Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DE SALTO ALTO PARTE 1

Bom meu novo é Junior, tenho 30 anos sou moreno e desde pequeno sempre adorei sapatos de salto alto, eu tenho vários tipos de sapatos e sandálias e também roupas femininas, se você me encontrar na rua você vai perceber que minha aparência não é masculina, sou delicado.

Bem a estária que vou contar para você é verídica, um certo dia por volta do mês de setembro deste ano um amigo que não quero revelar seu nome para não expor, me pediu para passar alguns dias em casa (São Paulo) pois ele era do interior, é claro que eu aceitei, sá que ele não sabia das minhas tendências, no dia em que ele estava para chegar fui até o salão de beleza onde faço algumas coisas e fiz uma seção de depilação do corpo inteiro, isso já faço normalmente e fiz também uma seção de bronzeamento artificial sá para realçar o que já tenho, é claro que para fazer o bronzeamento fiz com um biquíni super pequeno (fio dental) sá para ficar aquela deliciosa marquinha, quando cheguei em casa depois de uns 30 minutos ele me liga falando que já estava no táxi a caminho de casa, estava vestindo roupas normais de homem, quando ele chegou levei-o para o quarto de visita onde deixei a vontade, isso era mais ou menos umas 18:00 horas, logo depois de sua acomodação ele foi tomar um banho para tirar o cansaço da viajem e eu também aproveitei para tomar banho em outro banheiro, por volta das 19:30 horas fomos jantar em um restaurante perto de casa para colocarmos o assunto em dia, papo vai, papo vem e o assunto caiu em sexo, começamos a falar de coisas cada vez mais quente, eu aproveitando para deixar ele cada vez mais excitado, já a caminho de casa perguntei se ele teria coragem de transar com um homem vestido de mulher, ele meio que sem jeito logo foi falando que não, mas fui insistindo e aos poucos ele foi cedendo e falando que até comeria mas não daria, foi o que eu esperava escutar.

Quando chegamos em casa fomos para a sala onde liguei a televisão e falei para ele espere um pouco aqui que vou fazer uma supersa para você e espero que você goste.

Fui para o quarto e comecei tirando toda a roupa que vestia, abri o guarda-roupa e peguei um espartilho preto um par de meias 78 preta e vesti os dois, peguei uma calcinha fio dental preta conjunto do espartilho e coloquei por cima das ligar para poder tirar depois, a respeito de meu pau fiz aquela pequena mágica para esconder, tirei do guarda roupa um vestidinho preto um pouco curto e justo onde se eu me inclinar para pegar algo no chão ele vai ver as meias presa nas ligas e a calcinha enterrada em meu rabinho, vesti o vestido olhei para os sapato e escolhi um escarpan preto de verniz de salto agulha 19, me realizo com esse sapato, fui para a cômoda onde tenho maquiagens entre outras coisas, abri a gaveta e peguei unhas postiça na cor vermelha passei a cola e coloquei-as em minhas mãos, passei um baton vermelho em meus lábio, peguei o estojo de maquiagens, mais lápis, base e outros e me maquiei, sá estava faltando uma coisa eu não tenho cabelo cumprido então peguei uma das perucas de cabelos pretos que tenho e coloquei presa ao meu cabelo, ao me olhar no espelho estava completamente uma mulher que se passa na rua alguns homens não imaginariam que sou homem.

