Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEM QUE ELA SOUBESSE, EU REALIZEI MEU SONHO

Depois de 19 anos de casamento a rotina toma conta das nossas vidas e penso que isto deve ser normal em todos os casais. Durante as nossas transas, eu e minha mulher fazemos de tudo para torná-las mais excitantes, até que comecei ter imaginações dela dando para um outro homem com a minha presença e comecei a falar com ela, cuja reação sá se tornava positiva, enquanto estávamos transando, aí ela concordava. Com o passar do tempo o meu desejo era transformar isto em realidade, mas ela sempre recusava. Então, o jeito foi bolar um plano arriscado, sem que ela soubesse das minhas intenções. Faríamos uma viagem de fim de semana e os nossos filhos ficariam com os pais dela.

Chegando no nosso destino, deixei a minha esposa no hotel e sai. Fui abastecer o carro e, enquanto isso, observei um dos empregados do Posto, ele podia vir a ser o outro na nossa transa. Desci do carro e me dirigi a ele e, assim, coloquei o meu plano. Mediante uma gratificação ele logo aceitou. De cor escura, aparentava ter por volta de 25anos e, apesar da simplicidade era bem apresentado. Combinamos que, naquela noite, ele iria na recepção do hotel e mandaria me chamar pelo telefone. Enquanto minha mulher tomava seu banho eu autorizei que ele subisse até o apartamento. Minha mulher sai do banheiro enrolada numa toalha, sedenta de amor e vem logo me abraçando. Nisso a campainha toca e eu, despistando estar surpreso, vou abrir a porta e volto com ele me abraçando por trás e uma arma apontada pra minha cabeça. Ao ver aquela cena minha mulher fica espantada, ameaçando gritar, no que eu peço para ficar quieta. Ele me solta e me manda sentar na cama, enquanto fita com seus olhos o corpo de minha mulher. Confesso que fiquei apavorado, mas o plano já estava armado e o jeito era tocar em frente. Eu pergunto qual era a dele e, a seu modo, ele diz que não era pra gente se preocupar. Assim, na maior cara de pau, me pergunta se eu sentiria prazer se minha mulher transasse com ele e nisso já foi tirando a sua roupa, mas antes disso amarrou eu e Maria Rita em volta de uma cadeira e, bem como havíamos combinado, se dirigiu ao banheiro e entrou num banho, voltando logo em seguida já despido e com o seu pau já querendo entrar na brincadeira. Desamarrou Maria Rita, que ficou de pé, enquanto eu ficava olhando aquela cena, intrigante e excitante. “ Eu não vou fazer nenhuma violência com vocês, desde que sua mulher colabore”! Nisso, abraçou minha mulher por trás e deixou cair a toalha, com o foco da luz no corpo de Maria Rita toda nua. Ela olhou pra mim e eu, disfarçando estar surpreso, dei com os ombros. Foi o sinal para ele avançar em cima de minha mulher, empurrando-a para a cama e começou a beija-la e a chupa-la todinha. Foi aí que ele percebeu que ela não demonstrava nenhuma reação de recusa e, enquanto a minha mulher permanecia deitada, ele se levantou e colocou o seu pau já mais do que duro na direção da boca da minha mulher, que ameaçou virar o seu rosto. Ele a pegou pelos cabelos e ordenou que ela o chupasse. Que prazer senti vendo aquela cena, minha mulher com o pau de um negro na boca e, ainda, gostando do que estava fazendo. Então, ele se sentindo dono da situação, fez com que minha mulher ficasse de quatro com a bunda voltada para mim e ela continuava chupando o seu pau. Assim, como também combinamos, ele diz pra ela se virar e ir até a minha direção, colocar o meu pau pra fora e ficar me chupando, enquanto ele a comia por trás. Na primeira estocada dele eu sá pude ouvir um gemido dela, como se estivasse consentindo aquilo tudo. Enquanto ela me chupava aquele negro comia a minha mulher. Ela estava gostando, eu sei disso, mas não dava o braço a torcer. Então, falei pra ele me desamarrar que eu não mais me importava e que ela iria dar para nás dois de uma maneira mais confortável. Assim, ele perguntou se ela concordava e ela, num ar displicente, balançou afirmativamente a cabeça. O que aconteceu a partir daí foi a realização completa do meu sonho. Enquanto eu comia a minha mulher, ela chupava aquele pau escuro, sem qualquer pudor. Invertemos de posição várias vezes, até que nás três gozamos. Eu virei de lado, abracei a minha mulher, enquanto aquele negro saia do quarto. Não falamos nada a respeito e na manhã seguinte fizemos amor como nunca fizemos antes e quando eu a comia pedi que imaginasse que era um outro e gozamos alucinadamente.