Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A PRIMEIRA TRANSA COM PRIMINHA

Olá, meu nome é izzy, tenho 28 anos, sou moreno olhos verdes, cabelos castanhos escuro e 1,85 m e 78 kg e tenho corpo malhado.E começando o que interessa, essa transa aconteceu quando eu tinha 19 anos e minha prima safada tinha 19 . Um dia eu estava em casa vendo um dvd quando tocou o telefone, e era a minha prima justine

Falando que tinha um trabalho pra fazer e queria que eu ajudasse por que tinha que ser digitado no computador e que ela não tinha, e daí eu falei pra ela passar na minha casa, que eu iria ajuda – lá, depois de uns 30 min apareceu ela de bicicleta e com uma pastas contendo o material do trabalho, e toda gostosa e de banho tomado, ela vestia um vestido branco batendo nas coxas, ela é loira, cabelos lisos, 1,65m uns 58 kg, olhos castanhos e pele bem bronzeada por que eu moro na praia, e o corpo dela me deixa loco, o que mais me chama atenção é sua bunda e suas coxas que são grossas do jeito que eu gosto e os seus seios são médios, eu e essa minha prima sempre nás demos bem, e quando eu tinha 19 anos e ela 19 aninhos a gente ficou pela primeira vez mas sá rolou uns beijinhos e ela que deu em cima de min por que naquela época eu era muito tímido e ainda sou mas já perdi um pouco dessa tímides. Então depois disso nunca rolou mais nada, mas sempre tive vontade de transar com ela, mas nossos pais são muito práximos, e eu considero ela quase uma irmã, mas a tara que eu tinha pela minha prima, era mais forte e eu as vezes batia uma punheta pensando nela . Voltando ao conto... ela chegou na minha casa, me deu um beijo no rosto e falou com um sorriso no rosto oi priminho, nossa eu ficava com mais vontade de realizar a minha fantasia de comer ela. Bom em seguida nás fomos pro meu quarto onde fica o pc e começamos a fazer o trabalho, ela ditava o assunto e eu digitava o trabalho pra ela, eu estava sentado na cadeira do pc e ela na minha cama e com as pernas cruzadas e que pernas eu quase não conseguia digitar direito, e nisso ela começou a puxar papo : Primo os seus pais estão em casa, eu disse que não eles foram visitar uns parentes, por que : nada não, é que assim eu me sinto mais avontade, sabe... nossa nesse instante eu fiquei imaginando o que ela tava pensando e não aguentei e perguntei como assim mais avontade, e nisso ela chegou mais perto de min me abraçou por trás e falo bem baixinho e sexy no meu ouvidinho: sabe o que é primo assim eu fico mais avontade de te dizer que eu tenho uma vontade de transar com você ... nossa eu fiquei todo nervoso e pensei que ela tava brincado e olhei pra ela sorrindo e ela me beijou com uma vontade e veio por cima de min e sentou no meu colo e disse eu te quero meu priminho gostoso e eu falei nossa você sabia que uma das minhas fantasias é transar com você sua safada... ai ela me beijou com mais vontade ainda e eu retribui com beijos calientes e com sabor de sexo, e as minhas mão começaram a percorrer as suas coxas grossas e gostosas, e ela disse: eu vou realizar a sua fantasia com muito gosto primo, hoje eu sou toda sua e ela também nessa hora ela pegou a minha mão e colocou embaixo do seu vestidinho e eu pude senti a sua xaninha por cima da calçinha ai eu fiquei loco de tesão, pegeui ela no colo e deitei na minha cama e tirei o seu vestido e fui por cima dela e começei a beijar o seu corpo delicioso, fui no pescoçinho com minha língua e fui descendo até os seu peitos durinhos de tesão e comecei a mamar e dava umas mordidinhas com os lábios no seus seios e ela ficava loca e me dizia que ela tinha muita sensibilidade nos seios aiii que chupava mais ainda, e ela tava muito cheirosa e nisso eu comecei a pensar que ela tinha planejado tudo pra transar comigo aquela putinha, e eu fui descendo pela sua barriguinha até chegar onde eu queria e comecei a tirar a sua calçinha e joguei longe e tive uma vista linda ela tinha raspado tudinho eu olhei