Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

"MARIDO" ESCRAVO PERFEITO

Kely é uma linda mulher, estilo princesa, simplesmente linda, seu rosto é de ipnotizar qualquer homem que realmente goste de mulher, suas formas são fantásticas, mulher de 1,75 de altura, com corpo de patricinha, bundinha enpinadinha e durinha, seus seios médios daqueles que empinam o mamilo pra cima quando estão em estado de excitação, cabelos loiros, seus olhos em um tom de azul clarinho lhe dão um ar de beleza e superioridade, sua pele branquinha, seu estilo de roupas é um caso a parte, esta mulher além de ser linda aos seus 24 anos também gosta de vestir-se de forma provocante, seus saltos não são apenas caros, também refletem a sua beleza e seu instinto de superioridade; esposa de Carlos, um cara que no começo do relacionamento expressava um ciúme incontrolável, mas que sempre cedia diante de suas ameaças de o deixar, ele não poderia deixar aquela garota escapar, a paixão por ela era cada vez maior, ele com 28 anos tinha muitos sonhos e sempre encaixava ela em seus sonhos, ela por sua vez também o encaixava em seus sonhos e desejos secretos, a fidelidade de seu marido era visível, a infidelidade dela era ignorada por seu marido, ele a trata como uma verdadeira princesa, ela por sua vez o trata de forma superior e autoritária, ela sabe o quanto é linda e sabe principalmente que seu marido não teria coragem de deixá-la, não que isso importasse muito, mas alguém precisava pagar a faculdade dela e arcar com as despesas da casa, carlos se dispunha a bancar estes gastos sem nada questionar. Carlos sucumbia cada dia mais as vontades de sua linda esposa, ela não se fazia de rogada e apenas aproveitava a boa e crescente submissão do marido, ela gostava quando Carlos antes de transar com ela acariciava com suaves beijos seus pezinhos, ela ficava excitada com estas carícias do marido, mesmo ela sabendo que é praticamente normal em uma relação sexual o parceiro começar com carícias tanto nos pés quanto em outras partes do corpo da parceira, para ela esta atitude de Carlos passar certo tempo apreciando seus pés além de lhe dar prazer pelo toque dos lábios dele em seus pés, também lhe proporcionava um ar de superioridade sobre seu marido, as vezes ela simplesmente estava no sofá deitada e pedia para seu marido massagear seus pés, o que ele fazia sem qualqeuer cerimônia, ela foi cada vez mais se acostumando com a submissão de seu marido, ela deixou de pedir "por favor" quando solicitava alguma coisa a seu marido e passou a simplesmente ordenar que ele fizesse alguma coisa, seu marido percebendo o nível da cituação ainda tentou argumentar, mas ela já não se importava de forma alguma com o que ele pensava, e as ameaças de o deixar faziam com que Carlos esquecesse qualquer tipo de reclamação e passasse apenas a obedecê-la de forma natural procurando até sentir prazer em fazer isto, Kely imediatamente percebeu que seu marido não mais a incomodava com suas tolas reclamações e não ficando satisfeita em apenas comandar as atitudes dele passou também a humilhá-lo de forma verbal, Carlos nada dizia, tinha se acostumado com a situação de se submeter as vontades dela e agora também iria se acostumar a nova realidade, aceitava de cabeça baixa as humilhações de sua linda esposa. Ela simplesmente deixou de chamá-lo de Carlos e passou a utilizar palavras humilhantes sempre que se referia a ele como por exemplo: idiota, imbecil, imprestável, frouxo, estúpido, etc; humilhações era o que não faltava para ela se referir a ele, para ela não era difício tratá-lo assim afinal ele apenas servia de arrimo pra ela, ele por sua vez a amava desemfreadamente, ela fez com que todo o ciúme que ele sentia por ela se tornasse em paixão que explodiu em um amor subserviente coisa que ela já esperava acontecer e amou quando aconteceu. Ele apesar de tratá-la com muito carinho e devoção ela o tratava com indiferênça, como que querendo fazer ele perceber o seu papel naquela relação que era apenas de serví-la, os gastos dela tomaram nova proporção com a submissão crescente do marido, mais produtos de beleza compunham sua penteadeira, mais roupas bonitas e caras ocupavam seu guarda-roupa, a emprega que vinha fazer fazina duas vezes por semana passou a vir todos os dias, não apenas para limpar, mas também para cozinhar e fazer todos os afazeres do lar, na frente da empregada eles se portavam de forma normal verbalmente, Kely não precisava se preocupar com mais nada em sua casa pois a empregada era uma verdadeira profissional, com a contratação efetiva da empregada como também os gastos extras de Kely, Carlos passou a trabalhar mais na empresa, passou a fazer mais horas-extras, chegava em casa exausto, seu cansaso físico era visível, mas Kely não se importava com isso, como a empregada ia embora no finalzinho da tarde e Carlos chegava a partir das 19:00 horas por causa das horas-extras que estava fazendo Kely apenas esperava na sala ou na cama assistinho tv ou mesmo estudando, quando Carlos chegava ela apenas o mandava preparar um lanche pra ela pois ela estava com fome, Carlos sabia que mesmo estando com fome e cansando devia pensar primeiro em sua linda musa e esposa, antes mesmo de ir tomar banho Carlos lava as mãos e se direciona a cozinha para preparar o lanche de sua linda mulher, ele prepara tudo com muito carinho apesar de sua esposa o estar apressando, ao terminar ele se direcionar com a bandeja na mão e serve a sua esposa na cama ou mesmo na sala se ela estiver assistindo tv lá, sua esposa percebe a dedicação de seu marido e para aproveitar ainda mais a submissão de seu marido ela manda-o massagear seus pés pois ela queria relaxar enquanto come, Carlos esquece a fome e o cansaso e passa a massagear os lindos pés de sua esposa que cada dia mais tomava conta de suas vontades...cont...(MANDEM COMENTÁRIOS PARA MEU [email protected])

