Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MULHER SOZINHA EM CASA?

Fui mandado para treinar funcionários numa filial da minha empresa em outro estado e passei lá seis meses. Tenho 31 anos, isso foi no ano passado. Minha mulher, uma morena linda de 23 anos, ficou sozinha em casa. Eu tinha pouco tempo de folga mas no primeiro mês consegui voltar pra ver ela duas vezes. Mas depois ficou difícil.



Ligava pra ela quase todo dia, depois de mais um mês, no telefone, ela falou que estava sentido muita falta de sexo. Eu o mesmo, e começamos a falar coisas gostosas pelo telefone enquanto nos masturbávamos. Ela geme muito gostoso, eu ficava doido sá com isso e gozava junto com ela.



Depois de uns dias isso começou a ficar sem a mesma graça, então começamos a perguntar as fantasias um do outro. Falei que queria comer ela em certo lugares diferentes, depois falei que adoro comer a bundinha dela e que o fato dela dar sá ás vezes também me excitava muito, entre outra coisas. Ela me perguntou se eu pensava em outras mulheres quando me masturbava estando sozinho agora. Demorei pra responder mas falei que em numa ex namorada. Ela acabou falando que também pensou em um ex. Me falou sobre as transas com ele e eu adorei.



Louco, eu disse que se ele não tivesse se mudado pra outra cidade ia mandar ela chamar ele pra comer ela na minha ausência de tanto que eu gostei de ouvir aquilo. Ela riu mas falou que chamaria mesmo, não levamos a sério, mas falamos muito sobre isso.



Mais um mês se passou e tive uma surpresa quando liguei pra ela e ouvi que não estava sozinha em casa. Como assim? Ela estava fazendo um trabalho em grupo pra faculdade dela, estava no semestre, e estava com um colega fazendo parte dele.



Falei que estava com muito tesão e liguei por isso, ela disse que não podia ficar falando comigo, tinha que terminar o trabalho. Mas ficou falando um pouco comigo, ficamos excitados, perguntei como ela estava. Estava de saia e blusinha. Mandei tirar a calcinha, ela tirou. Neste momento ela disse que o amigo dela estava chamando, iria se vestir e voltar. Eu disse pra ela ir sem calcinha mesmo, eu queria, estava vestida mesmo, e depois voltasse e me ligasse pra continuarmos.



Alguns minutos depois voltou e disse que estava quase terminando o trabalho. Eu perguntei como foi ficar sem calcinha perto do amigo dela. Disse que ficou constrangida, ele olhava pras coxas dela ás vezes e ela tinha que se cuidar pra não abrir as pernas de jeito nenhum, se cuidar ao levantar e sentar. Fiquei espantado e perguntei qual o tamanho da saia afinal? Ela falou aquela saia jeans pequena... que usava sempre em casa e não via problemas afinal se descuidasse o máximo que seria visto era a calcinha dela e era tão comum... mas agora...



Fiquei maluco com tudo aquilo e disse pra quando ela voltasse pra terminar, deixasse ele ver algo mais e depois me contasse a reação dele, pra termos um papo gostoso depois. Ela falou affff e desligou.



Depois ela voltou e me contou tudo. Estava ofegante. Falou que fez o que eu pedi, acabou abrindo as pernas como se estivesse distraída. Mas ai o amigo dela olhou diretamente e não disfarçou anda, falou que era uma loucura, que sempre sentiu tesão por ela e agora ela estava sem calcinha ali, que estava provocando de propásito. Tentou agarrar ela, colocou a mão nas coxas e tentava beijar a boca dela. Ela mandou parar, que era casada, que não era aquilo que ele estava pensando e empurrou ele e pediu desculpas. Ele se desculpou e acabou indo embora depois também.



Não me controlei e gozei ouvindo aquilo, disse que adorei e ela acabou gostando também. Não na hora, mas agora comigo.



...



No dia seguinte liguei e ela me disse que ele ia voltar lá já que não tinham terminado o trabalho por causa daquilo. Disse que não tinha perigo, que ele ia se comportar, mas perguntou se eu concordava, senão ligava cancelando. Ao contrário, eu concordei.



Fiquei fazendo ela imaginar o amigo chegaria e agarraria ela de novo e agora ela daria pra ele, porque estava sem sexo faz tempo e ia adorar. Falei como seria e tudo mais, depois de sá ouvir e não concordar muito com certas coisas, ela acabou gostando. Perguntei se achava ele gostoso de algum jeito, se recusou a responder, depois que insisti disse que sim, que era bonito, forte e adorava a barba dele.



