Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INICIADA EM CASA

Olá, meu nome é Maria Eugênia, tenho 45 anos e sou uma mãe solteira. Por não ter marido, sempre fui muito amiga de minha filha e ela nunca teve segredos comigo. Sendo assim, ela sempre me contou que o namorado dela domina no sexo e gosta de alguns fetiches, os quais ela passou a fazer com ele.

Hoje faço parte do sexo deles, mas antes de participar, não vou mentir, ja cheguei a me tocar ouvindo os gemidos dela quando ele está dormindo aqui em casa.

Iniciei com eles, quando voltavamos de um churrasco de minha família, eu e minha filha "Ju" estavamos de pileque, e por isso fomos embora. No caminho de casa, pedi para o "BETO" (namorado de minha filha) encostar dizendo que eu queria descer e o fiz. Ele, imaginando que eu iria vomitar, desceu para ajudar-me e ao chegar onde eu estava, me viu de cocoras urinando. Olhei ele, mas por estar "alta" ou por teer ficado excitada ao ve-lo ali me admirando, mesmo que naquela situação, nada falei, apensa continuei urinando. Ao retornar ao carro, minha filha passou a discutir comigo sobre o ocorrido... respondiamos coisas uma para a outra, mas nem escutava ela, e imagino que ela tbém não me escutava. Ao entrar na garagem de casa, O "BETO" nos pegou no braço, na garagem ainda e deu um beijo na boca da "Ju", e depois me beijou a boca tbém, mas nem correspondi... antes da "Ju" falar algo, ele a beijou novamente. Apás beija-la, retornou a me beijar, dessa vez, não sei o por que, mas correspondi. Ele fez isso umas 4 ou 5 vezes e cada vez a minha filha o beijava com mais vontade. Quando ele parou de beija-la dessa vez, falou para nos beijarmos e pedirmos desculpa uma a outra, pois eramos uma familia e nao podiamos discutir assim. A "Ju" de imadiato me pediu desculpa e veio em minha direção, e eu simplesmente deixei ela delicadamente me dar um selinho, foi quando ouvi um "isso não é sinal de desculpa" e ela me deu um beijo verdadeiro. Achei estranho estar ali, fazendo aquilo, mas correspondi. Notei estar em um beijo apaixonado com minha propria filha e lembrava das coisas que ela me contará deles e fiquei excitada. Parei quando o "BETO" falou para ela vestir o preservativo nele, pois disse que eu teria de cumprir com minha palavra.

Não lembro o que disse no carro, mas falei que não iria fazer mais nada. Nesse momento, com a "Ju" ja mechendo em sua bolsa, ele me colocou no capo do carro, segurando-me nas costas para que eu não me levantasse e com a outra mão, subindo minha saia. Tentei em vão sair daquela posição, até que parei olhando entre que assustada e curiosa para minha filha ajoelhada e colocando o preservativo no "BETO". Vi de relance o membro dele duro e ela colocando enquanto dava uns beijos. Assim que ela terminou de colocar, ele colocou minha calcinha para o lado e me penetrou.. tentei novamente fugir, mas de novo em vão. Ao sentir ele entrar em mim, notei que não teria como fugir e relachei um pouco. Senti as estocadas dele e me entreguei. Eu estava prescisando daquele sexo e ja não me importava se ele era namorado de minha filha, uma vez que ela estava ali ajudando-o. Fechei os olhos e sentia ele me dar estocadas. De repente, ele retirou de mim, mas sem dar tempo de eu me mecher, disse que eu iria fazer o que falará. Me assustei, pois senti minha calcinha ser puchada para baixo e o membro deleforçar meu anus. Pedi para ele parar, e foi quando minha propria filha deitou-se ao meu lado pedindo para eu fazer por ela, pois ela não faz anal e ele quer. Falei ser errado, e ela segurando minha cabeça, me agradando, com carinha de por favor, pedia para que eu fizesse por ela... para que ela fosse poupada. Quando falei tudo bem, senti ele me penetrar. Gritei... chorei... estava sendo estuprada consesualmente. Doia, mas com a "Ju" ao meu lado, dizendo me amar, me agradando e até lambendo minhas lagrimas, não tive como nao deixar ele continuar. Pensei nela e não gostaria de ve-la sofrendo e continuei. Qdo ele retirou de dentro, a "Ju" foi ao encontro dele, retirou o preservativo e deu umas lambidas no pau dele, enquanto eu escrregava, com as pernas tremulas até o chao, me encostando no parachoque do carro. Foi aí que vi ela erguer umas das pernas e ele penetra-la, ali mesmo de pé, na minha frente. Ele segurando-a na perna, veio trazendo-a para tras, em minha direção. Eu nao tinha forças para sair dali, imaginando que ele a colocaria no capo, foi quando ao estar com o bumbum dela bem perto de mim, abriu as nadegas dela e falou com voz autoritária: "Lambe, lambe tudo minha sogra". Passei a lamber o bumbum da minha prápria filha.. bumbum, cuzinhoe o saco dele. Errado, pecado, taboo, falem e achem o que quizerem, mas nessa hora esqueci toda aquela minha educação e apenas quis continuar ali, obedecendo-o. Ele tirou de dentro dela, ejaculando em meu rosto. A "Ju" com uma rapidez incrivel, saiu de cima de mim e passou a lamber meu rosto, e ainda a babar e cuspir a porra dele em minha boca, depois me beijava. Gosei com ela fazendo isso e notei que urinei junto. Fiquei envergonhada e ela disse que por eu estar com tesão era normal e eles não ligavam. Nisso ela me segura no rosto e diz que seriamos batizadas, não entendi e ela me beija loucamente e sinto um jato de urina em nossos corpos. Adorei aquilo...