pra ela e disse você é uma safada né priminha e ela sorriu e falo você gosta de menina safada gosta, eu disse sim, e ela então disse : me chupa bem gostoso primo ... vaiii hummm vaiii ai eu mergulhei naquela bucetinha maravilhosa e comecei a chupar bem gostoso metendo a língua lá dentro e mexi bem gostosooooooo e chupava o seu grelinho e soquei um dedinho lá dentro da xaninha e ela dava gemidinhos bem gostosos e falava assim priminho assim que eu gosto eu chupava e chupava e comecei a socar dois dedinhos e a sua xaninha tava bem molhadinha pronto pra receber o meu pau duro, ai eu me levantei tirei a camisa e a bermuda e mostrei o meu pau por baixo da cueca vermelha que eu tava usando, você quer sua putinha? Quer? quero me da ele... da pra min chupa... daaaa

Ai eu tirei ele pra fora e falei então pedi com geitinho que o priminho da pra você, ela começou a ficar loca e veio na direção dele e tentou pegar e eu disse nãooo pede: ai ela se ajoelhou, olhou com cara de pidona e disse :da pra sua priminha daaaa que eu vou chupar ele bem gostosooooooo ai meu pau ficou mais duro eu cheguei perto e falei chupa, ela pegou ele e chupou com uma vontade parecia um nenem mamando com fome, e como ela chupava bem e eu fechava os olhos e nem acreditava no que estava acontecendo, e resolvi aproveitar ao máximo, e segurei ela pela cabela e comecei a fuder a sua boca e ela gostando e quase ingasgou com o meu pau na sua garganta ai eu sentei na minha cama e ela veio e chupava e chupava ainda mais parecia que ia engolir todo ele, e passava a língua na cabeçona e se deliciava com ele ai eu puchei pelos cabelos e falei senta nele gostoso senta, ela veio com uma fúria e sentou bem devagarinho e o meu pau foi entrando bem gostoso e ele foi sumindo até entrar todinho e ai eu senti como era quente aquela buceta nossaaaaaaaa, e ela começou a cavalgar em cima de min e rebolar e gemer muito:: aiiaiiiaiii gostosoooooo hummm eu fui passando as mãos na sua bunda gostosa e quente e ajudava ela rebolar mais e mais ainda no meu pau ai ela se segurou no meu pescoço e foi subindo e descendo bem devagar, tirava o meu pau todinho e sentava de novo aquela safada fudia muito mesmo que nem nas minhas fantasias, e gemia muitooooo foi ai que ela saiu de cima de min se virou de bundinha pra min e sentou de novo e começou a rebolar e esfregar aquela buceta gostosaaaaaa cada vez mais rápido e a gemer mais e mais e entrou numa tremedeira que pensei que ela ia explodir de tanto tesão e largou um gemido alto e delicioso e gozouuuuuuuuuuuuu em cima de meu pauuuuu e amolçeceu o corpo e eu a segurei, nossa priminha que orgasmo você teve hemmmm e ela disse: também com esse pau deliciosoooooo, se eu soubesse eu já teria dado pra você a muito tempo, aiiiiiii eu pireiiiiii, tirei ela de cima de min deitei ela e comecei a socar bem fundo naquela buceta de prima puta aiiiiii que ela gemia mais ainda e eu tava adorando e me deliciando com essa cena, ela me abraçou forte e me entrelaçou com suas pernas nas minhas costas e suas mãos nos meus cabelos a puxar de tesão e a falar : me come bem rápido comeeeeeeeeee, fode a sua priminha vaiiiiiii e eu comecei a fuder ela mais e mais e a gemerrr de tanto tesãooooooo que eu tava e eu mordia seu pesçoso e deixava a minha marca naquela vadiaaaaaaaaa e falava sua puta gosta de pau na bucetaaaaaaaa então toma sua cadelaaaaaaaa(adoro xingar quando eu transo) e nás ali agarradinhos fudendo, parecia dois corpos num sá, o calor tomava conta daquela cama e daquele quarto que mais parecia um templo de orgias que cheirava a sexooooooooooooooooooooooooo. E eu acelereiiiiiiio ritmooooooooo, e não aguentando mais, tirei o pau pra fora que mais parecia um vulcão em erupição e gozeiiiiii bem gostoso naqela barriguinhaaaaaaaa, era tanta porra que eu lavei o seu corpinho, nossa fazia tempo que eu não gozava assim aiiiiii que deliciaaaaaa e eu esfregava o pau nela e ela gostava e sentia aquele leite quente sobre