Perguntei que roupa ela usaria. Falou rindo que devia usar calça e blusa pra não ter nada demais desta vez, mas estava muito calor. Disse pra ela usar roupas leves então, talvez a mesma saia sá que com calcinha desta vez. Ou então um vestido...



Mas ainda com muito tesão, eu e ela, acabei fazendo uma proposta. Que ela escolhesse a roupa que fosse usar, tanto fazia, e nada iria acontecer, ela não iria provocar ele, mas a não ser que ele tentasse agarrar ela de novo. Daí ela teria que dar pra ele de qualquer jeito, mesmo que na hora ficasse com medo. Agora dependia dela escolher a roupa, e tudo mais.



Eu sabia que minha mulher é muito gostosa e que as chances de ele agarrar de novo eram grandes, talvez eu quisesse isso mesmo, mas não estava com muita coragem. Por isso aconteceu esta proposta...



Já tinha gozado aquele dia falando coisas gostosas com o amigo pra ela, mas ela ainda não. Então desligamos e combinei ligar no dia seguinte sá.



...



No dia seguinte liguei e já perguntei o que tinha acontecido. Ela enrolou, enrolou, falamos sobre nosso casamento e tudo mais, tantas coisas, mas depois acabou contando antes com a promessa que eu não ia culpar ela por nada nem nada. Eu falei que provavelmente eu ia gostar do que ela vai falar.



Comecei insentivando... perguntei que roupa ela escolheu. Falou que uma saia menos curta e levinha, com uma blusinha sem sutiã e uma calcinha pequena e gostosa. Continuou...



Correu tudo tranquilo e terminaram o trabalho. Estavam sentados na sala, agora no sofá... ai ele quis fazer brincadeira sobre o dia anterior, dizendo que ontem tinha visto tanta coisa e hoje mal conseguia ver as coxas dela. Ela acabou rindo... ele se animou e falou pra ela erguer um pouco a saia... que não tinha nada demais, já tinha visto.



A safada ficou rindo, disse tudo bem mas pra ele ficar longe, e acabou erguendo um pouco mesmo mostrando mais das coxas grossas dela, de pele morena, lisinha, quanto mais erguia mais dava vontade de ver. Ele falou isso e que estava ficando doido de tesão, com o pau duro. Ela deve ter gostado de ouvir isso, porque eu falava igual, e ergueu mais ainda a saia, abrindo as pernas. Dava pra ver as coxas inteiras, a saia cobria sá o meio das pernas mesmo.



O amigo não aguentando mais disse que ia ter que bater uma vendo ela. Ela concordou dizendo que não chegasse perto. Tirou o pau pra fora, ela disse que era moreno, estava duro e pulsando e muito grosso com uma cabeçona. Que ficou doida vendo e com vontade de provocar mais.



Abriu bem as pernas e a saia e agora mostrava a calcinha pra ele, que se masturbava com mais força vendo isso. Levantou e com a saia erguida ficou de costas pra ele mostrando a calcinha enfiadinha naquela bunda gostosa.



Ele falou que aquilo era uma delicia, queria comer ela, continuava sentado. Disse que se ela não ia dar pra ele, que pelo menos viesse perto e beijasse o pau dele. Ela gostou da idéia e foi lá e beijou, nessa hora, ela contando, fiquei doido e gozei. Que puta.



Então ela parou de contar mas logo depois eu disse pra continuar, que estava com meu pau duro de novo. Ela ficou doidinha e continuou. Disse que não resistiu e pegou o pau dele com a mão e ficou tocando pra ele e dando lambidinhas na cabeça.



Foi ai que não teve jeito mais, ele levantou e pegou ela com força e virou-a de costas na parede. Tirou a calcinha com força, ergueu a saia e meteu tudo rápido na bucetinha dela por trás.



Estava com tanto tesão e já tinha se masturbado tanto que não meteu muito e já gozou. Ai foram pro quarto, ela precisava de mais. Tiraram a roupa e ela começou a chupar o pau dele pra deixar pronto pra outra. A única coisa que ela não fez foi beijar ele na boca, chupou, sentou e rebolou na pica dele de frente, ficou de quatro, frango assado. Gozaram juntos três vezes.



E agora nás estávamos gozando juntos no telefone. Depois de um longo tempo de silêncio, eu falei... e agora? Ela disse que não tinha mais jeito, ia chamar ele pra comer a bucetinha dela mais vezes e ia querer dar a bundinha também. Eu tive que concordar... desde que ela me contasse.