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Sonifero para os meus pais abusei de mamae contoComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)contos de tiosDei meu cuzinho- conto ii relatosContos eroticos iniciando as meninasContos eroticos perdendo a virgindadedezenho de negro fudendo cu do gayvai cunhadinha goza na minha bocacontos bucetinha novanovinhas iniciando na foda com o proprio paiContos eroticos gosto de estupro seioscontos eroticos fudendo a mae travesticontos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta zoofilia umcacete enorme pra pequena putavidio porno mulher coloca vibrador de 53 cemtimetro todinho dentro da bucetasexo com as amigas e as filhas contosminha irma uma pretinh que adora trepa comigo pornocontos eróticos dopei namorado eu e amigacontos o velho fez casada de putaTodos adorao meu cuzinho contos eróticoscomentário de. mulher que ja deu a buceta pro entregador de bebidaconto eu doida pra gosar mas si tinha meu papaijapinhas pirralhas fudendo a força.Tia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticocontos eroticos ele insistil que deixei tira camisinhacontos eróticos o pirocudosobre lamber e chupar a vaginacontos eroticosconto erotico iniciada por meu tiocontos sexo tia dominando sobrinhocunhadinha de 10 sem calcinha conto eroticoContos mulher estrupadas negrosconto erotico viado bundudoContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacrescendo o pau aqui na frente da filha contos eroticoscorno ver mulher gemendo dando cu aoutro casa dos conto eróticoscheirei o fundinho da calcinha usada da minha tia safada contosConto puta fode com o vizinhoContos eroticos menininhasconto erotico de menino com caralho jumentofilha dando para o primo novinho novinho amoitado do pai no XVídeosconto erótico me obrigaram a estrupar minha maemenina na punheta contospastor eu desejei em tranzaBucetas grandes fog lp icontos eróticos na Fazendacontos eroticos minha comadre me chamou pra consertar o chuveiro e comi elacontos eróticos zoofilia f****** cadelinha de ruaContos rabuda gosta d picaContos sempre incentivo meu marido a comer outra putinhaNora provocando o sogro de calcinhavideo porno miss bubum da o cu e chora com o cuzinho doendovoyeur de esposa conto eroticozueiras mais gostosas e fogosas da bunda grande e pernas grossascontos mordidinha na bucetaconto erótico chantagem putinha pobre cu colover as fotos de Dani cabritinha dando entrada de pinhacontos eroticos namorada casa de praiaContos entiadas apanhando para submeter ao sexoContos eroticos(colei velcro com a vizinha e gostei)cdzinhas como tudo começou contoscontos de incesto tios kerem fuder suas sobrinhascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos gay putinha pedreirosbem novinha virgem chorando najeba gigante contosconto engravideiconto garoto humilhado peladoContos eroticos casada jogo de voleiContos madrasta putafundura da buceta midindo pornocontos transformei minha esposa numa puta dos colegascontos eróticos a primeira vez nem doeufiquei excitada e dei para um mendigocontos de quen comeu coroas dos seios bicudosmasturbando com as amigas contobocetinha sem nenhum pelo e piquenininhconto gay "punheta pro seu macho"contofudi minha cunhadacontos eróticos um cavaloconto erotico descabaçando garoto dorContos o carcereiro comeu minha bucetaContos dei o cuzinho para a travesti fabiola vogueltia machucando o penis do sobrinhoconto erótico fui adotadacasada pelada em lugares movimentados contoscontos de coroa com novinhoConto erotico incesto crenteComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêsna buceta da velhinha contos eróticos