Hoje sou submissa dele e aceitei essa relação entre 4 paredes com eles, mas sigilosamente é claro, pois moramos em cidade peq. e minha familia é conhecida.



Cuidem-se, Maria Eugenia.



Ps.: Não estou aqui para trocar fotos, cam mic, telefone, eou coisas do genero... estou apenas escrevendo como fui iniciada.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu fui arrombadocontos eróticos bebadacontos reais buceta gorda siriricaconta erótico minha mulher dando o cuzinho pra mais de dez homens num cinema pornoContos eroticos casal lesbicas esperimentando roludotaras de ficar olhando outroa fudermim mastrudo dia sou mulhe contostitio pedia q eu sentasse no seu colo e fazia cariciasconto eroticos cheguei em casa com o cu cheio de porrae arrombadoporno fode minha buceta vai étoda sua vaiahhhhvidios pornu mulhe qUe gota de trasa vetida com fataziacontos eróticos comi minha sogra num domingocontos eroticos minha meu tio e o dono da minhacontos de afilhadacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscalcinhas sujas contos eroticos da tia safadacontos eroticosmasturbando o cuzinhoconto erotico transei com a sograconto gay acordado pelo dotadocadela piscando em uma metendo picacontos eroticos dormindoJá botei ela para transar eu não vai botar o vídeo dela transando gemendo táconto eroticos lesbicas machinhosconto gay daniel e murilo me.comeramempregadas provocantescontos provocantes videoscontos eroticos com objetostransei com um colega da salasou rabuda viajando.contos eroticosgozando pelo cu contos eróticosComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêscontos eroticos de madrinhascontos eroticos mulheres gozando no pauvideos contos despedida solteira punheta chupadax.vidiomuher.veha.metenocontos de sexo gostosa deu pra mim na a baladaPorno conto casa abondonada eu e o viadinhocontos eroticos fiz megane com meu maridoOsdesenho fam fudendo com tudocomi o cu da mulher do pontor e ele o meu contosesfrega conto heroticocontos eroticos gays,tio jorge me feis mulhersinhaxxvideo de pica enorme socada no cu de ninfeta chorando gritandoo ai 5mintransparente e coladinha bucetinhacontos eróticos de dupla penetração b*****cdzinha cuzinho julinhopenis entandrovideos porno de novinhos que tomarão viagragorda sentada no sofa e cachorra lambendoIncesto com meu irmao casado eu confessocontos tudo enfiado no cueu gozei na vagina de Beth minha amigacontos eróticos uma bela massagem com uma f*** no finalconto esposa na orgia do carnavalcomendo a carlinha casa dos contosvideo sexe etiado pauzudo emadrastacontos erotico meu pai e meu tio armaram pra fuder eu e minha primaconto primeira peitinhoContos quero goza muito na minha filha quando ela nasceContos erroticos com fotos eu e minha loirinha e um negro 32cm parte 2minha madrasta viu meu pau molecontos crossdresser o velho me comeu no matinhoFilha babando pau do pai contoseroticoscontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrospunheten o rabo da minha esposacomi a minha cunhada AdrianaConto irma bebada rabudacontos eroticos gay fiquei sozinho em casa meu vizinho veio mim comerconto eróticos a cumhada q eu tinha raivaContos eroticos recem nascido (a)contos eróticos virei cd para usar fio dentalcontos dando o cu antes dos dez anoscontos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparsozinha com meu sobrinho deixei ele me foder minha esposa escolheu vibradorGarotos na puberdadi flagrados com seu priminhocontos eróticos uma bela massagem com uma f*** no finalporno coroa da boda mole de fiodetaorelatos de gey dano o cucontoseroticos homemque gosta de cuspe,sebo de pau e mijocontos eroticos dormindoirmao com ciumes contos eroticos