Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DE SALTO ALTO PARTE 2

Para quem não me conhece sou Junior de 30 anos e adoro usar roupas femininas e sapatos e sandálias de salto.

Continuando o primeiro conto para quem não leu eu recomendo, este amigo que não vou mencionar o nome dele para privacidade, me levantou do chão e falou que queria mais, era para eu preparar mais uma surpresa pois ele ainda estava com apetite, voltei para o quarto fui até o banheiro lavei minha boca e meu rosto pois ainda tinha porra dele, voltei para o quarto tirei toda a roupa que eu vestia abri o guarda roupa e peguei outra calcinha fio dental desta vez branca e coloquei, vesti uma saia jeans muito curta e justa e um top branco, peguei uma sandália branca de salto alto, fui até o espelho da cômoda para retocar a maquiagem, em poucos minutos já estava eu prontinha novamente para ele, estava com meu cuzinho um pouco ardendo pois era muito grande o pau do meu amigo, respirei fundo e voltei para a sala, chegando na sala ele me abraçou por traz e falou no meu ouvido que ainda estava com tesão e nunca ele tinha comido uma boneca daquele jeito safada e dessa vez ele queria uma boneca ainda mais safada do que a anterior, eu virei de frente com ele e falei se é isso que você quer vai ter.

Peguei ele pela mão e levei para o meu quarto, chegando no quarto eu coloquei uma música para tocar voltei de encontro a ele dando as costas e ele apenas de cueca, onde ele veio me encoxando já estava com o pau bem duro, comecei a rebolar na sua frente enquanto tocava as músicas, ele já sem a timidez de antes foi passando a mão por todo o meu corpo menos no meu pau, eu aceitava sua vontade e não queria forçar nada, foi quando começou a passar a mão na minha bundinha e foi levantando a saia e viu que dessa vez era uma calcinha branca, não teve dúvida foi novamente me encoxando, virei de frete a ele bem coladinho e dei um selinho em sua boca, fui descendo e beijando seu peito, barriguinha tanquinho, e seu pau por cima da cueca, peguei minha mão e coloquei dentro da cueca e comecei uma punhetinha apenas para deixar mais maluco do que estava, pouco tempo depois tirei a cueca e estava ele novamente com aquela maravilhosa vara me esperando, não teve dúvida caí de boca no pau dele fique mamando bastante punha o que eu conseguia dentro da boca, o resto eu segurava com a mão direita e punhetava, com a mão esquerda alisava seu saco, depois de uma deliciosa chupeta eu levantei e fui peguar uma gel que estava na cômoda, voltei para a cama coloquei a calcinha fio dental de lado, lambuzei meu cuzinho com o gel fiquei de quatro com a saia da metade da bunda para cima e a calcinha de lado sá com o cuzinho para cima e falava para ele, vem me fode gostoso, vem enfia essa rola no meu cuzinho que já esta arrombado da outra trepada, vai soca forte seu puto, me faz mulherzinha, come essa sua boneca, falando tudo isso não teve dúvida ele colocou de uma sá vez, nesta hora eu dei um grito de dor pois era grande o pau dele, meu cuzinho estava se refazendo da outra trepada e ele enfiou de uma sá vez, coloquei a mão para traz e segurei falando espera um pouco que você esta me arrombando, deixa eu acostumar, mau terminei de falar eu comentou você não é uma putinha agora aguenta, e começou a bombar forte, enfinado tudo, durantes os primeiros minutos foi muito doloroso, mas fui acostumando e em pouco tempo já estava socando a bunda para traz para entrar tudo, eu gemia igual uma cadela, ele se deliciava cada vez que eu gemia e falava algo como enfia, mete, fode entre outros, tomei vários tapas na bunda, até uma hora que ele me puxou e me colocou de pé apoiado com as mãos na parede, ele veio por traz e colocou novamente aquela vara no meu cuzinho, eu comecei a olhar para os meus pé naquela sandália branca alta, aquela curva que o pé faz quando esta de salto, e isso foi me excitando cada vez mais, fui socando a bunda de encontro a ele para entrar tudo, eu de sandália de salto alto ficava na altura certa para ele me comer de pé, ele adorou essa posição e eu posso dizer o mesmo, ainda apoiado na parede coloquei minha mão para traz e comecei a alisar sua bunda virei o rosto para ele e ele me deu uma risada enquanto do outro lado, lado esquerdo ele estava com a mão em minha cintura e foi escorregando até chegar no meu pau, até tomei um susto, pois no inicio existia um pouco acho que de receio, bom ele pegou o meu pau e começou um punheta bem lenta enquanto me comia, ai que tesão sendo fodido no cuzinho e sendo alisado o pau, é uma das melhores sensações.

