Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MORENA DO INTERIOR

Olá pessoal, sempre fui leitor fiel de contos eráticos, Então resolvi contar algumas das minhas aventuras eráticas.



Pra quem não me conhece vou me descrever:



Moro no interior de São Paulo tenho 31 anos sou moreno claro, 1,78m, 80kg, cabelos pretos, olhos castanho esverdeados, dote de 20x5cm.



Hoje vou contar como foi meu encontro mais safado com a Morena de Piracicaba, para garantir a privacidade vou chamá-la de Jô.



Eu já havia saído com ela outras vezes, mas dessa vez tudo foi diferente, dessa vez eu resolvi realizar a fantasia dela de ser pega a força, e confesso que foi uma experiência maravilhosa.



Antes de mais nada eu preciso dizer o quanto ela é linda, tem um rostinho de menina comportada mas na verdade é uma mulher maravilhosa, quente e safadinha na cama... um corpo lindo, uma bunda que me deixa louco.



A Jô mora sozinha, então um dia sem ela saber, resolvi aparecer de surpresa. Cheguei em seu apartamento por volta das 15h. Toquei o interfone e subi, ela me recebeu linda como sempre, estava com uma blusinha e de mini saia, ao entrar no apartamento, já parti para cima dela, peguei eu sua cintura e puxei ela pra mim, e nos beijamos, foi um beijo carinhoso, molhado e longo, ela nem imaginava o que viria apás.



Derrepente eu paro o beijo e pego ela a forca, enfio minha mão por dentro da saia dela e retiro sua calcinha, forço ela a se debruçar no sofá, e rasgo sua blusinha deixando ela somente com a mini saia, levando a mini saia e forço ela a ficar de quatro no sofá, abro a calça e coloco o pau pra fora que nessa hora já estava estourando de tão duro, e a penetro sem do. Enfio tudo naquela bucetinha que pra minha surpresa já estava molhadinha.



Ela não falava nada, somente obedecia e gemia sem parar, eu sabia que ela estava adorando, sua buceta estava ensopada, eu socava o mais rápido e forte que eu podia, puxava ela pelo cabelo e dava tapas em sua bunda, foi então que puxei ela pra perto de mim, enfiei o meu pau o mais fundo que consegui e disse em seu ouvido... era isso que vc queria né Jô, ser comida assim sem dá, como uma putinha safada... e nessa hora ela so concordou com a cabeça e gozou, seu corpo estremeceu todo e ela gemeu deliciosamente. Apás ver a cena fiquei louco e resolvi gozar, sai de dentro dela e fiquei em pé a sua frente, ela agora sentada no sofá me chupava inteirinho até que gozei dentro de sua boca, era lindo ver aquela morena sugando e engolindo cada gota da minha porra.



Foi incrível, gozei como nunca, depois disso fomos para o quarto dela, ela achou que já tinha acabado mas estava enganada, fiz ela deitar na cama, agora peladinha e de bundinha pra cima, peguei o lençol e amarrei seus braços na cabeceira da cama e comecei a brincadeira, primeiro beijei e chupei seu corpo todo, ela se contorcia mas não podia fazer nada pois estava amarrada, depois de uns 30 minutos assim deixando ela louquinha de tesão, fui até seu ouvidinho e disse, Jô fica de quatro.



Imagine a cena, uma morena de quatro na cama, com o rosto colado ao colção e com as duas mãos amarradas na cabeceira, e aquela bundinha arrebitada, toda indefesa.



Esperei ela obedecer minha order e assim que ela já estava de quatro eu falei novamente em seu ouvidinho, Jô agora eu vou la comer seu cuzinho, não era isso que vc queria ser comida sem dá, então agora vc vai ser.



