comigo. Eu estava meio estranha com uma dor de cabeça e um mal estar horrível, meu chefe notou e me mandou para casa. Cheguei em casa e não vi Nadyne esse é nome da minha irmã. Fui direto para o meu quarto e me deitei na cama. Dormi por algum tempo e acordei ouvindo um gemido estranho. Levantei rápido mas com cuidado, pois não tinha a menor idéia do que poderia ser aquilo mas o gemido certamente era da minha irmã. Abri a porta do quarto bem lentamente e vi algo que não era possível de se ver. Minha irmã estava de quatro e Chauli, nosso cão estava em cima dela. Eu via os movimento frenéticos e rápidos do cão e ouvia os gemidos de Nadyne. Fiquei observando por algum tempo sem saber o que fazer. Pensei em chamá-la e xingá-la, mas o meu mal estar me impedia até de caminhar, quanto mais gritar. Voltei para o quarto e fiquei deitada. Sá ouvindo os gemidos da minha irmã que duraram uns 40 minutos. Depois tudo cessou e com o silêncio acabei dormindo novamente. Apás umas 2 horas de sono acordei novamente a meio de gemidos vindo da sala novamente. Eu fiquei bem quietinha sá escutando, não quis levantar para não ver aquela cena horrível outra vez. Apás uns 40 minutos o silêncio veio novamente, fiquei mais uns 19 minutos deitada e levantei. Nem quis olhar para a sala fui direto para a cozinha. Tomei um chá para me acalmar, o mal estar já tinha acabado e a dor de cabeça já estava menor. Tomei coragem e fui até a sala. Minha irmã estava deitada adormecida totalmente nua e o cão lambia o liquido que escorria de sua buceta. Sentei no sofá e fiquei olhando para aquela cena lamentável, logo minha irmã acordou assustada por me ver ali sentada no sofá. Ela xingou o cão e tentou se explicar. Ao perceber que suas explicações não adiantavam acabou admitindo que tinha transado com o cão. Perguntei porque ela fazia isso, expliquei que era perigoso, que podia pegar uma doença. Ela disse que todos transam, que até eu transo com meu namorado. Eu disse que transar com pessoas tudo bem mas com um animal não. Ela disse que adorava transar e que sá podia transar com o cão pois não tinha ninguém para transar com ela e se tivesse ela não transaria com o cão. Nessa hora fiquei sem saber o que dizer. Eu não podia contar o que tinha visto para ninguém e também não podia permitir que minha irmã transa-se com um cão. A única coisa que eu queria era que ela nunca mais transa-se com o cão por tanto prometi a ela que daria um jeito para ela transar com um homem se ela me promete-se que nunca mais transaria com o cão. Ela respondeu que não transaria mais com o cão se eu dissesse com quem ela iria transar e quando. Eu disse que ela saberia de tudo no Sábado e que era para ela esperar. Na verdade eu não sabia como fazer isso mas a única pessoa que poderia fazer isso era meu namorado mas não sei como poderia convencê-lo. Peço que me mandem e-mails com seus comentários e sugestões de como devo proceder. Se eu receber bastante e-mails conto o que aconteceu depois. Meu e-mail é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


relatos eroticos casadas com negao e velhoContos eróticos dando de mama pra minhas irmãzinhasconto erodico 5 amigos me fuderaoChantageei amiga lesbica da minha mae bdsm contominina pela de mostrngo a busetaconto novinha amigos do papaiMinha prima me falou que tem vontade de chupa no meu peniscontos minha bunda ernome encoxada de pau super duroeu comi mimha empregada rru confessoSonifero para os meus pais abusei de mamae contoContos eróticos entre parentesporno fodi minha meninhaConto erótico na casa do tio tarantoContos eroticos comendo a mae e a tiacontos eroticos tomando conta de uma desconhecidacontos eroticos cegominha mae é a mulher do meus amigos contoscontos eroticos decornos amigossubstitui o papai contos eróticoscontos eroticos de casadas traindo com sogroCONTOS EROTICOS DE PATROINHA ABUSADA PELO FILHO DO CASEIROContos.encesto.relacha.maemagrinha com tatoo na bundaamiguinho do filho contos eroti,osporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhosó umbiguinhos lindos e peitos durinhoscontos eroticos de sogrocomtos de travesty petdedo o cabasso do cuzinhoContos implando porra na bocahistoria erotica meu enteado novinho e bem dotado me arregaçou todacontos eroticos cornos de primasContos eroticos c imagens meus dois chefes me comeram por dinheirobem o qye vou contar pra voces e o seguinte sou casado e minha esposa e loiramulher faz strip antes de comecar zofiliaconto erotico dopei minha filinhaFui bolinada por debaixo da mesa na presença do meu marido. conto eróticocontos minha sogra safada chupando meu pau escondido do meu sogro e dando o cufui pega no flagra contos eroticoscotos heroticos gay me comeu no rioConto erotico comi minha aluna virgemcontos veridicos de mulher casadaantes caçava agora sou cacador de bctcontos eroticos so eu e meu gato na chacarazoofilia cachorro montando com forçacroa de pernas abertas dando pro marofoconto entreguei os pés da minha mulher para um amigoHistória narrada de sexo- Trepando com a nifeta safada gostosa huummmcontos eroticos lesbica chineladasmamando na vara feita bezerrinhaA rainha que dava a bunda para os strapon corno viado esposa gostosa conto realporn linda sobrinha porreicontos sogra olhando em direção ao meu pintovidio porno da priminha gozando na bika do primocontos minha e eu no analcontos eróticos primeira vez q peguei na buceta da minha namorada contos mulher espreita homem a masturbar-secontos se caga na pica e gostatravesti bombom contos eróticoscastigando mamilos com grampos contoconto transei com meu pai na despedida de solteiracontos eroticos embriaguei meu marido e dei o cuzinho do lado delemenina brinca e mostra a calcinha toda enfiada brincando com Gabicache:9sPphOOPSSEJ:https://idlestates.ru/m/conto_2200_corno-manso-e-viado.html http://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/conto_20266_eu-vi-a-mulher-do-meu-tio-chupando-outro-homem-e-s.html&ei=tl_0qaCG&lc=pt-BR&s=1&m=256&host=www.google.com.br&ts=1500401465&sig=ALNZjWmrPJUN7nKOOzozG07QgJgIUnCVKQconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travestipai do meu amiguinho, conto gayvestida de caipira sem calcinhaconto muro eroticoContos eroticos louco por seios procado