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos xxx meu primo me engravidourealizei meu sonho transar com um cavaloDei sonifero para o casal e estuprei a mulher gorda contonoite fria com titia contos eróticoscontos eroticos de estrupamendoporno doido mamadas terminando na bocscontos eroticos gay dei o cu pro meu vizinho criminosoalgus dono de escravos estrupavão escravascontos eróticos de virgens perdendo o cabaço a forçaconto erotico de colega saradao do meu padrasto mim comeucontoeritico dei p cazzerocontos eroticos de calcinhacontos porno mamae no onibusmetendo com a tininhameu padrasto fica excitado comigoconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construçãoContos de ninfetas que gostam de andarem nuasContos de mãe que adora ver sua filha casada, trepando com seu genrocontos fui passear com minha esposa na casa de um amigo e virei cornomulher acima d 90kg crente contoscontos interracial de crentes sendo arombadasmulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaosexo com vizinha muito rabuda vigiadocontos chupando buceta cabeludacontos sado marido violentosmulhere muito gorda e negra cou cu eabuceta gosadocontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendoconto comi o cu do sogrosubrinhocontosvideo conto traiu marido punhetavideos e contos reais de mulheres engatada com dois cachorroscontó erótico sendo estrupada por pau grande com dornovinha que queira trocar msg e gozar muitocontos sexo estorando cu virgemsminhasobrinhae sua amigacontoscontos eroticos cdzinha virei menina pra agradar meu donoconto crossdresser.vestido de minha esposaconto eroticos ensinando a casadinha novinha a gozar gostosozoofilia homens com super vergas enormes fodendo mulhetescontos eroticoseu e meu marido pagamos aluguel pra um velho de pau giganteConto erotico cdzinha me deixou loucopriquitor porinteromulherbrasileira conversando putaria contosmelhorescontos eróticos gosando pelocudeu a buceta no presidio contoscontos eroticos cadelaDividi namorado comeu buceta contosmulhe rebola engarotozoofilia googleweblight.como lubrificante feminino é melado e pegajosominha mulier sentou no pinto grosoconto eroticorevista em quadrinho de babas eroticascontos eróticos vovócontos eróticos professor japonêscache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html conto minha mulher e um cao d rua fodendotravesty bonita cimasturbandconto irmã peladinha dentro de casaxvidio puta arreganha as perna p leva rola no.fundopapai - contos eroticoscontos coroas amazonensesconto faco o que quiser corno perdoaGozei no pau do meu irmão dormindo contoscontos minha garotinhaMe comeuconto erotico viado bundudo da cu para negaocomo se comportar na primeira transa com colega de trabalho poi ve a folha fundedo com o primo dentro de casacontos de tias punhetando sobrinhosConto erotico o shorti.ho que meu marido comprouporno com yravesti sendo arombadoLambuzada de mel pro cachorro lambermeu padrasto me fudeo todAtravesti bombom contos eróticosensinei a bater punhetacontos eróticos padres heterossexuaiscontos eroticos mulher castiga o homem emagando o saco e dando soco no saco