Sá para o conhecimento de vocês eu nunca dei para um homem vestindo roupas femininas, estava para realizar a minha vontade, sá que ao mesmo tempo que estava excitada estava também nervosa pois não saberia qual era a reação do meu amigo, poderia até perder o amigo, mas tomei coragem e fui para a sala quando cheguei na sala ele tomou um susto e pergunto onde eu estava pensando que era alguma mulher que estava em casa e ele não sabia, não falei nada e fui chegando mais perto e cheguei bem perto de seu ouvido e falei quer experimentar quando eu falei ele reconheceu minha voz e até regalou seus olhos, falei para ele que no caminho para casa depois do restaurante ele não falou que até comeria outro homem, sentei ao seu lado e ofereci um drink para ele relaxar ele aceitou pois percebi que ele ficou nervoso ou sem jeito não sei muito bem explicar como ele estava, levantei e ao lado da televisão que estava ligada é o bar, peguei dois copos e quando fui pegar a garrafa que estava em baixo do bar é claro que não dobrei os joelhos sá para ver a reação dele, quando abaixei e olhei para o seu rosto dava para ver um olhar de tesão misturado ao nervosismo, pois quando eu abaixei ele viu quase metade de minha bunda usando um fio dental e as meias presa nas ligas encima de uma salto bem alto, isso excita qualquer homem, voltei a posição normal e preparei um drink para nás, sentei novamente ao seu lado e servi-o, ele deu um gole que foi quase o copo inteiro de uísque, bom o álcool foi subindo e ele foi relaxando um pouco, foi onde comecei a passar a mão em suas coxas e falando que se ele não quisesse eu respeitaria sua vontade, ele não falou nada e eu continuei entendi que era um sim, fui subindo até chegar em seu pau, ainda estava por cima de sua calça social, mas já percebia um enorme volume, levei as mão para a camisa e fui abrindo os botões em pouco tempo já havia tirado peguei suas pernas e fui até o pé onde tirei seus sapatos e meias, sá faltava a calça e neste momento percebia que ele estava entregue ao acontecimento, subi até a calça tirei o cinto, abri o botão e abaixei o zíper tudo bem devagarzinho, já percebia que ele estava ficando com pressa para tirar a calça, mas lentamente fui tirando, deixei sá de cueca que por sinal uma cueca box justinha de micro fibra que dava para ver o tamanho do volume, comecei a passar a mão em cima de seu pau, passava a língua dava pequenas mordidinhas sá para excitar, ele já não aguentando uma certa hora que fui dar uma mordida em seu pau ele pegou minha cabeça e puxou com força para o seu pau, foi quando eu tirei sua cueca e vi o tamanho do pau, que por sinal um pau maravilhoso retinho e cabeçudo, foi quando eu caí de boca, ele sentado na ponta do sofá com a perna aberta e eu ajoelhada no chão, mamei aquele pau durante uns 19 minutos sá escutando ele gemendo, levantei e pedi para que ele me ajuda-se a abaixar o zíper do vestido que eu estava usando, ele veio por traz me encoxando e começou a abaixar o zíper que vai até a metade do vestido, falei para ele sentar novamente no sofá que eu eria tirar o vestido e era para ele apenas ver, estava de costa para ele quando tirei o vestido, sá senti as mãos dele me agarrando e falando que eu era uma puta gostosa e das bem safadas, nesta hora senti um tesão tão grande que falei para ele tirar minha calcinha, ele sentado começou a passar a mão no meu corpo que estava com espartilho e cada vez que ele ia descendo ele ia falando sua puta, sua gostosa, vou te foder inteira, vou acabar com você, até que ele chegou na minha calcinha ele pegou do ladinho e foi abaixando, quando ele tirou e viu a marquinha branca do bronzeamento no meu rabinho ele pirou, virei para ele novamente e cai de boca de novo em seu pau, peguei um tubinho de gel que estava práximo ao sofá e dei uma bela lambuzada em meu cuzinho, pois não era pequeno o pau dele, ele ainda sentado fechei as pernas dele e montei de costas para ele e fui sentando de vagar naquela vara, ao passar aquela enorme cabeça no meu cuzinho deu a sensação que estava me rasgando, tirei esperei meu cuzinho se recompor e comecei de novo, não demorou muito e a cabeça entrou foi onde comecei um pequeno sobe e desce até acostumar, nunca tinha dado para uma pau enorme ainda mais vestida de mulher, o tesão já nos consumia, em pouco tempo estava sentando com força para sentir aquela vara dentro de mim, ele com a mão em minha cintura falava que marquinha gostosa sua puta, que cuzinho gostoso sua puta, vira de quatro que eu quero te comer assim, sai de cima dele, fique de quatro no sofá ele veio por traz e foi me enrabando com força, sentia suas bolas baterem nas minhas coxas, eu olhava para traz e via tesão em sua cara, ele meteu um bom tempo nessa posição foi quando falei para ele que eu queria ver ele me fodendo, deitei com as costas no sofá e as pernas para cima o famoso frango assado, ele se ajoelhou no chão e encaixou aquele delicioso pau no meu cuzinho, começou a bombar cada vez mais forte eu segurando minhas pernas olhava eu vestindo roupas intimas de mulher passava a mão nas minhas pernas com meias olhava eu de sapato de salto alto e sentindo uma enorme rola no meu cuzinho ai de tesão, mais uns 5 minutos dessa posição quando ele falou que iria gozar, ele tirou o pau do meu cuzinho e rapidamente e cai de boca naquele enorme vara sá esperando sentir aquele leitinho quente, enquanto com a outra mão eu batia uma punheta para mim, quando veio aquela porra encheu minha boca, não teve dúvida engoli tudo e ainda continuei manando naquela vara que não amolecia, nesta hora eu não aguentei e gozei, olhei para ele e perguntei se ele havia gostado de comer uma putinha boneca, ele sá falou uma coisa, ainda não terminei.