ela ufaaaaa, e deitei – me ao seu lado com o corpo relaxado depois de uma gozada dessa beijei ela no rosto e perguntei você gostou ; ela disse que adorou e olhou com aquela cara de putinha e disse mais eu quero mais e eu também quero te fuder mais até não aguentar mais.... me levantei e fui buscar água por que fazia calor e nás iríamos queimar muitas calorias rsrsrs, e ela foi ao banheiro se lavar, ao voltar ela já tava na minha cama de bundinha pra cima, que me deixou de queixo caído, ela virou o pescoço e passou a mão sobre sua bunda durinha e sarada e disse você gosta da minha bundinha primo gosta? eu disse ela é muito gostosa, então vem cá vem ... eu coloquei a garrafa de água sobre a mesa e deitei ao seu lado de ladinho e ela começou a esfrega aquela bunda macia no meu pau e ele começou a dar sinal de vida e eu peguei e comecei a paupar o seus seios que começaram a ficar durinhos e ela dava uns gemidinhos bem gostosos e fui levando a minha mão até sua xaninha e comecei a tocar uma siririca pra ela e ela pegou o meu pau e começou a alisar ele, e bater uma punheta e ele foi crescendo e crescendo até ficar em ponto de balaaaaa ela levou o meu pau até a entrada da sua bucetinha, e começou a pressionar o quadril nele e ele foi entrando bem gostoso naquela bucetaaaaaaa aiiiiiiiiii que deliciaaaaaaaa e começamos a fuder de ladinho bem gostoso e ela se mexia toda e ajudava eu a colocar todo aquele pau dentro dela e eu segurava ela pelos cabelos e falava mexe vadia mexeeeeee ela esfregava cada vez mais aquela bundinha deliciosaaa, e entramos no ritmo de novo e começou a ficar gostosooo aquele vai e vemmmmmm hummm deliciaaaaaaa e eu a beijar e acariciar o seu pescoçinho que era lindo e dava umas mordidinhas de leve na sua orelhinha e falei : agora eu quero te comer de quatro sua putaaa, ela ficou loca, e falou é minha posição favorita ai eu tirei o meu pau e ela já se posisionou e empinou aquela bundinha e eu me levantei arregacei aquela bunda maravilhosa e chupei ela de quatro nossa que delícia ( eu adoro fazer isso ) arregaçava e chupava ela adorouuu e dava uivosssss de prazerrrrrrrrr não aguentando mais ela : me come priminho vai me comeeee ai eu peguei o meu pau dei umas batidinha na bunda dela e soquei bem forte que ele entrou de uma vez sáooo naquele rabãooooo gostosoooooo que buceta maravilhosaaaaaa ela deu um aiiiiiii de dor e tesãoooo e eu comecei a socar sem dá nem piedade e o meu pau entrava e saia bem gostoso e fui aumentado o ritmo e fudendo e fudendo e ela mais forte primo, e eu fudendo com força e fúriaaaaaaaa e dei uns tapas naquela bunda e ela gostava e delirava com a fodaaaaaaa ela gemia e gemia aiaiaiaiaiiiiii issooooo gostosoooooo mete mete mais humm vou gozarr hummmmmmm uiiiiiiiiiii e eu gozaaaaa sua puta goza no meu pauuuuuuuuu e elaaaaaaa gozouuuuuuuuuu de novoooooooooo e a moleçeuuuuuuuu seu corpinhooo e eu puchei as suas pernas, ai ela ficou totalmente de bruçossssss e eu me deitei completamente colado e começei a socar novamente e ela a gemerrrrrrrrrr e como era gostoso fuder com aqela bunda batendo nas minhas coxasssssssss e fui fudendo e o gozo tava vindo e ela falando goza pra min vai e eu falei aonde você quer que eu gozei priminhaaaaaaa ela : aonde você quiserrrrrrrr aiii que ele veio mais rápidooo, soqueiiiii soqueiiiiiii ele vem vindo eu tirei ele pra fora daquela bucetaaa mirei na sua bundonaa e gozeiiiiiiiiiiiiii deliciosamenteeeeeeeeee naquela bunda tesudaaaaaaaa aiiiiii que delicia gozar assimmmmmm, ai eu me deitei ao seu lado e dei um beijo bem demorado e a abracei e ela falo nossa essa foi uma das minha melhores transas priminhos e eu hummmm que bom que você gostouuuuu espero repetirmos a dose rsrsrsrs ai ouvimos um barrulho de carro chegando na garagem era os meus pais ai bateu o desespero e eu fechei a porta e ela começou a procurar a sua calçinha e eu a me vesti e ela colou o vestido sem calçinha mesmo e eu falei assim ta bom, foi