No dia seguinte ela recebeu ele de noite com uma camisolinha preta e transparente que chegava sá até a poupa da bundinha gostosa, redonda e empinada dela. E uma calcinha preta super pequena... Uma vadia!



Deu pra ele várias vezes e se alguém quiser eu continuo a contar onde isso acabou...





[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto erotico incesto japones, pais japoneses liberaisSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezcontos erotico dei o meu cu a forca pro caminhoneiroContos eroticos submissa do amigo do paicontos eroticos do vovôcontos eroticos separou pra levar picaesposa bebada e seria sendo chatageada no churrasco contoQuando ele cuspiu no meu cu ele piscou querendo piroca no cu e na xonga contostiradp o cabaso da novimhaempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhocontos eroticos traindo meu marido com o vendedor da lojacomendo a tia de pois de beber um vinhoIncesto com meu irmao casado eu confessoContos eroticos flagrou namoradafiquei com o marido de minha amiga com aprovação dela contos.eroticoscontos com sobrinhabatendo uma punhenta para o marido sem calcinhaContos eróticos cumendo minha mãeSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticovidio porno meu.amartes.mim pegou de geitocontos gay meu paizão comendo o meu cunhadoMinha mae me pediu foder elepornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaleteContos comi a mulher de amigo bebadacache:9sPphOOPSSEJ:https://idlestates.ru/m/conto_2200_corno-manso-e-viado.html fui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contosnovinha viuva sem ver um pau por varios dias se assusta ao ver o do sobrinhoeu quero ler contos eroticos com mulheres que adora da pra homens da pica de cavaloContos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalconto erotico de sera que meu marido não desconfia que chego com a buceta cheia de porra e ele lambe?contos eróticos escrava sexuais incertoGozando na boca incesto Contocontos erotico frentistavidios porno de homem pegando irmazinhar mulher si mastubando e conceguindo comer a buceta delaconto erotico novinhos no semáforocontos eroticos de maridosmorena elisangela dando o cuzinho gostoso de cabo friojapinha.de.baixo da mesaum careca inesquecivel contosconto esposa cabeluda de óculos liberada lanny_contosContos gravida chupandocontos eroticos surpreendeu a esposagritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacosucos ontem pego comendo o cu a buceta bem gostosobem novinha virgem chorando najeba gigante contospatroa dando a buceta pro vendedor ambulante contos eroticosconto porno puta suja de estradaminha novinha tarada contocontos de incestos e orgias com minha cunhada gravida minha irma nudistascontos eroticos casadas 50 anosaudios da minha safada gozandoconto erotico gay minha mulher e eucontos porno papai e a fama de pirocudoComi minha prima safadinha contovou castigar seu cuzinhoMeu colhado comeu u cu do meu maridovoyeur de esposa conto eroticoContos meu prefeito me comeu com fotosConto minha amiga me dopou e me comeu com um cacetetecontos eróticos cheirando a bunda de minha sogracontos eroticos filho fez chantagem e comeu a maeconto espose e viajandocontos cunhadas gostosascontos eróticos putinha desde pequenachupando buceta soltando fumaçaolha o pezinho dela todo gozadinhocontos eroticos comendo a macaquinhacontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos erotico chantageada pelo meu padraoContos eroticos urologista bom de bocaSebastião, o vaqueiro que gostava de cavalgar 2conto minha tia pelada no quintalMaurinho com pênis grande transando com mulherso sadomasoquismo com maridos violentos contos eroticosmorena cabelos pretos seios durunhos e aureulas escuras deliciaconto de cunhada depilando o cu para levar varadormi bebado perdi as pregascontos minha mae comeucontos eróticos comendo a minha filha caçula na viacache:sU9kWxVzUNAJ:idlestates.ru/conto-categoria-mais-lidos_8_26_teens.html conto minha esposa com seu primoconto erotico com o velho do asiloconto erotico fiquei com o cuzinho bem arrombado e cheio de porrapor causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos Eróticoscontos quase biVer vidios porno de exetos e contos eroticos somente de pai chupando a bucetinha propria filha, pequenininha da filinha caçula que e pequena de tudo que nem tem penugem na bucetinha ele chupa na mara:) Contos encesto mae gostosa sapCarona andarilho sexo gayrelato de mae dando a buceta para o filholer contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada e dando cuzinho pra dotadoscontos eroticos de casal sendo forcado mulher virar puta e homem viado em festas sadomazoquismoconto erotico neide safadinha