Ele tirou o pau do meu cuzinho deitou na cama de lado e falou para que eu deita-se também, ficamos de lado encaixadinhos, é claro que ele comendo de novo o meu cuzinho que nessa altura já não tinha nada de zinho pois já estava bem arrombado, com sua mão esquerda ele colocou por de baixo de mim e segurando meu peito e com a outra mão ele pegou meu pau e foi batendo uma deliciosa punhetinha, eu de lado levantei a minha perna direita para poder receber melhor aquela rola, foi onde ele falou no meu ouvido entre gemidos que eu era mesmo uma puta e estava adorando me comer daquele jeito sem tirar a roupa que estava, top, saia e a calcinha que ainda estava de lado e que aquela sandália deixava mais valorizada as minhas pernas e isso excitava muito ele, comecei a passar o meu pé com a sandália na perna dele, ele socando aquela rola no meu rabo e falando que se eu não parasse de alisar ele com a sandália ele iria gozar no meu cuzinho, adivinha o que eu fiz, é claro continuei alisando ele com a sandália, as vezes passava a lateral, as vezes passava o salto até uma hora que eu dobrei a perna para traz onde ele alcançou e seguro pelo salto, foi a deixa, nesta hora sá senti que ele dava as bombadas cada vez mais forte, sentia o saco dele bater forte nas minha coxas, em umas 19 ou 19 bombadas não teve dúvida senti meu cuzinho se enchendo de porra, nesta hora ele deixou o pau dentro e parou de bombar e sá ficou sentindo os choquinhos na cabeça de seu pau, sem tirar o pau de dentro ele soltou a sandália e pegou meu pau e começou a bater uma punheta bem gostosa, que no estado em que me encontrava não demorou muito para gozar, e gozei muito, ele falou no meu ouvido que estava realizando varia fantasias dele que depois ele iria me contar, ele começou a tirar aquele enorme pau do meu cuzinho bem devagarzinho, quando ele tirou tudo senti aquela porra quente escorrer na minha bunda pois ainda estava de lado, me levantei e fui até o banheiro, quando chego no banheiro quem veio junto, ele falando que iria me ajudar, ele pegou e tirou o top que eu estava usando que por sinal estava ensopado de suor, desabotoou a saia jeans e tirou com um pouco de sacrifício pois estava bem apertadinha, pegou a calcinha que estava ensopada de porra e tirou, fez eu sentar na beira da banheira pediu para eu colocar um pé na perna dele para tirar a sandália e para a minha surpresa ele pegou o meu pé e deu um beijo na parte de cima do pé e depois ele soltou a sandália tirando, com o outro pé ele fez a mesma coisa e falou que ele também era louco por salto alto sá que ele nunca tinha revelado para ninguém este fetiche que ele tinha, eu já nu fui para um banho bem gostoso e bem acompanhado pois ele veio junto, sá que no banho apenas rolou um pouco de mãos boba e um pouco de esfregação, pois estávamos cansado depois de duas graaaande trepadas.

No práximo conto vou revelar um desejo desse meu amigo, você vão se surpreender achando que todo mundo bem vestido é homem 100%, no fundo todos tem seu lado bissexual.



Querendo falar comigo é sá enviar uma mensagem no meu e-mail que esta abaixo



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico de mulher traindo marido com amigo taradoesposas depiladas na picina contoshome dar cu usano calcianhaconto erótico me revelei na rola do travesticontos eroticosirmazinhaabusada pelo filho contocontos eróticos de norarelato homem chorou com a tora no rabocomi o cu da enteada - contosconto policial comeu.minha mulhermeu marido me flagrou fodendo contoscontos eroticoso passeio de barco eu meu marido e nosso peaover contis eroticos de incesto passando oleo na maeContos eroticos casada na excursãomeio das pernas uma pica dava inveja grossura esposacontos erotico gay negro dando pra brancocontos eroticos decornos amigosputa que mora no bairro portãocontoseroticospapaicontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazcontos eroticos menino arrombadoPORNO CONTO ORDEM DA PATROAcontos erotico estrupo loira esculturalconto ertico lambendo buceta ela gem mtoAguentei a rola enorme do papai contos eróticosmeu filho contos eroticos incestohttps://idlestates.ru/conto_29032_espiada-no-natal.htmlcontos eróticos engatada e arrastada pelo cachorrocontos perdendo a virgindade dormindocasa dos contos marido pede para esposa por uma sainha bem curta e.provocaContos Eróticos De Coroa Vizinha do Ladogozando la dentro da buceta vermelhinha da dimenoporno coroas com escorpiao na bundacontos provocandocontos eroticos diversos safadeza e assanhamentocontos eroticos gay acordado na noite pelo meu paicontos eroticos meu amigo negao comeu minha mulhermulher nua e corpo melado de margarinacontos eróticos eu como minha sobrinha na frente da minha esposase um homem excita uma mulher e demora muito para penetra-la ela pode sentir uma dorzinhaegua.ficou com a buceta meladahiatorias eroticas incestos ninfetinha inocenteamigas gostam de passar margarina no corpo nuconto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camaesposa safada e bebada liberando na festa de confraternizacao contoCunhada dormindo com a bundinha descobertaaguentei o pau groso. contocontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentosContos eroticos flagrou namoradaConto comi a mãe da minha namoradacontos eroticos apostei meu marido e pedirconto erótico corno de mendigosogra mijona contostava me masturbando e meu namorado chego e me chupoucontos eroticos de meninas crentes violentadas.www.porndoido.com.be/tio esfregando cabeça do pau na buceta novinha dormindocontos eroticos meu sobrinho vei morar e casa do interior pra fazer facudadecontos catinga de cúconto porn insetuosoestrupei minha tia-contoseroticosVelhos na farmácia chupando seios contos eróticoscontos de estupro nao resiste minha enteadacontos heroticos comendo a vendedora de trufasdormi com meu irmao contoscontoseroticos comendo sebo e bebendomijo de picaconto xotA cu filhinhoContos domesticas casadas enrabada pela patroa com vibradorcontos peguei minha esposa fudendo com negao na nossa camacontos eróticos cunhadaregasado a xota vizinha istoriasencoxando minha filha na viagemcontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoeschupando pintaooocontos eroticos dopando a cunhadacontos eroticos o empregado me bolinou e gosteimulher fazebdo conids dr shortinho e marido psu durocontos-meu cuzinho quer teu pauconto erotico a mulher me encoxou no onibuscontoseroticosbernardoconto erótico gay taxista manauscontos fui faser a obra du meu tio arobei sua mulhercontos eroticos no cinemacontos de coroa com novinho