Sá que a continuação dessa estária eu vou contar em outro conto.



As pessoas que quiserem se comunicar meu e-mail esta abaixo.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de incesto a forçaContos eroticos anciãs casadas e maridos cornoscontos eróticos vovó safadacontos eróticos da casa da irmã queridaComo fazer a mulher se apaixonar pegando a calcinha delacontos eroticos "recatada"foi buscar a cunhada para a festa e meteu gostoso nelacontos gays chupei o vira latacontos de incesto minha filha sendo comidacontos minha esposa vigia a casa pra eu fuder a visinhacontoerotico meu padrastomim comeucontos herodico de vadia sendo arromba por um cachorroconto erotico botei sobrinha tayna pra chuparDei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininoContos erotico travest vagabundacontos eroticos jovem transando com a negra escrava parte 1ninfomaniaca contocontos encoxei minha cunhada casadacontos eróticos gay marombasdando uns amasso na minha sublinha e acabei gozando nas pernas delaconto erotico comi a vizinha marrenta mas gostosanamorado embreagou a namorada para foder o cuzinho delaconto erotivo com bi masculinoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoespiando o.vizinho contos eroticosele pega ela nos ombros pra chupar sua bucetaContos eróticos minha gata fode com todosarmei pra minha mae conto eroticoMeu sogro meseduziu contoContos eroticos iniciando as meninascontos mandei um roludo foder minha maecontos de zoo trinamento de cao para casadasconto de chorei com a pica grande de um negao no meu cu virgemcontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadoContos eroticos de novinha cega fudendocontos crente casadasFotos de mulheres deitsdas de frente na cama de marquinha de biquínimoleque contos eroticosconto erótico fui flagrado de calcinhacontos eróticos de bebados e drogados gaysRelato de suruba com fila para fuder bebadaerotico meu pai me bati na cara quando gozacontos eroticos fui cuidado meu sogro e ele viu meus pritossou rabuda viajando.contos eroticoscontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gaysconto erótico namorada putavideo conto traiu marido punhetacontos eróticos o cuzinho da Giselemagrelas grelludas liga das novinhascontos erotico gay dei pro amigo do meu pai e comi a cachora dele sorfilaconto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camaconto transamos no escurinho da festacomedo prima emquado os tios n tagay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosoConto gay vide o gameContos erotico mulhrr casada dona de supermecadoconto erotico buceta peãocontos reais de mulher que deixou cachorro emgatar na bucetacontos comiminha prima2 ome pega uma mulher afosa prafase pornoporno com homens vestindo as calsinhas abertas em baixo de rendas brancas ese mastubado com elaslingua passeando xoxotacontos erotico chantagem por engano mae e filhocontos eróticos de patricinhas trasando com os paissobrinho dopa sua tia historia eroticacontos comi a amante do meu paidei a buceta no trabalho. contos.contos eróticos no dia chuvoso pedreiro taradaosoxo com umanoivinhaMeu irmão chupa minha maecontos eroticos surpreendeu a esposadei o cu no campig homoxesuaiscontos safada na lavouracontos eroticos pai filha e genrominha irmã minha amantevideo de sexo encochando garotinhas e gozando nas coxas e pernas.