Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA CEGUINHA SAFADA. 1

Uma Ceguinha Safada. 1



Meu nome é Gabriel, um senhor de 45 anos separado á 19 anos moro num apartamento localizado numa das Avenidas mais bela de Fortaleza, bem estava no centro da cidade precisamente atravessando a Duque de Caxias quando vi uma garota com dificuldades de atravessar a Avenida, ela segurava uma bengala, se não fosse pro este detalhe eu não saberia que se tratava de uma ceguinha, pois era uma menina linda e bem feita de corpo.



Quando cheguei perto dela segurei no seu braço e falei, que iria ajudar atravessar a Avenida, ela agradeceu e começamos a ter uma conversa, perguntei pra onde ia e onde morava, ela respondeu que justamente ia pegar o ônibus pra ir pra casa, e disse que morava na barra do ceará, um bairro de Fortaleza que pra minha alegria era no caminho onde eu morava, ofereci uma carona.



Num caminho falei que morava um pouquinho antes mais levaria até sua casa, perguntei se ela queria tomar uma limonada ou outro suco no meu apartamento e ela aceitou de imediato. Chegamos, ela gostou do cheiro e do conforto, perguntou se eu era casado, respondi que era divorciado e que morava sozinho, ela procurou com as mãos o sofá pra sentar, nisso lhe dei um suco e ela ficou animada fazendo enumeras perguntas que respondi todas.



Neste momento abri e fechei a porta do apartamento dando a entender que tivesse saído, ela começou a ficar preocupada chamando por mim, “seu moço! Seu moço, você está ai? Ela começou a falar sozinha, “ não acredito, o cara mau educado saiu sem falar nada, meu deus que situação, sou mesma uma burra” foi quando ela ouviu a porta abri e fechando novamente e ela começou a falar comigo e eu ali curtindo aquela situação.



Ela de pé tentando chegar a porta quando leva uma tremenda bofetada, onde caiu de joelho no chão, puxei pelos cabelos pra ela ficar de pé e novamente comecei a lhe dá tapa com força que já estava com a cara toda vermelhada, tirei seu vestido, sua calcinha parei e olhe pra ela e vi que não gritava e nem chorava ficava ali parada sem falar, quieta e isso mim dava mais tessão, levei pra minha cama sentei e coloquei ela de bunda pra cima nas minhas pernas e comecei a bater na sua bundinha foi tantas porradas que sua bundinha ficou sangrando, ela ali quieta, não falava e nem chorava, cansei mas estava com um tessão pela aquela ceguinha, terei minha roupa e ela deitada de bunbun pra cima, peguei meu pau e coloquei na entrada de sua xoxota, forcei e o pau entrou totalmente.



Comecei a bombar com rapidez num vai e vem gostoso, entrando e saindo daquela xoxotinha deliciosa, que quase gozei. Tirei imediatamente o pau de sua buceta, e coloquei na entrada do seu cuzinho, que neste momento endureceu a bundinha, com se adivinhado no que viria, não dei tempo fui colocando devagarinho, a cabeça da chibata e foi entrando, entrando até que preenchi todo seu cuzinho, num vai e vem gostoso que gozei, gozei muito até cair de lado dela que com rosto sereno não dava pra saber se ela estava com prazer ou desgosto.





Levei pro banho depois vesti-la e coloquei no carro, saímos e no caminho ela não falava nada mais, seu rosto não mostrava raiva e nem medo estava sereno e lindo, fomos rumo a sua casa a única coisa que falou foi dizer o nome da rua e numero da sua casa, parei na esquina de sua casa, e falei chegamos, ela foi saindo quando peguei no seu braço e ela se virou pra me e dei um beijo na sua boca, ela gostou e lançou seus braços no meu pescoço, e ficamos por vários minutos chupando a língua um do outro, ela saiu e me agradeceu com um sorriso lindo e eu fiquei na duvida se foi pelo o que aconteceu no meu apartamento, ou se foi pela a carona... FIM.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


"voce e muito corno"Meu primo me convenceu a mostra meu pau para elecontos meu espooso come minha buceta e outro come meu cuconto ante de comer minha boceta papai lambeu ate meu cuContos eroticos chantagiei minha enteadameu avo aquele tarado comeu eu e amigas no riachocontos bem novinhacdzinha dedos no cu esposa contocontos eroticos vestido colado e curtocontos eroticos venha ca sua puta safada,eu vou arrombar seu cu de cadelacontos eroticoseu e meu marido pagamos aluguel pra um velho de pau giganteContos de masturbação com objetos no ginecologistaMeu cunhado me fodeu forsado contoContos eroticos quero ver essas tetascontos eroticos de minha mae da buceta cabeludaGozei no pau do meu irmão contosContos Eróticos Tentada pelo filhocontos eroyicoa muito rabudanegao e o seu caralhoxvideos suspreendendo o filhoGabi comendo a égua no ciosexo contos mendiga estuprocontos de incesto por chantagem do filho com a maecontos eróticos adotiva novinhaxvideo ai sim anaconda toda dentroporno contos lesbicas tia e sobrinha comendo melanciaconto porno gay cinemaconto erotico mihna esposa arrumo um traveo prs eu fude ediz e comr q vc gostavi meu padrasto pegando a minha mãe e eu gostei muito sou gayvideos de safadecascontos erotico so de negrinhas dando o cusinho e a bucetinha pro cunhado e chupando muita rolacontos eroticos gay o pastorconto erotico gay minha mulher e eucontos sacsnagenbrincadeiras com irmã-contoscontos eroticos bem novinha dei o cuzinho pro vizinhominha sogra minha amanteconto porno pentelhos a mostracolo do velho. contofilha de diplomatas contocontos eroticos gozei quando as duas picas entraram no meu cucomi a mulher estrupada do traficante contos eroticoconto de sexo velho taradoconto erotico tio julioVer vidios porno de exetos e contos eroticos somente de pai chupando a bucetinha propria filha, pequenininha da filinha caçula que e pequena de tudo que nem tem penugem na bucetinha ele chupa na mara:) contoseróticos metendo com o bebê no colocontos eu e.mamae metemos fortecontos eroticos a mae do meu amigominha irma pediu pa coloca bem devagarConto erotic castiguei meu irmao gaicontos não resisti ao cacetaoconto erotico viado velho humilhado por macho dominadorcontos eroticospais e filhas novinhascontos eroticos deixando titios chupar minha bucetinhacontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos a calcinha da patroacontos eróticos gordinhaspatricinha safadas se lambendovirando moça contosvirei cadela contos gayspai emfia pica filha morrocontos eroticos de gay rabuda sendo arrombadoconto sobrinho engravida tia casadame ensinou em Praia contos eróticosconto erótico seduzida"me enraba" cornocontos eroticos gay fui buscar uma pipa em uma construçao e os karas me comeramnegao e o seu caralhomeu marido me arombou a xoxotacontos aliviando as tetas de minha irmaswing porno mulheres vao sem calcinhafui pega no flagra contos eroticosO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeicontos eróticos da casa dos contos com histórias traição as fazendeira casada safadacontos eróticos com homens de pinto muito muito grande fora do normalcontos eroticos perdi a virgindade com meu tutorcontos eroticos de novinhos madrinhascontos eroticos de pau gigante arregassando bucetaacordou de baby doll e foi para cama do cunhadoContos eroticos de enteados de piru grandecontos apanhando do tutor