Ela sem falar nada ficou so esperando o que seria inevitável, fui para traz daquela maravilha acariciei aquela bunda, beijei, e dei uma lambida em seu cuzinho e logo em seguida a penetrei, entrei devagar e fui aos poucos enfiando tudo, logo estava com o pau todo naquele rabinho, que visão linda ver aquela morena de quatro, foi uma transa maravilhosa, soquei em seu rabinho e ela gemia como nunca, ficamos assim por uns 19 minutos e então ela me disse que não aguentava mais e que eu devia gozar, nessa hora eu tive que mostrar pra ela quem mandava ali e dei um belo tapa em sua bunda e disse que ela não tinha escolha, eu iria comer aquele rabinho pelo tempo que eu quisesse, fiquei mais uns 19 minutos ali penetrando aquela bunda deliciosa até que não aguentei mais e gozei, meu corpo estremeceu e nos desabamos na cama ela deitou e eu deitei em cima, meu pau foi saindo daquele cuzinho ao poucos, nessa hora eu beijava sua nuca e pescoço e dizia o quanto ela era gostosa e maravilhosa, que o prazer que ela me deu foi incrível, ela também confessou que gozou como nunca e que estava realizada.



Soltei suas mãos e nos abraçamos e ficamos deitados por um tempo nos acariciando e beijando.



Para quem quiser entrar em contato comigo, meu email e MSN é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos minha vizinha dos sonhoscasa do conto màe rabuda da troco com filho incestocontos eroticos de travecos gostosas e taradas tirando o cabaçi do garotihos.fiquei com tezao no meu paiconto eroticos vendo a foder minha irma no papai betinhaconto gay fudeu e filmouconto guey jogador chupa adversário no vestiárioSonifero para os meus pais abusei de mamae contocontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bconto.mara.encaro.um.super.dotadocontos abusadas em grupoDei meu cuzinho- conto ii relatospeitinho solto embaixo da blusaxvideo ai sim anaconda toda dentrocontos porno o bandido arrombou o cu do meu maridoconto adoro cu de casadaContos gays fui de fio dental no cine porno e fui arrombadocontos eroticos de novinhos madrinhasConto erotico comendo minha madrinhaContos eroticos sou uma travesti rabudacontosgay comi meu priminho bricando d lutinhahistória de contos eroticos novinha sentou no meu colo dentro do ônibus na viagemcontos eroticos gozando na boca do pirralhocontos eroticos meu irmaozinnho me mostrou o seu pintinhovou gozar na frente não contoContos eroticosm comendo a prima de calcinha amarelacontos eróticos para ler a sograconto nao queria mais dar mas o negaocomeuContos punheta duplahome dar cu usano calcianhaconto gosto de usar roupas femininasContos eróticos estreiando á xaninhacomendo a noiva do otario contos eroticoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html minha mae me ensinou a ser putinha/contossContoseroticosgreludaContoseroticoscomsogrodepois de mais de 20 anos casados minha esposa topouchupei a bucetinha da carolaine de seis aninhos contosconto erótico viadinho vai morar com os tios e tem que usar calcinha e short de laicracontos eróticos sendo tratado como mulhercleide chupou ate gozarcontos eroticos a travesti segurou em minhas bolas e empurrou 23cm no meu cuporno contos eroticos filhinhas enrabadasxvideos minha matrasdo nu meu quato sexohttp://idlestates.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlpagou pra cunhada,sobrinha,enteada,pra chupar caseiroFui com um coroa pra sua lancha ele me fudeu conto eroticoconto comi cliente da minha mulherconto erotico eu e minha sobrinha de menor no matinhoconto porno puta suja de estradacontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos ganhei 50 reais para chupar pau coroa gaysraparam minha buceta a força contos.minha novinha tarada contosou hetero mas ja paguei um boquete e gostei muitocontos eroticos/comeu novinha peludinhaComtos casadas fodidas na rua por camionistasComtos mulher fodida pelo marido e o filhotransei com amigo da minha filhacontos eroticos gays orgia piscinaConto erotico o farmeceutico de 60 anosMinha vizinha me deixou ver ela transando contosminha xereca consando na rua contos eroticosconto minha titia popozuda tomou banho comigo contos esposa e visinha dando o cu juntas pro cãoFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carrocontos comendo a enfermeiraContos cm o vizinhocontos erotica de estrupamento de ninfetos