o tempo de abrir a porta e sair do meu quarto e meus pais entraram pela porta da frente e deu de cara com náis dois rsrsrs a minha prima agiu com naturalidade e disse oi e meus pais a comprimentaram e pergutaram o que ela fazia ali e eu disse a mãe eu to ajudando ela fazer um trabalho no computador ah ta fique a vontade justine tudo bem tia, eles saíram foram pra cozinha e eu olhei pra ela com aquela cara de quase eles nás pegaram, mas foi muito engraçado e gostoso tudo quilo, ai deu um tempo ela pegou as suas coisas e foi embora toda lambuzada de porra, e sem calçinha, essa minha prima é uma verdadeira putinha gostosa. Espero que tenham gostado, e é um conto verídico, até hoje eu nem acredito, uma prova disso é a calçinha que ela deixou no meu quarto rsrsrsrs . se gostarem entrem em contato ou votem nesse conto beijosss a todas as mulheres que gostam de sexo bem feito assim como eu.... email: [email protected]







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


[email protected]contos novinhasfilme aconzinha pornmeu padrasto me estrupo ranco meu cabaco do cuzinho e buceta quando eu era novinhao amigo hetero me dominoucontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimconto erotico levei pro iate do meu paicontos gay brincadeira de luta comi meu irmãozinhocontos incestuosos pai fudendo. a filhacasada e carentecontos eroticos q bocA e essa desse baianocontos heroticod gay dei pro meuputa incotrado afuder cm amante vidioconto erotico engoli 1 litro de esperma no vestiariocontos verídicas de sexo em montes clarosporno abuzeis.comcontos eroticosde incestos anal chorandona picaestava no banheiro minha tia entrou contos eroticosfodas de esposas q gostam de ser curradasirmã irmão estudando lá no exterior não tinha feito ela com tesão ele com tesão meteu a rola nela bem gostosoconto erótico enteada querendo dar po padrastopresenciei minha esposa me traindocontos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15contos de rasgando o cuzinho apertado do novinho que chora de dorcomi a mulher estrupada do traficante contos eroticocontos de esposa arrombada dormindoconto viajando com a maninhaporno fudendo o cu da estavanecontos erotico levwi minha esposa numa suruna de suprwsaconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdocontos erotico-teu pau entrando deliciacontos eroticos com homens velhosCacetudos batendo punheta no alimentosporno contos colégiocontos eroticos mulhe conta.como deu a buceta eo cucontos eroticos gisacontos eroticos fudendo a mae travestimulher com contracionar peladasendo possuida pelo servente do colegio parte 1!!!contos eroticosconto erótico meu sobrinhomulheres batendo punheta nos animais como cachorros e ponhesminha primeira traição na academia contos eróticosvídeo pornô intrigada e padrastoContos dei para meu filho roludocontos coroas fudendocom novinhocontos eroticos casada perto do maridocorno viado esposa gostosa conto real[email protected]presenciei minha esposa me traindocontos eu dei pra um menino novinhoconto gay meu caseiroi veadocontos sogro polpa forainfermerinhas danao a buceta aus passientecontos porno amador de filha submuContos eroticos de travestis tarados.CONTOSPORNO.nenémContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto gay sou mulherzinha do sogrocomi o irmao da minha mulhercontos eroticos fui comida pelo cara que conserta sapatosContos eroticos sempre quis da meu cu pro vizinhocomo fuder com banana verdeencontrar vídeo de sexo amador com mulheres gordinhas do Arraial do Cabo viciadas em analContos concunhadocavalo e pônei cheio de tesão tentando dar em cima da mulhercontos porno eu amo caga na picacontos eroticos com dialogo molestada pelo patraoconto de sexo agrentou duas pica no cugoza na minha mulher contocontos eróticos mulher bundudacontos sexo minhas duas tias me espiando meu pausaoEmpregada Triscando no meu pau contoque enteada pernadacontos eróticos de virgens perdendo o cabaço a força